Archive for agosto, 2013

Chumbo-Grosso – Paulo Fernando – 30.08.13

– PAYSANDU – A batata esquentou lá pelas bandas do vovô da cidade, acusados por parte da torcida de não terem compromisso com o clube, os jogadores do bicolor estadual, segundo o meio-campista Eduardo Ramos, são os que mais sofrem com a atual situação do clube na Segundona.
“É impossível ter alguém mais incomodado que os jogadores, porque a cobrança é em sua maioria em cima da gente. Acabamos não tendo vida social, nos privando de muitas coisas. Mas também pela carreira: você ser cobrado com o time na zona de rebaixamento é muito ruim”, acredita o atleta, apesar do clima de protestos e muita cobrança, Eduardo Ramos diz que o grupo deve passar por cima deste problemas engrenar na competição nacional, “O torcedor está no direito de reclamar (fazendo referência ao protesto de torcedores no estádio da Curuzu na quarta-feira (28)) e foi bom porque não teve violência. Porém, sabemos que o clima não favorece a gente, mas temos que deixar isso de lado, porque temos time para tirar o Paysandu dessa situação”, avaliou Ramos, para buscar a volta por cima na Série B, o Papão tem o como adversário o Bragantino-SP, às 16h20 do sábado (31), no estádio Nabi Abi Chedid, em Braganca Paulista (SP), pela 18ª rodada, o único jeito de se reverter este quadro e conseguir bons resultados daqui para frente, o torcedor já não aguenta mais desculpas e papo furado então Eduardo Ramos é hora de jogar e para de falar,………………………………………………………………………………………

– OUTRA DA PAPÃO-TUR – DIRIGENTES PIADINHAS o dinheiro não é deles mesmo, por isso são irresponsáveis deste jeito, o departamento jurídico do Paysandu informou que o zagueiro Jacó, recém-chegado ao elenco bicolor, não poderá ser inscrito como atleta do clube. Ressaltamos que tal decisão ocorreu após consulta minuciosa junto à CBF”, disse o comunicado, publicado no site oficial do clube, DETALHE ESTA CHAPA QUE GANHOU A ELEIÇÃO TINHA COMO SLOGAN, “NOVOS RUMOS”, PIADINHA COM O TORCEDOR,……………………….

– REMO – Leãozinho quase pronto para batalha do rubro-negro da boa terra, o treinador Valter Lima manteve a base do time campeão da Copa Norte sub-20. Apenas dois reforços vieram de dois clubes que disputaram a competição. O lateral-direito Carlinhos do JV Lideral-MA e o meia Raí do Santos-AP, foram às novidades na equipe considerada titular.
Antes de enfrentar o rubro-negro baiano, o Leãozinho terá pelo menos mais dois coletivos antes da partida, além de treinamentos técnicos e táticos e condicionamento físico, que podem ajudar os atletas durante a partida.
A equipe azulina formou no 4-4-2: com Jáder; Carlinhos, Igor João, Gabriel e Alex Rhuan; Nádson, Tsunami, Raí e Rodrigo; Jayme e Rodrigão, agora é esperar que a equipe não se intimidade diante do Vitória e consiga um grande resultado diante de sua torcida que promete ir em grande numero ao Estádio Olímpico do Pará,…………………………………..

– CAMPANHA – Os Remistas vão lançar uma campanha de marketing no proximo dia 2 segunda-feira, nas emissoras de televisão de Belém, uma propaganda do programa “O Remo chamou eu vou”, com a participação dos ídolos do passado Mesquita e Agnaldo, o Seu Boneco, e com o goleiro Fabiano, o atleta mais respeitado pela torcida azulina no atual elenco.
Além da veiculação nos meios de comunicação, vários outdoors estão espalhados pela Região Metropolitana de Belém, chamando os sócios remidos e proprietários do Leão a regularizarem sua situação com o clube.
Segundo o diretor comercial do Remo, Stefani Henrique, a campanha já está surtindo efeito mesmo antes de ir para a televisão, veículos de comunicação que devem dar mais amplitude à iniciativa azulina, é hora do torcedor azulino dar mais esta força ao clube neste momento tão difícil atravessado pelos azulinos, E COM DIZ A CAMPANHA, ATENÇÃO NAÇÃO AZULINA, “O REMO CHAMOU EU VOU”,…………………………………….

– ESCREVO ESTA COLUNA PARA QUEM GOSTA DA VERDADE, DOA A QUEM DOER, FUI IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

30 de agosto de 2013 at 5:43 pm Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 30.08.13

POSITIVO – Paraenses Natália e Natasha Pereira ganharam ouro no dueto sênior do IX Campeonato Brasileiro de Categorias do Nado Sincronizado, em Maceió-AL. Imbatíveis!

NEGATIVO – Paysandu investiu cerca de 100 mil reais no atacante Aleílson (PFC) e lateral Max (Vasco) e não apressou legalização dos dois para amanhã. São essas coisas que eu não entendo!

Lá e Cá

Arbitragem local na Copa BR Sub-20 (aqui, na quarta, Joelson Silva dos Santos) não é bom negócio, até porque o jogo decisivo Remo x Vitória poderá ser o do Barradão e com mediador baiano.

No jogo de terça-feira, Paysandu x Sport, de alto risco, não haverá estacionamento de carro particular na Curuzu e Chaco (próximo do estádio) e teremos guarda corpos em 50% no alambrado.

Se a Copa Verde for viabilizada para 2013 terá um representante de cada estado (10 ao todo). Jogos de ida e volta no grupo do PA, mais AP, PI e AM. Coronel Nunes na outra semana definirá tudo na CBF.

Organizadas querem volta do técnico Lecheva ao Paysandu e manifestações engrossarão em caso de insucesso amanhã. Lateral esquerdo Caio (17 anos, base) incorporado ao elenco principal.

Zagueiro Leonardo D’Agostini estreará no Papão contra o Bragantino, podendo ocorrer o mesmo com o meia atacante Jaílton. Gílton tem escalação certa. Reserva do goleiro Paulo Rafael será Paulo Vitor.

Troféu RBA para o ganhador da regata de domingo. Remo tem 96 pontos e o Paysandu 84. Na opinião dos dirigentes azulinos faturando 7 dos 11 páreos título virá antecipado.

Remador argentino do Paysandu, que é campeão Sul-americano, Pablo Aguirre vai correr 3 páreos. Será meu entrevistado Bola Pra Frente na domingueira.

Zagueiro remista Sub 20 Ian cedendo lugar para Igor João, na quarta, contra o Vitória-BA (Copa BR) por ter sido expulso na final da Copa Norte.

Antonio Carlos Rocha inscrito para concorrer com Maurício Bororó à vice-presidência do Remo no mandato tampão, cuja data de eleição o CD vai marcar. Movimento para desistência de Antonio Carlos. Aguardemos!

Segundinha Paraense (8 clubes e 2 grupos de 4) até 20.10; 1ª fase de 27.10 e 7.12; fase principal (Parazão) a partir de 12.1.14; futebol pelada amanhã: Faz Raiva x Boleragem e Santo André x Grêmio.

HOMANEGAM – Julio Delfino de Queiroz Sereni, ex- 1º vice-presidente da FPF (1971-72), eleito no voto direto. Tem empresa de pesca e fábrica de gelo em Augusto Corrêa, pratica peteca na AP e curte seu ultraleve.

30 de agosto de 2013 at 4:22 pm Deixe um comentário

Coluna do Gerson Nogueira – 30.08.13

Impunidade incentiva baderna

A cada nova arruaça ou evento marqueteiro das tais organizadas volta à tona a questão transcendental: até quando a Polícia vai continuar a dar ao problema o tratamento parcimonioso e tímido de hoje? Assiste-se a um espetáculo patético, encenação de protesto, por gente que se fantasia de torcedor exclusivamente para provocar tumultos e as forças de segurança acompanham tudo como se fosse uma reles brincadeira.

Providências já deveriam ter sido adotadas há anos, quando o Pará ainda não estava entre os seis Estados com mais ocorrências violentas em estádios de futebol. Antes que os baderneiros arrombassem a porta e se instalassem. Antes que os verdadeiros torcedores comecem a fugir, aterrorizados com a presença das turbas nas arquibancadas e no entorno das praças esportivas em dias de jogos.

Como tudo que é ruim pode ficar pior, a moda agora é escolher um dia de semana qualquer, quando trabalhadores normalmente estão ocupados, para que atos de hostilidade a técnicos e jogadores de futebol sejam promovidos. Foi o que ocorreu na quarta-feira à tarde, na Curuzu. Na falta de coisa melhor, o barulho visou tumultuar o ambiente e atrair o foco dos meios de comunicação.

“Se não ganhar, vai morrer!”, berravam os baderneiros, ameaçadoramente, para os jogadores e a comissão técnica sitiados no centro do campo. Não sei pelos outros, mas, se estivesse trabalhando e algum descerebrado aparecesse gritando ameaças, chamaria a polícia ou tomaria minhas próprias providências de defesa.

O mais patético é o descompasso entre intenção e gesto. Com um atraso constrangedor em relação à realidade, já que o Paissandu vai mal na Série B desde as primeiras rodadas, os tais torcedores organizados (nenhum vestindo a camisa oficial do clube) arrombaram os portões do estádio para intimidar profissionais que se dedicavam a treinar para o próximo jogo.

Quem acompanha meus escritos, comentários e pitacos nas mais diversas plataformas conhece meu ponto de vista sobre essas manifestações esdrúxulas, que não representam os reais sentimentos do torcedor.

Que ninguém se iluda: os aficionados do Papão que se interessam pelo futuro da agremiação querem mais é que Arturzinho tenha tranquilidade para orientar seus atletas. Parar treino para proferir ameaças é como apagar incêndio com gasolina. Quem faz isso não pode ser levado a sério. Torcedor tem o direito de protestar na arquibancada em dia de jogo, desde que pague ingresso. Invadir treino é abuso e desrespeito.

Nenhum profissional, do futebol ou de outra atividade, reage bem a esse tipo de atitude hostil. Nenhum time passa a vencer por milagre depois que um grupo de desocupados tenta impor falsa valentia à base de gritos e impropérios. O Paissandu só voltará a vencer quando for melhor em campo. E os fanfarrões só irão baixar o facho quando a Polícia cumprir o seu papel.

Tribunal ameaça endurecer

Por coincidência, a procuradoria do STJD pediu ontem que Corinthians e Vasco sejam penalizados pela briga nas arquibancadas do Mané Garrincha, domingo passado. A pena deve ser a realização de jogos com portões fechados, contrariando o previsto no Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). A legislação atual recomenda, nessas situações, a mudança do mando de campo para estádios distantes pelo menos 100 quilômetros das sedes dos clubes, mas com torcida presente.

O STJD avalia que esse tipo de punição tornou-se inócuo e até estimulador de mais violência, pois os clubes passam a não temer a punição. Devido ao conflito envolvendo corintianos e vascaínos, os clubes podem perder o mando de até 10 jogos.

Como justificativa para o retorno ao sistema de portões fechados, a Procuradoria se ampara no regulamento da Fifa e na decisão da Conmenbol de punir o Corinthians dessa maneira no episódio da morte do jovem boliviano Kevin Espada, de 14 anos.

Caso não resulte em pizza, a iniciativa do STJD pode vir a render frutos, inibindo a ação desenfreada dos vândalos nos estádios. A conferir.

Convocação ao Fenômeno Azul

Os azulinos seguem surpreendendo nas ações de marketing para atrair novos sócios e estimular inadimplentes a regularizarem pendências com o clube. Em vídeo que circula desde ontem na internet, o goleiro Fabiano e os ídolos Mesquita e Agnaldo de Jesus conclamam os remistas a se juntarem ao esforço para reconstruir o clube. Um apelo simples, mas certeiro, à paixão da nação azulina.

30 de agosto de 2013 at 4:20 pm Deixe um comentário

Coluna do Gerson Nogueira – 29.08.13

Antes tarde do que nunca

Quando o campeonato estadual terminou, Aleílson, o artilheiro da competição com 13 gols, foi cogitado para defender os dois grandes clubes da capital. No Paissandu, o gerente Oscar Yamato até incluiu o jogador na lista de prioridades, mas a diretoria optou por deixar de lado o atacante do Paragominas. Preferiu se concentrar em nomes mais estrelados, que tivessem um impacto maior junto ao torcedor.

E aqui cabe isentar os dirigentes, pois o torcedor (nem todos, mas uma minoria estridente) costuma exigir exatamente isso: contratações bombásticas, preferencialmente de nomes conhecidos e badalados. Não é exatamente o caso de Aleílson, um atleta regional que fez carreira em equipes medianas, embora tenha passado até pelo Flamengo há três anos.

Não ajudou nada a troca de técnicos no Paissandu, pois Givanildo Oliveira não avalizou a vinda do goleador do Parazão, sendo seguido por Arturzinho, que admitiu nem conhecer o jogador. Felizmente, mesmo com significativo atraso, o clube decidiu acertar com Aleílson, depois de observar que os demais atacantes do elenco não correspondiam às expectativas depositadas.

Apesar de bem menos credenciado, Aleílson encaixa-se como luva na atual formação do Paissandu, onde há a carência clamorosa de um atacante de velocidade, que saiba cair pelos lados da área. Acima de tudo, ao contrário de outras contratações recentes, ele chega pronto para entrar em campo, sem necessitar de prazo de recuperação ou condicionamento.

Aliás, caso seja necessário – e a regularização no BID seja confirmada –, Aleílson já pode estrear contra o Bragantino, sábado. Nas circunstâncias, precisando desesperadamente pontuar, Arturzinho talvez faça exatamente isso.

Assim que o acerto com o jogador foi confirmado surgiram dúvidas quanto à posição do técnico, mas o próprio Arturzinho desfez isso, elogiando a aquisição. Cabe observar, porém, como Aleílson será aproveitado no ataque alviceleste. Por suas características, pode ser aproveitado como o atacante mais avançado, tendo Iarley como co-piloto, mas também sabe trabalhar a bola e atuar como meia-atacante, aproximando-se do centroavante.

Tem, acima de tudo, habilidade e rapidez para puxar contra-ataques, situação que normalmente se apresenta em jogos fora de casa. Por todas as razões expostas, o ex-jogador do Paragominas pode ser o ponto de referência da nova arrumação ofensiva do Paissandu na Série B. Sem dúvida, um grande negócio.

Leão vive semana movimentada

O Remo entrará, a partir de segunda-feira, em nova era. O presidente Zeca Pirão será formalmente entronizado no cargo, passando a poder assinar pela presidência do clube. Ao mesmo tempo, Maurício Bororó deverá ser eleito vice-presidente.

No dia seguinte, acontece o coquetel de lançamento da parceria com a Ambev, que vai permitir a reforma geral no estádio Evandro Almeida, incluindo o novo gramado, a construção de camarotes e cadeiras especiais e a implantação de placas de acrílico em torno do campo.

Na ocasião, será apresentada a maquete do novo Baenão, cujas obras devem ser finalizadas até dezembro. Além disso, o clube se prepara para efetivar o projeto sócio-torcedor, ofertando vantagens nas compras de mais de 600 produtos.

Para coroar a semana, na quarta-feira, no Mangueirão, o time sub-20 estreia na Copa do Brasil da categoria contra o Vitória. Expectativa de 20 mil pagantes para prestigiar a reforçada equipe remista.

Fazia tempo que o clube não vivia uma efervescência tão grande, motivada pelos novos ventos que sopram desde que foi aprovada a eleição direta para presidente em 2014. Sem esquecer a entrada em cena de novos diretores, convidados pelo atual gestor, Zeca Pirão.

Técnica e raça sacodem a Copa BR

Caso mantenha a voltagem emocional dos jogos entre Atlético-MG x Botafogo e Flamengo x Cruzeiro, a Copa do Brasil deste ano será uma das mais vibrantes de todos os tempos. Em BH, atleticanos e botafoguenses fizeram um duelo empolgante e equilibrado. No Rio, a raça superou os limites técnicos e impôs o Flamengo nas quartas de final. Certeza de duelos arrepiantes entre Fla e Bota nas próximas semanas.

E ainda há Grêmio, Corinthians, Atlético-PR e Goiás na outra chave da competição.

Direto do blog

“Ainda resta muita gente boa no PFC, que poderia envergar o manto celeste. Por exemplo, o Fabrício, que é da casa e está comendo a bola. É preferível aturar a mulekagem do Fabrício que a trairagem de alguns. Booooora, Vandick! O Pé de Anjo tem rodagem internacional até, leeembra? E tem vaga nesse time; repatria logo o atleta, Vandick!”.

De Silas Negrão, um defensor dos reforços nativos.

29 de agosto de 2013 at 3:24 pm Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 29.08.13

POSITIVO – Projeto Futuro de Atletismo de Ulianópolis teve 4 jovens convocados para defender o Pará no Norte-Nordeste Juvenil, em Fortaleza, de amanhã a domingo. Destaque para William Gomes.

NEGATIVO – Paulo Rafael, Pikachu, Pablo e Djalma só entraram no Paysandu porque não havia outro e deram conta do recado. Gleissinho não vem tendo a mesma sorte. É assim que se trata a base por aqui!

Lá e Cá

Dos 984 gols do Paysandu em Brasileiros, 542 foram na Série A, 322 na B e 120 na C. Maiores goleadores, Robgol 40, Zé Augusto 32 e Balão 28; jovem Rony, do São Paulo, que não quis vir para o Papão acertou com o Goiás.

Organizadas cobraram ontem na Curuzu e colocaram grupo na roda. Vandick vai à frente acertar reforços no São Paulo e Santos. Quem sabe não é hora de um sal grosso na Curuzu antes do embarque a Bragança-SP?

Estranhou-se a facilidade como torcedores entraram no gramado para apertar jogadores, pois correu boato da ameaça de entrega de jogo em Bragança Paulista para derrubar Arturzinho. Feia a coisa!

Por sinal, comenta-se que em caso de insucesso bicolor amanhã, Rogerinho comandará o time diante do Sport, terça. E como ficam os “reforços” de Arturzinho?

Árbitro de Bragantino x Paysandu, Fábio Filipus-PR é CBF 2; de Sampaio x Águia, Marielson Silva-BA é CBF 1; Dewson Freitas-PA- Asp. FIFA, escalado para Figueirense x Bragantino, 19ª rodada, Série B, dia 3.9.

Castanhal apresentará hoje, 19:30 h, sua nova parceria de gestão profissional com grupo Real Sport, passando inclusive por CT. Coronel Nunes (FPF) prestigiará o evento.

Data limite para inscrição de jogadores nas diversas séries o Brasileiro: A – 4.10; B – 30.9; C – 18.10 e D – 30.8 (amanhã); Jaílton e Gílton deverão entrar de cara neste sábado no Papão.

Bragantino, do técnico Wagner Benazzi (ex- Paysandu) não terá volantes Carlinhos, Elias e lateral Léo Jaime, mas contará com retorno do lateral Bruno Ioti, zagueiros Andre Vinícius, Álvaro e atacante Lincom (é assim).

Carlinhos, lateral direito do JD Lideral é quem mais se destaca dentre os Sub 20 contratados pelo Remo. Para técnico Walter Lima está em nível de time profissional; TRT: caso Lopes-Remo ficou para 4.11; hoje Morisco.

Copa Sênior da AP (Sub 100) começará hoje com Vermelinho x América e Portuguesa x Botafogo; no Bancrévea, amanhã, Grêmio x Noroeste (novos e máster) e, domingo, BASA x Bola de Areia (máster e novos).

HOMENAGEM – Georges Onassis da Silva Pontes, o Hulkinho, ex- campeão de ginástica (argola e cavalo) pela UEPA e campeão de regata pelo Remo (proa do Four e Double) nos anos 80-90. É marítimo (transporta bauxita).

29 de agosto de 2013 at 3:21 pm Deixe um comentário

Coluna do Gerson Nogueira – 27.08.13

Clube de futebol ou ONG?

Recebi, via companheiro Rui Guimarães, a eloquente manifestação do amigo Aldo Valente, pesquisador dos mais competentes e torcedor alviceleste desde priscas eras. Transcrevo aqui a carta dirigida ao presidente Vandick Lima. “Como torcedor bicolor, senti a obrigação de apresentar meu desconforto e ansiedade, que com certeza é a mesma sensação de milhares de bicolores. Quando o senhor assumiu a direção alvi-azul pensei que os fantasmas que tanto nos atormentaram há muito tempo haviam definitivamente ido embora, que agora respiraríamos novos ares. Mas vejo que lamentavelmente estas visagens nos perseguem e nosso time de futebol continua repetindo os mesmos erros do passado”, observa Aldo.

Aldo sublinha a herança maldita da gestão anterior. “A antiga diretoria depois de nos submeter a tantos sofrimentos, de tanto marcar passo, de erros e desacertos conseguiu colocar o PSC na série B. E agora presidente? Qual o seu projeto? Aonde você pretende deixar nosso clube no ano do centenário? O que vemos é que parece que o nosso clube virou um clube de amigos, uma fraternidade. Não foi organizado um time para disputar a série B e sim forjado um time mambembe baseado numa Série C e no fracassado campeonato estadual com jogadores limitados, de péssima qualidade ou com prazos de validades vencidos”, destaca.

Critica as opções por veteranos que deram ao Papão imensos triunfos há alguns anos. “Vejam os exemplos do Vânderson e Iarley, que no passado deram tantas glórias ao PSC, hoje parece que perderam a noção de transitoriedade de suas condições físicas. Estão andando em campo e pouco ou nada contribuem para o time, mas são salários mais altos no clube e se escalam pelos nomes que têm, pois são amigos do presidente e dos ex-treinadores. Se realmente formos muito generosos podemos manter no time 2 goleiros: Marcelo e Rafael, além de Pikachu, Raul, Fábio, Zé Antonio, Ramos, Nicácio, Djalma, Capanema e só. O resto chame para rescindir contratos e deixe que sigam seu rumo”.

Ecoando as queixas de grande parte da torcida bicolor, Aldo lembra a Vandick que o Papão não pode ser confundido com uma ONG que ampara jogadores em fim de carreira, ou que não encontram mais abrigo em outros clubes: “O senhor teme problemas na justiça do trabalho? Então me responda: o que prefere, ter um clube com dívidas trabalhistas na Série B ou clube limpinho e enxutinho rebaixado na Série C? Ora, o senhor não é mais pedra presidente, é vidraça seu cargo exige ações firmes e o barco está fazendo água, tome uma atitude é isso que a comunidade bicolor está exigindo”.

Aldo avalia que o clube está sem comando “dentro e fora de campo”, arriscando-se ao rebaixamento sem reagir. “A cada partida, os fracassos e o desânimo tomam conta da equipe que não rende porque não tem o que render. Os clubes estão perdendo o respeito pelo PSC, nossa autoestima está acabando e está claríssimo que o problema não é treinador, já tivemos três, eles não podem fazer milagre com um elenco tão medíocre e pífio”, acrescenta.

Para arrematar, Aldo apela a Vandick, procurando alertar para as consequências de uma campanha desastrada na Segundona. “Presidente, não há mais tempo para paternalismos, corporativismo e concessões. Dispense quem não serve, contrate bem e cobre resultados, só assim poderemos escapar do rebaixamento, caso contrário diga adeus a sua vida parlamentar e prepare-se para carregar o estigma do jogador vencedor e do presidente perdedor. Ainda há tempo, não nos decepcione”, finaliza.

Botafogo perde sua maior revelação

Como no ano passado, quando os principais atacantes (Maicosuel, Elkson, Herrera e Loco Abreu) foram negociados em pleno campeonato, o Botafogo repete a estranha estratégia de desmanchar seu time quando se encontra em alta na competição.

Desta vez, porém, a decisão é ainda mais lesiva ao clube. Vitinho, principal peça ofensiva do time e maior revelação alvinegra nos últimos dez anos, está indo jogar no futebol russo. Investidores que têm direitos sobre o jogador entraram em acordo com os dirigentes para fechar a transação.

Pelo histórico, não surpreende que os toscos cartolas alvinegros tenham concordado com a transação (avaliada em 10 milhões de euros). Só gostaria de acreditar que abriram mão do jovem atacante por burrice. Infelizmente, esse tipo de atitude tem outra denominação. De burros os dirigentes não têm nada. São apenas muito espertos, sagazes e descomprometidos com o clube. Funcionam como cúmplices dos investidores e banqueiros.

E a torcida que se lixe.

Diante da notícia, só resta concluir que mais uma vez o Botafogo prova que é o seu maior adversário.

27 de agosto de 2013 at 3:21 pm Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 26.08.13

POSITIVO – Essa ideia de construir a Toquinha do Leãozinho, no Baenão, com refeitório, auditório, apartamentos para 24 leitos e outras instalações merece todo apoio. Lançamento do projeto dia 23.9.

NEGATIVO – Nicácio não chute porque o pé dói; Vandick não comanda como deveria; Arturzinho fala de posições carentes, mas indica “piabas”; Vero saiu dizendo que os safados continuam lá; metade do plantel não gosta do técnico: Paysandu merece respeito!

Lá e Cá

Alertei para situação do plantel do Paysandu após derrota ara o ABC e não levaram em conta; América-RN enfrentará hoje Chapecoense em jogo atrasado e com empate jogará Papão para penúltimo da Série B.

Foi a 10ª derrota bicolor em 17 jogos no Brasileiro; zagueiro David Braz ex- Palmeiras, Flamengo (mais de 100 jogos) e Santos em disponibilidade, atritado no Vitória-BA; Vânderson confirma ambiente interno ruim.

São quatro jogos entre Bragantino x Paysandu, 3 vitórias e 7 gols paulistas, 1 empate e 2 gols bicolores. Se não pontuar em Bragança Paulista, Campeão dos Campeões corre o risco de voltar lanterna.

Mateus (goleiro), Rondinelli, Enrico, Ronny e Leleu (reservas de Série A) podem pintar na Curuzu; pelo que o técnico Cacaio fez no Cametá, Tuna e Paragominas já merece uma chance num grade daqui. Alô, Vandick!

Meu 10º colega da turma de Agronomia de 1974 se foi: morreu Celso da Penha Gibson. Paz a sua alma e conforto aos familiares.

Hoje, 19 h, no Clube de Engenharia, presidente Daniel Sobrinho dá largada à IV Corrida e Caminhada do Engenheiro.

Sub 20 do Vitória-BA (adversário do Remo na Copa BR) ganha tudo no nordeste, sul e sudeste. Base: Gustavo, Guilherme, Salustiano, Josué e Mansur, Edson, Gabriel e Artur Maia, Mauri, Marcone e Alan.

Técnico é Carlos Amadeu e são considerados também titulares Luan (goleiro), Vinicius, Ramon, Wellington, Darlan e Agdon pelo revezamento feito. Gustavo já atuou até no time principal.

Ex-jogador Jobson e seu filho Adiel atuam no Campeonato de Novos do Grêmio Português pelo Naval (5×3 no Benfica no fim de semana).

Resultados: Faz Raiva 2×2 Pedreira, P. Pedras 4×3 América PV, Racing 3×4 Sport Cana, Criciúma 4×2 Açaí, Pumas Itamaraty 4×5 Panelinha, Cruzeiro Curió 1×3 Verdão, Seleção da Vigia 2×4 Mapuera e PEC 9×2 Mareli.

HOMENAGEM – Marco Antonio Oliveira Chagas, o Montepio, foi nove vezes campeão paraense de nado livre pelo Remo e da Maratona Aquática da Colômbia nos anos 70-80. É pequeno comerciante.

27 de agosto de 2013 at 3:08 pm Deixe um comentário

Posts antigos


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.