Archive for setembro, 2010

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 23.09.10

POSITIVO – Alteração das datas dos jogos de Paysandu e Águia favorecendo sobremaneira os dois no tocante à recuperação de jogadores. Aguianos Daniel e Charles estão em Belém para o revolucionário tratamento PRP (Plasma Rico em Plaquetas) com o Dr. Flávio Freire.
NEGATIVO – Águia novamente convivendo com problema de laudos para atender último TAC e prazo vencerá dia 5 de outubro. Jogo com o ABC, no Zinho de Oliveira, está marcado para o dia 16.
Lá e Cá
Correção: formação básica do ABC, adversário do Águia: Wellington, Édson, Leonardo, Tiago Garça e Renatinho Potiguar, Éverton Cesar, Pio, Claudemir e Gabriel Potiguar, João Paulo e Éderson. Técnico é Leandro Campos.
Diego Biro e Darlan entrarão no time do Águia dia 16. Foram oferecidos Didão (aceito) e Héliton, do Remo. Por outro lado, zagueiro Ney Carioca, ex-Remo e Vênus de Abaetetuba, também no Salgueiro-PE, tem familiares em Belém.
Vélber e Marcelo Brás já estiveram no futebol nordestino sem sucesso. Ex-jogadores do Remo e Rio Branco agora tentarão tirar América-RN do fundo do poço na Série B. Charles, 23 anos, ex-atacante do Cametá e América-AM começa a chamar atenção no Avaí-SC.
Médicos cardiologistas recomendaram ao diretor Antonio Cláudio Louro esquecer o Paysandu por enquanto. É duro! Já o colaborador Jorge “Bode” Oliveira torce o para projeto da Arena do Leão não dar certo, entendendo que “eles poderão ficar dez anos na nossa frente”.
FPF faturou 84 mil reais de percentual das rendas de Paysandu, Águia, Remo e São Raimundo, no Brasileiro, até agora. Receita bruta bicolor alcançou 919,9 mil (público de 47.222), do Remo 433,6 mil (35.228), São Raimundo (215,8 mil (16.797) e Águia 110,6 mil (6.342).
Paysandu e Águia, ascendendo à Série B, não poderão disputar título da C este ano. É que se enfrentariam na fase seguinte. Competição vai até 20 de novembro e horário de jogos de volta, 10 da manhã, é diante da possibilidade de transmissão da Sport TV, com remuneração aos clubes.
Tonhão Teixeira, que todos querem como futuro presidente do Remo, peremptório: “estamos perdendo nosso maior patrimônio, que é a torcida, hoje totalmente desalentada. Precisamos reagir”. No TRT, juíza concordou em aguardar até outubro para surgimento de novo terreno.
Por sinal, o escudo azulino simetricamente retirado da frente do Baenão, está guardado a sete chaves para fazer parte do memorial do clube a ser erguido pelas empresas construtores adquirentes do Baenão, no mesmo local.
Jr Ferrim, artilheiro do Salgueiro, quando esteve no Remo em 2004 marcou 10 gols no Parazão e 3 na Série B. No Paysandu passagem foi meteórica.
Assessor de imprensa do Alecrim-RN, Gabriel Peres e supervisor do CRB-AL, Marcos Lima Verde, que aventaram possibilidade de irregularidade dos atletas do Salgueiro, Henrique, Jackson, Matheus, Paulo Costa, Rogério Pereira e Wendel, são desmentidos pelo presidente do clube.
José Guilherme Ferreira oferece prova da relação dessas atletas no BID de 9 de setembro e só foram utilizados dia 12 (3×0 no CRB) e dia 19 (2×0 no Alecrim). Logo…
Gian, Lecheva e Rei Artur prestigiaram a abertura da 7ª Copa dos Miúdos e Miudinhos do Grêmio Português (Acadêmica de Coimbra 3×2 Vitória de Setúbal e Porto 3×3 Beira Mar).
Rildo Souza, Simei Pimentel, Washington Luiz e Lícia Ferreira integram a equipe paraense que viajará, sem apoio oficial, amanhã para Macapá onde tomará parte da 1ª Copa Pro Sport de Culturismo.
HOMENAGEM – José Venícius Martins Rodrigues, que no futebol era conhecido como Vinícius, ex-atacante do Juventus, Rio Branco (três vezes), e Independência do Acre, Paysandu, Santos-SP e Gama-DF. Em 1997 fez um gol e deu passe para Palmiro marcar o segundo em cima do Remo, no Mangueirão, na conquista da 1ª Copa Norte pelo Rio Branco. É auxiliar técnico no Estrelão.

Anúncios

23 de setembro de 2010 at 12:13 pm Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 22.09.10

POSITIVO – Acho positiva essa comissão nomeada para acompanhar o presidente do Remo AK nas reuniões com a Dra. Ida Selene Corrêa (TRT), o que dará mais transparência ao negócio do Baenão. É bom entender que esse grupo tem limitação de atuação e pouco pode mudar!
NEGATIVO – Não deu para engolir a Seleção da Rodada da Série C com apenas Analdo, do Águia, enquanto Rio Branco teve Marcelo Cruz, Ananias e Juliano Cesar. Do próprio Salgueiro só o técnico Cícero Monteiro e zagueiro Léo Gama. É duro!
Lá e Cá
Ainda falando da Seleção da Série C, artilheiro paraense Perí, do Ituiutaba-MG, foi grande destaque, fazendo do time o mineiro maior pontuador da competição, jogando o Paysandu para segundo.
Impressionante como jogadores de futebol adoram um carteado em pleno vôo, atrapalhando demais passageiros e os próprios comissários de bordo.
Diretoria do Remo deveria autorizar presidente ou quem de direito visitar Rio Branco-AC ou Natal-RN. A moderna Arena da Floresta, de 20 mil lugares e agora reduzida para 13.800, face assento bundinha, custou 25 milhões (35 milhões o complexo todo, com área de show, pista de aeromodelismo e iluminação).
Já o confortável Frasqueirão, do ABC (nome verdadeiro é Maria Lamas Farache) abriga 18 mil pessoas e saiu até agora por pouco mais de 10 milhões (ver site www.abcfc.com.br). Vai ser ampliado para 25 mil lugares e orçado no geral em 20 milhões. Fiscalizando sairá a Arena do Leão. Quanto ao local são outros quinhentos!
Águia jogará dia do Círio em Natal-RN, quando tentará chegar à Série B. Terá talvez de quebrar tabu histórico: nunca time paraense venceu fora no dia da procissão da Vigem de Nazaré.
Coisas do futebol paraense: negativa de Héliton ao Paysandu é uma vingança azulina, pelo fato do presidente bicolor ter pedido ao colaborar Satohsi Sato não deixar o Remo treinar em seu campo. Destino do jogador será mesmo o Águia. Daniel e Charles não voltarão tão cedo e pelo menos um volante será contratado imediatamente pelos marabaenses.
Abibe Ferreira, ex-diretor de informática do Paysandu, voltando a morar em Belém (é da Infraero). Seria bom reforço para dar vida ao site bicolor.
Ano passado time do interior cearense (Icasa) barrou grande um paraense (Paysandu) de chegar à Segundona. Agora foi o hinterland paraense (Águia) quem tirou de tradicional clube alencarino (Fortaleza) a chance de tentar chegar lá. Vingança também tarda, mas não falha!
Sandro (seis vezes), Vaninho e o ex-jogador Lecheva já atuaram no Salgueirão e conhecem bem o gramado de 105x70m. Capacidade atualizada é de seis mil pessoas. Carcará do Nordeste (Salgueiro) está há cinco anos no profissionalismo e a na camisa predomina o verde.
ABC foi uma homenagem na fundação do clube, em 1915, ao “Pacto da Amizade Fraternal”, celebrada em 1903, pela Argentina, Brasil e Chile (iniciais). Artilheiro João Paulo é seu grande destaque e já fez na temporada 32 dos 108 gols do time. Mascote é um elefante.
Paysandu agenda não apenas amistoso amanhã contra o ressurgido Time Negra, mas domingo, 10h, diante da nova Tuna, do cartola Flávio Goiano.
Agradecimentos ao engenheiro paraense Júlio Martins que nos cumulou de gentilezas em Rio Branco-AC, onde atua no DER. Sabe tudo do futebol paraense pela Sky e parabólica. É remista e defende a nova Arena do Leão.
Diretores da FPF acompanharão Águia e Paysandu no mata-mata do Brasileiro e TJD vai funcionar na sede da OAB-PA.
No futebol pelada depois da goleada de 7×2 no Bangu da Pedreira, os Corruptos receberão o Show de Bola, no Arapucão de Benfica, sábado próximo.
HOMENAGEM – Ely Roberto Ferreira dos Santos, o Ely Roberto, ex-meia do Juventus, Rio Branco, Atlético e Andirá, todos do Acre, além de Operário-MT e Portuguesa-RJ, tendo atuado de 1977-89. É cabeleireiro profissional na capital acreana.

22 de setembro de 2010 at 1:00 pm Deixe um comentário

LINHA DE PASSE – Rui Guimarães -22.09.2010

Semana passada prometi que inciaria um papo sobre Planejamento do futebol Paraense para a próxima temporada. Como o esporte e particularmente o futebol são dinâmicos, terei que transferir o assunto.   

 

Não posso deixar passar o assunto latente no Estado que é a reunião do CD do Clube do Remo na segunda à noite. Já expus minha opinião sobre a venda do Baenão. Sou contrário da maneira que está sendo conduzida a negociação, com obscuridade, segredo intra paredes, mentiras e até suspeita de irregularidades. Da reunião do CD tirei uma conclusão: O Conselho Deliberativo azulino está sem um norte para defender seus objetivos. Fala-se em alteração do projeto que deu origem a permissão para negociação; de irregularidades no desrespeito aos Estatutos quanto aos Art. 95 alínea “o” e quanto ao Art, 12 que refere-se a dilapidação do patrimônio e tantas coisas mais. Ocorre que os assuntos se perdem na mesma proporção que aparecem nas reuniões ou seja, nenhum assunto é levado até o final. Esse pedido de afastamento do Presidente Amaro Kautau deveria ter sido discutido a exaustão na segunda e a decisão ter sido tomada na hora. Por que deixar para dez dias depois? Isso vem ao encontro dos interesses do Presidente que vê na passagem do tempo um aliado para pressionar todos para a tomada de decisão sobre o argumento que o Baenão irá a leilão.

 

Amaro, na minha opinião, mais uma vez deu um desdobro em todos. Foi acusado de quase tudo e saiu alegre e satisfeito dizendo que a nova comissão formada por Conselheiros e Beneméritos irá a presença da Juíza do trabalho confirmar a assinatura do contrato. Ora, para que se formou nova comissão? Enquanto o Remo não se unir para defender efetivamente o Clube não teremos decisão do assunto.

 

Paysandu e Águia ganharam tempo para se preparar para o primeiro mata-mata do campeonato brasileiro da série C. Mais o Paysandu que, no entanto, precisa tomar muito cuidado com a condução do barco. Lembremos o Icasa ano passado quando a imprudência da Diretoria atrapalhou a conquista da vaga. Agora, tudo pode ser diferente é só ter paciência e estomago para engolir os sapos. Depois de classificado, vomitem.

 

O Águia tem mais tranqüilidade e menor pressão dos torcedores, mas ainda assim precisa ter cuidados especiais, afinal, é um fato inédito e nunca a segunda divisão esteve tão perto. Daniel é o grande problema e pode ficar de fora dos dois jogos diante do ABC. Quanto ao fato de jogar a primeira em casa pode até ser melhor já que o time de Marabá se apresenta muito bem fora de seus domínios.

 

A Tuna começa sua temporada neste domingo diante do Paysandu. É um ótimo início e tomara que seja o retorno glorioso da Lusa. Não dá pra entender como um Clube com o patrimônio e a tradição que tem, possa amargar um ostracismo tão grande.

 

Os corneteiros da curuzu poderiam juntar-se aos puxa saco do Presidente LOP e aconselhar que o jogo previsto para esta quinta feira diante do Time Negra, não fosse realizado. Os motivos são do conhecimento deles, e podem ter reflexos nas partidas decisivas diante do Salgueiro. Todo cuidado é pouco.     

 

Rui Guimarães

 

22 de setembro de 2010 at 12:57 pm Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 21.09.10

POSITIVO – De mansinho o Águia vai brilhando em mais um Brasileiro e tem chance de ascender à Série B, juntamente com o Paysandu. Tomara o contínuo sucesso do time de João Galvão incentive o poder público de Marabá a apressar a construção do estádio municipal.

NEGATIVO – Finazzi teve o desplante de dizer à TV do Ceará não entender como a CFB faz um clube como o Fortaleza jogar naquele “fim de mundo”. Não sabe que Marabá tem hoje a melhor renda “per capita” do Brasil e se tornou na cidade que mais cresce no país. Pobre fim de carreira!

Lá e Cá

Base do ABC-RN, adversário do Águia na próxima fase: Hudson, Leandro, Ítalo e Alexandre, André Cunha, Lê, Éder, Éverton e Rafinha, Edmar e Jr Amorim. Técnico é Édson Ferreira e seu estádio, o Frasqueirão, abriga 18 mil torcedores.

Salguerio-PE, que enfrentará o Paysandu, tem como formação oficial Marcelo, Rogério Rios, Eridon, Léo Gama e Serginho, Rodolfo, Pio, Jadson e Clebson, Fagner e Jr Ferrim. Técnico é Cícero Monteiro e o estádio municipal Cornélio de Barros, o Salgueirão, suporte 5 mil pessoas.

Viagemn mais prática para Salgueiro é de avião até Juazeiro do Norte=CE e de lá mais 114 km de ônibus. Por Recife a distância é de 512 km. Salgueiro tem 52 mil habitantes. Paraense Beá é reserva no time pernambucano.

No Paysandu a confiança é tanta na subida à Série B, que já tem projeto para chegar à elite em 2011, com a contratação do experiente Paulo Bayer para dividir a liderança da equipe com Sandro. No momento, técnico Charles Guerreiro pensa em Héliton (Remo), Ley e Anselmo (Rio Branco).

Zé Augusto não veio a Rio Branco-AC, de onde estamos mandando a coluna, liberado para política. Aqui, CT do Rio Branco se vangloria de ter levado vantagem na realização dos treinos na horário do jogo. Quanto ao Payssandu, está na hora de não insistir tanto com Marquinhos e jean Sá.

São Francisco de Santarém já tem para Segundinh paraense goleiros Jatobá, Alex e Badio e mais o jogadores Manito, Adailton, Limão, Gleison, Buiú, L.C. Trindade, Ricardinho, Del Curuçá, Tinha e Éder Manguito. Técnico Lúcio Santarém insiste em Labilá, Marcelo Pitbul e Michel.

São Raimundo tem planos de continuar com técnico Sebastião Rocha para 2010, enquanro Waltinho Lima teve convite do Nacional-AM. Aqui no Acre, Joaquim Matos espera continuar como preparador de goleiros do Rio Branco e outro paraense, o Célio, é roupeiro do clube há 30 anos.

Presidente remista AK informa que terreno de Santana do Aurá, próximo da Travessa Tancredo Neves, de 500x400m (20ha), dista 5 km do famigerado lixão do Aurá.

Roberto Ramalho, preparador físico do Águia, precisa se controlar. Foi expulso de novo. No Paysandu, Lecheva, agora auxiliar técnico, já atuou em Salgueiro quando era do Santa Cruz-PE. Meia atacante Lúcio fará exame hoje e fala até em sair do Papão.

Paraense Perí brilhando no surpreedente Ituiutuba-MG, agora o maior pontaduro da Série C (15). Fortaleza se despediu virgem (não perdeu para ninguém), mas empatou seis vezes, ganhando apenas em duas oportunidades do São Raimundo.

Ivan, lateral esquerdo do Rio Branco e com passagem no Paysandu, tem proposta do Castanhal e deverá defender o Japiim no Campeonato Paraense.

Chamou-me atenção que todos os clubes de Rio Branco têm sedes e estádios, mesmo os medianos. Estádio da Federação está bem adiantado, já abriga 8 mil pessoas, gramado é ótimo e tem o prédio da entidade. Em Belém, Ceju não passou do gramado e estrutura acanhada de imprensa.

Boicotaram a Copa Oeste do Pará, reduzida a Oriximiná (sede), Juuruti e Alenquer.

Hotel aqui de Rio Branco tem cheque voador de um clube de Belém que já está atingindo a adolescência.

HOMENAGEM – Ricardo Mendes Nascimento, o Lecheva, ex-meia atacante do Palmeiras, São paulo (duas vezes), União de Mogí-SP, Bragantino-SP, Alianza do Peru, Coritiba, São José-SP, Tuna, Madureira-RJ, Paysandu (2 vezes e fez até gol no Boca na Libertadores, em Belém), Santa Cruz-PE, Volta Redonda-RJ, 13 da Paraíba e Santana-AP. É auxilar técnico de Charles Guerreiro no Papão.

21 de setembro de 2010 at 2:43 pm Deixe um comentário

PAPO DO 40º – Ronaldo Porto – 20.09.2010

FALTA POUCO PARA PAPÃO E ÁGUIA

 

Mesmo com uma derrota anunciada, o Paysandu chegou à ponta da tabela na 1ª fase da série C e tem amplas chances de subir à série B, dependendo apenas de uma vitória e um empate para isso; primeiro chegar, p’ra depois pensar em ser campeão. A derrota em Rio Branco não estava nos planos do técnico Charles Guerreiro, mas o Paysandu só perderia a primeira colocação por milagre. E esse milagre, apesar de chegar perto, não aconteceu, já que o Águia também conseguiu o seu objetivo, mas com um empate heróico dentro de casa, somando os mesmos pontos do Fortaleza, porém com uma vitória a mais. Com o fechamento da fase inicial, o Paysandu terá pela frente agora o time do Salgueiro-PE, enquanto o Águia vai enfrentar o ABC de Natal. Pelo andar da carruagem, poderemos ter dois representantes na série B em 2010, se não tivermos nenhuma surpresa. Muito cuidado!

 

ALTA TEMPERATURA

 

O Paysandu ficou em 2º lugar na classificação geral no final da 1ª fase, perdendo apenas para o Ituiutaba-Mg, que perdeu uma só partida e alcançou os 15 pontos em oito jogos, enquanto o Águia chegou aos 12 pontos e ficou em 5º lugar no geral. Interessante é que o Fortaleza ficou de fora da próxima fase sem perder uma única partida; em compensação chegou aos seis empates e saiu das disputas da 2ª fase, eliminado pelo Águia ontem em Marabá. Quando começou a série C, muitos analistas esportivos – inclusive eu – achavam que Fortaleza e Rio Branco poderiam atrapalhar a vida dos clubes paraenses, mas na prática a coisa foi diferente, tanto que o bicolor se classificou com uma rodada de antecedência e o Águia entrou ontem com o empate dentro de casa, já que tinha uma vitória a mais que o time alencarino. Ruim ficou para o São Raimundo, que dançou e ainda caiu para a 4ª divisão.

 

BAIXA TEMPERATURA

 

Enquanto Paysandu e Águia têm a grande chance de subir de série e o São Raimundo chora a sua queda, o Clube do Remo continua vivendo seus dias de marasmo, eliminado que foi das disputas da série D pelo Vila Aurora-MT. Comissão Técnica desfeita, atletas dispensados e a torcida chupando o dedo. Para aumentar a ira do fenômeno azul, o presidente Amaro Klautau anunciou o local da nova Arena do Leão, próximo ao Lixão do Aurá, na cidade de Ananindeua. Pronto, estava criada mais uma confusão entre a diretoria remista e a maioria dos conselheiros; muitos deles votaram pela venda do próprio azulino, porém com ressalvas que não foram observadas pelo Codir azulino. Hoje à noite na sede social, o Conselho se reúne novamente, sem a presença de estranhos ao quadro. Nem a imprensa esportiva poderá ficar no 2º andar, podendo apenas fazer imagens e entrevistas antes e depois da reunião. A cobra vai fumar e o bicho vai pegar.

 

NO TERMÔMETRO

 

Torrô foi, digamos assim, o herói do jogo de ontem em Marabá, ele que foi o autor do gol de empate contra o Fortaleza. Depois da partida, Torrô agradecia à Deus pelo gol, mas dividiu o sucesso com todos. /// Tá provado que Sandro Goiano e Tiago Potiguar fazem falta no time alvi celeste, e como fazem. Ontem em Rio Branco, além de desarticulado, o Paysandu sofreu três gols numa só partida e isso fazia tempo que não acontecia. Em compensação, o gol de Bruno Rangel deixou o atacante bicolor isolado mais ainda na artilharia, com sete gols; depois dele ainda vem o Felipe Mamão com cinco. /// Carcará do Sertão, é como chamam o Salgueiro Atlético Clube, time que será o adversário do Paysandu na decisão pela vaga à série B. A cidade de Salgueiro fica a 520 quilômetros de distância de Recife. É claro que Charles Guerreiro vai jogar fechadinho lá. /// Junior Ferrim, que já andou por aqui, é o atacante principal do Salgueiro e ontem deixou sua marca na vitória por 2 x 0 contra o Alecrim-RN, clube que por muitos dias vinha sendo o adversário do Paysandu e acabou saindo da competição. /// Já o Águia jogará na capital norteriograndense contra um time mais conhecido nosso, o ABC, que tem estádio próprio – eu já conheci – e a fama de não dar sopa aos clubes paraenses. Se bem conheço João Galvão, o bocudo vai armar um esquema ofensivo em Marabá, fazer o maior número de gols possíveis e partir pra retranca em Natal. /// Ronaldo Passarinho e Benedito Sá vão partir para o ataque na reunião de hoje no Condel azulino. O primeiro está decepcionado com a atual diretoria, que, segundo ele, só pensa em vender o patrimônio azul e esqueceu-se do time de futebol; o segundo, promotor de justiça, acha que o valor do Baenão beira os 60 milhões, longe dos 33 milhões que uma construtora quer pagar. Por essas e por outras que ainda virão, é que seria de bom alvitre chamar os bombeiros para a reunião desta noite na sede do clube que está sem série, poderá ficar sem estádio, mas que tem uma torcida extraordinária, com também tem seu maior rival. /// Uma boa semana a todos e viva Jesus.

E-mails: rporto@supridados.com.br

20 de setembro de 2010 at 12:14 pm Deixe um comentário

“A BOLA NO BOLA” – 19.09.2010 – Giuseppe Tommaso

COPA NO GRÊMIO…

A 7a Copa de Miúdos e Miudinhos de Futebol do Grêmio Literário e Recreativo Português começa a todo vapor, com jogos sempre nas sextas-feiras e nos domingos. A programação deste ano tem boas novidades: pela primeira vez, as Copas mirins serão disputadas em dois turnos em dois meses de competição. Dois novos clubes com vínculo à comunidade luso-brasileira são homenageados, fora os tradicionais clubes de Portugal. As novas equipes participantes são a Tuna Luso, na categoria miudinhos (5 a 8 anos de idade) e o Vasco da Gama, nos miúdos (9 a 12 anos). As outras equipes dos miudinhos são Acadêmica de Coimbra, Sporting Braga e Vitória de Setúbal. Entre os miúdos, também jogam as equipes do Benfica, Sporting, Porto, Belenenses e Beira-Mar. Presidente Alírio Gonçalves e sua diretoria prestigiou a solenidade de abertura na sexta que passou com desfile festivo das equipes. A bola já está rolando e a final será dia 14 de novembro.

BASTIDORES…

Azulino de domingo no Mangueirão por ocasião do jogo contra o Vila Aurora foi quente, tenso e de baixo astral. Nunca entendi o não aproveitamento do Samir, só o Giba poderia explicar. A quase “vias de fato” entre ambos dá verdadeira dimensão do tamanho do mal estar que imperava entre jogadores e treinador. Só a diretoria não viu…

NA “YAMADA”

Campeonato de Futebol da Yamada vai ganhando seus destaques a cada rodada. Por enquanto a liderança é da equipe da Manutenção, O único time que já está matematicamente rebaixado para Série “B” é o Pátio Belém I. Lembrando que são rebaixados os dois últimos colocados! Atração: Na grande final do dia 21 de novembro, os dois times finalistas terão o privilégio de jogar com a “Jabulani”, a bola oficial utilizada na copa do mundo 2010 realizada na Africa do Sul. O quatro primeiros colocados: Manutenção, Três Corações IV, Pátio Belém II e Frota.

INFERNO “ASTRAL”

Quem pensa que é só no futebol profissional lêdo engano, a equipe Sub 20 do Remo na semana que passou enfrentou o São Raimundo e venceu o jogo, mas alguns atletas foram as vias de fatos com os torcedores que estavam no baenão. Os Alvos foram os atletas Diego Azevedo acusado do “Rei da Balada” e Jonanthan que insultou os torcedores provocando agressões mútuas. Denúncia dos próprios torcedores azulinos. Nenhuma providência foi tomada. Coisa feia…

CLÍNICA DE TÊNIS

 
Vale pela iniciativa da diretoria da Assembléia Paraense em trazer para os tenistas do clube um evento de destaque nacional e internacional. A clínica será ministrada por pelo ex-tenista e hoje comentarista de Tv Dácio Campos e que esteve entre os 100 melhores do mundo no Raking da ATP. O evento acontece de 30 de setembro a 2 de outubro nas quadras da AP. No encerramento um jogo de exibição com tenistas do clube. Show de bola…

FINAL FELIZ !!!

Caso Moisés e Paysandu ganhou contornos com as emoções das novelas de Tv. No início declarações de amor, depois um drama na relação e a separação inevitável. Melhor: vida que segue, o Moisés foi para o Santos e o Papão ficou com a grana. Com os 600 mil recebidos, salda dívida com Alexandre Fávaro, a folha de agosto e ainda tem um sobrinha. Presidente Luiz Omar é só sorriso.

19 de setembro de 2010 at 9:43 am Deixe um comentário

LINHA DE PASSE – 18.09.2010 – Rui Guimarães

Não entendi a falta de reação da Diretoria do Clube do Remo para as declarações, a meu ver, ofensivas do senhor Giba, ex-treinador Azulino. Dentre outras “pérolas”, disse o fracassado profissional que o Remo perdeu recentemente 30% de seu patrimônio na justiça, que sua gestão é desorganizada, que foi uma infeliz escolha a sua de ter vindo dirigir o Leão Azul e terminou comparando o Clube a um carro “atolado” que uns empurram para frente e outros para trás, não saindo, portanto, do lugar. Sobre essa última comparação, Giba se refere à oposição à Diretoria de Amaro Klautau, que, segundo ele, trabalha dentro do Remo para que tudo dê errado. Não sei se foi à vergonha de ter protegido tanto o treinador e ter essa “recompensa” ou se na verdade a Diretoria remista concorda com tudo o que disse Giba Lero-Lero. Mas que pegou mal, pegou.

Sempre que um treinador é dispensado de um clube, surgem as verdades sobre seu trabalho e que não afloraram no tempo devido. Sobre Giba não pensei que ele fosse tão mal quisto no Baenão. O Departamento Amador reclama que o técnico não suportava os jogadores da base; Abelardo Sampaio chegou a contatar com Roberval Davino para substituí-lo após o campeonato paraense e o presidente não concordou; O Departamento médico do futebol tinha restrições de metodologia de trabalho e não se dava bem com ele; e os jogadores de casa sabiam da preferência pelos jogadores por ele contratados. O Remo, na realidade, não poderia chegar a outro lugar. É muita lambança junta.

Poucas pessoas estão acreditando na possibilidade do Águia de Marabá ascender à segunda divisão. Os motivos são muitos, mas o fato da decisão de amanhã ser contra o Fortaleza, clube com tradição no cenário brasileiro, pesa mais. Sinceramente como prefiro acreditar no bocudo João Galvão e no time dele. Nada será fácil e é necessário que os dirigentes estejam atentos a tudo, mas no campo de jogo acho que dá para ganhar. Talvez uma classificação de dois paraenses para a outra fase seja, em parte, a recuperação do nosso futebol perante a torcida brasileira.

Só os que são contra pelo simples fato de ser, não concordaram com a negociação de Moisés. É preciso ter discernimento ao julgar as atitudes das pessoas públicas, como presidentes de Remo e Paysandu, para não perder a credibilidade. A crítica sempre é mais discutida pelo perigo de ter segundas intenções, porém jamais deixar de criticar com honestidade e convicção de ajudar a corrigir um erro, a se esmerar em bajular para “ficar de bem” com quem quer que seja. LOP acertou e se o próximo for Thiago Potiguar, que seja. Alguém já pensou na possibilidade de venda de Moisés e com os 20% a que o papão tem direito, pagar a pendência trabalhista? Ou, pelo menos, iniciar a construção de um CT? 

Na próxima oportunidade da coluna, vou discutir o comprometimento dos políticos com o nosso futebol. Estamos em plena campanha e muitos se aproveitam para carrear votos, mas não mostram nenhum comprometimento maior com o nosso futuro. Cadê propostas de deputados e/ou dos candidatos ao Governo sobre uma reestruturação do nosso esporte? Temos uma secretaria que está mais para cabide de empregos do que para ser usada em sua finalidade.

Rui Guimarães

18 de setembro de 2010 at 11:01 am Deixe um comentário

Posts antigos Posts mais recentes


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.