Archive for abril, 2011

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 20.4.11

POSITIVO – Boa idéia da SEEL em bancar o intermunicipal e até ocorrer transmissão de alguns jogos pela TV Cultura.

NEGATIVO – Responsável pelo site oficial do Paysandu ao invés de valorizar feitos do clube, como a recente vitória sobre a Tuna, prefere torpedear a imprensa. Pau mandado!

Lá e Cá

Állax, Billy e Tobias, prováveis substitutos de Sidny, Alexandre Carioca e Hebert, no Paysandu, para jogoem Cametá. Dupla RE-PAparece até que combinou: três importantes jogadores de cada lada forçaram 3º cartão.

Comportamento do bom atacante Branco, dispensado do Castanhal, poderá dificultar para encontrar clube das Séries C e D no 2º semestre.

Tuna muda seis jogadores hoje contra o São Raimundo, entrando Hugo de Leon, Hadson, Bruno Prado, Pitbul, Dudu e Elias. Sistema altera para 4-4-2. No turno, em Santarém, foi 3×3. Sató retorna na Pantera. 

Rafael Oliveira (PSC) 18 ainda é artilheiro do Brasil em 2011, seguido de Leandro Cearense (Cametá) e Lima (Joinville-SC) 17. No RN se noticia que artilheiro Quirino deixou Santa Cruz potiguar para ingressar no Paysandu.

Hoje, 19:30 h, na AP, encerramento da 1ª Etapa do Ranking de Tênis do clube, com entrega de medalhas, coquetel e atração musical proporcionada pelo Grupo Tocaia.

10.685 arquibancadas à disposição do torcedor azulino, 430 meias e 100 cadeiras VIP. Renda hoje, no Baenão, poderá chegar a R$ 184.650,00. As gratuidades somam 785, totlizando 12.000 bilhetes.

Comelli guarda Finazzi se valendo da mística de que Tiago Marabá e Jaílton Paraíba saíram do banco do Remo para ganhar os últimos jogos. Ingressos desta noite atrasaram bastante e vieram de Fortaleza. É duro!

II Copa do Interior de Voleibol terá Congresso Técnico dia 25.4, 15 h, no Ginásio Loiola Passarinho, em Castanhal. À frente os professores Hugo Montenegro, Isaias Bonfim e Gilson Pereira.

Independente acertou nos preços populares contra o Castanhal, colocando no Navegantão 6.729 pagantes (recorde). Zé Ângelo Miranda (vice da FPF) mereceu a honraria de amigo do esporte de Tucuruí.

Se utilizados nesta rodada, Morisco, Diego Barros, Tiaguinho e Paulo Sérgio (Remo), Ari, Mendes, Marquinhos e Zé Augusto (PSC) devem ter todo cuidado para não ficar fora do RE x PA (cartão). Jeito é poupar!

Dupla tem proposta para vender RE x PA do dia 1º ao Governo do Estado.

HOMENAGEM (número 1.500) – Jair Félix da Silva, o Jair Bala, ex-meia do Flamengo, Comercial-SP, Palmeiras, Santos, Botafogo-SP, XV de Piracicaba, América-MG e Paysandu (1973). É comentarista de TV e tem agência de jogadores em BH.

Anúncios

20 de abril de 2011 at 1:03 pm 1 comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 19.4.11

POSITIVO – Preparo físico dos experientes bicolores engoliu jovens cruzmaltinos. Brilharam na rodada Sidny, Andrei, Ari, Sérgio Cosme e Pompeu (PSC), Paraíba (Remo), Leandro (Cametá) e Peabiru (Independente).

NEGATIVO – Gramados do Zinho Oliveira e Parque do Bacurau mais pareciam várzeas ou charcos. É duro!

Lá e Cá

Estádio Mirandão (Araguaína) onde Paysandu e Águia vão jogar na Série C é moderno, 14 mil lugares, 6 cabines de imprensa e gramado de 100x65m.

Time base do Araguaína: Ruan, Kássio, Luizão, Galiza e Jordson, Ramon, Feltre, Kalu e Rodrigo Pio, Léo Bahia e Kleyer. Técnico é Polozzi, ex Ponte Preta e Seleção Brasileira (Capa de 78).

Multinacional do ramo nutricional, que já apóia Barcelona, Santos, Botafogo e aqui Paysandu e Águia, não teve termos do contrato aprovados no Remo.

Já que a onda é estádio do Souza, último RE x PA lá foi em 16.4.72, pelo campeonato e deu Leão 2×0 (Alcino e Roberto Diabo Louro).

Meia atacante Barata espera em um mês estar de volta à Tuna. Na festa do Souza, Cruz-de-malta perdeu jogo, ganhou metade do dinheiro do turno e ficou com classificação ameaçada.

Granja, Mael e Edinaldo começarão jogando pela Remo amanhã. Finazzi, só no transcurso da partida, se extremamente necessário.

Dupla RE-PA tudo indica que salvou segundo turno. Águia e Castanhal cada vez mais na linha reta para sair da elite.

Cametá x Paysandu de domingo terá como atração especial a briga entre os artilheiros Leandro Cearense e Rafael Oliveira.

Sonho do diretor da CEAF José Guilhermino de Abreu é árbitro local no super-clássico do dia 1º de maio. Governo do Estado ainda não acenou com qualquer promoção especial.

Paysandu aguardando aprovação definitiva da doação pela Câmara para começar terraplenagem do terreno de 200x400m em Marituba (Alça Viária), a 4 Km da BR-316. CT à vista!

Está na moda um esporte inventado por aqui chamado Manbol, utilizando-se duas bolas em formato de manga. No futebol pelada Urucubarca venceu Renegados do Curió por 2×1.  

HOMENAGEM – Marcelo Faria Fernandes, o Marcelo Fernandes, ex-zagueiro do Santos, Remo (campeão em 1993), Atlético-MG, Náutico e América-RN. Está no Showbol paulista pelo Santos.

19 de abril de 2011 at 2:16 pm Deixe um comentário

PAPO DO 40º – Ronaldo Porto – 18.04.11

E OS GRANDES FORAM GRANDES… FINALMENTE.

No sábado o Remo derrotou o Águia em Marabá e deixou o torcedor
remista mais otimista; no domingo o Paysandu visitou a Tuna, em pleno
Souza – fazia tempo – e acabou se impondo como grande também. Duas
vitórias e dois empregos salvos, ou alguém tem alguma dúvida? Tomara
que o Cosme e o Comeli não achem isso secação. Não sou contra time
emergente, mas Remo e Paysandu tem que mostrar quem é grande e
isso foi mostrado no fim de semana; tomara que não seja fogo de palha.
O baixinho atrevido do Remo saiu do banco e resolveu a parada em
Marabá, ele que tinha errado em demasia no jogo de estréia no Baenão.
Pelo lado bicolor ontem, quem mudou o panorama no Souza foi um ex-
remista, Helinton, que saiu do banco para ajudar a resolver os problemas
bicolores, isso quase aos 40’ do segundo tempo. Remo e Paysandu
venceram e a galera agradece. E que seja assim, para sempre.

ALTA TEMPERATURA

Não sou contra clube emergente, do interior ou da cidade, mas Remo e
Paysandu têm que se impor e mostrar suas forças, ou será que alguém
pensa diferente? Os dois têm folhas que chegam aos 500 mil reais, salvo
engano, enquanto os emergentes somados não chegam a isso. E qual
é a diferença? Melhores contratações, salários mais baixos, ou falta de
comando nos grandes clubes? Vou optar pela última colocação, mas
em termos de contratações os nossos clubes grandes pecam demais
pela falta de qualidade, quando fazem suas contratações, a maioria fora
do conhecimento dos seus treinadores. Ou eu estou errado, falando
demais? Isso os péssimos dirigentes podem achar, que a imprensa
esportiva exagera, destrói o futebol do Pará, mas na verdade quem
acaba com o nosso sofrido futebol são os dirigentes virtuais que temos
por aqui. Saudades do Giorgio, do Manezinho, do Chipelo e outros mais.

BAIXA TEMPERATURA

Se a gente for elencar nomes aqui, a coluna acaba e ainda faltará
espaço para mostrar quem foi nota 10 no passado. O fato acontecido

no Paysandu na semana passada, só serviu para macular ainda mais
o nome do time bicolor; jogadores e dirigentes achando que nos da
imprensa esportiva, é que somos culpados pela “merdas” – desculpem
a expressão – que o time faz dentro de campo. A exclusão da Copa
do Brasil e a derrota para o Independente dentro da Curuzú foram
culpa exclusivamente do treinador e seus atletas e, por extensão, aos
dirigentes do bicola, que teimam em jogar a culpam para nos da crônica
esportiva. Ora me comprem um bode! E ontem, quando o Paysandu
derrotou a Tuna dentro do Souza, a culpa da vitória bicolor foi nossa
também? O que alguns de vocês querem, eu não sei fazer. Se manquem!

NO TERMÔMETRO

Como estou no Rio, aonde vim para a formatura de um sobrinho em
Jornalismo, só acompanhei os jogos do fim de semana pela internet
e pelo telefone, mas fiquei surpreendido pelas vitórias de Remo e
Paysandu fora de casa. Quanto tempo, heim! /// Por enquanto, Comeli e
Sérgio Cosme salvaram seus empregos com as vitórias, mas ambos têm
que tomar cuidados como clássico que se aproxima. Derrota lá será fatal.
/// Meus sentimentos á família do incomparável Hélio Gueiros, que
partiu na semana passada. Bicolor dos mais ferrenhos, o “Papudinho”
marcou época quando estava na Prefeitura e no Governo. Vá em paz! //
/ Independente e Cametá estão na cola do Remo pela vaga na 4ª divisão,
ambos com os mesmos seis pontos no 2º turno. O Leão precisa vencer a
Taça Estado do Pará para afastar quaisquer possibilidades do Galo e do
Mapará, ou até torcer para que nenhum deles chegue no turnão, como
também Tuna e Castanhal, que estão atrás do Leão. Vencer o Castanhal
nesta quarta já é um grande passo. /// Finazzi será o dono da camisa
9 do Remo nesta quarta contra o Japiim da Estrada; longe de pensar
em ser artilheiro do Parazão, Finazzi só quer fazer os gols necessários
para levar o Leão às finais do Parazão. /// Nesta segunda, na Casa do
Comércio, às 18 horas, o julgamento de um atleta de handebol que se
transfigurou em quadra e deixou todos abismados pelas suas atitudes.
O mesmo terá direito à defesa, como é normal em qualquer tribunal. ///
Uma boa semana a todos e viva Jesus.

E-mails: rporto@supridados.com.br

18 de abril de 2011 at 4:43 pm 1 comentário

A Bola no Bola – Giuseppe Tommaso – 17.04.2011

UNIMED 

Nesses 30 anos de sucesso a Unimed Belém, além da competente cooperativa médica, também se orgulha dos Projetos de Responsabilidade Social criado na primeira gestão do Dr. César Neves, e que tem a frente o vice Dr, Gonçalo Brandão e na assistência social Dra. Safira Ruffeil. Várias campanhas são realizadas durante o ano como: Natal Solidário e Amigo da Escola e apoio a várias Creches de Belém. Acaba de ser lançada a Campanha “Colaborador Saúde Nota10”e ainda na semana que passou a realização do I Seminário sobre “Custo Assistencial”, “Promoção a Saúde” e “Gerenciamento de Riscos”. Participaram Cooperados, colaboradores e estudantes da área da saúde. Unimed Belém é “Show em Gestão”…

GOLAÇO !!!

A Boutique Solidária é um grande sucesso em 2011 e só é possível pelo empenho e a colaboração da Família Unimed que sempre contribui para fazer uma criança feliz. No Natal passado a meta foi atingida com 100% das Instituições atendidas com mais de 1700 brinquedos distribuídos. A campanha de arrecadação do Material Escolar continua com os itens sendo vendidos nas Unidades: Estação Saúde, BR, Doca, e Curuzú.

LAMBANÇA

É inconcebível que nos dias de hoje um atleta de uma equipe profissional tome atitudes como a que aconteceu dentro do ônibus da delegação do Mapará no retorno a cidade de Cametá depois da derrota para o remo. Simplesmente um “jogador”, não identificado usou o protetor da poltrona como papel higiênico no banheiro. Coisa de animal irracional. Com certeza atitude será repudiada pela diretoria do Cametá. Lamentável…

MANHÃ “FESTIVA”

Bem diferente do último encontro em 1983 quando jogaram amistosamente e empataram sem gols, Tuna e Paysandu voltar a se enfrentar no Souza na manhã deste domingo em clima festivo, mas decisivo, para os Lusos a afirmação na disputa do returno e o Papão espantar a crise e largar a lanterna. Policia Militar tomou precauções e torcedores bicolores ficam no tobogã e os tunantes no lado direto das arquibancadas cobertas. O torcedor não poderá ficar próximo ao alambrado. Dentro de campo o bicho vai pegar…

CRISE ?

Para os bicolores a palavra “crise” passa longe da curuzú, porém, para a opinião pública é bem diferente e a insatisfação do torcedor é evidente. A gestão do LOP é confusa e com aspectos de desmandos, principalmente por aqueles que se dizem diretores, mas que acabam sem poder. O técnico não opina. Jogador não pode falar e alguns também não jogam, mas a culpa é da imprensa. Já vi esta filme…

NO BANCO…


Estavam e no banco ficaram, quando chamados na volta ao gramado depois do conturbado intervalo do jogo contra o Independente no domingo passado, os jogadores Sandro e Vanderson ao serem chamados pelo “prestigiado” técnico Sérgio Cosme simplesmenre disseram “não”, ignoraram o chamado e não foram pra campo. É de impressionar o “moral” do comandante bicolor.

É GOL…

São apenas duas semanas de lançamento do projeto “É Gol” da CEF e os títulos de capitalização de Remo e Paysandu fazem sucessoem Belém. Bira Limanão passa números reais, mas o Papão está na frente com uma ligeira reação azulina nos últimos dias.

“NADO”

Em fase final de preparação para a disputa do Campeonato Norte e Nordeste de Nado Sincronizado que será em Alagoas no próximo mês de Maio, as atletas Natasha e Nathalia Pereira (Sênior Nível A) e Ariadne Ataíde Gonçalves e Gillana Ferreira Falcão (Junior Nível A), passam a semana em Fortaleza em treinamento no clube BNB com a orientação técnica de Jamille Barros.

17 de abril de 2011 at 12:46 pm Deixe um comentário

Coluna do Gerson Nogueira – 16.04.2011

O Maestro tão esperado

Paulo Henrique Ganso jogou muito e contribuiu decisivamente para a vitória do Santos anteontem sobre o Cerro Porteño, pela Copa Libertadores. Pela reação das pessoas, fica a impressão de que ainda terá que jogar muita bola para finalmente convencer a todos da qualidade de seu futebol.
Eu não tenho dúvidas. É craque pronto, como poucos em atividade. E mais: ali, naquela faixa de campo onde tudo começa e acaba, não há ninguém hoje com a mesma clarividência para passes e lançamentos. Tem facilidade para o drible curto e verticalizado, e raramente finta por exibicionismo.
Alia ao físico longilíneo um bom arranque, destreza para cair pelos dois lados do campo e excelente posicionamento na definição de jogadas dentro da área. E, acima de tudo, chuta muito bem. Depois de Sócrates, com quem se parece na elegância e altivez, é nosso primeiro meia-atacante efetivamente completo, com domínio de todos os fundamentos.
Alguém há de citar o Ronaldinho Gaúcho dos tempos de Barcelona, mas a comparação não se aplica porque o atual camisa 10 do Flamengo nunca foi um armador, preferindo posicionar-se sempre a dois passos dos atacantes. Outros podem ainda mencionar Kaká. Ocorre que Ganso é, por excelência, um organizador. Daqueles que sabe arrumar a cozinha e distribui o jogo com categoria e refinamento. Um legítimo maestro.
Houve uma fase nos anos 90 em que até países de pouca tradição boleira esbanjavam bons meias. Havia Etcheverry na Bolívia, Valderrama na Colômbia e Sierra no Chile. No Brasil, ausência total de armadores clássicos. Nenhum herdeiro de Gerson, Didi ou mesmo Pita. Ganso é esse cara que faltava. Pena que, em pouquíssimo tempo, sairá do país para desfilar seu talento nos gramados mais badalados do mundo. O consolo é que, pelo ritmo natural das coisas, será titular absoluto da Seleção em 2014.
 
Recebi carta de esclarecimento do presidente do Conselho Deliberativo do Paissandu, Ricardo Rezende, em resposta ao artigo “Campeão de trapalhadas”, publicado na quinta-feira (14). Ele rejeita a condição de co-responsabilidade ou omissão diante de eventuais deslizes, protagonizados pela atual diretoria bicolor. “Tenho uma história de trabalho e ajuda ao Clube, trabalhando de forma proativa em favor do mesmo, seja quando fui diretor, presidente e agora no Conselho Deliberativo”, destaca Rezende.
Segundo ele, a diretoria tem autonomia para contratar, demitir ou recontratar atletas e “cabe ao Conselho fiscalizar o trabalho da diretoria e adotar as providências pertinentes, quando colocada em risco a boa saúde financeiro-administrativa do clube”. Promete, por fim, agir caso a Diretoria descumprir os estatutos do clube. “O que não pode é o Conselho agir no dia-a-dia, no cotidiano do clube, pois haveria aí uma intromissão indevida na competência, que é privativa da diretoria”.
O escriba mantém os termos do artigo, que apontou desmandos óbvios e ululantes e cobrou efetiva participação dos conselheiros na vida do clube. 

(Coluna publicada na edição do Bola/DIÁRIO deste sábado, 16) 

16 de abril de 2011 at 12:50 pm Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 15.4.11

POSITIVO – Além do RE x PA ser o clássico mais jogado no Brasil e no mundo (708), em nosso país Remo x Tuna é o 7º (452) e Tuna x Paysandu o 16º (307). Somos muito fortes. Falta mesmo é marketing!

NEGATIVO – Uma humilhação o futebol feminino da Tuna treinar naquele local mostrado, com as atletas se defendendo do matagal e dos postes. É duro!

Lá e Cá

Atletas pendurados no Parazão antes da próxima rodada: Paysandu – Marquinhos, Mendes, Hebert, Alexandre Carioca, Zé Augusto e Sidny; Tuna – Fabinho, Zazá, Bruno Oliveira, Hugo de Leon, Felipe e Adriano Miranda.

Remo – Tiago Marabá, Morisco, Diego Barros, Marlon, Paulo Sérgio e San; Águia – Berg e Cleuber; Independente – Tiago Floriano e Joãozinho; Castanhal – F.Bragança, P.Barcarena, R. Capanema, Ângelo, Léo, Kévison e Daniel.

Cametá – André Luiz, Cassiano, Jailson, Leandrinho, Mocajuba, Paulo de Tárcio e Leandro Cearense; São Raimundo – Rodolfo Soares.

Finazzi (Remo) Comelli quer contra o Castanhal. Fávaro (Paysandu) só no RE x PA. Wilson Paixão, administrador do Zinho Oliveira, trabalhando diuturnamente para deixar o gramado em condições amanhã.

José Beltrão, Sampaio, Raimundo Beltrão, Seabra, Brasil, Cursino, Ribamar e Rosângela, os remadores do Paysandu no Sul-Americano Máster, em Tigre-Argentina, de29.4 a1º de maio. Octavio Faciola à frente. Ajudem!

Se todos os 4.500 ingressos de Tuna e Paysandu forem vendidos renda para R$ 86.000,00. Hoje, no programa Camisa 13 (RBA), 6:45 h, toda orientação sobre acesso ao Souza pelos três portões disponíveis.

Dois grandes bicolores festejando: Abibe Ferreira Júnior, novo superintendente do aeroporto Tom Jobim-RJ; Ivaldo Pinto, hepta campeão de vendas dos balões pic-pic no Brasil entre 52 representantes. Valeu!

Ao contrário do que andaram noticiando, árbitro Andrey Silva fez relatório anexo carregando contra o presidente do Remo, Sérgio Cabeça. Julgamento no TJD será debaixo de grande expectativa.

Na Série C de 2011, Paysandu na 1ª fase estreará fora contra o Araguaína (16.7) e o Águia, em Marabá, frente ao Luverdense. Encerrarão diante mesmos adversários com mandos invertidos, dia 17.9. Aguiano Danilo Goiano vai operar hoje.

Renato, goleiro da categoria veterana do Remo, será destaque na premiação do Futsal 2010 domingo, na Tuna. Urucubarca, do futebol pelada, receberá amanhã os Renegados do Curió, em Marituba.

Programação da Celpa nos Jogos Municipais do SESI:  Hoje, futsal de novos de call center contra Brasilit; amanhã, futsal adulto contra Gerdau, no SESI da Almirante Barroso; domingo futebol de areia diante da Sococo.

HOMENAGEM – Narciso Francisco Mora Marsilli, o Narciso, ex-goleiro da Ferroviária, Guarani, Corinthians de Prudente, XV de Piracicaba, Paysandu (campeão em 98), Sampaio Corrêa, Araçatuba e Jaboticabal. É preparador de goleiros da Ferroviária de Araraquara-SP.

15 de abril de 2011 at 3:07 am Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 14.4.11

POSITIVO – Está sendo profissionalizando o Mãe do Rio Atlético Clube, daquela cidade da Belém-Brasília para disputar o próximo Seletivo. Utilizará o belo estádio municipal. Tomara empreitada dê certo!

NEGATIVO – Aeronáutica doou consultórios odontológicos a Paysandu e Remo. Da Curuzu existe e não funciona por ciumeira. Do Baenão não foi aceito pelo DM sob alegação de falta de espaço para instalar. É duro!

Lá e Cá

FPF e dirigentes de clubes fazem de tudo para acabar com o nosso futebol, mas ele resiste, graças à torcida e força da imprensa esportiva do Estado.

No Paysandu, próximo comandante do DM deverá ser o vitorioso ex-presidente Gervásio Brito.

André Barata está sem seqüela e será “reforço” na torcida da Tuna domingo de manhã. Ferreira da Costa retifica que último jogo entre tunantes e bicolores, no Souza, foi o amistoso de 29.8.93, Tuna 2×0.

OAB-PA fez convênio de patrocínio com Academia Pelé para Circuito de Corrida de Rua e Caminhada da entidade em 2011. 1ª em Santarém (22.5). Na AP, dia 17.4, Mini Maratona e Torneio de Canastra.

23 anos da FEFUSPA só serão festejados domingo, 10 h, na boate da Tuna, também com premiação aos melhores de 2010 e homenagem a autoridades como a professora Nilse Pinheiro (Esmac).

Padre Marcelo Rossi declarou em Belém torcer pelo Corinthians, Flamengo e Grêmio. Confirmou ter sido goleiro no seminário.

Atacante Finazzi (Remo) achando a bola do Parazão bem diferente da utilizada no Paulistão. Não vai a Marabá. No Paysandu, jogadores proibidos de criticar estrutura do clube e falar de salário atrasado.

Coronel Cardoso e Major Furtado no policiamento preventivo em  Marabá para jogo do Remo. Torcidas azulinas serão revistadas na entrada da cidade e comboiadas até o estádio Zinho Oliveira.

Goleiro Fávaro, contundido, cederá lugar a Ney num momento delicado do Paysandu. DM do Independente confirma Tiago Floriano fora do Parazão. Preocupante posição de Castanhal e Águia no geral do estadual.

Avançado paraense Marcelo Brás recontratado pelo Rio Branco-AC para Série C.

Leandro Cearense (Cametá) só tem dois cartões e vai para o jogo domingo. São Raimundo terá retorno de Thiago Júnior e Renato Medeiros. Cesar Augusto será lançado ao lado de Leandro Guerreiro no ataque.

HOMENAGEM – Vilfredo Silva Júnior, o Vilfredo, ex-atacante do Uberlândia, América-MG, Remo, Paysandu e Rio Negro-AM nos anos 70-80. TemNão vai à Marabáesa distribuidora de cimento no Triângulo Mineiro.

14 de abril de 2011 at 2:58 am Deixe um comentário

Posts antigos Posts mais recentes


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.