Coluna do Gerson Nogueira – 27.08.13

27 de agosto de 2013 at 3:21 pm Deixe um comentário

Clube de futebol ou ONG?

Recebi, via companheiro Rui Guimarães, a eloquente manifestação do amigo Aldo Valente, pesquisador dos mais competentes e torcedor alviceleste desde priscas eras. Transcrevo aqui a carta dirigida ao presidente Vandick Lima. “Como torcedor bicolor, senti a obrigação de apresentar meu desconforto e ansiedade, que com certeza é a mesma sensação de milhares de bicolores. Quando o senhor assumiu a direção alvi-azul pensei que os fantasmas que tanto nos atormentaram há muito tempo haviam definitivamente ido embora, que agora respiraríamos novos ares. Mas vejo que lamentavelmente estas visagens nos perseguem e nosso time de futebol continua repetindo os mesmos erros do passado”, observa Aldo.

Aldo sublinha a herança maldita da gestão anterior. “A antiga diretoria depois de nos submeter a tantos sofrimentos, de tanto marcar passo, de erros e desacertos conseguiu colocar o PSC na série B. E agora presidente? Qual o seu projeto? Aonde você pretende deixar nosso clube no ano do centenário? O que vemos é que parece que o nosso clube virou um clube de amigos, uma fraternidade. Não foi organizado um time para disputar a série B e sim forjado um time mambembe baseado numa Série C e no fracassado campeonato estadual com jogadores limitados, de péssima qualidade ou com prazos de validades vencidos”, destaca.

Critica as opções por veteranos que deram ao Papão imensos triunfos há alguns anos. “Vejam os exemplos do Vânderson e Iarley, que no passado deram tantas glórias ao PSC, hoje parece que perderam a noção de transitoriedade de suas condições físicas. Estão andando em campo e pouco ou nada contribuem para o time, mas são salários mais altos no clube e se escalam pelos nomes que têm, pois são amigos do presidente e dos ex-treinadores. Se realmente formos muito generosos podemos manter no time 2 goleiros: Marcelo e Rafael, além de Pikachu, Raul, Fábio, Zé Antonio, Ramos, Nicácio, Djalma, Capanema e só. O resto chame para rescindir contratos e deixe que sigam seu rumo”.

Ecoando as queixas de grande parte da torcida bicolor, Aldo lembra a Vandick que o Papão não pode ser confundido com uma ONG que ampara jogadores em fim de carreira, ou que não encontram mais abrigo em outros clubes: “O senhor teme problemas na justiça do trabalho? Então me responda: o que prefere, ter um clube com dívidas trabalhistas na Série B ou clube limpinho e enxutinho rebaixado na Série C? Ora, o senhor não é mais pedra presidente, é vidraça seu cargo exige ações firmes e o barco está fazendo água, tome uma atitude é isso que a comunidade bicolor está exigindo”.

Aldo avalia que o clube está sem comando “dentro e fora de campo”, arriscando-se ao rebaixamento sem reagir. “A cada partida, os fracassos e o desânimo tomam conta da equipe que não rende porque não tem o que render. Os clubes estão perdendo o respeito pelo PSC, nossa autoestima está acabando e está claríssimo que o problema não é treinador, já tivemos três, eles não podem fazer milagre com um elenco tão medíocre e pífio”, acrescenta.

Para arrematar, Aldo apela a Vandick, procurando alertar para as consequências de uma campanha desastrada na Segundona. “Presidente, não há mais tempo para paternalismos, corporativismo e concessões. Dispense quem não serve, contrate bem e cobre resultados, só assim poderemos escapar do rebaixamento, caso contrário diga adeus a sua vida parlamentar e prepare-se para carregar o estigma do jogador vencedor e do presidente perdedor. Ainda há tempo, não nos decepcione”, finaliza.

Botafogo perde sua maior revelação

Como no ano passado, quando os principais atacantes (Maicosuel, Elkson, Herrera e Loco Abreu) foram negociados em pleno campeonato, o Botafogo repete a estranha estratégia de desmanchar seu time quando se encontra em alta na competição.

Desta vez, porém, a decisão é ainda mais lesiva ao clube. Vitinho, principal peça ofensiva do time e maior revelação alvinegra nos últimos dez anos, está indo jogar no futebol russo. Investidores que têm direitos sobre o jogador entraram em acordo com os dirigentes para fechar a transação.

Pelo histórico, não surpreende que os toscos cartolas alvinegros tenham concordado com a transação (avaliada em 10 milhões de euros). Só gostaria de acreditar que abriram mão do jovem atacante por burrice. Infelizmente, esse tipo de atitude tem outra denominação. De burros os dirigentes não têm nada. São apenas muito espertos, sagazes e descomprometidos com o clube. Funcionam como cúmplices dos investidores e banqueiros.

E a torcida que se lixe.

Diante da notícia, só resta concluir que mais uma vez o Botafogo prova que é o seu maior adversário.

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 26.08.13 BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 29.08.13

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: