PAPO DO 40º – Ronaldo Porto – 20.09.2010

20 de setembro de 2010 at 12:14 pm Deixe um comentário

FALTA POUCO PARA PAPÃO E ÁGUIA

 

Mesmo com uma derrota anunciada, o Paysandu chegou à ponta da tabela na 1ª fase da série C e tem amplas chances de subir à série B, dependendo apenas de uma vitória e um empate para isso; primeiro chegar, p’ra depois pensar em ser campeão. A derrota em Rio Branco não estava nos planos do técnico Charles Guerreiro, mas o Paysandu só perderia a primeira colocação por milagre. E esse milagre, apesar de chegar perto, não aconteceu, já que o Águia também conseguiu o seu objetivo, mas com um empate heróico dentro de casa, somando os mesmos pontos do Fortaleza, porém com uma vitória a mais. Com o fechamento da fase inicial, o Paysandu terá pela frente agora o time do Salgueiro-PE, enquanto o Águia vai enfrentar o ABC de Natal. Pelo andar da carruagem, poderemos ter dois representantes na série B em 2010, se não tivermos nenhuma surpresa. Muito cuidado!

 

ALTA TEMPERATURA

 

O Paysandu ficou em 2º lugar na classificação geral no final da 1ª fase, perdendo apenas para o Ituiutaba-Mg, que perdeu uma só partida e alcançou os 15 pontos em oito jogos, enquanto o Águia chegou aos 12 pontos e ficou em 5º lugar no geral. Interessante é que o Fortaleza ficou de fora da próxima fase sem perder uma única partida; em compensação chegou aos seis empates e saiu das disputas da 2ª fase, eliminado pelo Águia ontem em Marabá. Quando começou a série C, muitos analistas esportivos – inclusive eu – achavam que Fortaleza e Rio Branco poderiam atrapalhar a vida dos clubes paraenses, mas na prática a coisa foi diferente, tanto que o bicolor se classificou com uma rodada de antecedência e o Águia entrou ontem com o empate dentro de casa, já que tinha uma vitória a mais que o time alencarino. Ruim ficou para o São Raimundo, que dançou e ainda caiu para a 4ª divisão.

 

BAIXA TEMPERATURA

 

Enquanto Paysandu e Águia têm a grande chance de subir de série e o São Raimundo chora a sua queda, o Clube do Remo continua vivendo seus dias de marasmo, eliminado que foi das disputas da série D pelo Vila Aurora-MT. Comissão Técnica desfeita, atletas dispensados e a torcida chupando o dedo. Para aumentar a ira do fenômeno azul, o presidente Amaro Klautau anunciou o local da nova Arena do Leão, próximo ao Lixão do Aurá, na cidade de Ananindeua. Pronto, estava criada mais uma confusão entre a diretoria remista e a maioria dos conselheiros; muitos deles votaram pela venda do próprio azulino, porém com ressalvas que não foram observadas pelo Codir azulino. Hoje à noite na sede social, o Conselho se reúne novamente, sem a presença de estranhos ao quadro. Nem a imprensa esportiva poderá ficar no 2º andar, podendo apenas fazer imagens e entrevistas antes e depois da reunião. A cobra vai fumar e o bicho vai pegar.

 

NO TERMÔMETRO

 

Torrô foi, digamos assim, o herói do jogo de ontem em Marabá, ele que foi o autor do gol de empate contra o Fortaleza. Depois da partida, Torrô agradecia à Deus pelo gol, mas dividiu o sucesso com todos. /// Tá provado que Sandro Goiano e Tiago Potiguar fazem falta no time alvi celeste, e como fazem. Ontem em Rio Branco, além de desarticulado, o Paysandu sofreu três gols numa só partida e isso fazia tempo que não acontecia. Em compensação, o gol de Bruno Rangel deixou o atacante bicolor isolado mais ainda na artilharia, com sete gols; depois dele ainda vem o Felipe Mamão com cinco. /// Carcará do Sertão, é como chamam o Salgueiro Atlético Clube, time que será o adversário do Paysandu na decisão pela vaga à série B. A cidade de Salgueiro fica a 520 quilômetros de distância de Recife. É claro que Charles Guerreiro vai jogar fechadinho lá. /// Junior Ferrim, que já andou por aqui, é o atacante principal do Salgueiro e ontem deixou sua marca na vitória por 2 x 0 contra o Alecrim-RN, clube que por muitos dias vinha sendo o adversário do Paysandu e acabou saindo da competição. /// Já o Águia jogará na capital norteriograndense contra um time mais conhecido nosso, o ABC, que tem estádio próprio – eu já conheci – e a fama de não dar sopa aos clubes paraenses. Se bem conheço João Galvão, o bocudo vai armar um esquema ofensivo em Marabá, fazer o maior número de gols possíveis e partir pra retranca em Natal. /// Ronaldo Passarinho e Benedito Sá vão partir para o ataque na reunião de hoje no Condel azulino. O primeiro está decepcionado com a atual diretoria, que, segundo ele, só pensa em vender o patrimônio azul e esqueceu-se do time de futebol; o segundo, promotor de justiça, acha que o valor do Baenão beira os 60 milhões, longe dos 33 milhões que uma construtora quer pagar. Por essas e por outras que ainda virão, é que seria de bom alvitre chamar os bombeiros para a reunião desta noite na sede do clube que está sem série, poderá ficar sem estádio, mas que tem uma torcida extraordinária, com também tem seu maior rival. /// Uma boa semana a todos e viva Jesus.

E-mails: rporto@supridados.com.br

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

“A BOLA NO BOLA” – 19.09.2010 – Giuseppe Tommaso BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 21.09.10

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: