Papo do 40º – Ronaldo Porto – 01.11.10

1 de novembro de 2010 at 10:24 am Deixe um comentário

ATÉ QUANDO VAMOS CHUPAR OS DEDOS?

 

As séries C e D estão chegando ao final e nossos algozes estão também chegando lá. Na série C, aonde chegamos bem perto com Paysandu e Águia, o Salgueiro, algoz do Paysandu, empatou novamente em casa em 1 x 1 com o ABC, algoz do Águia e agora terá que vencer o time norteriograndense em Natal, isso para chegar as finais da série C. No outro lado, Ituiutaba-MG e Criciúma-SC disputam a outra vaga. E nos ficaremos chupando os dedos na mesma série em 2011. Na série D, o time América-AM, que entrou nas disputas finais por critérios técnicos – nem isso conseguimos – vai disputar as finais diante do Guarany de Sobral em duas partidas; os dois derrubaram Madureira-RJ e Araguaína-TO. O América ainda tem uma pendência que vai a julgamento no dia cinco, mas isso nem nos temos. E vamos continuar chupando os dedos na série D, com o São Raimundo, até agora.

 

ALTA TEMPERATURA

 

E o que fazer para 2011 não ser outro ano sofrível, doloroso, cheio de decepções, principalmente para os abnegados torcedores de Remo e Paysandu? Minha intenção aqui é ajudar, crescer com os dois maiores clubes do Norte do Brasil, que ultimamente decepcionam suas torcidas. Aos dirigentes, peço mais atenção nas contratações, muito mais profissionalismo nas bases – se é que ainda existem – e salários compatíveis com seus cofres, para não acontecer novamente o que já está se repetindo agora: jogadores na Justiça do Trabalho. Devemos tirar conclusões rápidas de como, por exemplo, Icasa, Salgueiro, Vila Aurora, Luverdense e outros, conseguem tanto sucesso por tão pouco. O Paysandu, só para dar um exemplo, teve em seu plantel quase dez jogadores que nunca estrearam, mas receberam seus salários. Temos que parar de apostar em “velhos” jogadores, que nem para marketing servem mais. Chega! O torcedor de 1ª não agüenta erros de 3ª e 4ª.

 

BAIXA TEMPERATURA

 

Seria interessante também que encontrássemos dirigentes focados no futuro, sem aquela preocupação de trazer “bondes” para ganhar um campeonato, e o pior, não ganham nada. Estão chegando novas eleições em Remo e Paysandu e parece que as picuinhas não acabaram. No Remo, a torcida espera melhorias, novos dirigentes e não novos corretores. Quer alguém que não fique dilapidando o patrimônio em troca não sei de quê. Quer mais “mãos firmes” na direção de seus Conselhos e menos acirramentos nas reuniões. No Paysandu, que não foi tão mal assim, pois teve a oportunidade ímpar de subir, a avalanche gostaria de ver o time brilhar como em 2003, quando disputou uma inédita Libertadores, e até aqui fez a melhor campanha entre clubes brasileiros numa primeira fase. Enfim, as duas torcidas querem retomar velhas caminhadas, coisa que anda em falta por essas bandas.

 

NO TERMÔMETRO

Paysandu x Sandro na pauta de julgamentos esta semana na Justiça do Trabalho; como o meia bicolor não falou sobre o assunto pois estava ausente de Belém, nada se sabe de um possível acordo sobre os dois milhões que o jogador pleiteia. Só se sabe que seu contrato foi renovado (?). /// No Remo estão esperando o último sair para apagar a luz. O Parazão está chegando e nem time existe para tentar vencer o Parazão, garantindo vaga para a Copa Brasil de 2012 – na certeza – e também a vaga na série D, ao lado do Mundicão. Vaga na Copa do Brasil 2011, só por milagre.  /// Simão Jatene será o novo governador do Pará a partir de 1º de janeiro de 2011, isso já está decidido. E como é que fica o apôio aos clubes que Ana Júlia deu até agora? Ou será que o tratamento $erá melhorado? /// Mais uma reunião do CD do Remo e sempre as mesmas coisas são ditas pelo presidente Amaro Klautau; o vice entra calado e sai calado. O presidente Felício Pontes fica cobrando um documento que teria uma assinatura falsificada e por isso não dá andamento ao novo documento que pede punição para Amaro pela retirada do escudo. Aí o Ronaldo Passarinho pega “santo” na reunião e usa a palavra “parcial” para a atitude do presidente do CD. Depois, todos conversam e começa tudo outra vez, como na música. Dia 09, nova reunião e mais conversa jogada fora. Enquanto isso o glorioso Clube do Remo vive afundado em dívidas e dúvidas. /// A dança dos primeiros colocados na série A, Fluminense, Coríntians e Cruzeiro, é a única emoção que ainda resta para os torcedores paraenses que gostam desses clubes. Na falta do que torcer, uns querem o título para o Coringão no seu centenário, outros querem a ressurreição do tricolor carioca. Remo e Paysandu ficaram para trás. /// Ia me esquecendo de escrever aqui, que a única novidade na reunião do CD remista na segunda passada, foi a presença do badalado Carlos Rebelo, que por pouco não foi o presidente do Remo no lugar de Amaro Klautau; o benemérito esquivou-se das solicitações de uma das chapas que estão formando para chefiar o Codir e declarou que continuará ajudando o Leão Azul, de longe. Sei não. /// Uma boa semana a todos e viva Jesus!

E-mails: rporto@supridados.com.br

 

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

“A BOLA NO BOLA” – Giuseppe Tommaso – 31.10.10 BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 02.11.10

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: