Archive for janeiro, 2011

A Bola no Bola – Giuseppe Tommaso – 30.01

DITO E FEITO !!!

Foram menos de 30 dias a frente da Secretaria de Esportes a Seel, mas o então secretário Said Xerfan cumpriu ao pé da letra suas promessas ao assumir a pasta. Colocar o Mangueirão em condições para o RexPa, ajustar o contrato de patrocínio com a Federação e desenvolver projetos que beneficiem o esporte de uma maneira geral. Sai Xerfan, e fica o adjunto Christian Costa, se não levarmos em consideração o aspecto político a Seel ficará muito bem comandada.

SUGESTÃO…

Tomei conhecimento que foi sugerido ao Governador Simão Jatene o nome do jornalista Edson Matoso que acaba de assumir a direção da Rádio Cultura para o comando da Secretaria de Esporte e Laser no lugar de Said Xerfan. Achei a sugestão das mais positiva. Tem todo o meu apoio e o Matoso merece é gente da melhor qualidade…

“MERITOCRACIA”

A palavra em destaque da semana que passou usada pelo secretário de Comunicação do Governo Ney Messias em função das modificações feitas em relação aos valores apresentados o contrato de transmissão do Parazão. Valoração das cotas dos clubes intermediários, mesmo com a redução da dupla RexPa, deveriam levantar as mãos aos céus e agradecer o apoio. Só faltou a premiação do Campeão e do Vice. Números a parte, a negociação de Remo e Paysandu foi madura e inteligente, nada que uma boa conversa não resolva. Sinal verde e o Banpará continuará estamçado nas camisas da dupla RexPa. Aqui pra nós, o Governo está com a maior boa vontade em atender e apoiar o futebol paraense.

NADO SINCRONIZADO

O evento assinado pela Seel com a presença da Seleção Russa e da Seleção Brasileira só vai acontecer pela boa vontade da diretoria da Tuna Luso que cedeu o parque aquático do Souza. Algumas melhorias e a construção de uma arquibancada será feita no local. As irmãs Natalia e Natasha Pereira atletas azulinas receberam convite e farão apresentação especial.

NA MOSCA…

Embora com certo atraso faço o registro da presença do amigo e jornalista Hélio Dória na Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Belém. Tiro na mosca do Prefeito Duciomar Costa. Hélio Dória (Diamante) é o cara…

HANDEBOL

Jogos empolgantes e níveis técnicos e disciplinar excelentes foram destaques do encerramento da temporada de handebol de 2010. Competição promovida pela Federação de Handebol do Pará, tendo a frente o presidente Miguel Sampaio, o ginásio do IFPA recebeu um público excepcional. Vice presidente da FPF José Ângelo Miranda prestigiou o evento. Todos os atletas campeões receberam medalhas e troféus após o encerramento dos confrontos.

 

 

JANTAR

 

Galera tricolor ainda em festa com a conquista do título brasileiro do ano passado transferiu o jantar comemorativo na Boite da Assembléia Paraense de 2 para 15 de fevereiro a pedido do presidente tricolor Peter Siemens que confirmou presença e poderá trazer a tira colo o atacante Washington. Na comissão Sérgio Serra, Caio Trindade, Alberto Russo e Mauro Guerreiro.

30 de janeiro de 2011 at 1:12 pm Deixe um comentário

LINHA DE PASSE – Rui Guimarães -29.01.2011

Esse imbróglio formado pela re-divisão das quotas dos clubes do campeonato no contrato com a Funtelpa está longe de acabar. A verdade dos fatos não foi esclarecida oficialmente, mas há mais laranjas do que frutas nessa salada. Não cabe aqui tentarmos esclarecer o assunto até porque feriríamos suscetibilidades e se os interessados fazem questão de escondê-los, porque nós, pobres mortais, os traríamos à tona? Uma coisa, no entanto, precisa ser dita: todos têm sua parcela de culpa e, dependendo da reciprocidade, ela é maior ou menos.  No dia em que se tratar com seriedade o esporte e não se ficar           jogando para a torcida unicamente, todos melhorarão. Detalhe: há pessoas sérias sim no esporte, mas estão escasseando.
 
A formação do Paysandu para hoje contra o Independente, deverá trazer a volta de Tiago Potiguar a equipe. Nada mais natural para um time que teve dificuldades na estreia contra o Castanhal, O questionamento é: Potiguar está ou não cem por cento clinicamente? Não duvido da capacidade do departamento médico bicolor, mas o jogador visita demasiadamente aquele setor, até mais do que os gramados nos treinamentos. Ari tem retorno garantido e Alex Oliveira deverá iniciar na dela, no meio campo. De qualquer forma é jogo para muito cuidado por parte do papão. 5 x 1 não se faz por acaso.
 
Coloquemos a viola no saco da Tuna e acabemos com essa hipocrisia. Com cento e oito anos bem vividos, de glorias e grandes realizações a Lusa não deve aceitar aproveitadores que apenas contribuem para denegrir sua imagem. Salve a Tuna Luso Brasileira.
 
O maior trabalho hoje da comissão técnica do Clube do Remo deve ser conter a euforia dos dirigentes e torcedores para que não reflita entre os jogadores. Há uma empolgação pairando em Antonio Baena, e com razão diga-se, mas é muito cedo para comemorações. Devagar com o andor. Amanhã tem mais um teste e o Leão é o favorito. Comelli parece ser supersticioso e não vai mexe no meio campo. Apesar de Mael está apto Ramon permanecerá como titular, mas Jaime sai do time e Fininho terá sua chance. Só falta acertar o ataque e partir para cima do Paysandu dia 13.
 
Tudo foi feito meio que às escondidas. Bira Lima, que todos sabemos é bicolor nato, demonstrando todo o seu espírito esportivo e seriedade, costurou o que pode vir a ser um dos maiores convênios que nossos dois grandes podem ter assinado. Sem nenhum investimento os clubes terão um retorno de trinta por cento do que for vendido dos títulos de capitalização da Caixa. A meta é vender no primeiro mês 100 mil títulos o que daria uma remuneração dos clubes de 180 mil reais, pois cada título vai custar ao torcedor 6 reais.
 
Nossos clubes poderiam pensar desde logo em promoções para alavancar a venda já que somente em abril começa a campanha. A Chave seria incluir no preço dos ingressos o valor de um titulo para motivar o torcedor. Assim, caso o ingresso custe 15 reais, poderia ser vendido a 20 com direito a um titulo. O torcedor terá direito a quatro sorteios mensais e agora é a chance de se medir quem tem mais torcedor.
 
Rui Guimarães

29 de janeiro de 2011 at 1:17 pm Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 28.01.11

POSITIVO – Comunidade do handebol paraense (à frente Miguel Sampaio) vibrando com o bom desempenho do atleta paraense, de Parauapebas, Kauê, nos treinos da Seleção Brasileira Masculina Júnior, em Santo André-SP. Está no grupo que vai ao Pan-Americano no Chile em abril próximo.

NEGATIVO – Renomado engenheiro da terra preocupado com o estado das arquibancadas nos tobogãs atrás das traves do Baenão, pois as vigas já atingiram limite de vida útil (tenho dados em mãos). Isso passa na vistoria. É duro! 

Lá e Cá

Ano passado no jogo do Remo em Cametá pelo Parazão (24.1), na 2ª rodada do 1º turno, deu Leão 2×1. Agora, Filho da Glória e do triunfo vai escalado de Lopes, Elsinho, Luis Sérgio, Morisco e Marlon, Mael, San, Luiz André e Tiaguinho, Jaime e Tiago Marabá.

Paysandu seguindo hoje para Tucuruí também com time definido: Ney, Sidny, Ari, Cristiano Laranjeira e Bryan, Billy, Alexandre Carioca, Allyson e Alex Oliveira, Tiago Potiguar e Rafael Oliveira. Dimensão do estádio Navegantão é de 110x65m.

Governo acenando complementarmente para dupla RE-PA com patrocínio do banco estatal, cobertura das despesas no brasileiro e apoio no super-clássico do Dia do Trabalhador.

Coronel Nunes, presidente da FPF, desmentiu Secretário de Comunicação Ney Messias em entrevista à Rádio Clube do Pará. Ney havia declarado que a distribuição dos recursos da Funtelpa aos clubes foi toda arquitetada pelo mandatário máximo do nosso futebol.

Águia de Marabá ainda está à procura de um volante e um meia para fechar seu plantel de 2011 em 26 jogadores.

Demorando a transferência internacional do meia Renato Medeiros e atacante Leandro Guerreiro, dois trunfos do São Raimundo para o campeonato. É possível que estréiem dia 2 de fevereiro contra o Cametá, no primeiro jogo oficial deste ano da Pantera no Barbalhão, em Santarém.

Senti bastante a perda do grande remista e meu amigo Erberto Esperante. Fomos diretores na AP na administração Maneco Bisi.

Josa Madureira, atacante de 28 anos, 1,85m, acreano, com passagem destacada no Rio Branco-AC e Ceilândia-DF, nova aposta do Castanhal para o estadual. Estréia poderá ocorrer contra o Independente, no Modelão, dia 2 de fevereiro.

Atacante Felipe Mamão prontinho para re-estrear pela Tuna domingo, mas tudo depende do técnico Flávio Goiano, que deverá por coerência começar com Fabinho e Zazá no ataque, deixando Felipe como opção.

Estádio da Curuzu sendo poupado para o clássico Paysandu x Tuna do dia 3 de fevereiro, quinta-feira.

Fast-AM, que já teve Túlio Maravilha, querendo o meia Petckovick, 38 anos, como atração na Copa do Brasil. Estreará em casa contra o Fortaleza, dia 16 de fevereiro.

Batatinha comunicando que sua caravana azulina para Cametá sairá amanhã, 13 horas, do Posto Azulino, custando a passagem 35 reais. Venda hoje o dia todo no mesmo local.       

Copaíba Bowl de Tênis da AP se encerra amanhã e tradicionalmente é a competição que abre a temporada desse esporte no clube. Junta as categorias sênior, veterana, veteraníssima e feminina máster. Também amanhã premiação dos melhores de 2010.

Confirmado para o dia 2 de fevereiro, na AP Presidente Vargas (boate), o jantar comemorativo do título brasileiro do Fluminense, com a presença de Washington.

Torneio de Voleibol de Areia Misto 4×4 comemorando os 108 anos da Tuna será encerrado domingo, seguindo-se a premiação dos ganhadores. No futebol pelada, os Corruptos depois de goleada de 4×2 no Paulo Cícero, receberão amanhã no Arapucão de Benfica o Regulex.

HOMENAGEM – Gino Fernandes Gomes Salério, o Gino, ex-zagueiro criado no Corinthians, capitão e ídolo do Paysandu na primeira metade da década passada, conquistando Série B de 2001, Parazão, Copa Norte e Copa dos Campeões de 2002, além de participar da Libertadores de 2003 e três brasileiros da Série A. Disputa do showbol pelo Coringão e cuida de seus negócios em São Paulo.

28 de janeiro de 2011 at 4:38 am Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 27.01.11

POSITIVO – Mesmo estando em recuperação, paraense Ganso (Santos) é o 2º jogador brasileiro mais valorizado no exterior no momento, perdendo apenas para seu companheiro Neymar. Levantamento é do portal alemão Transfermarkt. Ótimo!

NEGATIVO – Clube de aluguel no campeonato paraense (sempre tem um) recebe compensação financeira mensal e como não tem diretoria fica tudo para o presidente. É uma beleza!

Lá e Cá

Hoje, 20h, no auditório da Computer Store da Antonio Barreto, a assinatura de contrato da Caixa Econômica (à frente Bira Lima) com Remo e Paysandu para desenvolvimento do projeto Caixa Capitalização, que deverá dar extraordinário suporte financeiro aos dois.

Governo acena com a raspadinha para ajudar os clubes em 2012. Por sinal, a própria SEEL informa que este novo contrato assinado anteontem é de apenas um ano e que a cada início de temporada haverá uma reavaliação, porque nem sempre os clubes são os mesmos. Menos mal!

Não sei de quem foi a idéia, mas premiar participante do quadrangular de cada turno e não dar nada ao campeão paraense é um contra senso. Jogos do final de semana em Tucuruí, Cametá e Souza ameaçados de ser de portões fechados, mas pendências estão sendo solucionadas.

Novo ambulatório do Baenão, equipado com desfibrilador, colete cervical, maca, tubo de oxigênio e muita mediação foi construído pelos próprios integrantes do Departamento Médico e colaboradores.

Público dos clubes do interior na 1ª rodada do campeonato foi apenas 8% do que colocaram Remo e Paysandu. Também nessa rodada a média de gols foi muito boa: 4,3.

Tiago Potiguar voltará no sábado ao time na cidade onde estreou no Paysandu em 2010, exatamente Turucuí. Naquele sábado à tarde, dia 6 de março, participou da virada bicolor de 2×1 sobre o Independente (semifinal do 1º turno) e sua vida mudou.

Interessantes e bem motivadoras as palestras de Manoel dos Santos (preparador físico) e André Chita (auxiliar técnico) aos jogadores do Remo. Aliás, “caixinha” do Leão Azul tem como presidente o volante San, vice o lateral Edinaldo e tesoureiro o zagueiro Morisco.

Depois da goleada sobre o Cametá a imprensa de Tucuruí passou a denominar o Independente de “Galo Malvado”. Com efeito, atacante bicolor Mendes desmente que estivesse evitando jogar no interior e está à disposição para sábado. Fez bom coletivo ontem.

Meia Fabrício estreará finalmente pelo Águia no Parazão hoje diante do São Raimundo, em Marabá. Ano passado, lá mesmo no Zinho Oliveira os contendores desta noite empataram de 1×1.

Tinoco, zagueiro do Paysandu, tem voz de locutor de FM. Deverá perder a vaga para Ari, no sábado.

O Comercial de Ananindeua presidido pelo Zezão, treina no campo do Ipiranga e está mais uma vez na 29ª Copa Ecológica Mercosul (13, 16 e 17 anos), em Itararé-SP, de onde ano passado trouxe o 5º lugar. Lá também as equipes paraenses Gol de Letra, Assera e Halley-AABB de Redenção.

Branco e Clóvis deverão formar o ataque do Castanhal contra a Tuna, domingo de manhã no Souza. Estão barrados no Japiim o zagueiro Magrão, meia Paulinho 47 e atacante Helinho.

Coisas do futebol: goleiro Cesar, campeão pelo Flamengo na Copa São Paulo e melhor jogador do time na final, está emprestado pelo Sendas e seu chamado pela CT rubro-negra mereceu críticas do eterno ídolo Zico. Agora o time da Gávea está fazendo tudo para contratá-lo em definitivo.

Padre Eutíquio Futebol e Lazer enfrentará sábado próximo no campo do Norte Brasileiro, em Marituba, o A.D. Genos.

HOMENAGEM – João Santos Ferreira, o João Santos, ex-atacante do Bragantino-SP, Coritiba, Fluminense, Remo (campeão em 1993), Inter-RS e Paraná Clube. É empresário no eixo Rio-São Paulo.

27 de janeiro de 2011 at 11:13 am 1 comentário

LINHA DE PASSE – Rui Guimarães – 26.01.2011

O torcedor finalmente conheceu as oito equipes que irão disputar o título do Parazão 2011. A primeira rodada da competição foi farta em gols, 4,25 por jogo, o que significa excelente marca para o início de uma competição.
O melhor ataque da rodada foi o do Independente de Tucuruí que fez cinco tentos. Em saldo também se destaca a equipe de Sinomar Naves que está com quatro gols. O ataque do Paysandu marcou quatro gols e o do Remo três, mas em saldo o Leão está na frente com três gols contra dois do papão. O Remo foi o único clube cuja defesa não tomou gols na primeira rodada, em conseqüência o goleiro menos vazado do campeonato é Léo Rodrigues.
Uma curiosidade concernente as arrecadações. O Remo levou o maior público ao estádio com 11.196 expectadores e registrou 800 gratuidades. No domingo pela manhã o jogo do Paysandu teve 4.633 expectadores e 1.196 gratuidades, ou seja, no jogo do papão, 24,5% das pessoas presentes a curuzu, não pagaram. No jogo do Leão, apenas 7,14% dos que assistiram ao jogo entraram de graça. Se alguém puder me explicar o motivo da diferença, fico muito grato e prometo repassar aos leitores.
Aliás, o Presidente LOP do Paysandu está furioso com a encarnação dos remistas quanto à presença do torcedor aos estádios. Justifica o mandatário bicolor que no jogo de domingo pela manhã, houve a promessa de transmissão do jogo pela televisão o que afastou o público, coisa que não aconteceu no jogo do Remo cujo torcedor já sabia que não haveria transmissão ao vivo. Será que foi só isso?
Arraiais azulinos em estado de graça em função da boa apresentação do time na estreia do campeonato. Mesmo considerando estar à equipe desfalcada do goleiro Lopes e com os três atacantes contratados ainda no almoxarifado, a equipe pode ser considerada a de melhor desempenho na primeira rodada pela apresentação. Há de se considerar, contudo que o mais difícil é manter o ritmo até final.
Neste episódio de reestruturação do contrato Funtelpa/Federação para a transmissão dos jogos do campeonato paraense, mais uma vez ficou clara a falta de representatividade de Remo e Paysandu. Quem fala por uma torcida como a dos dois clubes, jamais poderia concordar com a alteração que foi imposta por rebeldia dos clubes considerados emergentes. Nada contra os seis reclamantes, mas não dá para entender como os dois grandes perdem dinheiro e os pequenos ganham. O torcedor quer assistir jogos de Remo e Paysandu e a força dos outros é que prevaleceu. Política pura.
O estabelecimento de critérios por merecimento é mais do que justo, mas se considerarmos os números expostos, o máximo que Remo ou Paysandu poderão receber durante o campeonato todo, é R$ -887.3 mil, quem for campeão. Se um dos dois for vice, recebe no máximo R$ -838,1 mil. Para quem deveria receber algo em torno de R$ -1,2 milhão, perda de mais de 25%. Para ser campeão, um dos dois grandes fará 16 jogos, e seria remunerado em R$ -55,4 mil por jogo. No critério anterior, esse valor seria de R$ -77,5 mil.
Rui Guimarães.

26 de janeiro de 2011 at 1:02 pm 1 comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 26.01.11

POSITIVO – Auspiciosa por demais a estréia do Remo no campeonato, sobretudo pela entrega do grupo e presença do Fenômeno Azul. Registre-se o bom gramado oferecido aos jogadores, graças ao trabalho de equipe do Japonesinho e supervisão do diretor de estádio Luiz Felipe Baralho.

NEGATIVO – Futebol do Pará é ímpar e aqui jogador ainda foge na calada da noite. Ano passado foi o Marcelo Ramos (Paysandu) e agora Marcelo Soares (Remo). Ambos atacantes e com mesmo nome. É duro!

Lá e Cá

Está em Belém ex-presidente campeão no Flamengo Marcos Brás, a convite do presidente LOP do Paysandu. Conhecerá instalações do clube. 

Felipe Mamão deverá ser a maior novidade da Tuna contra o Castanhal. Enquanto isso, orelha do técnico L.C.Apeú começa a arder e não sei se resistirá a uma derrota no Souza, domingo.

LOP já defende não televisamento de jogos do Paysandu na Curuzu para Belém. Jogadores bicolores não querem mais jogar de manhã. Outra providência bicolor deveria ser preço de ingresso para Fiel não continuar levando goleada do Fenômeno Azul.

Quotas dos clubes na 1ª rodada: Remo – R$ 92.254,26; Paysandu – R$ 32.245,98; Cametá – 9.537,72; Águia 7.528,27. Público pagante azulino (10.396) foi o triplo do bicolor. Muitas reclamações pela desorganização na venda de ingresso e acesso ao Baenão.

Rafael Levy era presidente em 2005 quando surgiu o Fenômeno Azul na caminhada azulina pelo título da Série C do Brasileiro. Tudo poderá se repetir agora no Parazão. Com efeito, Levy é exatamente o homem forte do futebol, ao lado do Francisco Rosas.

Melhores do handebol de 2010: adulto masculino – Darlan, Felipe, Mike Tayson, Gilberto e Richarlyson (goleiro), todos da Adema; Hílbert, do Águia-Metro e Hugo Leonardo, da Esmac. Técnico – Evandro Santos (Adema).

No feminino adulto – Nayara, Silma, Stefane, Ana Rocha e Maria (goleira), todas do Paysandu; Joyce e Maria Reis, da Esmac. Técnica – Davina (Paysandu).

Reforços do Paysandu, Ary, Sidny, Alyson, Alex Oliveira e Héliton, foram todos agenciados pela empresa Merabet Cirino Sport, conforme seu representante Émerson Dias. No Remo empresa tem Edinaldo e Igor João, no Águia o Roma e no Independente o Wegno.

 Sábado, em Tucuruí, Ary e Potiguar voltarão no Papão e Héliton tem chance de começar jogando. Gian ainda não tem escalação confirmada no Galo, até pelo excelente desempenho do grupo em Cametá.

Hoje o aniversário de João Carlos Ribeiro, o eterno presidente do tradicional ABC. Urucubarca começou a temporada levando de 5×1 do Skol. Pedrão caiu no América PV e para jogo deste sábado contra o Pirelli, no campo do Edim, estreará o técnico Sandro Ely.

Como de Billy e Bryan, no Paysandu, laterais Alex e Ânderson, campeões da Copinha pelo Flamengo são também irmãos gêmeos.

Na reunião dos clubes com o Governo foi sacramentada premiação extra de 492 mil nos dois turnos, cotas 98 mil a cada clube chorão e cobertura das despesas de transporte e hospedagem. Remo e Paysandu aceitaram redução substancial para 690.500 reais cada, com promessas de outras vantagens. Perderam bastante e sem choro!   

Polivalente Marlon (Remo) é o melhor jogador em atividade no futebol paraense. E não é de agora. E lembrar que quase não fica no Leão neste início de temporada!

Minha seleção da 1ª rodada do Parazão: Ney (PSC), Elsinho (Remo), Marraquete (Independente), Morisco (Remo) e Marlon (Remo), Billy (PSC), Luiz André (Remo), Soares (Castanhal) e Alex Oliveira (PSC), Rafael Oliveira (PSC) e Ró (Independente). Técnico – Paulo Comelli (Remo).

Time amador paraense do Mercial Clube inicia hoje competição em Itararé-SP, sem qualquer ajuda oficial. Realização da Bosco Promotion.

HOMENAGEM – Alex Sandro Pinho, o Alex Pinho, ex-zagueiro do Vasco (1993-98), Bahia, Náutico, Santa Cruz (duas vezes), Sport, Al-Qadisiya, Paysandu (2004-05), América-MG e Atlético Tubarão-SC. Comanda seus negócios em São Gonçalo-RJ.

26 de janeiro de 2011 at 12:59 pm 1 comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 25.01.11

POSITIVO – Para equipe do Satoshi Sato pelo belo trabalho desenvolvido no gramado da Curuzu e ao excelente preparo físico do Paysandu, principalmente no segundo tempo, graças à competência do Antonio Pompeu Carvalho. Valeu!

NEGATVIO – Ao invés de acenar com de 94 mil aos clubes insatisfeitos e premiação extra aos quatro melhores colocados da cada turno (reunião hoje), Governo deveria acabar com a farra de sustentar clubes profissionais. É hora do amadorismo e atletas de alto rendimento na SEEL!

Lá e Cá

Tiago Potiguar (Paysandu) faz um tratamento sério nessa sua eterna contusão de joelho ou vai ter de parar profissionalmente mais cedo. Chegar de jogar meia boca! Quanto ao técnico Sérgio Cosme tomara tenha aprendido da lição domingo. É cada qual no seu cada qual!

Os 30 investidores da Sociedade Desportiva Paraense já consolidaram o aporte de 1,5 milhão de reais no moderno CT de Marituba, que funcionará em março. À frente o Prof. João Age (esteve estagiando no Litorial e Santos-SP). Famoso jogador do futebol brasileiro quer entrar no negócio!

Penarol-AM, adversário do Paysandu na Copa do Brasil é conhecido como Leão Azul da Velha Serpa (pelas suas cores). Quer liberar o Estádio Floro Mendonça (Itacoatiara) para enfrentar o Papão lá e tem como preparador físico Maurício Matos e de goleiros Marcelo Calif (paraenses).

Confirmada para dia 29 vindouro da Trilha Ecológica do Açaí (Igarapé-Miri) do grupo Titanus, com saída 6:30 h, de Porto na Bernardo Sayão entre José Bonifácio e Padre Eutíquio. Contatos dil_cunha@hotmail.com

Professor Paulo Fernandes está tentando realizar competições de futebol em Garrafão do Norte entre jovens de 10 a 17 anos para tirá-los da zona de risco, mas não teve apoio da FPF. Quem desejar ajudá-lo contatar profpauloferal@yahoo.com.br

Caio Trindade, Sérgio Serra e Alberto Russo Menezes, (carlosmenezes10@yahoo.com.br ou 81148302) estão organizando o jantar comemorativo ao título brasileiro do Fluminense. Será dia 2 de fevereiro na boate da AP, na Presidente Vargas, possivelmente com a presença do presidente Peter Siemens e Washington. Reunião preparativa acontecerá dia 27, 18h, no Dom Bar.

Atacantes Max Jarí e Marcelo Soares as novidades do Remo domingo em Cametá. Estremecimento entre FPF e remistas. Entidade denunciada pela PM ao MP por liberar jogos no Zinho Oliveira e Parque do Bacurau.

Assessores de imprensa do Paysandu, Júnior Brasil e Felipe Cesar, tratando da documentação do clube para possibilitar doação de ônibus por empresa multinacional com sede em São Paulo. Ótimo!

Domingo foi de homenagens televisivas a artilheiros paraenses pela quantidade de gols marcados num só jogo. Aqui, Rafael Oliveira (3) e em Goiás o roliço Nonato (4), cria da Tuna e nascido em Japiim, município de Viseu. Mas esqueceram do Ró (3), do Independente-Tucuruí.

Foi Paulinho Oliveira quem convenceu LOP a contratar Alex Oliveira para o Paysandu. Remo e Americana-SP (técnico Edinho) estavam atrás dele.

Castanhal estava sem médico domingo último (Dr. Jackson Antunes não veio), o que é prática comum entre os times medianos. FPF deveria obrigar a presença desse profissional no túnel e MP ficar mais atento!

Bragaluso sagrou-se campeão do 1º turno Sub-11 do futsal de Bragança, vencendo o Ilkson por 3×2, gols de Caio, Torres e Alif. COPM vai realizar a Copa Rodolfo Chuva, também Sub-11, aqui, dia 29 próximo. Inscrições até dia 27 pelo celular 88060424 ou davidcopm@yahoo.com.br

Billy foi tudo que Sérgio Cosme esperava e falava dele no Papão. Vai ser difícil tirar garoto do time. O mesmo pode-se dizer de Élton (Tuna) e Jaime (Remo). Questão de paciência!

Responsáveis pelas faixas de protesto dos clubes medianos contra o Governo erraram feio na grafia e saiu DEMOGRACIA e não DEMOCRACIA!

HOMENAGEM – Wanderley Gonçalves Barbosa, o Batata, ex-zagueiro Ituano, Remo (1993), Corinthians, Náutico, Monterrey do México, Pogan da Polônia, Brasiliense, Central-PE e Salgueiro-PE, onde encerrou a carreira. Cuida de seus negócios.

25 de janeiro de 2011 at 3:10 pm Deixe um comentário

LINHA DE PASSE – Rui Guimarães -22.01.2011

Hoje começam as emoções – esperamos – do campeonato paraense de 2011. Sinceramente como tenho as melhores expectativas de um ótimo certame. O simples retorno da Tuna e a esperança do torcedor que, mais uma vez, é o esteio do nosso futebol, me levam a afirmar isso. Quinta Feira estive no Pará Clube na solenidade de lançamento do campeonato. Foi um acontecimento que deve ser fomentado. A apresentação dos clubes e seus uniformes principais, os discursos do Secretário Adjunto da SEEL e do próprio Presidente Nunes da Federação, demonstraram todo o entusiasmo que se espera para esse campeonato. Uma pena que nem todos entendam dessa maneira. Uma solenidade dessas é para ser prestigiada por todos, dirigentes, autoridades do estado e a própria imprensa. O Presidente do Paysandu não foi. O do Remo chegou atrasado, mas justificou e nossos colegas jornalistas apenas mandaram representantes. Algo tem que mudar.

Não vejo nenhum Clube favorito para ser campeão paraense. A briga será acirrada e ganhará quem se organizar mais rápido. Não e contratar depressa é arrumar o time e sair na frente como fez o Paysandu nesses últimos dois anos. Agora, vamos arrumar os times e projetar Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro, pois de Parazão estamos cheios. Antes de começar vamos alertar novamente: Campeonato Regional não é parâmetro para times disputarem o brasileiro. O time do Parazão deve ser reforçado para o campeonato brasileiro seja de que divisão for. Mãos a obra.

O Remo acertou em cheio ao programar a mini temporada para Barcarena. Os próprios jogadores aprovaram a idéia e o elenco virá mais unido, no mínimo. Comelli não escalou, pelo menos por enquanto, Fininho no meio campo. Talvez tenha suas razões, mas pelo que falam de Tiaguinho ou ele acerta segunda feira ou vai embora.

Amanhã pela manhã a torcida bicolor tem obrigação de comparecer para incentivar sua equipe. O Clube é bi campeão paraense e há muito não conhece o gostinho de um tri. O último foi em 2000/02. Aliás, uma curiosidade. Após o tri do papão, os dois grandes se revesaram em bi campeonatos. Pela ordem o Remo está na vez.

Dos pequenos o mais organizado me parece ser o Castanhal. Mas nem é bom fazer essas previsões, pois o São Raimundo é quase que totalmente desconhecido e o Independente um pouco. Podem surpreender.

Conversei na solenidade de abertura do Parazão com Zé Ângelo e Cristian Costa sobre a liberação do Mangueirão para o clássico Re x PA. Não tenho dúvidas que o nosso colosso será liberado e fiquei mais tranqüilo. Tenho, contudo, uma preocupação que é quanto a conservação do Mangueirão daqui pra frente. Sou até de opinião que se proponha uma reforma geral com adaptações radicais como uma rampa de acesso ao gramado, eliminando as escadarias. Uma notícia boa dada pelo secretário é de que o complexo esportivo do estado irá sair na Administração Simão Jatene.

E a conversa do Presidente do Paysandu com o meia Sandro no que deu?

Rui Guimarães

22 de janeiro de 2011 at 2:01 pm Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 21.01.11

POSITIVO – Mesmo com sua legião de veteranos, média de idade no Paysandu (26,6) está em patamar razoável. No Remo, esse índice é menor quatro anos e três meses (22,3). Vejamos se isso fará diferença no campeonato!

NEGATIVO – Até então nossos clubes só enfrentavam na Justiça do Trabalho o pessoal do futebol. No Paysandu já alcançou o basquetebol e dia 22.2 tem primeira audiência do seu ex-técnico Carlos Montoril, reclamando 94.454 reais. É duro!

Lá e Cá

Curuzu ano passado estava apta para 16 mil torcedores e agora encolheu para 12 mil. Baenão que só estava recebendo 8 mil, dirigentes azulinos esperam ser liberada hoje para até 16 mil. Milagres das vistorias! Remistas colocarão à venda segunda 11.200 ingressos e esperam renda de 149 mil.

Sobre “Negativo” de ontem da coluna, presidente Gil Corrêa contesta e diz ter prova do prejuízo dado por Andrey Silva e Domingos Viana ao Castanhal, já passado a Lenílson Alcântara e agora chegará a José Guilhermino. Fala em time forte este ano e folha de 150 mil. A conferir!

Comissão dos Clubes Medianos (Fabiano Bastos, Gil Corrêa e André Cavalcante) vai ao Governador, com ajuda do deputado federal Arnaldo Jordy, solicitar cotas à base de 30% do que é dado a Remo e Paysandu e sem TV para praça dos jogos.

Já foram disputados 98 campeonatos no Pará e interior jamais venceu, tendo grande chance este ano. Os donos de título são Paysandu (44), Remo (42), Tuna (10) e o extinto União Esportiva (2). Última conquista tunante foi em 1988 e no tapetão. Depois de 41 anos de fundada FPF fez 1º lançamento festivo do campeonato.

Tiago Marabá nem era titular no Águia, tendo se transformado no talismã de segundo tempo. No Remo começará efetivo ao lado de Wellington Silva (está em observação).

Carlos Alberto Moraes, o Curumim, ex-craque do nosso futsal, festejando hoje ao lado de sua esposa Aglaise os 15 anos da galante filha Layse Moraes, no Fátima Recepções (Antonio Baena 155). Parabéns!

Sete luminárias sendo trocadas nos refletores da Curuzu. Atacante Clayson Rato permaneceu no plantel do Paysandu, prevalecendo a determinação do presidente LOP.

Atacante Marcelo Soares, já se exercitando em Barcarena, declarou ter recusado excelente proposta do Japão, preferindo o Clube do Remo. E os dirigentes “envaidecidos” acreditaram!

Preço médio do ingresso no jogo Bragantino 1×1 Corinthians, do Paulistão, com direito a show sertanejo foi de 10 reais.

Governador do Amazonas, Omar Aziz, liberando 50 mil mensais a cada clube disputante do campeonato, sem distinção. Os que participarem de competição nacional ganharão mais 100 mil.

 Jogador de mais idade no Remo é o meio de campo Luis André (30 anos completados ontem) e o mais novo é o zagueiro Joãozinho (17 anos), oriundo da base. No Paysandu, Sandro lidera grupo de cima (37 anos) e Neto (vindo da base) o de menos idade (18 anos).

Duas estréias interioranas bem aguardadas nesta 1ª rodada do campeonato: Ley (Águia), sempre pretendido pelo Remo e Paysandu e Cesar Augusto, atacante do São Raimundo que vem fazendo gols aos borbotões.

Chuva castigando bastante Cametá, onde a Tuna jogará amanhã e Barcarena, dificultando treinamentos do Remo. No Paysandu, Tiago Potiguar e Sandro Goiano liberados para domingo, enquanto Mendes só contra o Independente, dia 29.2. Didi acertou tudo por 30 mil parcelados.

Bragaluso na final do Campeonato de Futsal Sub-11 de Bragança, hoje, no Corolão, contra o IKSON de Augusto Corrêa, 19 horas. Quinteto escalado pelo técnico Charles Oliveira: Flávio, Caio, Torres, Cesar e Cleber.

Corinthians no encalço de Ganso, aproveitando sua insatisfação no Santos.

HOMENAGEM – Marciano José Silveira Filho, o Marciano, por mim cognominado de “Interplanetário”. Jogou profissionalmente de 1971-82 defendendo o Inter-RS, Fortaleza, Paysandu (1975), Flamengo-RJ, Botafogo-SP, Colorado-PR (hoje Paraná Clube), Coritiba, Ceará e CSA-AL. É agente de jogadores com raio de atuação mais no Nordeste.

21 de janeiro de 2011 at 2:26 pm Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 20.01.11

POSITIVO – Minha foi sugestão atendida e FPF está convidando para lançamento festivo do Campeonato Paraense de 2011, patrocinado pelo Governo do Estado, hoje, 20h, no Pará Clube. À frente o presidente Antonio Carlos Nunes de Lima. Ótimo! NEGATIVO – Castanhal tem a mania de perseguição de arbitragem e já está chiando antes da competição começar, o que desgasta bastante. Seria mais interessante pensar em estádio à altura do município e plantel forte e ganhador para atender anseio dos torcedores. Fim de papo! Lá e Cá Santa Cruz-PE está cobrando 10 e 5 reais nos seus jogos do pernambucano contra times pequenos e público médio é de 20 mil. Na vitória diante do América (3×1) renda foi de 117.465 mil e para 20.621 pagantes. Landu é reserva e entra sempre depois. Laécio (ex-Paysandu) é titular. Para Águia x Tuna, 3.500 ingressos à venda e renda podendo chegar a 62.100 reais. Serão mais 450 bilhetes de credenciados, o que totaliza 3.950, comprovando cabalmente que o Zinho Oliveira não comporta mesmo 5.000 expectadores. Data Japa dá os números verdadeiros e confirma 28 jogos entre Paysandu e Castanhal, 16 triunfos do Papão, 8 do Japiim, 4 empates, 56 gols bicolores e 37 contra. Última vitória castanhalense na Curuzu foi dia 12.3.2006, 1×0, gol de Fabinho Paulista. Entre Remo e São Raimundo são 24 contendas, 15 vitórias azulinas, 3 santarenas, 6 empates, 45 gols do Leão e 29 da Pantera. Último triunfo sãoraimundino no Baenão foi dia 18.1.2009, a humilhante goleada de 5×1. Já entre Águia e Tuna temos 17 partidas, 11 ganhas cruz-de-malta, 3 derrotas, 3 empates, 30 gols lusos e 17 aguianos. Último jogo no Zinho Oliveira, 29.2.2002, 3×2 Tuna pela Série C. Cametá x Independente fizeram 3 jogos, uma vitória de cada e um empate, 4 gols do Galo, 3 do Mapará. Último jogo no Parque do Bacurau, Independente 2×1 (4.4.2010). Bicolor Alessandro Mourão (alemourao_bol@hotmail.com) continua tiririca, pois é torcedor de arquibancada e mais uma vez os tapumes protetores dos túneis da Curuzu vão atrapalhar a visão dos expectadores e ninguém toma providência. Desabafo divulgado! Nas duas vezes que o Paysandu fez pré-temporada em Barcarena ganhou bi-estadual. Remo certamente foi atrás dessa mística! Dirigentes do São Raimundo chiando porque o clube vai de ônibus para Marabá, o que certamente não acontecerá com Remo e Paysandu. A conferir! Dupla de ataque Felipe Mamão-Adriano Miranda com tudo para dar samba na Tuna. E ainda tem o goleiro Adriano Paredão e meio campo Barata. Bom teste no sábado em Marabá! Mudança no comando do DM do Paysandu, com a chegada de Gervásio Brito, teve o dedo do ex-presidente e grande benemérito Ruy Sales. No Remo, zagueiro Diego Barros não foi a Barcarena para tratar de uma lombalgia. Betinho ficou para cuidar de dores no adutor direito. Abnegados José Brito e Max Fernandes, através de suas empresas, caprichando nos melhoramentos e embelezamento do Baenão para segunda-feira. No momento, mais confortável estádio particular de Belém ainda é a Curuzu. Domingo e segunda se saberá quem está melhor! Paragominas com semana de eventos esportivos para festejar seu aniversário domingo. No encerramento o Circuito Ciclístico Ronan Rocha. Em Ananindeua, hoje, 21 projetos esportivos aprovados receberão incentivos de até 4 mil reais da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer. Associação Zezé de Boxe festejará título da temporada 2010 com lauta feijoada sábado próximo na Casa de Show Mormaço. Padre Eutíquio Futebol e Lazer enfrentará também no sábado o time do Restaura, no campo da Guarda Municipal, na Artur Bernardes, no Tapanã. Osvaldo Ferreira, único piloto paraense de automobilismo em atividade teve seu contrato de patrocínio renovado com a Cia. Atlética. HOMENAGEM – Francisco Pereira Lobato, o Chico, ex-meio campo do Remo nos anos 70, tendo conquistado três títulos pelo Leão Azul. É eletricista.

20 de janeiro de 2011 at 2:30 pm 2 comentários

Posts antigos


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.