LINHA DE PASSE – Rui Guimarães – 29.12.2010

29 de dezembro de 2010 at 12:06 pm Deixe um comentário

Os clubes do Pará, principalmente Remo e Paysandu, estão muito preocupados com a atitude da Federação de Futebol, em denunciar o contrato que ela aparece como interveniente junto ao Governo do Estado. Ano passado esse convênio repassou a cada um dos grandes, um milhão, cento e quarenta mil reais. Na verdade esse valor foi uma contrapartida pela permissão de transmissão dos jogos do campeonato paraense pela Funtelpa. Muito se questionou sobre as exibições dos jogos realizados na capital para Belém alegando-se que tirava o torcedor dos estádios.

Estou informado do interesse do novo Governo em ajudar os clubes mais ou menos nos mesmos moldes do contrato deste ano. Eu reformaria totalmente o contrato. Aliás, ouvi ontem uma entrevista do Dr. Paulo Mota, vice presidente do Remo, sobre uma ideia do vice presidente da FPF José Ângelo em destinar, em contrato, trinta e cinco por cento para aplicação nas divisões de base. O vice azulino não concorda com a idéia do vice da FPF. Defendo que o modelo utilizado este ano não deu certo, nem para os clubes nem para o Governo. Então, porque conservá-lo?

Não deu certo para os clubes porque não ganharam nada, apenas gastaram o dinheiro, e mal. Para o Governo, também não deu certo, pois a idéia era popularizar o nome da Governadora no interior, e o que se viu foi um alto índice de rejeição na hora da eleição. Acho que nossos clubes e o nosso futebol lucrariam muito mais se o Governo se dispusesse a gastar valores semelhantes, ou até um pouco mais, na construção de dois centros de treinamentos e os entregassem prontos, em comodato, a Remo e Paysandu. Preencher-se-ia uma lacuna social, os clubes teriam condições de trabalhar a base para revelar jogadores e ganhar dinheiro com a venda deles e o torcedor teria a certeza do bom emprego do dinheiro público. Mais: cedido em comodato não haveria risco de comprometimento do patrimônio se dívidas trabalhistas ou assemelhadas surgissem para os dois clubes.   Infelizmente, é duro dizer, mas nossos dirigentes ainda não estão preparados para gerir recursos públicos.

O Remo chegou a dezoito contratados e o Paysandu beira os dez. O mais intrigante é que o Remo agora tem trinta e sete jogadores no elenco, antes tinha somente quatro profissionais. Ou seja, de repente apareceram da base, quinze atletas. Tomara que pelo menos a metade seja aproveitada.

A Tuna se vira para recompor seu time dilacerado pela debandada de cinco jogadores que foram de volta aos seus clubes de origem, ou em busca de melhorias salariais, Fininho é um caso típico. Veio com um contrato assinado até o final do ano, se destacou no campeonato e foi parar no Remo. Nos clubes que não conseguiram a classificação pode estar à esperança dessa recomposição. Sport, Parauapebas e Abaeté exibiram jogadores que podem ter uma chance e se firmar no elenco tunante, é só tentar.

Contudo, não é só a Tuna que precisa de reforços. Castanhal, Cametá e até o cigano Independente têm que se cuidar para não passar vexame. Vislumbro um campeonato competitivo e, torço para isso, se os contratados corresponderem, de um bom índice técnico. Fico na expectativa do São Raimundo que foi buscar na cidade Maravilhosa ares diferentes para surpreender no nosso campeonato.

Rui Guimarães

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 29.12.10 BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 30.12.10

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: