Archive for março, 2011

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 31.03.11

POSITIVO – Corajosa a atitude de abnegados do Remo em apostar nos gols de Finazzi (em recuperação) para embalar time no Parazão. Elogiável a decisão do técnico azulino Comelli em lançar lateral Gleidson domingo.

NEGATIVO – Considero teimosia do presidente da Tuna em querer jogos da Cruz-de-malta contra Paysandu e Remo, no Souza. É se apequenar ainda mais!

Lá e Cá

Campeã olímpica de salto em distância Maurren Maggi confirmou presença no GP de Atletismo do Pará, dia 15 de maio, no Mangueirão. Ótimo!

Torneio Início de Futsal Sub-9 e Sub-11 no final de semana. Sábado, no Ginásio do Paysandu, Sub-9, a partir de 14:30h, com AABB, Remo, Copala, COPM, ESMAC, Paysandu, Rosário, Sistema e Tuna.

Domingo, Sub-11, no Ginásio do COPM, a partir 8:30h, participando AABB, Azulão, Remo, Copala, COPM, ESMAC, Esporte Belém, Paysandu, Rosário, Sistema e Tuna.

Programa esportivo da RBA, “Camisa 13”, completará dia 2 próximo 20 anos que foi ao ar pela primeira vez. Começou com Edson Matoso, passou por Ronaldo Porto, Giuseppe Tomaso e está com Zaire Filho há 13 anos.

Finazzi completará 38 anos dia 20.8, Remo será seu 25º clube, tem 1,90m, jogou também no Atlético-PR, São Paulo e Corinthians. Três abnegados estão bancando tudo (custará 50 mil por mês) e Leão não gastará nada.   

São Raimundo e Castanhal precisam pontuar bastante no 2º turno, primeiramente para fugir da fase classificatória em 2012 e depois pensar em conquistar essa fase do Parazão 2011.

Rafael Oliveira (observado ontem pelo ex-zagueiro Jaime a mando do técnico Luxemburgo do Flamengo) e Mendes fizeram 75% dos Paysandu neste Parazão.

Se o Independente estreará contra o Cametá o experiente atacante Marcelo Peabiru, o Águia lançará diante da Tuna o artilheiro Alan, que fez sucesso no Uberaba-MG na subida da Série D para C ano passado.

Delegação do Bahia se hospedou em hotel localizado em frente à sede do Paysandu.

Gleidson, garoto da base que vai estrear domingo pelo Remo na lateral direita foi companheiro de Tiago Alves (hoje no Santos) no Sub-15 e Sub-17 do Leão Azul, que está trazendo também atacante Moisés (o outro).   

Futebol pelada: Urucubarca 5×4 América, Corruptos 1×1 Canarinho e Padre Eutíquio 7×3 Santos. Sábado o Urucubarca enfrentará o Santa Lúcia, os Corruptos receberão o Silva Castro e o Padre Eutíquio o Canarinho.

HOMENAGEM – Marcelo Passos de Oliveira, o Marcelo Passos, ex-meia atacante do Santos, Goiás, Remo em 1999 (campeão) e 2000, Flamengo, Náutico, Portuguesa Santista, Campinense, Beira Mar de Portugal e Nazareth de Israel. Agencia jogadores e está no Showbol pelo Santos.

31 de março de 2011 at 5:10 pm Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 30.03.11

POSITIVO – Luvas de Fávaro, meões de Zé Augusto, calção de Vânderson e camisa do Rafael Oliveira, do jogo do PSC 3×2 Cametá, serão leiloados pelo pessoal do Paranóia (RBA) para ajudar o jogador tunante Barata. Valeu!

NEGATIVO – San aborrecido no Remo pela barração inexplicável e falta de acerto da pendência anterior. Enquanto isso, Ratinho volta e vai receber atrasado. Não fosse Wandick Lima luz da Curuzu estaria cortada. É duro!   

Lá e Cá

 Meia Robinho (Cametá) fechou com o Paysandu por quatro anos, 30 mil na mão, 10 mil por mês e multa contratual de 3 milhões (40% do jogador). Será trunfo na Série C.

Paysandu está duas vezes na história dos 100 gols do Rogério Ceni: o 1º foi em Adnan, ex-bicolor, quando estava no União São João-SP (1997) e o 54º, em Fávaro, defendendo o Papão, aqui no Mangueirão, em 2005.

Problema no Remo é que oito pessoas dão teco no futebol. Assim perderam Rafael Oliveira e Mendes no inicio do ano.  

Gustavo Papa (gaúcho) e Martins (paulista) os atacantes ainda cogitados pelo Leão. Aloísio Chulapa chacoalharia mais!

Para quem se preocupa com o jogo do Paysandu em Salvador, Papão já ganhou do Bahia na Fonte Nova, por 3×2, dia 7.3.82, pela Série A, gols de Marcinho, Cabinho e Isidoro. Técnico era Jair Pereira.

Time: Sérgio Gomes, Zezinho, Ademilton, Paulo Guilherme e Ângelo, Luiz Augusto, Isidoro e Wilson, Careca, Cabinho e Marcinho. Entraram ainda Paulo Robson e Edésio. Agora, volta como quer o bicolor, será em Pituaçu.

Associação Souza Filho de Artes Marciais, PMB e Federação de Judô convidando para exibição no Cine Olímpia (31.3 e 13.4) dos filmes Invictus e Desafiando Gigantes. Será apresentada equipe do Brasileiro – Região I.

Árbitro FIFA apitar aqui é prática antiga: em 24.2.57 e 3.3.57, no Souza, PSC foi campeão batendo Remo por 3×2 e 1×0 (campeonato de 1956), arbitragem do alemão Horst Hardan. Dia 18.12.78, Remo levantou título da temporada (2×1 no PSC) e direção do colombiano Mário Comessaña.

Não é à toa o São Raimundo que vai estrear Vélber está pedindo trio FIFA para domingo contra o Remo, se responsabilizando pelas despesas. Jogo 17h e santarenos preocupados com liberação de apenas 10 mil lugares.

Camisas do Castanhal já á venda no Yamada Plaza de lá. Árbitro de hoje, Sandro Ricci (FIFA-DF), ganhou no sorteio do paulista Cleber Abade. Torcida cametaense colocou Leandro Cearense no Troféu Camisa 13.

Dos 10 principais artilheiros do Brasil 4 são paraense: Rafael Oliveira (17), Leandro Cearense (15), Cléo (Treze-PB) e Paulo Rangel (Lajeadense-RS) 11.

HOMENAGEM – Jorge Ramos, o Jorginho, irmão de Júnior Baiano, ex-zagueiro do Bahia, Portuguesa, Grêmio e Paysandu (Libertadores e Brasileiro de 2003). Tem transportadora de combustível e cria gado em Feira de Santana-BA.

30 de março de 2011 at 11:59 am Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 29.03.11

POSITIVO Camisa 10 de Marabá ganhou (100% de aproveitamento) a Copa Carajás de Futebol Sub-14, em São Domingos do Araguaia. Revelou Leandrão. Também com 100% Pará levantou nacional de futsal Sub-17.

NEGATIVO – Maquiagem no borderô de Paysandu 3×2 Cametá muito grosseira. Na verdade entraram nos cofres alvi-azuis 162 mil reais e não apenas 75 mil.

Lá e Cá

Finazzi que o Remo quase trouxe de 37 anos, 1,90m e 20 anos de carreira foi honesto em revelar que está contundido e não recuperaria em 20 dias. Amanhã pacote de quatro no Baenão e quem sabe Adriano Magrão. 

Bombeiros bicolores debelaram em boa hora a crise que ameaçava o Departamento Médico. Momento é de união. Dos 100 gols de Rogério Ceni um foi em Fávaro (PSC), no Mangueirão, Série A, dia 12.06.05 (2×2).

Léo Rodrigues, Paulo Sérgio, San e Ró os novos barradas do Remo. Lopes, Diego Barros, Léo Franco e Wellington Silva agora titulares. Teste domingo próximo em Santarém. Granja substituirá Elsinho por cartão.

Justiça determinando que Caixa de Previdência do Banco da Amazônia pague seus aposentados. Atraso já é de uma semana.

Colônia baiana da Curuzu: Mendes, Sidny, Ney Baiano e Hebert. O “bom baiano” Mendes se destacando como o artilheiro dos belos tentos.

Rafael Oliveira (PSC), 16 gols no turno, tem chance que quebrar tabu de Bira (Remo), maior artilheiro do Parazão em todos os tempos com 32 gols, em 1979.

Bahia chegando escalado para jogo de amanhã da Copa do Brasil: Omar, Marcos, Thiego, Titi e Ávine, Marcone, Hélder, Boquita e Ramon, Robert e Rafael.

Em jogos oficiais Paysandu e Bahia se enfrentaram 13 vezes, 6 triunfos baianos, 4 do Papão e 3 empates. Último jogo foi 24.9.03, no Mangueirão, Série A, 4×0 para os bicolores, tentos de Sandro, Vélber, Lecheva e Souza.

Paysandu: Carlos Germano, Lecheva, Jorginho, André Dias e Luiz Fernando, Sandro, Vânderson, Vélber e Magnum, Jóbson e Zé Augusto. Entraram ainda Jairo, Albertinho e Souza. Técnico Ivo Wortmann.

Faleceu o emérito professor de silvicultura, fruticultura e horticultura Batista Benito Calzavara. Fui seu aluno na EAA e FCAP, hoje UFRA. Foi um dos criadores do curso de Engenharia Florestal.

Walter Lima ensaiando o Castanhal num 4-5-1: Ângelo, Thiago Gaúcho, Magrão, Preto Barcarena e Luiz Fernando, Daniel Pitbul, Ricardo Capanema, Paulinho 47, Kévison e Soares, Branco. Teste contra o PSC.

HOMENAGEM – Alex Dias de Almeida, o Alex Dias, ex-atacante do ARBA, Águia Negra e Comercial-MS, Remo (campeão em 93-94), Boa Vista de Portugal, Goiás, Saint Etienne, Paris Saint Germain, Cruzeiro, Vasco, São Paulo e Brasiliense, entre outros. Está no SHOWBOL pelo São Paulo.

29 de março de 2011 at 2:49 pm Deixe um comentário

PAPO DO 40º – Ronaldo Porto – 28.03.2011

UMA QUARTA DECISIVA PARA O PAYSANDU

 Nesta quarta no Mangueirão o Paysandu poderá começar a mudar sua história, de nunca ter se classificado para a 3ª fase da Copa do Brasil. O adversário, todos já sabem, será o Bahia, hoje integrante da elite do futebol brasileiro. Depois de ter conquistado a Taça Cidade de Belém na semana passada, o Paysandu sabe o “couro” que terá pela frente, já que os baianos estão querendo ganhar logo com diferença de dois gols para evitar o jogo de volta em Salvador. Essa provocação do tricolor baiano poderá servir de estímuloaos bicolores, que sabem da importância da partida. Nunca o papão conseguiu acesso à 3ª fase dessa competição e a hora é agora. Um bom resultado no Mangueirão abriria as portas para a classificação e ainda renderia uma boa grana ao bicola. Lugar de torcedor bicolor nesta quarta é no Mangueirão. Vamos lá, Avalanche!

 ALTA TEMPERATURA

 Aliás, a torcida bicolor fez a diferença na decisão do 1º turno do Parazão 2011. Na Curuzú, semana passada, mais de 12 mil espectadores estiveram presentes e comemoraram o tri campeonato da Taça Cidade de Belém. Pela primeira vez a torcida correspondeu aos pedidos da diretoria e comissão técnica e isso fez e faz crer que haverá um “bicolaço” quarta à noite. Esse negócio de que o Bahia conseguiu mudar o local do hoje é conversa p’ra boi dormir. Entendo que o local da partida tem que ser mesmo o Mangueirão, de tantas glórias ao Paysandu. É só tomar cuidado, partir pra cima como time de respeito e abrir uma boa vantagem, sem o mínimo desprezo ao adversário. O artilheiro Mendes, aliás, já forneceu todas as dicas ao treinador Sérgio Cosme, principalmente sobre a forma de jogar do tricolor de aço. A única coisa que ainda mete medo são os gols que o Paysandu leva lá na cozinha, apesar de ter bons artilheiros lá na frente. Basta ter cuidado.

BAIXA TEMPERATURA

A semana passada foi meio conturbada no lado remista, depois de perder a chance de uma decisão contra o Paysandu. A síndrome do “Mapará” tomou conta do elenco remista, primeiro pela acachapante derrota em Cametá e depois pela chance de classificação perdida dentro do Baenão. Um pequeno atraso no pagamento do mês de fevereiro já foi motivo de problemas, chegando-se a falar na imprensa esportiva que o elenco estava armando um motim para não treinar, o que nãocorrespondeu a verdade. O presidente Sérgio Cabeça precisou ir ao Baenão conversar com o elenco. Aliado a tudo isso, Comeli e Bracálli foram para o Sul buscar reforços e vieram com as mãos abanando. Como minha avó dizia “desgraça só quer começo”.

NO TERMÔMETRO

 A diretoria do Remo se cansou de esperar pelos atacantes que o treinador foi buscar no Sul e resolveu contratar os caras que conhecem o caminho das redes. Hoje ainda os nomes serão revelados, já que a diretoria só tem até sexta para inscrever os reforços. Finazzi, segundo uma fonte que conhece o Baenão, estaria com passagem na mão para chegar na terça, mas um dirigente lá de dentro garantiu não ser verdade. /// O Cametá, através de seus dirigentes, está reclamando até hoje dos problemas que sofreu com as arbitragens locais. Em minha opinião, o Cametá, que foi tão bem contra o Remo, decepcionou diante do Paysandu, achando que era o time grande. Faltou humildade. /// Ainda sobre centro avante remista, são muitos os nomes que poderão desembarcar em Belém, mas somente na reunião que será realizada às 13 horas de hoje é que vamos saber quem virá. Não se esqueçam do Finazzi. /// Domingo que vem começará o 2º turno do Parazão, a Taça Estado do Pará, e a bimbarra maior será o compromisso do Remo em Santarém contra o São Raimundo. O Mundicão, de técnico novo e motivação acima do normal, não vai deixar o Leão Azul ter vida fácil. /// O Paysandu, ganhou um título e um problema dentro do Departamento Médico, por causa do Dr. Gílson Mácola. Os médicos bicolores podem deixar de correr no gramado a partir de quarta-feira e p’ra completar, a Unimed Belém poderá deixar de apoiar o DM bicolor. Assunto para o presidente Luis Omar resolver. /// Amanhã, o amigo Zaire Filho vai divulgar no programa Camisa 13 da TV RBA, a 1ª parcial do Troféu do povo. Podem fazer as apostas. /// Uma boa semana a todos e viva Jesus!

E-mails: rporto@supridados.com.br

28 de março de 2011 at 2:00 pm Deixe um comentário

A Bola no Bola – Giuseppe Tommaso – 27.03.2011

FUTSAL DO PAPÃO…

Mais uma vez o Paysandu Sport Clube, pelo terceiro ano consecutivo, irá representar o Pará na 18º Taça Brasil de Clubes-Divisão Especial Categoria Sub-15 de Futsal, a equipe é composta por 12 atletas e tem no comando o experiente técnico Prof. Breno e preparador físico Tião, que são os responsáveis pelo Tricampeonato do Sub 15 do Paysandu, é uma equipe jovem, porem com muita experiência, visto que dela fazem parte o melhor goleiro ( Yan ) e o melhor atleta de 2009 ( Matheus ), além de que todo o elenco esta acostumado a participar de competições nacionais. Equipe bicolor com grande chance de chegar ao título, e conta com certeza com o entusiasmo e a torcida da grande nação bicolor. Estaremos torcendo também.

CURSO

Acontece nos próximos dias 1 e 2 de abril na cidade de Campinas em São Paulo o “Curso de Cirurgia do Joelho” – Joelho do Atleta. Lá estarão o médico ortopedista e cirurgião  José Silvério e o fisioterapeuta Junior Furtado, ambos representando o DM do Paysandu. e ainda os fisioterapeutas azulinos Ângelo Scotta e Tiago Marques da Clínica Desportiva. Várias meses redondas e conferências com profissionais convidados internacionais ligados ao esporte.

SHOW…

Presidente do Pará Clube amigo Mário Saraiva enviando convite para a grande festa para o próximo dia 2 de abril no salão nobre do clube na Lomas, com Show de Jerry Adriani. A marretinha vai voar…

TRAÇO…

E usando de má-fé, a diretoria anterior do Santos emancipou a idade do Tiago Alves (ex-Marabá) e passou por cima do contrato que o atleta tinha com a empresa Ipuarana CFA Ltda, do empresário e advogado Paulo Eduardo. O jogador foi levado ao santos que teria 60% dos direitos federativos e a empresa com o 40% restante. Além do contrato com o Santos, a Ipuarana teria direito, pelo contrato de representação assinado pelo jogador, do percentual de 75% dos direitos econômicos que lhes fossem repassados , além de percentual sobre salários, luvas, gratificações e contratos de propaganda e imagem. Conclusão: Paulo Eduardo está na Justiça reivindicando seus direitos e está cercado provas documentais. Tiago Alves não poderia assinar nenhum documento sem a autorização prévia da empresa. O bicho vai pegar…

FOI MAL…

Antes de começar o Parazão a diretoria azulina ofereceu Raphael Oliveira, Leandro Cearense ao técnico Paulo Comeli, o atacante Mendes foi oferecido e o treinador simplesmente nem tomou conhecimento e disse que o atleta estava ultrapassado. O trio marcou junto “só” no primeiro turno do Parazão 40 gols. Comeli tá precisando rever seus conceitos…

É GOL…

O projeto de Capitalização da Caixa Econômica lançado na semana passada em São Paulo e que irá beneficiar a dupla Remo e Paysandu, também chegou a Manaus e terá como parceiros Rio Negro e Nacional. Bira Lima ficou empolgado, pois os dirigentes amazonenses citam a paixão do torcedor e a euforia e apoio da imprensa paraense como grande alavanca de sucesso. São por essas e outras que nossos clubes não deveriam estar na situação que estão.

“PERDA”

O presidente LOP do Paysandu logo após ser reeleito nomeou no calor da emoção o médico Gilson Mácola para a chefia do DM bicolor contrariando a todos, a insatisfação é geral e pode trazer prejuízos ao Departamento Médico bicolor, pois a Unimed Belém que dá total apoio já mandou avisar, se o médico Gilson Mácola continuar vai deixar de apoiar o DM. José Silvério, Wilson Fiel os médicos e Junior Furtado vão se limitar a dar expediente na curuzú e não irão mais trabalhar em dia de jogos. E aí LOP?

PARCIAL…

Será na próxima terça, 29, a divulgação oficial da 1ª Parcial de Votação do Troféu Camisa 13 da TV RBA. Vamos conhecer a Seleção dos Melhores do Parazão no Primeiro Turno, na opinião da galera. Todo mundo ligado, pois haverá sorteio de Prêmios entre os torcedores que votaram até aqui. Programa Camisa 13 as 6 e 45 na Tela do Canal 13 com Zaire Filho.

27 de março de 2011 at 4:23 pm Deixe um comentário

LINHA DE PASSE – Rui Guimarães -26.03.2011

O título do primeiro turno conquistado pelo Paysandu premiou a equipe que soube melhor administrar uma competição e suas particularidades. Mesmo a derrota para o seu maior rival não influenciou a equipe a ponto de perder o rumo como o que aconteceu com o Remo. O mérito maior da Comissão Técnica do papão foi acertar na reta final da competição, ganhando Independente e Cametá com autoridade e justiça.
Louve-se as atuações de Rafael Oliveira que chamou pra si a responsabilidade do jogo na ausencia de Tiago Potiguar. E o que dizer diante do resultado sobre a negociação do ex-dínamo bicolor? Luis Omar estava certo? Seja como for Sérgio Cosme tem crédito com o torcedor pois, se não tem uma equipe certa tática e tecnicamente tem o dom da persuasão e soube motivar seus pupilos. O torcedor bicolor agora passa a ter outra preocupação. Será que os dirigentes vão aprender e não se iludir  desde já com o time atual para o certame brasileiro?
Cadê a Diretoria de Futebol do Clube do Remo que não dá as caras? Rafael Levy, Sérgio Dias, César Castilho, Marcelo Carneiro e todos os que apareciam para as comemorações nas vitórias. Perder uma batalha não é perder a guerra. Esse episódio da viagem de Bracalli e Comeli precisa ser explicado com detalhes. A justificativa do treinador que o Remo não tem calendário ou que não tem credibilidade não vale. E porque o Independente, que não tem as perspectivas do Remo para o restante da temporada e muito menos a credibilidade azulina, consegue trazer Marcelo Peabiru e o Remo não? Conta outra Comelli. E o Bracalli, cadê o prestígio no interior Paulista?
Vai ser hilário se Wellington Silva entrar na equipe – já treinou ontem entre os titulares, e deslanchar depois de ser preterido no primeiro turno. Falar em treino de ontem no Baenão a surpresa foi a barração de San na equipe titular. O Remo muda seu esquema tático que passa a ser 4-4-2 verdadeiro sem o terceiro homem de contenção com Léo Franco jogando ao lado de Tiaguinho na ligação do meio campo. Posso estar enganado, mas essa barração do San tem algo a ver com a crise de quarta feira pela manhã no Baenão.
Ninguém vai me convencer que houve uma despesa de R$ -22 mil reais só com lanches para os policiais que trabalharam no jogo PSC x Cametá. Se houvessem mil homens de serviço, daria para pagar um bom jantar a cada um deles. Me engana que eu gosto…
Por falar em dinheiro, um comparativo apresentado ontem pelo nosso Japonês, dá bem a visão de como dados estatísticos devem ser levados em consideração pelos dirigentes. Ano passado o campeonato, em seu primeiro, turno teve uma arrecadação de R$ -2,9 milhões. Este ano só R$ -2,2. uma redução de 24%. Em público pagante, em 2010 o primeiro turno teve 176.683 espectadores e este ano 142.175, redução de 19,5%. Nesse quesito leve-se em consideração que as finais do ano passado tiveram Remo e Paysandu. Ainda assim precisa ser analisada a redução e seus motivos. O Papão com a conquista do título, levou R$ 98.400,00 de premiação do Governo do Estado além da arrecadação do jogo de quinta feira que eu calculo um líquido próximo a R$ 150 mil reais.
O Cametá merce um prêmio – levou R$ -75 mil, aproximadamente do Governo do Estado, por sua participação no primeiro turno. É necessártio lembrar que o primeiro jogo do Mapará foi desastroso. Perdeu dentro de casa para o Independente por 5×1. Logo após saiu e ganhou do São Raimundo e de lá até agora se impôs como uma equipe competitiva e a ser respeitada. Poucos acreditavam em uma performance como foi e daqui para diante todos estão avisados. Por outro lado a responsabilidade do time Cametaense passa a ser maior para o segundo turno. O torcedor vai cobrar no mínimo o mesmo desempenho.
Rui Guimarães

26 de março de 2011 at 11:49 am Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 25.03.11

POSITIVO – Chegará domingo a Belém o “Caminhão do Papão”, uma butique itinerante que acompanhará o clube nos jogos para venda de seus produtos. Estreará dia 30, no Mangueirão, no jogo da Copa Brasil.

NEGATIVO – Dias de atraso no Remo coincidem com os do Paysandu e lá não houve ameaça de greve. Questão de comando! Aliás, mesmo Morisco tendo aparecido como líder do motim, idéia foi de gente da terra. É duro!

Lá e Cá

Novo Bragantino quer amistoso com o Paysandu na Pérola do Caeté. Águia anunciando nova dupla de ataque: Patrick-Marcelo Dias. Castanhal com seis atacantes: Helinho, Branco, Max Jari, Josa, Hélcio e Pimpão.

Não se entende como o Independente conseguiu trazer experimentado atacante como Marcelo Peabiru (31 anos) e o Remo não. Tem passagem pelo Coritiba, Santos, Paranavaí-PR e CRAC-GO. 

Piada na cidade: “No Remo só Comelli e Bracalli fizeram inter-temporada para o 2º turno”.  Azulinos terão três bimbarras no interior na próxima fase: 3.4, São Raimundo; 16.4, Águia; 15.5, Independente.

Paysandu também sairá de Belém em três oportunidades: 2.4, Castanhal; 24.4, Cametá; 7.5, Águia. LOP tem uma vez por semana a “Conversa com o Presidente”, quando dialoga com os jogadores.

Maior lojista de Bragança, rotariano e amigo José Augusto Ribeiro (Radisco) aniversariando hoje. Dona Dolores preparando a festa na “Toca da Jibóia”. Amanhã meu sobrinho André Maia festejará “nat” no Mosqueiro.

Jovens do projeto “Saque para o Futuro”, dos voluntários da Albrás, estrearam vencendo no Sub-17 a Seleção de Abaetetuba por 2 sets a 0.

Médico intensivista Stanley Xavier foi quem diagnosticou meningite bacteriana em André Barata. Caso ainda é grave, mas está sem febre, pressão arterial e batimentos cardíacos normais. Falta acordar.

Na SEEL juntaram o Mestre da Ciência do Direito (secretário Marcos Eiró) e Mestre da Ciência do Esporte (adjunto Christian Costa).

Amanhã, na Lagoa da Banana (praia de Cumbuco), município de Caucaia-CE, próximo de Fortaleza, a 1ª Etapa do Campeonato Brasileiro de Triatlhon. Dos 160 atletas inscritos, 15 são do Pará.

Comelli e Bracalli não contrataram ninguém e diretoria do Remo assume busca de atacantes. No Paysandu, LOP ainda trará zagueiro e meia. Renato Medeiros, do São Raimundo, interessando ao Paysandu e Goiás.

Hoje dinheiro para jogadores do Remo. Novos uniformes já no Baenão no setor de material. Papão também pagando seus profissionais. Seleção feminina do Pará vai ao Suriname.

HOMENAGEM – Enéias de Camargo, o ex-ponta direita Camargo, da Portuguesa, Santos, Sport-PE, Botafogo-SP, Pinheiros-PR, Atlético-PR e Remo (campeão em 1986). É agente de jogadores e trabalha na equipe do famoso Juan Figer.

25 de março de 2011 at 2:40 pm Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 24.03.11

POSITIVO – Pela 4ª vez de 2009 para cá turno do Parazão está sendo decidido entre uma equipe da capital e outra do interior, como o Paysandu x Cametá de hoje. Emergentes desbancando a tradição!

NEGATIVO – Tuna além de não se reforçar, cede uma promessa como Wélton para o Atlético-GO. Pelo jeito deu às costas ao Parazão!

Lá e Cá

CT do Paysandu na dúvida se poupa hoje Rafael Oliveira e Sidny para jogo da Copa do Brasil. Problema é lembrança do “Salgueiraço”, cujo único remanescente titular é Fávaro e ninguém quer “Maparaço”. Jogam!

Médicos Flávio Freire, José Silvério e fisioterapeuta bicolor Júnior Furtado estarão em Campinas-SP, dias 1 e 2 de abril, no Curso de Cirurgia do Joelho de Atleta. Entre os conferencistas gente de renome internacional.

Novos placares eletrônicos mais funcionais para o Mangueirão. Os atuais consomem muita energia e têm cada um 4 mil lâmpadas. Aliás, anunciado secretário da SEEL, advogado Marcos Eiró, tem pouca tradição no esporte.

Na administração de AK, ano passado, no Remo, salários foram pagos em dia até outubro. Agora, ao comando de Sérgio Cabeça já faltou dinheiro para pagar fevereiro. Prejuízo oriundo da eliminação das finais do turno.

Jogadores azulinos ameaçaram não treinar, apertaram o presidente, foram também cobrados e promessa de dinheiro logo, logo. Saiu 1ª parcela da ajuda do Governo. Comelli atrasou preparação do returno.

Empresário de farmácias Edécio Cardoso é quem pensa lançar candidato de oposição no Cametá. Situação vai Orlando Peixoto, dado como favorito.  

De novo a Caixa de Previdência do Banco da Amazônia não pagou ontem seus aposentados e insiste em empurrar novo plano goleada abaixo. Cheira retaliação. Patrocinador comanda tudo, mas se faz de alheio!

América PV receberá no sábado o Las Vegas de Canudos, no Curuçambá (Edim). Corruptos enfrentarão Canarinho de Canudos, no Arapucão.

André Barata, meia da Tuna, acometido de meningite teve atendimento no PSM da 14 de Março e com interferência de Vandik Lima foi transferido para o Barros Barreto. Caso requer cuidado! 

Sem TV ao vivo, ingressos para PSC x Bahia mudaram valor: arquibancada 20, Super Papão e meia a 10, cadeira central 70, cadeiras laterais 50 e camarote 100. Confusão na distribuição das gratuidades para hoje.    

HOMENAGEM – Rodrigo José Queiroz das Chagas, o Rodrigo, ex-lateral do Vitória, Bayer Leverkusen, Corinthians, Cruzeiro, Seleção Brasileira e Paysandu (2003-Série A e Libertadores). É treinador do Sub-17 do Bahia.

24 de março de 2011 at 3:23 am Deixe um comentário

LINHA DE PASSE – Rui Guimarães – 23.03.2011

Não está perfeitamente compreensível a posição do Departamento de Futebol do Clube do Remo no que concerne à preparação para o segundo turno do campeonato. A equipe precisa vencer o segundo turno e, portanto, se preparar melhor do que no primeiro. Ocorre que o reforço desejado até o momento não surgiu, apesar de treinador e supervisor estarem há cinco dias procurando um fora do estado. Enquanto isso em Belém quem está preparando a equipe para o segundo turno é o auxiliar técnico. Das duas uma: ou o time está agradando aos dirigentes azuis ou Comelli está desmotivado para continuar. E o Centro Avante ainda não foi encontrado.
 
Aliás, sobre esse assunto, a Diretoria do Remo parece querer reinventar a roda. Há centroavantes conhecidos e que podem ser contratados, dependendo da habilidade do negociador e Comelli e Bracalli estão procurando descobrir talentos. Não é hora para isso, me parece. 
 
A polêmica criada pelas declarações do Presidente Camarinha do Cametá poderia ser evitada. Até é aceito o argumento de que, no calor do final do jogo onde as coisas não foram como o Mapará esperava, uma declaração mais açodada é compreensível.  Contudo, após as coisas esfriarem, dos “replays” e da cabeça mais fria, não se pode admitir um destempero como o que ocorreu. Essa história de telefonema oferecendo facilidades em nome do árbitro é esdrúxula para dirigentes mais tarimbados. Talvez seja isso que esteja atrapalhando o Presidente Camarinha e sua equipe.     
 
Para encerrar a discussão: o que o Bahia e a CBF fizeram com o Paysandu, transferindo o jogo da Curuzu para o Mangueirão deixa tanta diferença para o que Paysandu e FPF fizeram como Cametá na antecipação do jogo para quinta feira? Então…
 
O que o papão precisa providenciar é uma segurança maior para o seu torcedor no retorno do jogo que terá início às 21h45min horas e se preparar bem para enfrentar uma equipe forte e sedenta de um resultado que lhe classifique em um único jogo.
 
Se houvesse transparência total nos clubes grandes do Pará – falo de Remo e Paysandu, poderíamos ter a ideia exata sobre o arrecadado em dois meses de atividades no futebol. Não se sabe o certo de quanto rendem os patrocinadores dos dois clubes, mas faz-se uma especulação de algo em torno de 350 mil reais já que são 4 patrocinadores. Ressalte-se que o Governo do Estado participa com dois patrocínios que são Banpará e Funtelpa algo em torno de 120 mil/mês.
 
Nas bilheterias, o Remo arrecadou em cinco jogos nos dois meses, 635 mil 874 reais. O Paysandu em seis jogos no mesmo espaço de tempo amealhou 547 mil e 607 reais. Se somados aos 350 mil mensais, o Remo tem para gastar com o futebol aproximadamente 700 mil reais/mês e o Papão 620 mil. Esses cálculos são por baixo e se houver alteração é para mais.
 
Não gosto de trazer para este espaço discussões de assuntos de fora do estado, mas o Milton Neves pisou na bola no caso Ganso. Ninguém discute a competência e a audiência que tem o apresentador, mas bem que poderia separa as coisas, não?
 
Rui Guimarães

23 de março de 2011 at 3:14 pm Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 23.03.11

POSITIVO – Goleiro Lopes estará de volta no returno após bom estaleiro. Maior salário do Remo poderá ser o comandante da grande e necessária arrancada do Leão. Para quinta na Curuzu deu Dewson Freitas no apito.

NEGATIVO – Viagens para Cametá têm durado em média sete horas e o que irrita são aquelas balsinhas de Igarapé Miri e Rio Meruú. Diferentemente de Tuna e Remo, o Paysandu ainda voltará lá dia 24.4.

Lá e Cá

 Não sei porque o Remo não pensou em Moisés. Pouco relacionado no Santos e de ponta com LOP, com quem saiu brigado do Paysandu, viria com todo gás disputar o Parazão e salário dividido.

Função do Lecheva totalmente definida no Paysandu. A de Bracalli, no Remo, eu ainda não consegui entender. Acho que ele e Comelli fizeram viagem furada. Lateral Elsinho fora da estréia azulina no returno.

 Minha Ana integrando hoje mais uma Caravana da Cura Espiritual, com destino a Buritis-MG. Escritora Ducarmo Souza relançando amanhã “As Janelas da Alma”, no CENTUR (hall Ismael Nery), de 18 a 20 h.

No turno do Parazão de 2010 o Remo com Sinomar Naves alcançou 19 pontos e decidiu competição perdendo para o Paysandu. Este ano com o Comelli fez 18 pontos e caiu para Cametá na semifinal.

Abertas inscrições para escolinha do Comercial de Ananindeua pelos fones 32550678, 88912046 ou comercialesporteclube@bo.com.br. Cinco jogadores da base comercialina foram para o Paysandu.

Livro “História do Campeonato Paraense”, de Ferreira da Costa, contará que dia 9.9.89 o Santa Rosa bateu o Independente por 1×0, no Mangueirão (gol de Vitor), com público de 1 pagante e renda de dois reais.

Eleição no Cametá dia 22.7 e vai ter oposição. Futebol pelada: Urucubarca empatou com Recall Madruga por 2×2.

 Para Rogério Ceni meia Ganso é o melhor jogador do Brasil e vai ser a sensação da Copa de 2014. Paraense Tiago Alves (Santos), convocado para Seleção Sub-18 é de São João do Araguaia e no Sub-13 do Remo chegou a marcar 33 gols em 12 jogos do Campeonato Paraense.

Sérgio Cabeça (CR) estava num programa de TV e LOP (PSC) com virose não compareceram ao lançamento do “É Gol Capitalização da Caixa”. Foram representados por Hamilton Gualberto, Fred Carvalho e Carlos Pupo.

HOMENAGEM – Armando Bracalli, o Bracalli, ex-goleiro do Atlético-PR, Colorado-PR, Portuguesa Santista, Juventus (6 anos), Náutico, Uberlândia e Remo, onde foi também preparador de goleiros. Hoje é superintendente azulino. Formou-se em Educação Física aqui.

23 de março de 2011 at 3:13 pm Deixe um comentário

Posts mais antigos


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.