Papo do 40º – Ronaldo Porto – 22.11.10

22 de novembro de 2010 at 10:37 am 1 comentário

RECONSTRUÇÃO E SERIEDADE: ADEUS AMARO!

 

Mais de mil associados remistas foram às urnas no último sábado e a maioria decidiu não arriscar, preferindo a Chapa Um, sem dúvida alguma, a melhor opção para formar o novo Condel azulino. Nomes fortes e vitoriosos, como Rafael Levi, campeão brasileiro em 2005, Antônio Carlos Teixeira, o Tonhão, baluarte em diversas conquistas azuis, Roberto Porto, penta campeão paraense, Ubirajara Salgado, da natação ao futebol sempre um vitorioso, Manoel Ribeiro, o grande Marechal da vitória, Ronaldo Passarinho, outro vencedor, e tantos outros que marcaram suas vidas com o sangue azul, diferente de alguns aventureiros da chapa perdedora, entre eles o presidente atual e seu vice, que não ganharam absolutamente nada no comando do barco azulino, nada mesmo. Pelo contrário, viraram corretores para dilapidar um patrimônio construído com muito suor e lágrimas.

 

ALTA TEMPERATURA

 

Cem votos de diferença colocaram Manoel Ribeiro de volta ao Clube do Remo como presidente do Conselho Deliberativo, ele que já assumiu e imediatamente marcou reunião para tratar da punição que será dada ao atual presidente Amaro Klautau, que infringiu o Estatuto do Grêmio de Periçá, ao arrancar na calada da noite o escudo do clube, à marretadas, causando indignação aos grandes remistas. Nas eleições do próximo dia cinco, Tonhão Teixeira, Sérgio Cabeça e Rafael Levi, um deles deverá assumir o barco azulino e tratar melhor o futebol azulino, esquecido pelos atuais dirigentes. O Remo que se encontra fora de qualquer série do futebol brasileiro, precisa ganhar o Parazão para voltar à série D, conquistando também uma vaga à Copa do Brasil em 2012, já que em 2011 o Remo possivelmente estará de fora.

 

BAIXA TEMPERATURA

 

Enquanto isso, na casa do vizinho da Av. Almirante Barroso, as coisas andam tumultuadas. As eleições programadas para hoje foram transferidas para o dia 29 e o presidente do Condel bicolor, César Neves, vai solicitar a interferência do Ministério Público no clube, já que as eleições estão carregadas de indefinições. Luis Omar Pinheiro ataca seu opositor Bira Lima, trocando até seu nome nas entrevistas, apoiado por Ricardo Resende, que também ataca César Neves, achando que o presidente do Condel quer mandar demais, extrapolando seus direitos. Uns dizem que as eleições bicolores não acontecerão, outros que os bombeiros estão se reunindo para apagar esse fogo que em nada ajuda a democracia bicolor. Uma coisa é certa, Bira Lima tem mantido sua postura e cada vez mais ganha adeptos, o que causa insatisfação à situação. A oposição está forte e quer voltar aos tempos de vitórias, quando o Paysandu conquistava títulos, como na época de Artur Tourinho, presidente bicolor, que foi Campeão dos Campeões e colocou o time pela primeira vez numa Libertadores.

 

NO TERMÔMETRO

 

Nas eleições azulinas os “cabritos” foram barrados e não foram às urnas, mas tomei conhecimento que, se as eleições bicolores acontecessem hoje, cerca de 400 “cabritos” iriam votar, o que é um absurdo. Tenho até a lista dos caprinos. E tem até nome de morto. /// Essa história do terreno de Marituba que seria doado ao Remo está me cheirando à engodo. Bertoldo Couto e alguns vereadores deveriam se preocupar mais com o povo sofrido e sem teto daquela cidade, mas ao contrário, querem aparecer na mídia. /// Semana passada tive problemas de internet nos Estados Unidos e a coluna não conseguiu chegar por aqui, mas eu já achava que a chapa Reconstrução e Seriedade ganharia as eleições, como ganhou. Só não sabia que uma construtora gastaria tanto dinheiro na campanha da chapa perdedora. Fizeram campanha para eleições presidenciais e mesmo assim perderam feio. E agora, com o fica o prejuízo? /// Lyoto Machida perdeu, mas o seu adversário foi quem ficou surpreso com a sua vitória. Tomaram a luta do baiano, paraense de coração, que agora vai começar tudo de novo. /// Roberval Davino, campeão brasileiro pelo Remo em 2005, poderá retornar à nossa cidade em 2011, caso Rafael Levi leve a presidência azulina. Aí dá para acreditar em títulos. /// Se o presidente Amaro Klautau e seu vice quisessem mesmo ajudar o Clube do Remo, entregariam seus cargos hoje mesmo, para que novas cabeças, interessadas em tirar o Leão Azul desse marasmo, assumissem imediatamente o clube. E eles ainda queriam ser reeleitos. /// Essa confusão nos Estatutos do Paysandu ainda vai criar muita inimizade dentro do próprio clube. Velhos amigos estão sem se falar. Uma família inteira de empresários do ramo farmacêutico não quer aproximação com o atual presidente, e esta apoiando Bira Lima. Só faltava agora aparecer uma terceira via nas eleições para o caldo entornar de vez. /// Parauapebas largou na frente e venceu o Abaeté no Rosenão por 2 x 0 e agora jogará na quinta em Abaetetuba para ratificar o título da Segundinha. Ambos estão garantidos na próxima fase do Parazão. /// Uma boa semana a todos e viva Jesus!

 

Emails: rporto@supridados.com.br

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

“A Bola no Bola” – Giuseppe Tommaso – 21.11.10 BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 23.11.10

1 Comentário Add your own

  • 1. Luiz Antônio de Castro  |  23 de novembro de 2010 às 4:20 pm

    Se você tivesse feito comentários assim,noinício, como fez Gerson Nogueira, acoisa poderia ser outra. Não fique em cima domuro. Não é um bom jornalismo.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: