Archive for fevereiro, 2011

LINHA DE PASSE – Rui Guimarães – 19.02.2011

Amanhã ocorre o terceiro clássico do nosso futebol valendo pelo campeonato. O Remo ganhou um e a Tuna ainda não tomou o gosto de nenhum. Amanhã tem a oportunidade, mas está muito longe de se tornar realidade. Quase todos os desportistas vibraram com a ascensão lusa à divisão de elite de nosso campeonato, porém não estão tendo o retorno que gostariam com o desempenho do time na competição. Dois técnicos e um time em formação até hoje. Para amanhã, a equipe de Flávio Goiano terá quatro modificações, sendo duas delas no setor defensivo, uma no meio e outra na frente. É muito para um time que enfrenta outro muito bem treinado e com o moral elevado. Por isso o favoritismo remista é grande.
Os azulinos só não estão dormindo sossegados porque o centro avante ainda não chegou ao Baenão. É, aquele que tenha a marca de matador, que passe confiança aos companheiros e realmente decida. Até agora foram nove contratados e nenhum se encaixou. A busca continua. O que a torcida questiona é: ao invés dos sete  contratados fora não seria melhor trazer um que resolvesse?
Copa do Brasil começando na quarta feira par os paraenses e o sofrimento também. Há muito tempo não entramos numa competição de nível nacional com equipes competitivas e que passem a confiança ao torcedor. Nossos dois representantes não têm times e não adiante enganar a galera. O Paysandu poderá ter uma sobre vida, menos por seus méritos mas pela fragilidade do Penarol cuja folha de pagamento regula mais ou menos no valor do salário de um único jogador bicolor. Mas, nós já vimos esse filme, tomara que não haja replay. O Águia receberá o Brasiliense literalmente vacinado e administrando o resultado para dar o bote em casa. Do jeito que vai no campeonato o time de Marabá não passa esperanças a ninguém.
É necessário que se divulgue que os participantes da Copa do Brasil têm um prêmio de 100 mil reais por etapa, com esse valor subindo a medida que a competição vai se afunilando. Isso poderia servir d estímulo para os participantes pois o campeão do torneio, além da participação na Libertadores pode ter receita superior a 1,3 milhão de reais.
Falam a boca pequena que o Governador pode nomear para a SEEL um político da Câmara de Vereadores de Belém. O nome que está sendo especulado nada tem a ver com o esporte e apenas comporia politicamente a secretaria. Se houver humildade do possível novo secretário para admitir que ele tem mais a aprender do que a ensinar, pode dar certo. De outra maneira, tome bola nas costas.
Remo e Paysandu estão disputando palmo-a-palmo a hegemonia do futebol no primeiro turno. Além da alternância na liderança da competição – hoje o papão está com 15 pontos e o Leão com 13 e um jogo a menos há divisões nos outros itens, como: Melhor ataque: Paysandu com 19 gols. Melhor defesa o Remo com 3 gols. Melhor artilheiro, Rafael Oliveira do Paysandu com 11. Melhor média de torcedores presentes nos jogos em casa o Remo dispara. Em dois jogos o Leão contabiliza 17.585 torcedores e o Papão em quatro jogos apenas 15.319. O Remo já arrecadou no campeonato R$ -377.461,52, frutos de três jogos. O Paysandu em cinco jogos como mandante arrecadou R$ -331.923,43. A título de curiosidade para o torcedor. A Federação, que administra o campeonato, arrecadou nas cinco rodadas e meia do certame, R$ -140.097,00.
Rui Guimarães

19 de fevereiro de 2011 at 3:36 pm 2 comentários

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 18.02.11

POSITIVO – Merecia mais divulgação na mídia nacional o feito inédito dos artilheiros do Parazão: Rafael Oliveira (PSC) três gols na 1ª rodada e três na 4ª, a exemplo de Leandro (Cametá) e Felipe (Tuna). Patrick (Independente) três na 5ª e, agora, de novo Rafael Oliveira fez quatro na 6ª rodada. E vem mais!

NEGATIVO – Enquanto o Independente lucrou como mandante R$ 4.080,62, na quarta-feira, em Tucuruí, o Paysandu amargou prejuízo  de R$ 636,98, na Curuzu. Efeito do RE x PA!

Lá e Cá

Descompasso entre ataque e defesa do Paysandu. Enquanto média da ofensiva é de 3,1 gols por jogo (só a de Rafael Oliveira é 1,6) a da retaguarda é de 2 contra.  

Parceria entre COPM e Sport Pará no futsal: COPM disputará Sub-15 com atletas das duas equipes e quem estiver acima dessa idade defenderá o Sport Pará no Sub-17.

Não sei se por recomendação da diretoria bicolor, mas Rafael Oliveira e Mendes pararam de festejar seus gols fazendo apologia àquela proscrita torcida.

Felipe Mamão e Adriano Miranda no ataque da Tuna bom teste à segura defesa azulina. Leão não terá goleiro Lopes (entra Léo Rodrigues) e Cruz-de-malta virá de quatro alterações. Time: Adriano, Hugo de Leon, Bruno Oliveira, Bruno Prado e Marahu, Negretti, Dudu, Japonês e Alexandre Chaves, Felipe Mamão e Adriano Miranda. Jogo da vida da lusa!

Em abril será reaberto o Salão Nobre da sede social do Remo, reformado e totalmente climatizado, num trabalho comandado para diretora social Jó Ferreira. Fonte de renda!

FPF arrecadou até agora no campeonato R$ 140 mil reais. Nada mal quando se sabe que ainda nem acabou a 1ª fase do 1º turno. Previsão até o final da competição, se RE x PA decidirem os turnos o título, é de 600 mil.

Dentre as últimas contratações anunciadas pelo Paysandu, zagueiro Breno (24 anos) é filho do ex-volante Zé do Carmo, que brilhou no Santa Cruz e Vasco. Jogou ainda quatro partidas pela Seleção Brasileira (Bélgica, Equador, Al Ahli da Arábia Saudita e Peru) ganhando todas.

Águia, São Raimundo e Castanhal partindo para três contratações cada. Independente estreará contra o Remo atacante Rodrigo e meia Neto II. Cametá recebeu zagueiro carioca Jhonatan (1,90m). Mapará é quem tem melhor chance de ainda brigar pelo G-4 com duas partidas em casa.

Técnico Sérgio Cosme confia tanto no seu trabalho e no grupo de atletas do Paysandu que trouxe esposa, sogra, filho e genro. Está aguardando a filha e o neto.

Hoje, o tradicional Baile do Tigre do Pará Clube. Bom local para o querido Ronaldo Almeida, o Mineirinho, festejar seu aniversário. Dia 26 retornará o consagrado Baile Vermelho e Branco de carnaval do Bancrévea.

Se todos os 27 mil ingressos do Tuna x Remo foram vendidos, renda para R$ 387.300,00. Torcedores podem procurar a partir de hoje no Souza e Baenão.

Técnicos da dupla RE x PA, Paulo Comelli e Sérgio Cosme têm uma coisa em comum: apenas um título estadual. Comelli no Sampaio Corrêa-MA (2002) e Cosme no Grêmio-RS (1993). Azulino conquistou ainda vários acessos e vices e o bicolor o Brasileiro da 2ª divisão de 1995 (Atlético Paranaense).

Equivocadamente é atribuída a Cosme a conquista da Série B de 1991, mas o campeão foi Joel Martins com o Paysandu.

Apenas 2.950 ingressos no Zinho Oliveira para Águia x Brasiliense, na Copa do Brasil, quando a capacidade do estádio é dita de 5 mil. Esquisito!

HOMENAGEM – Antonio Aranha Alves, o Aranha, ex-lateral direito do São São Bento de Sorocaba-SP, Remo (1972, quando ganhou a Bola de Prata do Brasileirão), Atlético-MG, Sport-PE e Comercial-MS. É despachante em Sorocaba e controle um derrame acometido há 12 anos.

18 de fevereiro de 2011 at 2:35 pm Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 17.02.11

POSITIVO – Competente professora Suzete Montalvão Frahia assumiu a Diretoria de Esporte da SEEL e já estuda novos formatos de projetos e programas do incentivo esportivo mantido pelo Governo do Estado. E o projeto Papo Cabeça ganhará parceria do Propaz. Ótimo!

NEGATIVO – A covarde agressão ao atleta paraolímpico Raifran Mesquita (cego) em Canaã dos Carajás mereceu até nota de repúdio da Federação Paraense de Judô, modalidade que o atleta pratica. Absurdo exigindo punição rigorosa dos culpados.

Lá e Cá

Presidente Fernando Camarinha (Cametá) apresentou todos os laudos pendentes e o Estádio Parque do Bacurau está liberado para jogo de domingo contra o Castanhal. Dia 27 a Tuna vai lá.

São Raimundo continua sem vencer no Parazão e Independente só não deu de mais graças ao goleiro Labilá (2×0). Joãozinho fez gol de placa no Navegantão. Galo Elétrico mais dentro do que nunca do G-4 e contratou atacante Rodrigo, do Trindade-GO. Agora que venha o Remo!

Federação de Judô realizará Seletiva ao Campeonato Brasileiro da Região I sábado próximo, de 9 a 16 horas, no NEL, na Dom Romualdo de Seixas. Dias 26 e 27 de março, a Copa SEEL de Ciclismo para 300 atletas na João Paulo II, Campus da UFPA e Dr. Freitas. VIII Open de Xadrez vem aí.

Christian Costa (SEEL) está no RJ a chamado do Comitê Olímpico Brasileiro e aproveita para tratar de workshop em prol do movimento olímpico e saber de novidades das olimpíadas escolares e universitárias. Amanhã, aqui em Belém, Christian já reunirá com 40 presidentes de federações amadoras cuidando da minuta de trabalho para 2012.

Estádio Floro de Mendonça, de Itacoatiara-AM (105m x 68m), onde o Paysandu jogará dia 23 contra o Penarol pela Copa do Brasil era chamado de José Mendes e o nome foi mudado em 1981. Apanha 2.710 torcedores sentados e 3.000 em pé. Distância Itacoatiara-Manaus é de 176 km.

Brasiliense enfrentará o Gama sábado pelo certame Candango e adiou partida contra o Botafogo-DF para 27.2, face o jogo de 23.2 contra o Águia, pela Copa do Brasil. Jacaré viajará terça em voo direto para Marabá e tem no elenco Acosta, Adrianinho, Cicinho, Iranildo e Ruy Cabeção.

Festa do título brasileiro do Fluminense na AP-Presidente Vargas emocionou jovem presidente tricolor Peter Simensen, que reativou convênio com AP juntamente com presidente Henrique Silva. Assis e Joaquim Antunes homenageados. Parabéns à turma do Espaço Tricolor.

Retificação: Ivair jogou no Paysandu em 1973 e na sua estréia ele e Leônidas marcaram os gols bicolores na estupenda vitória de 2×1 sobre o Inter-RS, de Figueiroa e Cia, pelo Brasileirão, no Baenão.

Sócio-torcedor (Nação Azul) pagará ingresso domingo já que o mando é da Tuna. Linha de frente azulina nos bastidores da FPF é fortíssimo com Paulo Mota, Hamilton Gualberto e Sérgio Dias. Já mostrou isso no RE x PA!

Atacantes Ró (Remo) e Mendes (Paysandu) atribuem aos esquemas técnicos que tiveram de cumprir seus desempenhos aquém do esperado no RE x PA. Menos mal para Ró que o Leão venceu e bem!

Bruno Oliveira-Bruno Prado (este egresso de Anápolis-GO) a dupla de zaga da Tuna contra o Remo. Aliás, nos treinos cruzmaltinos Lubrax cuida dos goleiros, Mazinho dos zagueiros e Flávio Goiano dos demais.

Ter saudade do Paulão e do Leandro Camilo no Paysandu é dose. Tuna em cinco jogos do Parazão ainda não teve nenhum jogador contundido e o São Raimundo é o mais indisciplinado.

Copa Comercial de Futebol Sub-13 e Sub-15 terá 1ª rodada sábado reunindo Independente x Boca (no campo da Horta), Comercial x Elite do Norte (Manelão), Paraense x Horizonte (Júlia Seffer) e Ananindeua x Cabano (CT do Ananindeua). Tudo a partir de 9 da manhã.

Corruptos perderam invencibilidade para o Mengove (3×2) e receberão sábado o AD Genos. O Padre Eutíquio F.L. vai enfrentar o Faz Raiva no Alçapão de Marituba.

HOMENAGEM – Elói Oliveira, o ex-zagueiro Elói, criado no Remo. Atuou ainda no Avante, Combatentes, aspirante do Vasco-RJ e Moto-MA (onde quebrou a perna e parou). Aposentado do INSS e mora em Belém

17 de fevereiro de 2011 at 9:37 pm Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 16.02.11

POSITIVO – A grandeza de um RE x PA é incomensurável. Tem jogador que ainda está extasiado com a festa de domingo. Rafael Mourisco (Remo) chegou a declarar que nunca tinha visto coisa igual e foi um dia para não esquecer. Falou está falado!

NEGATIVO – São essas coisas que eu não entendo. Até catraca para o Mangueirão tem de ser alugada em Fortaleza. É duro!

Lá e Cá

Com todo respeito ao pessoal da SEEL pelo que tem feito aos clubes, inclusive liberando taxa do Mangueirão, mas esse Tuna x Remo tinha cara de Baenão lotado. Será mesmo no Olímpico Monumental com renda dividida, arquibancada a 15 reais e 27 mil ingressos à disposição.    

Assessoria de imprensa Michelle Muniz comunicando Fest Chopp da Tuna dia 27 próximo, confraternizando dirigentes, associados e convidados, ao som das bandas Tropa do Forró, Mistura Urbana, Pagodão Gota D’Água, Baterias e mulatas do Quem São Eles e Bole Bole. Canecas do evento a 20 reais e direito a três chopes (Contato: 32192805).

Livro do médico paraense General Grimário Nobre de Olveira (trabalhou no Paysandu), atualmente residindo em Porto Alegre-RS, denominado “Gestão Gerencial em Saúde da Família”, já à venda em Belém na Somensi da São Pedro e New Time do Pátio Belém. Vale a pena!

Apenas o São Raimundo ainda não venceu no campeonato, daí a sede pelo primeiro triunfo, hoje, mesmo em Tucuruí contra o Independente. Parque do Bacurau (mais novo dos nossos estádios) continua vetado.

Milan, do Banco da Amazônia, ganhou o tri-campeonato interbancário PA-AP, marcando 3×1 no Itaú. Bola Torta assinalou 4×2 no Amsterdam City e o América PV derrotou por 2×1 o Lauro E.C e agora enfrentará o Vascoalhada no clássico dos 80 anos do futebol pelada.

Felipe Mamão, cria do Remo, vai enfrentá-lo domingo no Mangueirão defendendo a Tuna e na busca da artilharia do Parazão.

Projeto Título da Capitalização Caixa “É Gol”, onde estão aquinhoados Paysandu e Remo, recebeu adesão de São Paulo e Palmeiras. O Corinthians prepara distrato com o Timão Cap para fazer o mesmo.

SUB-9, 11, 13 e 15 de futsal do COPM treinando segundas e quartas na UEPA da Almirante Barroso visando Campeonato Paraense. Semana que vem equipe Sub-13 estará em Salinas num torneio com presença inclusive de uma equipe do RJ.

Professor Élton Simões (eltonsimoes76@hotmail.com) sugere moderação ao locutor da Curuzu que dá ênfase aos shows eróticos de uma casa noturna e muitas vezes têm crianças no estádio levadas pelos seus responsáveis.

A exemplo de João Galvão, técnico Fran Costa (Cametá) é forte como uma rocha e continua no Mapará. Zagueiro Pedro Paulo foi liberado e reforço para substituí-lo vem do RJ. Soares, pelo 3º cartão, desfalque do Castanhal na Terra dos Romualdos.

Sidny e Alexandre Carioca com tudo para integrar o Paysandu hoje e Ari voltará contra o Águia. Ricardo Rezende, presidente do CD, não engole Frederico Carvalho no Departamento de Futebol e Clayson Rato no plantel bicolor. Cobrança também do porque de Sérgio Cosme ter medo de chuva.

Enquanto o Penarol-AM, adversário do Paysandu na Copa do Brasil é 6º colocado no Certame Amazonense, o Brasiliense, que medirá forças com o Águia é líder do Campeonato Candango, cinco pontos à frente do Gama. Para vir a Marabá atletas do Jacaré se vacinaram contra febre amarela.

Cleitinho (ex-Remo), Rafael Córdova (ex-Paysandu) e índio Aru Sompré (ex-Tuna) disputando Copa do Brasil pelo Gurupi-TO, União de Rondonópolis-MT e Trem-AP, respectivamente.

HOMENAGEM – Ivair Ferreira, “O Príncipe”, ex-ponta de lança da Portuguesa-SP, Corinthians, Fluminense-RJ, Paysandu (1972), Toronto, Los Angeles Astecas e América-RJ. Tem escolinhas no bairro Aclimação, em SP.

16 de fevereiro de 2011 at 12:05 pm 1 comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 15.02.11

POSITIVO – Torcedor paraense (35.852 pagantes) provou mais uma vez que é nota 10 e deixou 701,5 mil para clubes e FPF. Maiores renda e público do Brasil na domingueira, mesmo com clássicos em Minas Gerais, Pernambuco, TV ao vivo e chuva. Tiremos o chapéu!

NEGATIVO – Chamando atenção certas despesas do RE x PA: delegado, gandulas, bilheteiros, enfermeiros, médico e ambulância (é paga!), R$6.643,00 reais; segurança (incluindo lanches), R$ 11.687,00; ingressos, R$ 51.072,20. É duro fazer futebol no Pará!

Lá e Cá

No jantar de hoje do Fluminense na AP Presidente Vargas, comemorando título brasileiro, todos devem se uniformizar com a camisa tricolor. O presidente Peter Siemsen estará presente e haverá homenagem ao mais antigo Pó de Arroz de Belém, Joaquim Antunes. Contato: 33453091.

Segundo o Data Japa último RE x PA que o Leão havia vencido de 3×1 foi em 23.05.93, Parazão, gols de Romeu, Cacaio e Tarciso (Leão) e Carlinhos (Papão). Agora, azulinos encontraram goleiro vacilante, defesa aberta, técnico que demora para mexer e repetiram o escore. E foi pouco!

Defesa bicolor (10 gols e média de 2 por jogo) só é melhor que a do Cametá (levou 16). Urge o retorno do goleiro Fávaro. Ari de volta amanhã, com a Fiel pronta para protestar se o time não render. Serão inaugurados bancos almofadados na Curuzu. LOP e Resende se acertaram!

Águia não terá zagueiro Roberto amanhã na Curuzu. Tuna domingo sem defensor Cristóvão contra o Remo. Meia Renato Medeiros agradou em cheio no São Raimundo e continuará titular contra o Independente. Lateral azulino Marlon provou que é mesmo o senhor dos RE x PA!

SEEL entregando 18 camarotes aos clubes e vai fazer o mesmo com estacionamento do Mangueirão (coisa de pai pra filho!). Secretaria está preparando ranking das federações amadoras para distribuição mais proporcional e justa dos recursos.

CBF vai fazer Série D em 2012, também com 20 clubes (quatro rebaixados da C e os 16 que ficarem sem acesso) e criar a Série E, juntando 40 interessados. Resta saber quem se habilita nessa aventura!

Azulino Max Fernandes, que pensa globalmente em termos comerciais e clubísticos, conseguiu pintura do Baenão com a Hipercor e vai fazer o mesmo na Curuzu. Ótimo!

Adriano Pardal de contrato com o Remo só até julho. Técnico Paulo Comelli quando trabalhou no Sertãozinho-SP teve Mendes como seu jogador e no Oeste-SP foi Rafael Oliveira. Ambos estão no Papão. Alvi-azul Tiago Potiguar de novo entrou meia boca e o débito é para o DM.

Pará é o único estado do Norte, Nordeste e Centro Oeste com sete títulos nacionais (três do Paysandu, dois da Tuna, um do Remo e um do São Raimundo) e quem deveria não aproveita isso como marketing. É duro!

Folha da Tuna (73 mil) é a metade de cada uma dos cinco times do interior. Com receita do seu jogo com o Remo pretende cobrir despesa de todo o campeonato e arbitragem será local.

Quinto RE x PA apitado por Paulo Cesar de Oliveira (FIFA-SP) sem vitória bicolor. São dois triunfos do Remo e três empates. Estádio Navegantão (Tucuruí) liberado pela vistoria para campeonato. Hélio Leite segurou L. C. Apeú no Castanhal para tristeza da torcedora Patrícia Corrêa.

Ronaldo Fenômeno (o maior camisa nove do mundo que vi) parou porque as pernas não aguentavam mais. Muita gente por aqui deveria seguir o belo exemplo!

Academia Phisical Center do Mosqueiro (professor Ronaldo Pantoja), apoiando triatletas da ilha (comandados pelo professor Sílvio Rodrigues) visando a Copa Brasil de Triatlhon. Mosqueirenses já são vice-campeões brasileiros na categoria 35 a 39 anos.

No futebol interbancário Pará-Amapá o Milan do Banco da Amazônia foi tri derrotando o Itaú, 3×1, no Bancrévea. Bola Torta venceu o Amsterdan City de 4×2. América PV aplicou 2×1 no Lauro E.C e agora pegará o Vascoalhada no clássico dos 80 anos do futebol pelada.

HOMENAGEM – José Augusto da Silva, o Ita, ex-goleiro que fez nome no Vasco-RJ e jogou no América-RJ, Remo (1965) e Ceará. Casado com a ex-nadadora Walda Vieira da Silva, mora na Ilha do Governador, vive de rendas e fim de semana descansa na sua casa de campo de Guapimirim-RJ.

16 de fevereiro de 2011 at 12:03 pm Deixe um comentário

PAPO DO 40º – Ronaldo Porto – 14.02.2011

LEÃO ATROPELOU O PAPÃO

 

Como nos velhos tempos, treinos secretos, pontadas de parte a parte, chuva torrencial, Mangueirão lotado, mas quem fez a festa foi a torcida do Remo. Uma vitória insofismável, um nó tático do Paulo Comeli no Sérgio Cosme, mesmo com o Paysandu começando na frente. Parece até que o gol de Rafael Oliveira serviu de alerta para acordar o gigante adormecido e a virada veio ainda no 1º tempo. Marlon e Tiaguinho fizeram os gols da virada e o volante Sam fechou o caixão e olha quer cabia bem mais. O Leão, que se engasgou com o Cametá na 2ª rodada, assumiu agora a liderança do 1º turno e, de quebra, acabou com a invencibilidade bicolor. Não foi só a vitória que deixou a galera feliz, mas a vitória contra o maior rival, o que sempre dá aquele gostinho a mais. Mas é bom lembrar que foi só o 1º clássico.

 

ALTA TEMPERATURA

 

Como é bom ver o Mangueirão lotado, voltando às lembranças para grandes clássicos do passado. As duas torcidas entenderam o apelo dos dirigentes bicolores e remistas e encheram o Estádio Edgar Proença. Paulo Comeli venceu a primeira batalha e Sérgio Cosme foi curto e grosso na avaliação final, declarando que “o Remo foi melhor e ganhou”. Quando questionado sobre o excesso de gols que sua zaga toma, o treinador bicolor declarou que vai tentar consertar isso. É bom não demorar muito; e os trabalhos de recuperação já começam na tarde de hoje. No lado do Remo, o mesmo pagode motivador que fez a festa no ônibus azulino na ida para o Mangueirão, foi mantido nos vestiários após a vitória, ao comando do preparador Manoel dos Santos. O que eu posso avaliar, e isso é opinião pessoal, é que o Remo está há anos luz do Remo de 2009 e 2010 e o Papão ainda não explodiu.

 

BAIXA TEMPERATURA

 

Enquanto Remo e Paysandu estão na ponta da tabela, como em épocas passadas, o tais emergentes estão se quebrando lá embaixo, lutando por duas vagas na decisão do 1º turno. O São Raimundo é a grande decepção, com apenas três pontos na lanterna; Cametá com quatro e Castanhal e Águia com cinco, estão até agora de fora do banquete final. Abaixo da dupla Re x PA, estão até o momento classificados Independente e Tuna, com seis pontos. Hoje as semifinais reuniriam Remo x Tuna e Paysandu x Independente. Na quarta, o Galo Elétrico receberá o Mundicão e poderá garantir sua vaga, enquanto o Paysandu jogará contra o Águia, que ainda quer voar mais alto. Domingo a rodada será completada com Cametá x Castanhal e o clássico Tuna x Remo no Mangueirão. É bom esperar p’ra ver.

 

NO TERMÔMETRO

 

Excelente a renda no Mangueirão, somando R$ 71.160,00, para um público pagante de 35.852 torcedores; público total de 38 mil.112 expectadores. Fazia tempo que isso não acontecia. /// E o Mangueirão suportou o peso da torcida, depois de muitos comentários de diminuição de público para o clássico rei da Amazônia. /// Segundo Ferreira da Costa, o clássico de ontem foi o de nº 708, com 249 vitórias do Remo e 220 do Paysandu; tivemos também 239 empates. O Leão Azul está com um saldo de 14 gols em cima do seu maior adversário. /// As vaias que o volante Sandro ganhou ontem da sua própria torcida, após ser substituído, demonstraram como o torcedor bicolor ainda não engoliu o imbróglio da partida contra o Salgueiro, quando o Papão foi derrotado dentro da Curuzú. Dificilmente Sandro e a galera bicolor voltarão a ter o mesmo casamento de outrora. /// Enquanto isso, o novo time do Remo caiu nas graças da torcida remista, nem tanto pelos critérios técnicos, mas pela garra e vontade a cada partida; passou a ser um time quase que seguro, diferente dos times de anos atrás. /// Na gozação do repórter Paulo Caxiado com o Leão no Terceiro Tempo ontem na Clube, a chicotada do rei das selvas foi tão forte que tirou até o Mancuso do ar. /// Por falar em chicotada, o Vasco da Gama iniciou sua caminhada para o título carioca, enfiando 9 x 0 no América. Até o Edgar Augusto se espantou. /// Com a divisão da renda de ontem, Remo e Paysandu levaram cada um, a importância de 250 mil reais, o que paga a folha de um mês inteiro. As despesas chegaram aos 212 mil reais. /// Depois de merecidas férias aqui da coluna, estamos de volta e coincidentemente voltamos na 13ª vitória do Remo no dia 13 e o placar foi invertido (3 x 1). Coincidência ou não! /// Uma boa semana a todos e viva Jesus!

 

E-mails: rporto@supridados.com.br

14 de fevereiro de 2011 at 4:26 pm 1 comentário

“A Bola no Bola” – Giuseppe Tommaso – 13.02.11

NÚMEROS DO REXPA…

Mangueirão liberado em sua totalidade e sinal de casa cheia. Pelos números do historiador e jornalista Ferreira da Costa, o RexPa de hoje será o de número 708, o Remo tem 248 vitórias contra 220 do Paysandu e 239 empates. O maior artilheiro é Hélio ( Paysandu – 1941 / 1952 ) marcou 47 gols. É briga de cachorro grande, porém uma emoção única para quem joga e trabalha no espetáculo. Fico imaginando em 2014 quando será comemorado o centenário do clássico mais jogado do mundo.

QUEM RECEBEU?

Escalonamento no pagamento no futebol bicolor tem causado alguns desconfortos entre membros da comissão técnica e jogadores. Quem chegou em dezembro e janeiro está em dia, enquanto os outros continuam na fila. Hoje tem RexPa e tudo se resolverá. Com a palavra o presidente LOP. Seguidas contusões de Alex Oliveira começam a preocupar o DM bicolor, tem gente apostando que o atleta não tem contusão alguma. Será?

DOBRADINHA…

Primeiro clássico do ano no Mangueirão que será reaberto e receberá um grande público. Para o torcedor mais conforto que vai poder acompanhar a transmissão da Rádio Clube em dobradinha com a 99 FM. Quem se ligar vai concorrer a uma TV LG de LCD, promoção com apoio da LG e da Yamada.

QUEM SERÁ?

Governador Simão Jatene não demonstra a menor pressa em nomear o substituto d0 ex-secretário Said Xerfan na Secretaria de Esporte e Lazer – Seel. Por enquanto o adjunto Christian Costa vai respondendo muito bem. Maior exemplo foi o trabalho realizado na recuperação do Mangueirão, palco do jogão deste domingo entre Remo e Paysandu.

PARCERIA

 

Da Kick Sport do agente Fifa Roberto Macedo Junior e o empresário Walter Jr., que esta respondendo pelo Carajás. O projeto é audacioso na busca e revelação de talentos para o futebol.

PENEIRADA…

Roberto Macedo e Walter Jr. Estiveram em Jacundá na semana passada acompanhados dos treinadores das categorias Sub 13, 15 e 17 e o coordenador da base do Santos. Cerca de 500 meninos entre 12 e 17 anos foram observados e nada mais que 15 garotos foram aprovados e irão para o interior paulista para um período de observação e adaptação. Os primeiros 6 garotos seguiram ontem para São Paulo com a dupla de empresários. Próxima parada será na primeira semana de Abril na cidade de Tailândia. Novos talentos serão descobertos…

 

HOJE NO “MANGUEIRÃO”

No cenário e no clima do Re x Pa deste domingo, um incentivo à democracia. As urnas itinerantes do Troféu Camisa 13 da TV RBA estarão no Mangueirão a disposição das galeras de Leão e Papão para a escolha dos melhores do campeonato, como já vem ocorrendo nos estádios do interior nas últimas rodadas. Equipes do TC-13, estarão recepcionando as torcidas nas duas rampas de acesso pela Augusto Montenegro e pelo Benguí. Em sua décima nona edição, o Troféu Camisa 13 tem o patrocínio de Portugal, Yamada, Cerpa Draft, Unimed, Esamaz e Rede Pneus. Apoio, Lumeplacas e Coordenação da Zê Efe Comunicação e Marketing.

 

13 de fevereiro de 2011 at 2:02 pm 2 comentários

LINHA DE PASSE – Rui Guimarães – 12.02.2011

Dizem que clássico entre Remo e Paysandu não tem favorito. Será verdade inteira, ou em parte? Trago a discussão à baila para apresentar minha opinião e meus argumentos. Nem sempre. Eu diria que clássico Re x PA dificilmente dá a lógica. Lembro de dois: 1 x 0 para o Paysandu gol de Alfredinho no campo do Remo em 13.10.1971. Celso, goleiro do bicolor foi o herói do jogo. O Remo colocou seis bolas na trave e nenhuma dentro. Outro, no campo do Paysandu em 13.08.1972, o Remo vencia, já no início do segundo tempo, por 2×0 e o que parecia impossível aconteceu. A virada bicolor na prorrogação e uma vitória histórica por 3 x 2. Dias atrás o produtor Sérgio Wilson da Rádio Clube apresentou uma estatística dos jogos entre os dois rivais realizados nos dias 13, como o de amanhã, e a vantagem do Remo é expressiva. 12 vitórias contra apenas 7 do Paysandu. Curiosamente, os dois jogos que citei anteriormente foram realizados em dias 13. Mas, e o de amanhã qual é a lógica?
 
De início poderá ser um dos jogos com mais atletas estreantes da história. O Remo poderá ter apenas três que já jogaram o clássico pelo campeonato e o Paysandu quatro. Os dois técnicos também desconhecem o clima da partida e é outra novidade. Acho que o clássico poderá ser decidido fora do campo. Não estou falando de coisa irregular ou ilícita que, aliás, enodoa o super clássico. Refiro-me as observações externas.  Não é um jogo comum, todos sabem.
 
Vejo o Clube do Remo com problemas, digamos, estruturais. Ataque inoperante e sem peças para reposição. Ah, o Ró taí, tudo bem, mas é apenas uma aposta. Além do mais seu melhor jogador, Tiago Marabá, não está confirmado e sua ausência será sentida. Léo Franco será o substituto. É outra aposta, não conhece o clima do clássico. No Paysandu Alex Oliveira está fora, mas substituto é o que não falta para Sérgio Cosme escolher. Sandro – o mais provável, Marquinhos, Adisson, e outros menos cotados. O problema então é conjuntural. E porque vai depender de informações para os técnicos? Por que essas informações, se aproveitadas e bem dadas, poderão influenciar. Por exemplo: No Remo, a velocidade do ataque bicolor foi observada? Sem Alex Oliveira o time fica sem lançamentos longos, mas terá velocidade de Potiguar, Billy, Rafael Oliveira e as eventuais chegadas de Sandro. No Paysandu, foi observado que com Billy e Alexandre Carioca a equipe fica mais agressiva, mas extremamente vulnerável na zaga? A presença de Ró com a vontade que deve entrar pode ser decisiva sobre uma defesa ineficiente. Vanderson é forte e experiente, mas a equipe fica mais lenta na saída de bola.   
 
O Forte do Remo é a passagem dos laterais e o aproveitamento de Marlon nas jogadas de meia distância. As infiltrações de Elsinho e seus deslocamentos até para o lado oposto de onde costuma atuar, levando consigo a marcação. As bolas paradas e a surpresa do aparecimento de um zagueiro sem marcação entre os adversários.  O Paysandu tem o artilheiro do campeonato com seis gols e o Remo tem uma defesa que só deixou passar dois tentos. A lógica favorece ao Papão, mas não é favoritismo.
 
Surge a última hora um problema que pode mudar a história do jogo. O lateral Allax se machucou no treino de ontem e pode ficar de fora. O papão não tem substituto a altura sem improvisar. Sidny já estava fora do jogo e Alexandre Carioca que poderia ser improvisado, não está confirmado se terá condições de jogo. Restaria Marquinho…improvisado.  
 
Quanto à arbitragem, que não se pregue que o Remo levou a melhor. Foi sorteio, apenas deu o que o Remo desejava e nada mais. Paz no clássico.
 
Rui Guimarães

12 de fevereiro de 2011 at 1:13 pm 1 comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 11.02.11

POSITIVO – Futsal do Pará subiu de 12º para 8º lugar no ranking nacional da CBFS, deixando para trás antigas potências como CE, RJ e RGS. No Norte é o 1º. Aplausos para Paulo José e sua equipe da FEFUSPA!

NEGATIVO – Tem toda razão o torcedor Adriano Braga que enfatiza a bagunça, desrespeito e mau comportamento de algumas organizadas nas arquibancadas do Mangueirão, tendo ainda espaço protegido pela PM e preço de ingresso reduzido (10 reais no RE x PA). É duro!

Lá e Cá

Jantar pelo título brasileiro do Fluminense, 3ª feira, na boate da AP da Presidente Vargas custará 55 reais para adulto e metade menores de 12 anos. Presença do presidente tricolor Peter Siemen. Interessados contatar 33453091-3092 ou no Metropolitan da Mundurucus, 24º andar.

Árbitro do RE XPA será Paulo Cesar Oliveira (FIFA-SP). Ganhou de Dewson Fernando Freitas (FPF) no sorteio (ponto para o Sérgio Dias). Ano passado esteve aqui e dirigiu dois super-clássicos: 1×1 (1º turno) e 3×3 (2º turno).

Independente desde ontem em Belém. Tuna vai de Felipe e Alexandre Silva ou Japonês no ataque, embora Fabinho, Zazá e Kanu estejam relacionados. Coisas de técnico!

Branco marcou cinco gols no coletivo de ontem do Castanhal e como está virgem no campeonato o São Raimundo que se cuide. Pantera finalmente estreará meia Renato Medeiros. Técnico Charles Guerreiro tirou uma de jogador na sua apresentação e vestiu manto alvinegro.

Se não tiver Thiago Marabá, técnico Comelli vai fazer o Remo atacar o Paysandu de Léo Franco e Ró. Max Jarí e até Wellington Silva serão opções. Não haverá mais essa bobagem de treino secreto hoje.

Do pessoal do estaleiro bicolor, Alex Oliveira (nada a ver com o fato de não querer completar 4ª partida) e Sidny de fora. Meio campo de Sérgio Cosme vai se constituir de Billy, Alexandre Carioca, Sandro e Potiguar. Paysandu tem também competente nutricionista: Gilmara Silva Pereira.

Hoje, 10h, no Yamada Castanhal, Fernando Yamada, Gil Corrêa e Hélio Leite celebrarão assinatura de patrocínio ao Japiim.

Experiente advogado Cristino Mendes, gente do esporte, na assessoria jurídica da FPF. Promotor Domingos Sávio está em Florianópolis-SC no Congresso de Segurança do Torcedor e Violência nos Estádios. Ele é do Conselho Nacional de Segurança dos Estádios.

Reparo nas arquibancadas do Baenão sendo executado por equipe especializada em recuperação estrutural, utilizando um tipo de argamassa de reparo produzida em São Paulo. Com sete dias estabelece resistência suficiente para estabilidade da peça recuperada.

Jornalista Ferreira da Costa esclarece que sua campanha na ACLEP não teve apoio de qualquer clube, federação ou veículo de comunicação, limitando-se ao seu desprendimento e dos amigos.

Saiu medida provisória que altera a legislação esportiva estabelecendo que os clubes formadores de atletas tenham direito a 5% também nas transações nacionais.   

Prosseguirá domingo e segunda-feira a Taça Cidade de Belém de Boliche, com a segunda rodada, no Strike Bowling Park. No grupo A liderança é de Zeca Martins (AP) e no grupo B de Luiz Sá (Pará Bowling).

Dias 16 e 17 deste mês, no NEL (Dom Romualdo de Seixas 125), a Federação de Tênis de Mesa ministrará Curso de Arbitragem, no horário de 18 até 21 horas, ao comando do professor Nizomar Guimarães Jr. Contatos para 91163596, 83449935 e 87377437.

Diretoria do Urucubarca da Marambaia homenageou-me com camisa personalizada pelos meus 50 anos de jornalismo esportivo. Amanhã, Alferes Costa fará amistoso com o Castanheira e o América-PV enfrentará o Lauro do Marco festejando o aniversário do atacante Marcelo.

HOMENAGEM – Teddie Pereira Garcia Lima, o Teddie, ex-atleta de futsal da base do SESI e Remo (campeão ao lado de Giovanni), Tuna (jogou com Jóbson e L.C. Trindade), Combronzem (campeão 4 vezes) e Extremadura da Espanha, subindo da 2ª para 1ª divisão e sendo campeão várias

12 de fevereiro de 2011 at 1:11 pm Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 10.02.11

POSITIVO – Estádio Olímpico Monumental Edgard Proença liberado na sua capacidade máxima para domingo (42 mil), como requer um RE x PA, desta feita no duelo entre o melhor ataque e a melhor defesa do campeonato. Agora é com o torcedor nota 10. Todos lá!

NEGATIVO – Deley Santos (Independente) liberou a documentação de Ró para o Remo e faria para qualquer outro clube. Mas ficou magoado com a ingratidão e comportamento do atacante, que não lhe deu nenhuma satisfação e “fugiu” para Belém. É bom sempre ter porta aberta! 

Lá e Cá

Confrade Abner Luiz procurou-me para informar que o Grupo de Comunicação a que pertence não apoiou nenhum chapa na ACLEP. Tanto que ele votou com a oposição. Esclarecido!

Priscila Pereira é a nutricionista que vem orientando a alimentação balanceada dos atletas do Remo.

Fortalecimento dos pilares das arquibancadas de fundo do Baenão em pleno vapor e visa liberar capacidade para 18 mil, inclusive com abertura de rampa para o antigo Carrossel.

Competente preparador físico Nicolau Barros, inclusive com experiência internacional, integrando a CT de Charles Guerreiro no São Raimundo. O “Príncipe” não fala em reforços e vai aguardar jogo em Castanhal.

Dez agentes da Vigilância Sanitária estarão na fiscalização domingo no Mangueirão e entorno.

Reunião após vistoria de ontem do Monumental liberando capacidade total durou duas horas, estando presentes Coronel Daniel Rosas (Bombeiros), Coronel Osmar Nascimento (PM), Coronel Nunes, Paulo Romano e Guilherme Salzer (FPF), Christian Costa e Joaquim Braz (SEEL).

Em toda história do maior clássico da Amazônia, Remo e Paysandu jogaram 27 vezes num dia 13, como domingo. São 12 vitórias azulinas, 8 empates e 7 bicolores, 39 gols do Leão e 36 do Papão. Último jogo nessas circunstâncias foi dia 13.09.00, no Mangueirão, 0x0 (Data Japa).

Renovação dos camarotes da Curuzu custará agora 18 mil por três anos, a partir de junho. Está na hora do Remo partir para construção dos seus!

Técnico bicolor Sérgio Cosme evitando coletivos nesta semana de RE x PA, enquanto o azulino Paulo Comelli ministrará treino secreto amanhã. Questão de estilo!

Kévison sendo legalizado para estrear sábado no Castanhal, enquanto a nova dupla de ataque do Independente, depois da saída de Ró, é composta por Joãozinho e Egno.

Domingo, na Tuna, 9 h, Torneio de Abertura das competições da FPDA e lançamento da revista “Aquática”, de Afonso Arakém, sobre os feitos de atletas paraenses nas modalidades esportivas na água.

Alexandre Carioca, Tiago Potiguar e Alex Oliveira passam a se tornar problemas para o Paysandu. Talvez em razão disso técnico Sérgio Cosme tenha evitado coletivos.

Tuna x Independente, sábado de manhã no Souza, terá 1.400 ingressos, 100 gratuidades e renda para 13 mil reais. No RE x PA, à venda, 39.740 bilhetes, 2.260 gratuidades e credenciados. Arrecadação poderá alcançar R$ 870.300,00.

Inédito: sorteio, hoje, entre árbitro FIFA e um local para o RE x PA. Se vier de fora os dois pagam a despesa. Catracas eletrônicas novas no Mangueirão na domingueira.

Futebol pelada: Urucubarca perdia de 4×0 para o Cristal Sinetel e teve uma heróica recuperação no seu último jogo empatando 6×6.

HOMENAGEM – Flávio Pino Tanajura, o Flávio Tanajura, ex-zagueiro do Jequié-BA, Vitória-BA, Bahia, Sport-PE, Flamengo-RJ e Paysandu (2004-05). Por contusão parou aos 32 anos e tornou-se auxiliar técnico do Vitória-BA.

10 de fevereiro de 2011 at 3:20 pm 2 comentários

Posts antigos Posts mais recentes


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.