Archive for abril, 2011

A Bola no Bola – Giuseppe Tommaso – 17.04.2011

UNIMED 

Nesses 30 anos de sucesso a Unimed Belém, além da competente cooperativa médica, também se orgulha dos Projetos de Responsabilidade Social criado na primeira gestão do Dr. César Neves, e que tem a frente o vice Dr, Gonçalo Brandão e na assistência social Dra. Safira Ruffeil. Várias campanhas são realizadas durante o ano como: Natal Solidário e Amigo da Escola e apoio a várias Creches de Belém. Acaba de ser lançada a Campanha “Colaborador Saúde Nota10”e ainda na semana que passou a realização do I Seminário sobre “Custo Assistencial”, “Promoção a Saúde” e “Gerenciamento de Riscos”. Participaram Cooperados, colaboradores e estudantes da área da saúde. Unimed Belém é “Show em Gestão”…

GOLAÇO !!!

A Boutique Solidária é um grande sucesso em 2011 e só é possível pelo empenho e a colaboração da Família Unimed que sempre contribui para fazer uma criança feliz. No Natal passado a meta foi atingida com 100% das Instituições atendidas com mais de 1700 brinquedos distribuídos. A campanha de arrecadação do Material Escolar continua com os itens sendo vendidos nas Unidades: Estação Saúde, BR, Doca, e Curuzú.

LAMBANÇA

É inconcebível que nos dias de hoje um atleta de uma equipe profissional tome atitudes como a que aconteceu dentro do ônibus da delegação do Mapará no retorno a cidade de Cametá depois da derrota para o remo. Simplesmente um “jogador”, não identificado usou o protetor da poltrona como papel higiênico no banheiro. Coisa de animal irracional. Com certeza atitude será repudiada pela diretoria do Cametá. Lamentável…

MANHÃ “FESTIVA”

Bem diferente do último encontro em 1983 quando jogaram amistosamente e empataram sem gols, Tuna e Paysandu voltar a se enfrentar no Souza na manhã deste domingo em clima festivo, mas decisivo, para os Lusos a afirmação na disputa do returno e o Papão espantar a crise e largar a lanterna. Policia Militar tomou precauções e torcedores bicolores ficam no tobogã e os tunantes no lado direto das arquibancadas cobertas. O torcedor não poderá ficar próximo ao alambrado. Dentro de campo o bicho vai pegar…

CRISE ?

Para os bicolores a palavra “crise” passa longe da curuzú, porém, para a opinião pública é bem diferente e a insatisfação do torcedor é evidente. A gestão do LOP é confusa e com aspectos de desmandos, principalmente por aqueles que se dizem diretores, mas que acabam sem poder. O técnico não opina. Jogador não pode falar e alguns também não jogam, mas a culpa é da imprensa. Já vi esta filme…

NO BANCO…


Estavam e no banco ficaram, quando chamados na volta ao gramado depois do conturbado intervalo do jogo contra o Independente no domingo passado, os jogadores Sandro e Vanderson ao serem chamados pelo “prestigiado” técnico Sérgio Cosme simplesmenre disseram “não”, ignoraram o chamado e não foram pra campo. É de impressionar o “moral” do comandante bicolor.

É GOL…

São apenas duas semanas de lançamento do projeto “É Gol” da CEF e os títulos de capitalização de Remo e Paysandu fazem sucessoem Belém. Bira Limanão passa números reais, mas o Papão está na frente com uma ligeira reação azulina nos últimos dias.

“NADO”

Em fase final de preparação para a disputa do Campeonato Norte e Nordeste de Nado Sincronizado que será em Alagoas no próximo mês de Maio, as atletas Natasha e Nathalia Pereira (Sênior Nível A) e Ariadne Ataíde Gonçalves e Gillana Ferreira Falcão (Junior Nível A), passam a semana em Fortaleza em treinamento no clube BNB com a orientação técnica de Jamille Barros.

17 de abril de 2011 at 12:46 pm Deixe um comentário

Coluna do Gerson Nogueira – 16.04.2011

O Maestro tão esperado

Paulo Henrique Ganso jogou muito e contribuiu decisivamente para a vitória do Santos anteontem sobre o Cerro Porteño, pela Copa Libertadores. Pela reação das pessoas, fica a impressão de que ainda terá que jogar muita bola para finalmente convencer a todos da qualidade de seu futebol.
Eu não tenho dúvidas. É craque pronto, como poucos em atividade. E mais: ali, naquela faixa de campo onde tudo começa e acaba, não há ninguém hoje com a mesma clarividência para passes e lançamentos. Tem facilidade para o drible curto e verticalizado, e raramente finta por exibicionismo.
Alia ao físico longilíneo um bom arranque, destreza para cair pelos dois lados do campo e excelente posicionamento na definição de jogadas dentro da área. E, acima de tudo, chuta muito bem. Depois de Sócrates, com quem se parece na elegância e altivez, é nosso primeiro meia-atacante efetivamente completo, com domínio de todos os fundamentos.
Alguém há de citar o Ronaldinho Gaúcho dos tempos de Barcelona, mas a comparação não se aplica porque o atual camisa 10 do Flamengo nunca foi um armador, preferindo posicionar-se sempre a dois passos dos atacantes. Outros podem ainda mencionar Kaká. Ocorre que Ganso é, por excelência, um organizador. Daqueles que sabe arrumar a cozinha e distribui o jogo com categoria e refinamento. Um legítimo maestro.
Houve uma fase nos anos 90 em que até países de pouca tradição boleira esbanjavam bons meias. Havia Etcheverry na Bolívia, Valderrama na Colômbia e Sierra no Chile. No Brasil, ausência total de armadores clássicos. Nenhum herdeiro de Gerson, Didi ou mesmo Pita. Ganso é esse cara que faltava. Pena que, em pouquíssimo tempo, sairá do país para desfilar seu talento nos gramados mais badalados do mundo. O consolo é que, pelo ritmo natural das coisas, será titular absoluto da Seleção em 2014.
 
Recebi carta de esclarecimento do presidente do Conselho Deliberativo do Paissandu, Ricardo Rezende, em resposta ao artigo “Campeão de trapalhadas”, publicado na quinta-feira (14). Ele rejeita a condição de co-responsabilidade ou omissão diante de eventuais deslizes, protagonizados pela atual diretoria bicolor. “Tenho uma história de trabalho e ajuda ao Clube, trabalhando de forma proativa em favor do mesmo, seja quando fui diretor, presidente e agora no Conselho Deliberativo”, destaca Rezende.
Segundo ele, a diretoria tem autonomia para contratar, demitir ou recontratar atletas e “cabe ao Conselho fiscalizar o trabalho da diretoria e adotar as providências pertinentes, quando colocada em risco a boa saúde financeiro-administrativa do clube”. Promete, por fim, agir caso a Diretoria descumprir os estatutos do clube. “O que não pode é o Conselho agir no dia-a-dia, no cotidiano do clube, pois haveria aí uma intromissão indevida na competência, que é privativa da diretoria”.
O escriba mantém os termos do artigo, que apontou desmandos óbvios e ululantes e cobrou efetiva participação dos conselheiros na vida do clube. 

(Coluna publicada na edição do Bola/DIÁRIO deste sábado, 16) 

16 de abril de 2011 at 12:50 pm Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 15.4.11

POSITIVO – Além do RE x PA ser o clássico mais jogado no Brasil e no mundo (708), em nosso país Remo x Tuna é o 7º (452) e Tuna x Paysandu o 16º (307). Somos muito fortes. Falta mesmo é marketing!

NEGATIVO – Uma humilhação o futebol feminino da Tuna treinar naquele local mostrado, com as atletas se defendendo do matagal e dos postes. É duro!

Lá e Cá

Atletas pendurados no Parazão antes da próxima rodada: Paysandu – Marquinhos, Mendes, Hebert, Alexandre Carioca, Zé Augusto e Sidny; Tuna – Fabinho, Zazá, Bruno Oliveira, Hugo de Leon, Felipe e Adriano Miranda.

Remo – Tiago Marabá, Morisco, Diego Barros, Marlon, Paulo Sérgio e San; Águia – Berg e Cleuber; Independente – Tiago Floriano e Joãozinho; Castanhal – F.Bragança, P.Barcarena, R. Capanema, Ângelo, Léo, Kévison e Daniel.

Cametá – André Luiz, Cassiano, Jailson, Leandrinho, Mocajuba, Paulo de Tárcio e Leandro Cearense; São Raimundo – Rodolfo Soares.

Finazzi (Remo) Comelli quer contra o Castanhal. Fávaro (Paysandu) só no RE x PA. Wilson Paixão, administrador do Zinho Oliveira, trabalhando diuturnamente para deixar o gramado em condições amanhã.

José Beltrão, Sampaio, Raimundo Beltrão, Seabra, Brasil, Cursino, Ribamar e Rosângela, os remadores do Paysandu no Sul-Americano Máster, em Tigre-Argentina, de29.4 a1º de maio. Octavio Faciola à frente. Ajudem!

Se todos os 4.500 ingressos de Tuna e Paysandu forem vendidos renda para R$ 86.000,00. Hoje, no programa Camisa 13 (RBA), 6:45 h, toda orientação sobre acesso ao Souza pelos três portões disponíveis.

Dois grandes bicolores festejando: Abibe Ferreira Júnior, novo superintendente do aeroporto Tom Jobim-RJ; Ivaldo Pinto, hepta campeão de vendas dos balões pic-pic no Brasil entre 52 representantes. Valeu!

Ao contrário do que andaram noticiando, árbitro Andrey Silva fez relatório anexo carregando contra o presidente do Remo, Sérgio Cabeça. Julgamento no TJD será debaixo de grande expectativa.

Na Série C de 2011, Paysandu na 1ª fase estreará fora contra o Araguaína (16.7) e o Águia, em Marabá, frente ao Luverdense. Encerrarão diante mesmos adversários com mandos invertidos, dia 17.9. Aguiano Danilo Goiano vai operar hoje.

Renato, goleiro da categoria veterana do Remo, será destaque na premiação do Futsal 2010 domingo, na Tuna. Urucubarca, do futebol pelada, receberá amanhã os Renegados do Curió, em Marituba.

Programação da Celpa nos Jogos Municipais do SESI:  Hoje, futsal de novos de call center contra Brasilit; amanhã, futsal adulto contra Gerdau, no SESI da Almirante Barroso; domingo futebol de areia diante da Sococo.

HOMENAGEM – Narciso Francisco Mora Marsilli, o Narciso, ex-goleiro da Ferroviária, Guarani, Corinthians de Prudente, XV de Piracicaba, Paysandu (campeão em 98), Sampaio Corrêa, Araçatuba e Jaboticabal. É preparador de goleiros da Ferroviária de Araraquara-SP.

15 de abril de 2011 at 3:07 am Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 14.4.11

POSITIVO – Está sendo profissionalizando o Mãe do Rio Atlético Clube, daquela cidade da Belém-Brasília para disputar o próximo Seletivo. Utilizará o belo estádio municipal. Tomara empreitada dê certo!

NEGATIVO – Aeronáutica doou consultórios odontológicos a Paysandu e Remo. Da Curuzu existe e não funciona por ciumeira. Do Baenão não foi aceito pelo DM sob alegação de falta de espaço para instalar. É duro!

Lá e Cá

FPF e dirigentes de clubes fazem de tudo para acabar com o nosso futebol, mas ele resiste, graças à torcida e força da imprensa esportiva do Estado.

No Paysandu, próximo comandante do DM deverá ser o vitorioso ex-presidente Gervásio Brito.

André Barata está sem seqüela e será “reforço” na torcida da Tuna domingo de manhã. Ferreira da Costa retifica que último jogo entre tunantes e bicolores, no Souza, foi o amistoso de 29.8.93, Tuna 2×0.

OAB-PA fez convênio de patrocínio com Academia Pelé para Circuito de Corrida de Rua e Caminhada da entidade em 2011. 1ª em Santarém (22.5). Na AP, dia 17.4, Mini Maratona e Torneio de Canastra.

23 anos da FEFUSPA só serão festejados domingo, 10 h, na boate da Tuna, também com premiação aos melhores de 2010 e homenagem a autoridades como a professora Nilse Pinheiro (Esmac).

Padre Marcelo Rossi declarou em Belém torcer pelo Corinthians, Flamengo e Grêmio. Confirmou ter sido goleiro no seminário.

Atacante Finazzi (Remo) achando a bola do Parazão bem diferente da utilizada no Paulistão. Não vai a Marabá. No Paysandu, jogadores proibidos de criticar estrutura do clube e falar de salário atrasado.

Coronel Cardoso e Major Furtado no policiamento preventivo em  Marabá para jogo do Remo. Torcidas azulinas serão revistadas na entrada da cidade e comboiadas até o estádio Zinho Oliveira.

Goleiro Fávaro, contundido, cederá lugar a Ney num momento delicado do Paysandu. DM do Independente confirma Tiago Floriano fora do Parazão. Preocupante posição de Castanhal e Águia no geral do estadual.

Avançado paraense Marcelo Brás recontratado pelo Rio Branco-AC para Série C.

Leandro Cearense (Cametá) só tem dois cartões e vai para o jogo domingo. São Raimundo terá retorno de Thiago Júnior e Renato Medeiros. Cesar Augusto será lançado ao lado de Leandro Guerreiro no ataque.

HOMENAGEM – Vilfredo Silva Júnior, o Vilfredo, ex-atacante do Uberlândia, América-MG, Remo, Paysandu e Rio Negro-AM nos anos 70-80. TemNão vai à Marabáesa distribuidora de cimento no Triângulo Mineiro.

14 de abril de 2011 at 2:58 am Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 13.04.11

POSITIVO – Dirigentes do Independente-Tucuruí cobrarão apenas 5 e 3 reais nos dois tipos de ingressos para festa de inauguração dos refletores do Navegantão, sábado, contra o Castanhal. Bela sacada!

NEGATIVO – Um absurdo a humilhação que o conselheiro Albany Pontes passou com seu filho na entrada de sócio VIP do Remo, no Baenão. Tem lá uma recepcionista loura, parceira dos cambistas, que deita e rola!

Lá e Cá

André Barata (Tuna) teve alta hospitalar e ontem mesmo deu coletiva em sua residência. Tuna x Paysandu de domingo de manhã terá ingresso salgado de 20 reais. Última vez no Souza, campeonato, em 1972, PSC 2×0. Último amistoso lá, em 1979, PSC 1×0 (fonte: Ferreira da Costa).

Sucesso do Cametá é tão grande no Baixo Tocantins e região que cinco emissoras de rádio da Terra dos Romualdos, uma de Mocajuba e outra de Igarapé-Miri estiveram segunda no Baenão.

Encontro do novo secretário da SEEL, Marcos Eiró, adjunto Christian Costa, mais de 100 prefeitos e gestores esportivos confirmado para sexta-feira, a partir de 8:30 h, no Hotel Beira Rio.

Cametá tem jogos seguidos em casa e não quer desperdiçar a chance de nova classificação: 17.4 (São Raimundo), 24.4 (Paysandu) e 1.5 (Águia).

Rodada passada (2ª do returno) a de pior média de gols de todo o campeonato (1,25). A melhor foi na 4ª rodada do turno (4,25).

Interessante como Paysandu e São Raimundo aceitaram passivamente jogar contra a Tuna de manhã, no Souza. Periga não agüentarem o jovem e bem preparado fisicamente time cruzmaltino.

Mael e Elsinho fora do Remo no difícil jogo de sábado em Marabá. Chance para Moisés e Gleisson. Fininho e Ró sumiram no Baenão. No Águia, desfalque será zagueiro Charles. Marcelo Mineiro cotadíssimo!

Chuvas e jogos do Campeonato Amador de Marabá castigando o estádio Zinho Oliveira.

Vão sumir as horrendas torres de iluminação da Curuzu, com o moderno sistema de luz artificial em execução. À frente Maurício Maciel.

Copa Comercial Sub-14 de Futebol, semifinais, sábado, MPA x Boca e Comercial x Independente. Futebol pelada na sabatina: Corruptos x Cerveja na Cuia, América PV x União e Padre Eutíquio x Belemense.

Joelson Cardoso, indiscutivelmente, o melhor árbitro do Parazão até agora.

HOMENAGEM – Luiz Carlos Trindade de Souza, o Trindade, ex-meia atacante do Pedreira de Mosqueiro, Tuna, Paysandu (Campeão dos Campeões), Paraná, Remo, São Raimundo (Campeão da Série D), entre outros. É auxiliar técnico do Castanhal.

13 de abril de 2011 at 3:24 pm Deixe um comentário

Linha de Passe – Rui Guimarães – 13.04.11

 

MINHA OPINIÃO

O Presidente do Paysandu, Luiz Omar Pinheiro, declarou a quando de sua posse, que a meta principal no Clube era a ascensão do time de futebol profissional a segunda divisão do Campeonato Brasileiro. Todos sabemos que um trabalho para obter sucesso precisa ser planejado e muito bem executado, sob pena de fracasso. Em sua primeira administração, completando o mandato de Miguel Pinho que faleceu, LOP não conseguiu fazer grande coisa e alegou que faltou tempo. Em sua atual administração, os resultados demonstram que o resultado da Gestão é ainda mais pífio.

É necessário que se lembre ao leitor que houve uma chapa de oposição nas eleições e que a vitória de Luiz Omar teve a colaboração decisiva de Ricardo Rezende que, prometeu, como Presidente do Conselho Deliberativo, ser o primeiro a cobrar mudanças no Clube. Para tal, apontou Toninho Assef, seu seguidor, para o cargo de vice presidente. Infelizmente até o momento nenhum benefício se viu ou sentiu no Clube de Suiço que viesse ao encontro dos anseios dos admiradores bicolores e em cumprimento da promessa de RR.

A situação de momento do time de futebol é das piores, estando em último lugar na classificação do campeonato, com problemas internos de conflitos, inclusive da Diretoria com os jogadores, numa calara demonstração de desmando. O Presidente continua administrando o Clube com mão de ferro, centralizando tudo e o que é pior, de dentro de navios longe da sede da Agremiação. Quem prometeu mudanças nas eleições se omite agora sob a alegação de que não tem forças para cobrar do Presidente do Clube. As contas da diretoria são arquivadas por decurso de prazo, já que não há quorum nas reuniões do CD para aprovar as mesmas. Enquanto isso, a comunidade alvi-azul fica sem saber se a realidade sobre a venda de Fabrício, quanto custou na verdade Moisés para o Santos e porque o melhor jogador do time foi negociado com tanta pressa e por valor irrisório.

O Presidente LOP, sempre que cobrado, dissimula ou divaga deslocando o foco da discussão para fatos paralelos. Agora mesmo reuniu os jogadores para proibi-los de dar entrevistas a imprensa. Provavelmente com o discurso de que se der declaração o jogador desaprende e jogar futebol.

Dou uma sugestão ao Presidente bicolor, mesmo sabendo que antes de tomar conhecimento dela dirá com toda a sua soberba que não serve e que ele tem solução melhor. Por que o Paysandu não larga de mão o campeonato paraense, que de nada vale a não ser para a contagem de títulos, e foca realmente num time para a disputa da terceira divisão? Contrate um treinador no nível do papão, tipo Wagner Bennazi que saiu do Bahia e que pode formar uma equipe competitiva se começar a trabalhar agora. Dispense pelo menos quinze jogadores dos mais de trinta que tem na curuzu e coloque um time bem mesclado de jogadores da Base para terminar o Parazão. Permita que o treinador contratado ofereça reforços para formar uma equipe que possa encarar a séria C em condições de subir a segunda divisão.

O Campeonato paraense termina dia 26 de junho e o Brasileiro começa dia 17 de julho. Hoje o faturamento mensal do Paysandu beira os 700 mil reais entre patrocínio e arrecadação dos jogos. Esse valor é suficiente para bancar o time no restante do Parazão e iniciar um trabalho sério e consistente para o Brasileiro.

É necessário que os desportistas paraenses tenham consciência que o Paysandu é a equipe que pode alavancar nosso futebol com maior brevidade, pois está mais próxima da segunda divisão e que poderá nos dar melhor visibilidade em nível nacional. Estamos numa decadência visível, agora mesmo se fará um jogo Clássico entre dois grandes num estádio acanhado e que sequer tem cadeiras individuais para sentar. Se desrespeita o Estatuto do Torcedor, se ignora o maior patrocinador dos clubes não honrando o contrato firmado e se afasta a torcida dos estádio porque é melhor assim sem cobranças.

Eles passarão, como tantos mal feitores passaram, mas os Clubes permanecem, o torcedor continua com sua paixão, os que dependem direta ou indiretamente do nosso esporte bretão ficam na espectativa, de que aqueles que podem esperneiem para que nosso futebol não se iguale ao do Piauí, por exemplo, que agora nem reconhecido pela CBF é.

Façamos alguma coisa juntos, imprensa, dirigentes, desportistas e governantes porque ser vergonhoso no futuro admitir que perdemos para nós mesmos.

13 de abril de 2011 at 2:53 pm 1 comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 12.04.11

POSITIVO – Foi bem o Papãozinho na Copa Brasil Sub-15 de Futsal, em Caxias do Sul-RS, mantendo-se na 1ª divisão e fazendo o artilheiro, Mateus com nove gols. Valeu!

NEGATIVO – Torcidas desestimuladas e um dirigente tunante dizendo que o clássico com o Paysandu no Souza não vai dar nem cinco mil pessoas. É o reconhecimento de que estamos indo pro fundo do poço!

Lá e Cá

Dentro do Paysandu existe a idéia de fazer de Sandro Goiano o novo técnico. Sérgio Cosme que não dispensa e nem contrata,  só vai embora se indenizado integralmente.

Joaquim Braz caiu como diretor do Mangueirão pelas queixas de como tratava funcionários subalternos, daí a substituição por Saulo Aflalo.

Estranhíssimo Sérgio Cosme com Sandro e Vânderson no banco do Paysandu domingo não tê-los colocado em campo. Benazzi caiu no Bahia.

Será dia 19 de junho a 2ª Corrida e Caminhada do Engenheiro, no Parque Ambiental do Utinga, à frente Daniel Sobrinho, presidente do Clube de Engenharia.

“Programa de Repasse às Federações” (SEEL) distribuirá este ano 1,5 milhões de reais com base no índice de desenvolvimento esportivo de atletas. Miguel Sampaio (handebol) e Edilson Kramer (ciclismo) exultantes.

Cruzeiro-MG mandou CT da sua base, à frente Klaus Lopes, fazer peneirada em Parauapebas e selecionou dez promessas. Remo, Paysandu e Tuna não vêem isso!

Clubes agora são responsáveis até pela solicitação de bombeiro e policiamento. FPF só quer saber de recolher seus 10%. É duro!

Independente é mais um clube que não se organiza. Vem jogar na Capital e não traz médico. São essas coisas que eu não entendo!

Paysandu não ganha há quatro jogos. Chapa vai ferver domingo de manhã no Souza. Única vez que Mendes jogou lá foi pelo Vitória-BA e perdeu, em 2006, de 3×2, na Série C. Vânderson também era do time baiano.

 Só ontem Finazzi foi apresentado oficialmente no Remo. Estreará sábado.

Marabaenses já preparam faixas para “saudar” Finazzi (Remo). Quando perdeu lá pelo Fortaleza disse que “aquilo era o fim do mundo”. Técnico Walter Lima não consegue mesmo emplacar. Nem no Castanhal!

HOMENAGEM – Walter Figueiredo Filho, o Waltinho, ex-zagueiro do Fluminense, Democrata de Gov.Valadares-MG, CRAC-GO, Paysandu, Brasil-RS e MAC-MA nos anos 70-80. Tinha mania de imitar o cantor Jonnhy Mathias. É almoxarife de grande empresa em Paracambi-RJ.

(mais…)

12 de abril de 2011 at 4:11 pm Deixe um comentário

PAPO DO 40º – Ronaldo Porto – 11.04.2011

O PAPÃO NÃO É MAIS AQUELE… DA LIBERTADORES.

A gente bem que tenta incentivar, achar que vai dar, que desta vez a outra fase vem, mas a realidade é outra, totalmente outra. Depois de empatar em 0 x 0 em casa, o Paysandu precisava vencer, ou até empatar com gols em Salvador para acabar com a cisma da 3ª fase da Copa do Brasil. Mais uma vez o papão atuou com medo e a derrota aconteceu e com ela, muitas reclamações de alguns jogadores, liderados pelo Zé Augusto, que só falou verdades, diga-se de passagem. A falta de um fisioterapeuta na delegação e muitos “convidados” na vaga dele foi o estopim da confusão, que continuou ontem com a derrota para o Independente dentro da Curuzú. A pequena torcida chiou bastante, mas foi embora cobrando a saída do treinador Sérgio Cosme, para muitos o grande responsável pelos altos e baixos do time. Ele não sabe comandar.

ALTA TEMPERATURA

Se a chapa anda quente na Curuzú, hoje poderá esquentar pelos lados do Baenão, onde acontecerá o encerramento da 2ª rodada com a partida do Remo contra o Cametá. Faz tempos que o time remista não sabe o que vitória diante do Mapará, seu grande algoz no 1º turno. O treinador Paulo Comeli sabe que, ou ele ganha e bem, ou vai ficar mais prestigiado  que seu amigo Sérgio Cosme dá do outro lado da rua. O jogo está cercado de grande expectativa, já que a galera azulina não quer nem saber de outro resultado que não seja a vitória. Comeli pela primeira vez vai abusar, usando o sistema de três atacantes para ganhar o jogo e passar para o 3º lugar, entrando no G4. Uma andorinha me contou que as passagens do Comeli e sua comissão técnica estão prontinhas para serem usadas, deles e de uns três atletas. É o jogo da vida do Leão.

BAIXA TEMPERATURA

Se servir de ajuda para alguns dirigentes, vou fazer minha parte. Não se faz time sem planejamento e não se participa de uma competição nacional com um time fraco, principalmente de uma Copa do Brasil, o caminho mais rápido para uma Libertadores. Mais uma competição para o quadro bicolor e mais uma vez a 3ª fase não chegou. Perde-se prestígio e dinheiro quando isso acontece. Passar no Penarol do Amazonas até que não foi muito difícil, mas no Bahia o caldo engrossou. Empate em casa e derrota lá fora, quando deveria ser vitória em casa e no máximo empate lá fora. Faltou time, faltou garra e faltou organização. Ontem na Curuzú, faltou time e faltou garra e quanto à organização, perguntem para a torcida se ela está satisfeita. Para um campeão de turno, um empate no final da estréia no 2º turno e uma derrota dentro da Curuzú, isso é vexatório. E a galera quer vitória contra a Tuna no domingo.

NO TERMÔMETRO

Fazia três anos que o Paysandu não perdia dentro da Curuzú pelo Parazão; a última vez foi em maio de 2008, diante do Ananindeua, 3 x 1. Isso pelo Parazão, porque não faz muito tempo o bicola foi vítima do Salgueiraço em pleno Estádio Leônidas Castro, pela série C. /// Querem multar o Zé Augusto por ter falado a verdade e desabafado no microfone do Dinho Menezes após o fiasco na Bahia. Deviam multar também quem não levou o fisioterapeuta, que tanto fez falta. /// E esse caso do Elvis, parece coisa de amadores. Depois de marchas e contra marchas, Toninho Assef parece que resolveu o problema, mas o cara não resolveu o problema do Paysandu ontem. Era até pra ter saído, mas Sérgio Cosme foi teimoso, mais uma vez. /// Alguns companheiros da Imprensa Esportiva tem que entender que o crachá da Aclep é para ser usado no pescoço e que não se trabalha de bermudas nas cabines. O exemplo tem que ser dado pelos mais velhos. /// O torcedor bicolor Jaciel Paes espalhou mensagem onde diz que o Paysandu é o primeiro clube brasileiro com presidente virtual, caso inédito. E o Francisco Rocha indaga: essa história do Tiago Potiguar, não é tenebrosa? /// Cem mil reais é o valor que o treinador Sérgio Cosme terá que receber do Paysandu se for mandado embora. É a multa rescisória. O presidente LOP, que está em Juruti, chega hoje e vai ter uma conversa com sua diretoria. Sérgio Cosme continua dizendo que não tem culpa pelo que está acontecendo e, se quiserem me paguem e me mandem embora. /// Uma boa semana a todos e viva Jesus!

E-mails: rporto@supridados.com.br

11 de abril de 2011 at 12:32 pm Deixe um comentário

A Bola no Bola – Giuseppe Tommaso – 10.04.2011

ABSURDO…

É inaceitável que o Paysandu equipe respeitada e com tradição no Brasil e que já disputou Libertadores da América, ir jogar na Bahia numa competição como a Copa do Brasil e ter na delegação um número exagerado de dirigentes ( alguns por conta do clube ) e deixaram de fora o médico com experiência e abdicar da competência do fisioterapeuta Junior Furtado. Deu no que deu: o chefe da DM bicolor foi pedir ajuda ao DM do Vitória baiano. “The End Of de Picade”.

PRESTÍGIO…

Não fosse o conhecimento do volante Vanderson com os dirigentes do Vitória a coisa teria sido bem pior, foi ele quem levou Alexandre Fávaro e Martin Cortês para exames no DM do time baiano e avaliação com os fisioterapeutas. O Gilsão estava perdidaço. Quanto as providências até aqui nenhuma tomada, ou seja, a insatisfação vai continuar…

“ENGENHEIROS”

Vem aí a segunda edição da Corrida e Caminhada do Engenheiro. Será no dia 19 de junho, mais uma vez, no aprazível e ecológico Parque Ambiental do Utinga, cuja experiência pioneira foi do Clube de Engenharia do Pará no ano passado. A diretoria do Clube, à frente o presidente Daniel Sobrinho, está em preparativos para o lançamento do projeto 2011, para patrocinadores, imprensa e convidados, que se dará em meio a um coquetel na sede do Clube de Engenharia, na avenida Nazaré com a Dr. Moraes, no dia 3 de maio. É sucesso garantido…

DISPENSAS…

Até o mais inocente torcedor saberia bicolor saberia compor a lista dos dispensados na curuzú, mistério desnecessário feito pelo presidente LOP. Detalhe: o atacante Zé Augusto só não integrou a lista pelo seu histórico e prestígio no Paysandu, a pressão foi grande pra segurar o “Super Zé”, que só falou a verdade. Luiz Omar teve que engolir.  Acho que vai rolar somente uma “multinha”…

BASQUETE

Aposta e investimento do Grupo Horizonte o ex-técnico do Paysandu  Adriano Geraldes conduziu o selecionado do Pará ao título do Campeonato Brasileiro Sub-17 Masculino – 2011 da segunda divisão, encerrado na semana passada, no ginásio Internacional Newton de Faria, na cidade de Anápolis (GO). Na decisão, o time paraense suplantou Goiás, por 67 a 46 (34 a 26 no primeiro tempo), coroando uma campanha com 100% de aproveitamento, que apresentou ainda a melhor defesa e o ataque mais efetivo. Com a conquista do título, o Pará conseguiu o acesso à primeira divisão nesta categoria, já em 2012. Bela conquista…

“ESTRÉIA”

Expectativa do torcedor azulino para a estréia do atacante Finazzi, DM azulino que tem o comando do médico Ricardo Ribeiro garante que o atleta estará em campo na terceira rodada contra o Águia em Marabá. Finazzi retorna hoje de São Paulo e amanhã inicia a semana trabalhando forte com o grupo.

É CAMPEÃO…

O empresário Guy Peixoto, o executivo Marcelo Souza (Pará) e os funcionários do Grupo Horizonte, rindo para as paredes. Na Convenção Nacional da Ambev, o Grupo Horizonte foi laureado mais uma vez como a “Melhor Transportadora” na prestação de serviço. Campeã em Logística, Segurança, Gestão e Produtividade. Liderança absoluta nas Regiões Norte (Belém), Centro Oeste (Brasília) e Nordeste (Caruaru). É Barba, Cabelo e Bigode…

10 de abril de 2011 at 3:06 am Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 07.04.11

POSITIVO – Na eleição da Federação de Triatlhon, ganha por 14×0 pelo candidato Rubens Campos, só atleta devidamente legalizado votou e é assim conforme estatuto. Bem que essa moda deveria pegar!

NEGATIVO – Começará amanhã mais um Campeonato de Futsal Série Ouro (1ª divisão), com 10 equipes, sendo 9 do interior e apenas o Shouse da Capital. Fora de novo os tradicionais Paysandu, Tuna e Remo. É duro!

Lá e Cá

Coronel Joaquim Souza, chefe de segurança da Tuna, assegura que o estádio do Souza está em condições de receber cinco mil torcedores para jogo contra o Paysandu. FPF vai marcar!

Curiosamente o Paysandu levou dois médicos e oito diretores para Salvador (inclusive aspone), mas ficou o fisioterapeuta, tão necessário pela condição de alguns atletas.

Independente x Castanhal será antecipado para 15.4, 18 h. Finalmente serão inaugurados os refletores do Navegantão. Contra Tuna Japiim terá pendurados Ângelo, Capanema, F.Bragança, Barcarena, Pitibul e Soares.

Elsinho e Wellington Silva (contusões) problemas do Remo para jogo eletrizante de 2ª feira, mas Finazzi já está treinando com bola e poderá antecipar estréia. Leandro Cearense (Cametá) fez neste campeonato 9 gols na Seletiva, 3 na 1ª fase e 16 no Parazão propriamente dito (total 28).

Clubes deveriam proibir jogadores de participar das coletivas de camiseta cavada. Desrespeito à agremiação e patrocinadores. Assunto para assessorias de imprensa!

Como faz o Botafogo-RJ, Tuna segue homenageando ex-jogadores nos dias de partidas no Souza. Exemplo deveria ser seguido! 

Michelle Muniz tem agora a companhia de Alessandra Tabosa na assessoria de imprensa da Tuna. Já no ar o site cruzmaltino (www.tunalusobrasileira.com.br).

Sob a supervisão do vice-jurídico Ronaldo Passarinho, atualmente dois advogados (Pablo Araujo e Denise Santos) resolvem e como assuntos do Leão na justiça a custo de 4,5 mil ao mês. Antes eram oito a 12 mil ao mês.

No Campeonato da Associação de Veteranos de Basquetebol, nas partidas finais acima de 35 anos o Papa Chibé bateu o Médice por 67 a 39 e Val de Cans ganhou do Uirapuru de 46 a 41.

Jogos de futebol pelada no sábado: América PV receberá o Viracopos e o Padre Eutíquio F.L. recepcionará o Urucubarca no Parque do Alemão.

HOMENAGEM – Sérgio Cabeça Brás, o Sérgio Cabeça, ex-ala do basquetebol do Clube Julio Cesar e Remo para onde se transferiu em 1970, participando do inédito hepta campeonato adulto. É engenheiro civil, diretor da UFPA e atual presidente do Leão Azul.

7 de abril de 2011 at 5:38 am Deixe um comentário

Posts antigos Posts mais recentes


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.