Archive for julho, 2010

Governo assina convênio para ajudar clubes paraenses no Brasileirão de 2010

O Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), assinou na tarde desta sexta-feira (30), no CIG (Centro Integrado de Governo ) na avenida Nazaré, um convênio com a Federação Paraense de Futebol para repasses de apoio financeiro aos clubes paraenses que estão disputando o Campeonato Brasileiro das Séries C e D. O valor total que será dividido entre os clubes será de R$ 300 mil reais.
        
        A iniciativa do governo do Estado é ajudar os clubes paraenses no sentido de custear suas despesas de deslocamento de passagens áreas, durante apenas a disputa da primeira fase das competições nacionais.
        
        Pela Série C, os beneficiados serão o Paysandu, São Raimundo e Águia de Marabá, que receberão a ajuda correspondente ao valor de R$ 80 mil reais. Já pela série D, os beneficiados serão o Clube do Remo e o Cametá que receberão a importância de R$ 30 mil reais.
        
        Por falta de documentação, Clube do Remo e Paysandu não poderão receber diretamente o valor financeiro correspondente ao apoio oferecido pelo Governo do Estado, ficando a cargo da FPF (Federação Paraense de Futebol), a responsabilidade de efetuar o pagamento das despesas de deslocamento das duas agremiações,conforme a comprovação efetuada pelas mesmas.
        
         Estiveram presentes ao evento, o Secretário de Esporte e Lazer: Leandro Schilipake, o Secretário Financeiro da Seel: Edilson Rodrigues, o Vice-Presidente da FPF: José Ângelo Miranda, o Presidente do Clube do Remo: Amaro Klautau e o Vice-Presidente do Paysandu: Paulo Sérgio Soares.

(Adilson Brasil)

Anúncios

31 de julho de 2010 at 12:35 am Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE (Claudio Guimarães)

POSITIVO – SEEL conseguindo liberar 300 mil para transporte dos clubes paraenses no Brasileiro. Remo e Paysandu levarão 75 mil cada, Cametá, São Raimundo e Águia 50 mil, individualmente. Já ajuda e como! Assinatura do convênio, hoje, no CIG.
NEGATIVO – São Raimundo se apequenou em casa, técnico Walter Lima insistiu com o inoperante Clóvis, preparo físico panterino deixou a desejar, torcida vaiou e Fortaleza sorriu. Complicou para time santareno. Aliás, se o Éder (Fortaleza) joga só aquilo Remo não perdeu nada!
Lá e Cá
Ator Nuno Leal Maia estava em Santarém e foi torcer pelo São Raimundo. Ganhou apelido de “Mick Jagger do Baixo Amazonas”.
Missa pelo descanso da alma do grande bicolor e bancreveano Heraldo Sampaio Almeida será hoje, 19:30 horas, na Igreja de Santo Antonio Maria Zacaria, na Boaventura com 9 de Janeiro.
Visual da Curuzu está ótimo internamente, com as arquibancadas pintadas, principalmente para tomadas televisivas. Diminuiu para 11.390 a carga de ingressos para domingo (com as intrigantes 400 cadeiras centrais a 2 reais) e renda se todos vendidos para R$ 235.000,00.
Domingo próximo, no Diário do Pará, revista especial sobre Ganso, com entrevista exclusiva, ficha técnica, opinião de torcedores, reportagens com jogadores paraenses que vestiram a amarelinha e um super pôster do craque paraense do Santos.
Por sinal, no jogo de volta da Copa do Brasil, apenas dois conterrâneos estarão em campo: Ganso e Pará. É que Vânderson, do Vitória, está punido pelo 3º cartão. Por sinal, faixa “orgulho de ser paraense” acompanha jogos do Santos e homenageia Ganso.
Ritmo do Jogo, do João Cunha, na Rádio Clube, elegendo Craque Nota 11 do Brasileiro, entre os clubes paraenses, em regosijo aos 11 anos do programa. Votação a cada jogo dos jornalistas, torcedores e sai um vencedor do mês. No final do campeonato será conhecido o Nota 11 da competição.
Correção: transmissão virtual da Copa do Nordeste está sendo pelo site www.futeboldonorte.com
Charles, paraense do América-AM é o artilheiro da Série D (4 gols). Mequinha fez seis gols em dois jogos.
Giba fazendo rodízio de capitães no Remo. No primeiro jogo foi Gian, domingo passado Gilsinho e agora em Rio Preto da Eva-AM será a vez de Zé Carlos. Espera-se, que, com a responsabilidade atacante encontre o caminho do gol. Muito se fala na estréia do zagueiro Ênio.
Atacante bicolor Moisés diz que se garante para o jogo do dia 7 de agosto, no Ceará, contra o Fortaleza. Sem precipitação, garoto!
Público de anteontem em Santarém (7.893 pagantes) o segundo melhor da Série C, só perdendo para Fortaleza 0x0 Águia (10.078).
Cametá vai de três atacantes pra cima do Cristal, no Amapá: Jaílson, Ró e Balão. No meio campo Julio Cesar, Paulinho Pitbul e Marçal. É tudo ou nada!
Depois de Bernardo, técnico João Galvão agora perdeu outro zagueiro, o Charles e por 30 dias. Águia vem Roberto (ex-Independente), ao lado de Ari e Edicleber, domingo na Curuzu.
Remo tem Mangueirão liberado para treino apronto hoje, além dos dias 6 e 13 de agosto, antes das partidas diante do América-AM e Cristal-AP.
Neto Potiguar estava no Lobos BUAP (Benemérita Universidade Autônoma de Puebla), da divisão de acesso do México. Fez 8 jogos, 2 gols e última súmula foi assinada dia 9 de abril passado, na derrota de 3×0 para o Orizaba.
Técnico David Leal, que aniversariou ontem, comandando hoje as equipes Sub-11 e Sub-13 do Rio Tapajós-COPM Belém, contra AABB e Aliança Primavera, a partir de 18:30 horas, na decisão da Copa Santarena de Futsal. 
HOMENAGEM – Carlos Benedito Trindade, o Moleza, ex-pugilista da Academia Joe Louis nos anos 70-80. Foi campeão brasileiro peso pesado. É técnico em refrigeração no Mosqueiro e trabalha por conta própria.

30 de julho de 2010 at 12:58 pm Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE (Claudio Guimarães)

POSITIVO – Remista Carlos Alvarenga sugere ao técnico Giba programação dos amistosos dos reservas e não relacionados do Remo nas preliminares do time principal na Série D, até para sentirem maciçamente o clima na presença do Fenômeno Azul. Faz sentido e assino em baixo!
NEGATIVO – Clubes da Copa do Nordeste fizeram acordo com o site www.futeboldonorte.com para transmissão virtual dos jogos da competição e assim evitar que TVs estatais de cada unidade fizessem a cobertura ao vivo tirando mais público dos estádios. Nossos dirigentes não sabiam dessa alternativa para o Brasileiro e só resta lamentar!
Lá e Cá
Copa da Noruega Infanto-Juvenil reunirá, de 1 a 7 de agosto, 2.500 atletas de clubes de 50 países. Alunorte Rain Forest antes de chegar lá esteve no RJ, turma visitou o Cristo Redentor e até treinou no campo do Vasco.
Na Série C de 2009, Paysandu estreou vencendo Sampaio Corrêa-MA, no Mangueirão, por 1×0, com público de 17.378 pagantes. Este ano, na goleada de 6×2 sobre o Rio Branco-AC, na Curuzu, catracas registraram presença de apenas 5.633 bicolores. Esperança maciça de público domingo próximo!
Paysandu x Águia tem sido o clássico paraense mais jogado na última década. São 32 partidas, 19 vitórias bicolores, 7 aguianas, 6 empates, 63 gols do Papão e 33 do Azulão. Primeiro confronto ocorreu no Parazão de 1999, em Marabá, dando 0x0.
Última vitória marabaense dentro da Curuzu foi no Parazão de 2006, por 3×2 e último jogo no mesmo local ocorreu no Parazão de 2010, com a goleada alvi-azul de 6×1. Os dois se defrontaram de novo nas finais do Parazão deste ano (Águia 1×0 e Paysandu 3×1, sagrando-se bi-campeão). Dados levantados pelo Sérgio Wilson Japonês.
Héliton voltou marcando em jogo-treino depois de 20 dias e se coloca à disposição do grupo para jogo do Remo domingo. Faltam estrear oficialmente no Leão Azul, zagueiro Ênio, lateral Márcio Loyola e meia Canindé.
Vícios processuais têm permitido adiamento de leilões de bens patrimoniais do Remo, graças ao esforço e competência do Dr. Mauro Maroja, atualmente  jogando mais que o ataque azulino.
Outro jogo histórico para o Cametá, o de domingo em Santana-AP, contra o Cristal: é o 1º do “Mapará” fora do Estado e ainda por cima em competição oficial da CBF.
Atacante Neto Potiguar, que continua sem contrato com o Paysandu por não estar legalizado, pelo menos ganhou seguro do clube. Inicialmente se falou em 16.500, passou para 14.000, mas serão 11.720 ingressos para domingo na Curuzu.
Sem festa, Estádio Leônidas Sodré de Castro, do Paysandu, popularmente conhecido como “Curuzu” e que já foi Ferreira & Comandita, completou ontem 92 anos de existência. Atacante Fábio Jr, sonho dos bicolores, tem 32 anos e fez 7 partidas na Seleção Brasileira principal.
FPF interligada eletronicamente à CBF e a todas as federações estaduais, agilizando sobremaneira transferências, registro de contratos, etc.
Federação Paraense de Desportos, próximo à Igreja da Trindade, só abriga atualmente o kendô, esgrima, celotex, tiro ao arco, tiro olímpico e levantamento de peso, alguns desses esportes sem atividade. Até final dos anos 60 era poderosa e comandava inclusive o futebol.
São Francisco de Santarém só definirá CT e reforços após reunião do Conselho Técnico da Segundinha, dia 8 de agosto. Tem 28 títulos mocorongos, é o 268º no ranking da CBF, vai completar 81 anos de fundação, seu mascote é também um leão, camisa azul marinho e presidente atual Eddie Ribeiro.  
Assembléia Paraense lidera taça Eficiência após 3ª Etapa do Campeonato Paraense de Tênis de Mesa. Entre os atletas primeiros colocados individualmente, destaques para seus defensores Sérgio Rodrigues (absoluto e 1ª divisão masculina), Daniel Carvalho (infantil e juvenil masculino) e Francis Layla (1ª divisão feminina, juvenil e juventude).
HOMENAGEM – Edgar Brabo Carvalho, o Brabinho, ex-ponta direita do Guarani (disputou nossa 1ª divisão) e os suburbanos Norte Brasileiro e São Domingos nos anos 40-50. Aos 82 anos, esbanja saúde, simpatia e ainda trabalha em loja de material de construção em nossa Capital.

29 de julho de 2010 at 2:46 pm Deixe um comentário

LINHA DE PASSE (RUI GUIMARÃES)

Muito discutida a decisão do Governo do Estado de exigir o televisamento dos jogos dos Clubes do Pará pelo campeonato brasileiro. Remo e Paysandu têm razão de estar lamentando a medida, pois terão suas arrecadações afetadas. Contudo, não podem se queixar. A ajuda para o campeonato paraense e para o campeonato brasileiro foi excelente. Governo, Banpará e Funtelpa fizeram a sua parte, faltou aos dirigentes dos clubes maior habilidade na condução das discussões e cuidado com o teor do contrato que foi assinado. Até entendo que o momento lá atrás, quando a negociação foi efetuada, não havia o que discutir. Os clubes estavam de pires na mão e tudo o que viesse era lucro. O momento agora é compreensível para a exigência por parte do Governo, pois as eleições estão aí e os dividendos precisam vir. Mais uma vez os dirigentes não vão gostar, mas é falta de eficiência de gestão esses percalços.

 

O Presidente Lula sancionou ontem a Alteração no Estatuto do Torcedor que vai punir quem cometer desatinos no futebol e no esporte em geral. A começar pelos torcedores que agora serão tratados como criminosos se invadirem o campo, por exemplo. Não teremos mais a figura do cambista que também serão autuados se forem descobertos e o que é mais interessante: os árbitros poderão ser punidos criminalmente se influenciarem no resultado de uma partida. Sabe o que eu acho de tudo isso? Nada. É mais uma Lei para ser desrespeitada.

 

O Paysandu foi a equipe de melhor aproveitamento no final de semana passado dos clubes do Pará. Todos jogaram e o papão ganhou, mesmo que sem atuar. Se aproveitar e fizer o chamado dever de casa irá contabilizar seis pontos em dois jogos contra metade dos outros que terão até três jogos. Fortaleza, Águia e São Raimundo terão que se esforçar bastante para tentar tirar a diferença e o Rio Branco junta os cacos para tentar sobreviver. Sei que é muito cedo, pois iniciaremos hoje a terceira rodada, mas arisco que o papão tá dentro da próxima etapa. É só não pisar na bola.

 

Por outro lado, o Remo precisa de mais esperteza. O trabalho do técnico Giba pode ser considerado bom, mas a meta do Remo não está garantida de ser alcançada. O time ainda não passou a firmeza que a torcida e a imprensa esperavam mesmo considerando ser o grupo da série D mais fraco em relação a série C. O time não acerta no ataque, apesar de ter valores individuais de nível. O fato de ter apenas um elemento de referência e outro de velocidade obriga o técnico a procurar utilizar um esquema tático que contemple essa situação. Não adianta querer inventar e tentar mudar as características dos jogadores. O mérito de quem treina e exatamente adequar as potencialidades dos jogadores às situações de jogos. Há equipes jogando com até seis jogadores no meio campo, três na defesa e um de referência. Outros com quatro na zaga, cinco no meio campo e um de referência ou velocidade. Enfim, o negócio é trabalhar e muito.

 

Falar em trabalhar, a seleção brasileira de voleibol provou, mais uma vez, que o planejamento é quase tudo no esporte. Bernardinho e sua comissão técnica conquistaram o oitavo título dirigindo o time brasileiro dos nove que a seleção conquistou na Liga Mundial. O que é para ser observado por todos é que os títulos saem com mudanças radicais dos jogadores. São quatro gerações e hoje, em relação a última conquista há somente três veteranos. Giba, Rodrigão e Dante, se é que podemos considerá-lo como tal. O que há na verdade é treinamentos a exaustão e dedicação e comprometimento de todos. Se o futebol brasileiro tivesse um Bernardinho seguramente tudo seria diferente. Falam em Leonardo mas já criaram animosidade com o Presidente Ricardo Teixeira que é quem manda na seleção. Ainda tem isso.

28 de julho de 2010 at 2:41 pm Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE (Claudio Guimarães)

POSITIVO – Paraense Zezé do Boxe vai ser homenageado pela CBB, em agosto, aqui em Belém, por ter sido o treinador que mais conquistou títulos no Brasil, somando cinco brasileiros (profissionais), dois ibero-americanos, um sul-americano e cinco latino-americanos. Ele merece!  

NEGATIVO – Como a FUNTELPA está sem recursos para transmitir jogos de fora de Belém, Governadora autorizou jogos daqui ao vivo, inclusive para Capital, haja vista se basear no contrato assinado pelos clubes. Só haveria impedimento se as Séries C e D tivessem algum patrocínio. É isso!

Lá e Cá

Cruzamento para 1º mata-mata dando no momento Paysandu x ABC-RN e Águia x Alecrim-RN (Série C), América-AM x Vilhena-RO e Remo x Mixto-MT, do Barbieri (Série D).

Turma do América-AM ficou largada no aeroporto de Belém por mais de 10 horas, parecendo mais um grupo de estudantes em excursão. Só alcançou Manaus no início da madrugada de ontem. Remo, domingo, tem que tomar cuidado com atacante paraense Charles. É fera!

Águia confiante domingo, na Curuzu, na máxima de que se apresenta bem fora de casa. Ari, Vânder e Roma estarão de volta e a baixa poderá ser Bernardo (logo ele!). Paysandu colocará 14 mil ingressos à venda e capacidade máxima de 16.500 só contra o Fortaleza, dia 22 de agosto.

Tuna se reestruturando para 1ª fase do Parazão, objetivando volta à elite em 2011, depois de quase três anos fora. Fala-se na revitalização do Estádio Francisco Vasques dentro das exigências da CBF, formação de plantel com pé no chão e técnico está entre Artur, Zé Carlos e Sinomar.

Erivélton, o goleiro suplente de Douglas, no Fortaleza, amanhã em Santarém, é originário da base, tem apenas 17 anos e já ficou no banco em duas partidas da Copa do Nordeste. Ingressos no Barbalhão a 30 reais (arquibancada central), 20 (arquibancada coberta), 10 reais (arquibancada descoberta e meia).

Anunciados leilões da sede do Remo (lance 10,8 milhões) para 13 de agosto e da área do carrossel (3,5 milhões) dia 22 de agosto. É duro!

Jéferson, goleiro do Botafogo e agora da Seleção Brasileira é aquele mesmo que defendia o Cruzeiro na decisão da Copa dos Campões, em 2002, aos 19 anos, quando na final falhou em dois gols na consagradora conquista do Paysandu. Em 2003 foi campeão mundial Sub-20 pelo Brasil.

Essas propostas do Santos e Sport do Recife para ter Moisés, do Paysandu, são bem repetitivas e a multa é de 2,5 milhões de reais. Demora na transferência de Neto Potiguar, do México, indica existir pendência do jogador com a equipe azteca.

Diretoria, CT e jogadores fumaram cachimbo da paz e Cametá fez pacto da vitória contra o Cristal-AP, com Marçal sendo escalado no ataque em detrimento e Balão. Atleta deveria ser punido pela sua rebeldia. Note-se, que, mesmo bom jogador, nunca emplacou em time nenhum!

Fortaleza é o único time da Série C que ainda não balançou as redes adversárias, em que pese atacantes de renome, maior folha salarial da competição e treinador (Zé Teodoro) mais bem pago. Remo (da Série D) antigamente tomava muito gol e agora ataque é que não faz.

Paraense Carmem Casca Grossa ganhou mundial de jiu-jítsu feminino em São Paulo e, no Rio Open Internacional, tornou-se vice-campeã. Yuji Horiguchi, Dáryl Maltez e Juan Oliveira ficaram com o bronze (categorias 55, 51 e 68 kg) no Campeonato Infanto-Juvenil de Taekwondo, em Uberlândia-MG.

Federação Paraense da Capoeira realizará de 20 a 22 de agosto, em Marabá, o 1º Encontro Nacional  e III Jogos Abertos de Capoeira, com as presenças dos mestres Beija Flor, de Sergipe e Batalha, do Tocantins.

Remo não engrena e pelo jeito zagueiro Ênio é inferior a Pedro Paulo. Diretoria precisa cobrar mais do técnico Giba e jogo de domingo, em Rio Preto da Eva-AM, é fundamental. Plantel e treinador são dos mais caros da Série D, perdendo apenas para o Santa Cruz-PE.

HOMENAGEM – Luciel da Costa Caxiado, o Caxiado, ex-remador campeão paraense pelo Paysandu, Remo e defendeu também a Seleção Paraense nos anos 80. Era voga do dois com, quatro com e oito gigante. É irmão do repórter esportivo Paulo Caxiado e requisitado advogado criminalista.

28 de julho de 2010 at 12:48 pm Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE (Claudio Guimarães)

POSITIVO – Ganso se tornou o 14º paraense a ser convocado para Seleção Brasileira principal. Os demais, pela ordem de chamada foram: Abelardo, Mimi Sodré, Pamplona, Santana, Ivan Mariz, Vevé, Octávio Moraes, Zé Maria, Quarentinha, Sócrates, Paulo Vitor, Charles Guerreiro e Giovanni.

NEGATIVO – Mais uma da Ferrari e  a constatação de que a Fórmula Um deixou de ser esporte sério; Águia não só decepcionou em campo contra o São Raimundo, mas também nas arquibancadas, pois preço salgado afugentou torcedores. Assunto a ser revisto!

Lá e Cá

Capitão, primeiro técnico de Ganso, era o mais empolgado com sua convocação, sacudindo o bairro de Canudos. Compensou a frustração da não chamada pelo Dunga para Copa da África.

Renatinho (John Ânderson) voltou de Cachoeira do Arai com o título latino americano de boxe categoria médio, ao derrotar o argentino Walter Acuna. Foi descansar com o técnico Zezé, no Mosqueiro.

Geovanni, meia de 21 anos que brilha no Náutico (líder da Série B), emprestado pelo Atlético-MG, não só é paraense como iniciou nas divisões de base de campo e futsal do Paysandu (técnico Marquinhos).

Veterano Jóbson (ex-Tuna, Paysandu, Remo e muitos clubes de fora do Estado) foi a sensação na final do Campeonato de Pelada da Vigia ao entrar no segundo tempo no time do “Perdeu-Perdeu”, que goleou de virada o Boca Juniors por 5×2. Ele fez quatro, sendo um antológico.

São Raimundo, mesmo começando bem a Série C, dispensou três jogadores: zagueiro Roberto, atacantes Torana e Hállace. Aguarda-se recorde de público nesta quarta contra o Fortaleza, este desfalcado do goleiro titular Fabiano. Erivélton já em Santarém para reserva de Douglas.

Só emissário do Paysandu que não tem ido assistir jogos dos concorrentes nesta Série C. Fortaleza, Águia, São Raimundo e Rio Branco têm mandado espiões. Técnico Tarcísio Pugliese e toda CT caíram no Estrelão. Jogo São Raimundo x Fortaleza será 20 horas, face Copa do Brasil e Libertadores.

Paysandu foi quem mais ganhou na rodada, mesmo sem ter atuado. Águia, São Raimundo, Fortaleza e Rio Branco, todos perderam dois pontos nos seus jogos.

Governadora se lixando para dupla RE x PA e manda transmitir os jogos dois em Belém, ao vivo, pelo Brasileiro.

Empresa Arapari não cumpriu horário e pessoal do América-AM perdeu avião da hora do almoço para Manaus. Técnico Mariozinho sofre pressão no Cametá e se perder para o Cristal, em Santana-AP, será substituído.

Canindé passou um mês para se contratado pelo Remo e ainda chegou fora de forma, depois de amargar reserva no Linense-SP. Remistas querem contar com ele para o dia 8 de agosto, diante do América-AM, mas o próprio jogador falou que só se garante para 15, frente ao Cristal-AP, aqui.

Por sinal, caso Canindé ganha a titularidade e a maneira como Gilsinho entrou no time, aguentando bem dois tempos, deve sobrar mesmo para Gian, no Remo.

Ninguém no Águia deu entrevista após empate com o São Raimundo. Exemplo de Felipão, do Palmeiras, chegou a Marabá.

Ginásio Moura Carvalho não vai mudar de nome, o que, aliás, seria um desrespeito à família do saudoso político. Já está liberado para treinos bicolores e reinauguração só em agosto.

No Baenão atletas podem ler a mensagem: “prefiro as lágrimas da derrota que a vergonha de não ter lutado”. Por sinal, presidente remista Amaro Klautau (ex-SEEL) esclarece dimensões do Mangueirão (105×68-padrão FIFA) e Baenão (106×68). Este último continua o maior gramado do Pará.

Delegação do Alunorte Rain Forest que embarcou para Copa Infanto- Juvenil de Futebol da Noruega: chefe – Ricardo Lara, assessora de comunicação – Renata Freitas, assessores voluntários – Sérgio Albuquerque e Eduardo Marques, técnico – Alberto Muller.

Atletas – Airton, Carlos Eduardo, Eduardo Costa, Diego, Elielson, Erick, Fabrício, Genílson, Guilherme, Hallan, Hugo de Leon, Jaílson, Lucas, José Cláudio, Marlon, Mateus, Yan e Sávio.    

HOMENAGEM – Alaílson Pontes, o Cupuaçu, ex-remador da Tuna, Paysandu e Seleção Paraense nos anos 60-70. É eletricista e trabalha por conta própria.

27 de julho de 2010 at 12:31 pm Deixe um comentário

LINHA DE PASSE

Não me recordo de um técnico ter recusado um convite para dirigir a seleção brasileira. Por isso, permitam-me desconfiar que algo está por trás desse episódio. Confesso aos senhores que me surpreendi com a escolha de Ricardo Teixeira, indicando Muricy Ramalho para novo técnico da Seleção. Não vejo nele perfil de renovador, como busca o presidente da CBF. Muricy teve uma campanha brilhante no São Paulo, mas acho pouco. É evidente que a seleção brasileira é outra história. Qualquer técnico de bom senso pode fazer um grande trabalho, basta não ser intransigente e/ou ter um raciocínio lógico mediano. Os melhores jogadores do mundo estão à disposição. A estrutura para trabalhar é impecável. Não há problemas de dinheiro. E o que é melhor: estamos classificados para a próxima Copa do Mundo. Mano Menezes é menos radical e melhor humorado que Muricy, mas precisa de pedigree para técnico da Seleção Canarinho. Continuo advogando o chamamento de um sangue novo que seja do ramo e tenha experiência, tipo Zico, Falcão ou Dorival Junior, até. Mais importante que isso, é uma retaguarda experiente do tipo Parreira ou Antonio Lopes.

Nizan Guanaes, o publicitário mago de muitos políticos, disse certa vez, que é impossível se trabalhar só por dinheiro. A satisfação profissional também é muito importante. Meio tangenciando, esta semana senti uma recompensa enorme de trabalhar como analista esportivo, quando soube da decisão do Paysandu em construir as cabines da Curuzu do lado que demanda a Av. Almirante Barroso. Há muito tempo venho batendo nessa tecla pela importância de se dar mais independência, inclusive física, a imprensa e privacidade aos dirigentes do Clube de Suíço. Parece que agora sai. O Presidente do Paysandu ficará lembrado no clube pelas obras que irá deixar. O Ginásio Moura Carvalho está perfeito em sua reestruturação. A Curuzu já melhorou muito com as obras dos camarotes e reforma do gramado e agora poderá se transformar no melhor dos nossos estádios particulares. Todos que ajudaram e ajudarão merecem nossos mais efusivos elogios. Parabéns.

Time que está ganhando não se mexe? Para muitos esse é um bordão verdadeiro no futebol. Para mim, não. Sou daqueles que acredita que o time deve ser definido em função do adversário. Quando este é de menor expressão, reconhecidamente, até que vá lá. Mas é impossível pensar em jogar num 3-5-2, como joga com muito sucesso o Águia de Marabá por exemplo, contra o Santos de Ganso, Neymar, André e Robinho. Nem seria bom imaginar. Remo e Paysandu têm apresentado times com algumas falhar, principalmente no setor defensivo, mas em nome das vitórias seus técnicos estão prometendo mantê-los. Faço o registro para reflexão de Giba e Charles.

Esta semana foi de grandes motivos para comemorações. Aniversários para todos os gostos, a começar pelo desportista Ruy Sales, ex-presidente do Paysandu e figura muito querida na terra e terminando com o companheiro Carlos Castilho que chegou aos 71 vendendo saúde (até porque ele não é de dar nada). Com o registro, gostaria de homenagear uma plêiade de cronistas ativos e que há muito merecem destaques por suas contribuições, ainda que muitas vezes incompreendidas, ao nosso desporto.  Jones Tavares, Cláudio Guimarães, Carlos Estácio, Carlos Castilho, Ivo Amaral, Meirelles Fayal e José Lessa. Faço o registro sem esquecer Theodorico Rodrigues que se foi, também esta semana.

 

Rui Guimarães

24 de julho de 2010 at 1:18 pm Deixe um comentário

Posts antigos


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.