TRÊS HISTÓRIAS E UM DESTINO

19 de maio de 2010 at 2:13 pm 2 comentários

No Parazão 2010, ao que tudo indica o último nesse formato porque com toda certeza teremos mudanças para 2011, temos três histórias e um só destino.  O Paysandu, campeão do turno, titubeou no segundo e agora assiste de camarote, o duelo entre Clube do Remo e Águia de Marabá pela única vaga na final.

O Leão Azul Paraense, aos trancos e barrancos, conseguiu chegar ao jogo de volta com a vantagem de atuar por dois resultados por haver revestido o quadro na primeira partida, no Mangueirão, de virada. Para alivio de muitos,  Otacílio não poderá atuar em Marabá por ter recebido o terceiro cartão amarelo. Giba que assumiu o Remo no returno e promoveu importantes mudanças na equipe, pode manter a cautela que o caracteriza até então ou surpreender o adversário. Para isso utilizará outro volante no time ou optará por um armador. Ramon, Samir e Gian aparecem como favoritos. Na prática o técnico azulino tem preferido “cansar” seu oponente no primeiro tempo mantendo o “sofrimento” até o intervalo, quando volta com tudo. Pelo menos até agora, tem conseguido seu objetivo. A pergunta que não quer calar é: até quando? Haja coração!

O Águia de João Galvão & Ferreirinha, depois daquele verdadeiro fiasco no turno, em função do entrosamento dessa dupla, mudou da água pro vinho e, não a toa, liderou o returno de cabo a rabo. Tirando aquele acidente de percurso quando foi goleado pelo Paysandu faz bonito até agora. Apesar de ter perdido a vantagem para o Remo e dos desfalques importantes  para o jogo de volta – o goleiro Alan e o volante Analdo não jogarão -, já adiantou ter Inácio e Soares como substitutos. Como é caso de vida ou morte para os marabaenses, o técnico se arrisca com o sistema  “lençol curto”, fortalece o ataque e enfraquecendo a proteção da zaga, ou seja, quando cobre a cabeça descobre os pés. Será premiado ou castigado pela ousadia? Quem viver verá!

Já o Paysandu não pode desperdiçar o tempo que tem, pois qualquer um que vier, virá com vontade. Todo cuidado é pouco, pois terá três desfalques sérios para o primeiro jogo da decisão – Sandro, Thiago e Fabrício. Sua Diretoria, porém, em vez de focar como objetivo principal a decisão do campeonato, cuidando de tranqüilizar o grupo, preferiu dispensar três  e acena com mais demissões. Até Charles Guerreiro não está garantido no comando da equipe para a Série C que se avizinha. Quatro caras novas estão contratadas: Vaninho, ex-Potiguar de currais Novos; Marcelo dias, ex-Santa Rosa; Adelson, ex-Independente Tucurui e o “rodado” Marcelo Ramos, de 37 anos de idade. Será essa a melhor estratégia para o momento? Só Deus sabe!

Quem errar menos levará a taça, mas tudo o que for feito agora, de bom ou de ruim, será revertido em sucesso ou insucesso. Como sabemos que ri melhor quem ri por ultimo, só nos resta aguardar, torcer e rezar. Infelizmente para Paysandu, Remo e Águia somente um poderá fazer a festa no final, sendo o Campeão Paraense 2010. Quem será? Façam suas apostas!  (JOÃO CUNHA)

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

ASSIM CAMINHA A HUMANIDADE E AGORA… JOSÉ?

2 Comentários Add your own

  • 1. Thiago Rodrigues  |  26 de maio de 2010 às 1:06 pm

    Foi com grande tristeza que soube da impossibilidade da venda do Estádio Baenão em virtude da iniciativa revanchista do promotor de Justiça Wilson Benedito Sá, que deve ter o seu nome eternamente lembrado como um dos responsáveis pela decadência do Clube do Remo.

    Não tenho dúvida quanto ao grande passo que daria o Leão de Antonio Baena para alcançar o nível de profissionalismo que tanto se almeja para o clube que possui uma numerosa e fanática torcida.

    Mas o que mais deixou triste é a pequenez de alguns conterrâneos (Benedito Sá, Jones Tavares, Gerson Nogueira etc). Ah, como é difícil ocorrer mudanças significativas neste Estado. Como somos provincianos. Como temos dificuldades em acompanhar o crescimento de outros estados…

    Afinal, alguém poderia me explicar qual o valor arquitetônico que o Baenão tem para a cidade? Quem se orgulha, independente de que camisa veste, de ter um estádio sujo, pichado e sem perspectivas de melhoramento no centro da cidade. Aqueles que conhecem outras praças esportivas, até mesmo em cidades pequenas do nosso país, sabem que o Baenão não passa de uma grande quantidade de concreto armado, que não oferece o menor conforto e segurança aos seus freqüentadores, sejam eles torcedores, cronistas e atletas. Várias vezes fui indagado por colegas de outros estados que ao passarem em frente ao estádio indagaram: “É esse o estádio do Remo? Não acredito”

    Admitindo os argumentos utilizados pelo agora não tão nobre promotor, Manaus e Natal não seriam sedes da Copa do Mundo, uma vez que não poderiam implodir o Vivaldão e o Machadão, respectivamente para construírem novos e modernos estádios.

    Promotor Benedito Sá, caso o Clube do Remo não consiga concretizar a venda do seu envelhecido estádio, não estará deixando apenas de crescer, estará, também, perdendo um torcedor que durante 28 anos esteve sempre ao lado dos seus sucessos e fracassos. Faço isso, não pelas inúmeras tristezas que o clube tem me proporcionado nos últimos anos, muito menos pela sua atitude irresponsável e egoísta, mais, fundamentalmente, pela falta de perspectiva de crescimento que assolará o meu querido clube por muitos e muitos anos.

    Sem mudanças estruturantes Remo e Paysandu continuarão navegando contra a maré. Não podemos esquecer que atitudes irresponsáveis como a do Promotor Benedito Sá, além de impedir a modernização do clube, arrefecem ações como as do Sócio Torcedor, afinal muitos torcedores se associaram, como eu, empolgados com a esperança de um confortável e moderno estádio.

    Acordem! O maior patrimônio dos clubes paraense que são as suas torcidas estão envelhecendo. Não está havendo renovação entre os seus torcedores. Poucos adolescentes de nossa cidade continuam dando preferência aos times da terra. Se nada for feito, o futebol paraense será apenas uma boa lembrança.

    Responder
  • 2. daian oliveira  |  25 de julho de 2010 às 7:07 pm

    torcedores do remo aqui em são paulo tambem
    ligados em mais uma vitoria do remo hoje
    a maior e mais apaixonada torcida do norte do brasil.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: