Veteranos são destaques na delegação brasileira e jogos olímpicos terão hoje sua festa de abertura!

27 de julho de 2012 at 4:27 pm Deixe um comentário

Após dois dias de competições, finalmente teremos nesta sexta-feira (27)  a abertura oficial dos jogos olímpicos 2012. A programação está prevista para iniciar às 17h (Hora de Brasília).

Além da importante presença confirmada da Rainha Elizabeth II, também destacamos a presença do  ex-beatle Paul McCartney, que irá cantar o “eterno sucesso” Hey Jude, na cerimônia de abertura.

O porta-bandeira da delegação brasileira será o cavaleiro Rodrigo Pessoa, 39 anos, que nasceu em Paris-França e viveu quase toda vida na Bélgica. Ele vai igualar o recorde nacional de participações em Olímpiadas que pertence ao iatista Torben Grael ,52 anos e o mesa-tenista Hugo Hoyama, 43 anos (6 participações).

Rodrigo Pessoa ao lado dos outros 258 “atletas-garimpeiros” estarão representando uma nação que conta com uma população de quase 200 milhões de brasileiros.

– Vovôs dos jogos olímpicos!

O cavaleiro canadense Ian Millar lidera a lista de vovôs recordistas em Londres. O ‘senhor olímpico’ vai para sua décima participação, aos 65 anos de idade, e é o recordista de participações em Olimpíadas em toda a história.

Apesar de ter estreado em 1972, Millar conquistou apenas uma medalha, justamente em sua última participação até agora. Ele levou a prata na competição por equipes em Pequim 2008.

O cavaleiro, no entanto, não é o competidor mais velho em Londres. O posto pertence ao japonês Hiroshi Hoketsu, de 71 anos de idade. Ele vai competir na prova de adestramento equestre e pode superar o recorde histórico de longevidade no Rio de Janeiro, em 2016.

CURIOSIDADE: O competidor mais velho da história das Olimpíadas ainda é o atirador sueco Oscar Swahn, que competiu nos Jogos de 1920 aos 72 anos. O europeu, no entanto, ganhou seis medalhas olímpicas –três ouros, uma prata e dois bronzes- enquanto Hoketsu ainda busca sua primeira medalha.

– Dentre esses 259 atletas brasileiros, destacam-se 22  que chegam ao evento com idade acima dos 35 anos:

Emanuel aos 39 anos, já era um dos mais experientes atletas da delegação brasileira quando conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Atenas-2004, aos 31 anos. Oito anos depois, em Londres, o jogador continua a ostentar esse status. E, de novo, é favorito à medalha do vôlei de praia ao lado de Alison, de 26 anos.

O mais velho do time brasileiro na Inglaterra é Serguei Fofanoff, 43, da equipe de hipismo, que tem outros três veteranos: Marcelo Tosi, que fará 43 anos dois dias após o fim dos Jogos, Rodrigo Pessoa, 39, e Álvaro Affonso de Miranda Neto, o Doda, 39.

No hipismo, é corriqueiro atletas mais velhos se manterem em alto nível competitivo por bastante tempo. Em outros esportes que exigem mais do corpo, o fenômeno já não é tão comum.

Hugo Hoyama, por exemplo, destoa da equipe de tênis de mesa do Brasil. Aos 43 e em sua sexta Olimpíada, ele é 12 anos mais velho que Lígia Silva e Thiago Monteiro, ambos com 31, e 26 anos mais velho que Caroline Kumahara, 17 ,ela não era nascida em 1992, quando ele já disputava os Jogos de Barcelona.

O vôlei de quadra brasileiro também tem três veteranos: Serginho, 36, Ricardinho, 36, e Giba, 35.

– Na equipe de atletismo, a longevidade aparece nas mais diversas provas:
Marílson Gomes dos Santos, 35, disputará a maratona em Londres, Maurren Maggi, 36, defenderá o título do salto em distância, e Sandro Viana, 35, correrá o revezamento 4 x 100 m e os 200 m.

O velejador Robert Scheidt, 39, outro veterano da equipe, mudou de classe e ganhou mais tempo na vela.
Bicampeão olímpico na laser, hoje é parceiro de Bruno Prada, 41, ao lado de quem foi medalha de prata na Olimpíada de Pequim-2008.

Para alguns veteranos da equipe brasileira, no entanto, anos no esporte não significam, necessariamente, experiência em Olimpíadas.

O ala Marcelinho Machado fará, em Londres, sua estreia nos Jogos pela seleção de basquete. Aos 37 anos.

Mas como diz aquele ditado, “Panela velha é que faz comida boa”, então também podemos dizer: Boa sorte Brasil, que venham muitas medalhas para a nossa nação!

Adilson Brasil – Rádio Clube do Pará (Twitter: @adilson_brasil)

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

Coluna Chumbo Grosso-Paulo Fernando(Bad Boy) 27.07.12 DIARIO OLÍMPICO – SÁBADO – 28.07.12 – GIUSEPPE TOMMASO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: