LINHA DE PASSE – Rui Guimarães – 15.12.2010

15 de dezembro de 2010 at 12:41 pm Deixe um comentário

A Tuna Luso respirou no último final de semana quando venceu pelo campeonato paraense ao Ananindeua por dois a um. Mas o que realmente mudou no time cruzmaltino para que a vitória viesse diante de uma equipe dificílima? Sabe-se que o comando técnico da equipe foi trocado passando o supervisor Flávio Goiano a condição de treinador e Zé Carlos para supervisor. Em minha opinião isso não é suficiente para justificar o sucesso verde. As modificações realizadas no time pelo novo treinador foram utilizando jogadores que já estavam no elenco, e porque isso não aconteceu antes, já que Flávio era o supervisor do antigo técnico? Dizem que em futebol, mais que na vida particular. É preciso saber em, quem confiar. Não creio que Flávio estivesse querendo o posto de treinador, mas que fica uma dúvida atroz, isso fica.

 

Aliás, o campeonato paraense ganha nova conotação. A equipe do Ananindeua defenderá hoje a condição de líder, mas já não pode facilitar sob pena de comprometer sua classificação para a outra fase do campeonato. Parauapebas, Castanhal, Tuna e Abaeté, ainda têm chances, mas não acredito na chegada do time de Abaetetuba. A Condição do Parauapebas é confortável até certo ponto, mas hoje tem jogo decisivo diante da Tuna; É o jogo mais importante da rodada. .

 

Paulo Sérgio Morais, vice presidente do Paysandu, faz contato com a coluna para esclarecer que não dirigiu impropérios a Sérgio Chermont durante as eleições de Ricardo Rezende para o CD bicolor. Diz o alvi azul que foi provocado por Alacid Nahum e reagiu sem, contudo, sair da linha. Paulo Sérgio é filho de Arnaldo Morais que emprestou seu nome à chapa vencedora e passou da condição de vice presidente do clube para a de Presidente da Assembléia Geral. No fundo o que se espera é a união de todos em benefício do papão

 

Remo e Paysandu estão agindo de modos diferentes no que concerne a contratações para a formação de seus times para o ano que vem. Comelli no Leão, já concordou com a contratação de pelo menos dez jogadores. No Papão, nenhuma contratação até que Sérgio Cosme detecte a real necessidade do elenco. Na teoria o Clube de Suíço está mais certo. É necessário, porém, considerar que o Remo não tinha a base que tem o seu rival e por isso tinha de contratar. O risco que corre o Leão Azul é o de trazer jogadores desconhecidos e sem nenhum pedigree. As dificuldades de contratação são muitas, todos sabemos, mas, entre trazer um jogador da terceira divisão do futebol Paranaense porque não garimpar aqui mesmo jogador semelhante? Acho que está havendo uma pitada de preconceito no modo de agir dos dirigentes azulinos.

 

Pegou muito mal para a Federação de Futebol e particularmente para o presidente Nunes, a transferência dos jogos do intermunicipal para o ano que vem. As ligas interessadas na competição (Bujaru e São Francisco do Pará) ainda tentaram argumentar junto à presidência, mas não foram sequer recebidos. Disseram-me que essa foi a retribuição pelo voto que deram a Nunes para a reeleição. Aliás, a FPF deve-nos explicações sobre os atrasos que vêm ocorrendo nos jogos do campeonato. Domingo na Tuna, o jogo começou com 45 minutos de atraso. Dizem que a culpa foi da PM. E quem providencia a ambulância?

 

Rui Guimarães

seniorui@yahoo.com.br

Entry filed under: Uncategorized.

BOLA PRA FRENTE – Claudio Guimarães – 14.12.10 BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 15.12.10

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: