Ritmo do Jogo – João Cunha – 30.07.2011

30 de julho de 2011 at 2:04 pm Deixe um comentário

“A Recompensa é o caminho e não o destino final”

Esta sábia frase dita pelo técnico do selecionado campeão da Copa América, além de ser de uma inteligência e humildade a toda prova, de certo modo, justifica o sucesso Uruguaio, em termos futebolísticos, nos últimos tempos. Recolocando outra vez no topo o futebol daquele país, no âmbito do continente e que os levou ao 4º lugar na Copa da África. Desde 2006 vem sendo plantado esse projeto, com trabalho árduo e direcionado para este fim. Já por aqui, a frase que me vem à cabeça é “os fins justificam os meios”.

Nesta semana, tive oportunidade de trabalhar na final da Copa América para a Rádio Clube e no jogo do Paysandu, no Mangueirão, pela TV Cultura. Estou muito feliz por ambas as ocasiões. Na primeira, pude observar, na prática, o fruto de um projeto vitorioso, após cinco anos de dedicação e, na segunda, pude constatar que continuamos cometendo os mesmos erros e exageros de sempre, completamente alheios aos exemplos internos e externos.

Apesar do alto investimento feito pelo Paysandu visando à volta a série B, o retorno é incerto e duvidoso. Ainda estamos “jogando a massa na parede”… Comissão Técnica e jogadores, como sempre, em número exagerado, são trazidos para cá em cima da hora e o discurso é que “teremos um time entrosado e pronto lá pela 6ª ou 7ª rodada da competição”. Já pensou?

Por sorte ou por fraqueza do primeiro adversário, após cerca de cinco anos, vencemos a primeira “fora”, começando bem a disputa, mas, no segundo jogo, “em casa”, só empatamos com o Rio Branco do Acre. 1×1, com “eles” saindo na frente e o empate vindo de um “bate-rebate” na área adversária, após uma “bola parada”. Por tudo o que fizemos ou deixamos de fazer, antes e durante o jogo, o resultado foi até bom para o nosso representante. O que preocupa é que, ano após ano, não aprendemos nada. Nós somos ruins de observação ou teimosos em demasia e, por isso, nós fechamos os olhos aos exemplos.

O Independente/Tucurui acaba de se tornar Campeão Paraense com time e comissão técnica dentro da nossa realidade. Assumiu a vaga da série D com a mesma base do Parazão e sem aumento significativo em sua folha de pagamento. O próprio Rio Branco do Acre, campeão de lá, chega aqui com seis jogadores no time titular, que já atuaram em nosso futebol (3 deles no próprio Paysandu) e o treinador foi técnico do Ananindeua. Com uma folha salarial bem menor que a nossa e com a base do campeonato regional (lá vem àquela questão do parâmetro outra vez).

Meu medo é que, mais uma vez, pelo excesso de contratações e a necessidade de colocar as “estrelas” no time, a torcida não tenha paciência, a Comissão Técnica não tenha coerência e a equipe não tenha o tempo, a calma e o rendimento necessários para o sucesso. Contrariando o projeto, o trabalho e a firmeza de Oscar Tabares, da Seleção Uruguaia e até dos “nossos” Independente/Rio Banco, continuamos achando que “mais importante que o caminho é o destino final” e, como pudemos sentir na pele esse tempo todo em que “damos murro em ponta de faca”, não é por ai. Prosseguirei avisando, reclamando, alertando e torcendo para dar certo, porém não posso negar que do jeito que está, dependeremos muito da sorte e, assim, a incerteza será nossa companheira até o fim… Doa em quem doer!

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 29.07.11 Toque de Mestre – Tavernard Neves – 30.07.2011

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: