Archive for agosto, 2013

A Bola no Bola – Giuseppe Tommaso – 25.08.13

BOLA NA TORRE

Deste Domingão logo após o “Pânico na Band”, na RBATV –
Canal 13. O Paysandu no Campenato Brasileiro da Séria “C”,
Paragominas, Águia e o Remo. Comando do Guerreirão,
estarei com Gerson Nogueira e o convidado especial é o
Técnico do Paysandu Arthurzinho. Partícipe pelo Twitter
@bolanatorre

CENTRO ESPORTIVO

O Médico Ricardo Ribeiro e seu Pai e Sócio Eduardo
Ribeiro foram os anfitriões na semana que passou no
inauguração do Centro Esportivo de Fisioterapia, novo espaço
da Ortoclínica do Pará. No coquetel de inauguração presença
do ex-craque da seleção Careca e muitos convidados. Ficou
Show!!!

CLUBE DO JOELHO

Em meio aos preparativos para a Copa do Joelho, o médico
ortopedista Erick Nunes promove mais um Clube do Joelho.
Desta vez, será abordado as lesões nas corridas. Os
fisioterapeutas Matheus de Oliveira Almeida e Raphael Lobão
também participam. Será no próximo dia 29, no auditório do
Amaral Costa. Em Tempo: Copa do Joelho Operado será em
Setembro na Arena dos Campeões.

PELADA

Tá rolando e fazendo o maior sucesso a Copa de Futebol
Amador, entre 24 equipes de pelada de Belém e Ananindeua.
Os jogos são realizados nos campos localizados na área metropolitana de Belém como, complexo do Cabé, complexo do São Miguel Complexo do Fernandão em Genipaúba, Circulo Militar , Campo Do Tilapão em Benevides dentre outros. Competição começou no último dia 17, teremos oitavas de final, quartas e semifinal e a grande final está
programada para dia 1º de Dezembro no Mangueirão. Apoio
do Helder Barbalho, Radio Clube e 99 FM.

25 de agosto de 2013 at 9:58 pm Deixe um comentário

Coluna do Gerson Nogueira – 23.08.13

A demora que atrapalha

A barca do adeus, que há semanas está para desatracar da Curuzu, segue envolta em mistério e causando uma série de prejuízos paralelos ao trabalho do técnico Arturzinho. Como já havia ficado evidente no período em que Givanildo Oliveira estava no comando, o excesso de atletas no elenco do Paissandu é um fator de desestabilização interna, provocando insatisfações e crises de relacionamento.

Com mais de 40 jogadores sob seu comando, Arturzinho se defronta com o problema todos os dias na hora de formar os times para o treino coletivo. Caso queira movimentar todos os atletas, precisa fazer duas práticas, com quatro equipes.

Diante da impossibilidade de preparar adequadamente os times, com as paradas necessárias para orientações táticas, o treinador é obrigado a selecionar 22 ou 24 jogadores, deixando os demais sem atividade ou treinando à parte.

Nem mesmo a liberação, anteontem, do lateral esquerdo Janílson e do zagueiro Adson ajudou a reduzir a superpopulação de boleiros na Curuzu. Antes deles, o clube só havia dispensado Jean, Rodrigo Alvim e Tiago Costa. Quem acompanha futebol de perto sabe o quanto situações desse tipo minam o ambiente e contribuem para a formação de grupos. Daí para as panelinhas e intrigas, é apenas um passo.

O clima de insatisfação dos bastidores nem sempre é observado em campo, mas é apontado por muitos como a causa de resultados inesperados, que quase sempre custam a cabeça do treinador e placares vexatórios para o clube. É a tal “casinha”, que normalmente é atribuída a boleiros descontentes, com maior ou menor dose de veracidade.

Experiente nas questões do futebol, o presidente do clube, Vandick Lima, certamente não é indiferente a esses riscos. Vai daí que a demora em definir o desligamento de pelo menos 10 jogadores só pode ser atribuída às dificuldades para levantar o dinheiro necessário aos acordos de rescisão.

À medida que chegam mais contratados – e nos últimos dias já foram apresentados mais cinco jogadores – o problema vai se tornando ainda mais insustentável. Arturzinho já adiantou que o clube deve trazer ainda dois ou três atletas para posições carentes, inchando de vez o plantel.

A parcimônia em desligar jogadores que não interessam mais ao treinador contrasta com a afobação em buscar reforços. A cada novo insucesso na Série B, o clube se lança a novas aventuras consumistas, quase sempre sem o impacto (e o retorno) esperado.

Das contratações feitas depois do Campeonato Estadual, somente Fábio Sanches, Careca e Marcelo Nicácio vingaram. A maioria não justificou o investimento e já está na lista dos descartáveis. Alguns não deveriam nem ter vindo, pois carecem de tempo para garantir melhor condicionamento.

Givanildo recomendou poucas aquisições, mas Arturzinho ainda está sugerindo jogadores. No ritmo atual, o Papão periga entrar no segundo turno da Segundona com um troféu incômodo: o de maior, mais caro e menos qualificado elenco entre os vinte clubes. Os resultados, pelo menos por enquanto, exprimem isso.

Sem o maestro, Fogão avança

O Botafogo, de Vitinho e Lodeiro, superou ontem o Atlético-MG campeão da América com uma facilidade impressionante. De um lado, o Galo com todos os seus titulares, incluindo Victor, Ronaldinho Gaúcho, Jô e Réver. Do outro, o Glorioso sem sua estrela mais fulgurante. Seedorf, poupado pelo técnico Oswaldo de Oliveira, desfalcou o time.

Não foi uma atuação excepcional (apesar da goleada), mas, ao contrário de outras jornadas, nas quais a ausência de Seedorf fazia o tipo perder o rumo e o prumo, desta vez a equipe fez ver que começa a ter desprendimento para jogar corajosamente sem o seu maestro. É uma grande notícia para a torcida botafoguense.

Quanto ao Atlético, a forma pouco inspirada com que Ronaldinho e seus companheiros se apresentaram evidencia que o time permanece naquela zona de sombra que costuma sobrevir a grandes conquistas. O desafio é se livrar o quanto antes dessas algemas.

23 de agosto de 2013 at 3:11 pm Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 23.08.13

POSITIVO – Lugar de torcedor do Paysandu amanhã é na Curuzu e não acredito em rebaixamento bicolor. Mas, é hora de triunfo convincente para acalmar o vulcão, até porque virão três reforços impactantes.

NEGATIVO – Zagueiro Ian foi dar opinião do descontentamento do grupo Sub 20 com as contratações remistas para Copa BR, mesmo acatando, e levou multa. Fosse um figurão do sul passaria em branco.Pra ele faz falta!

Lá e Cá

Walter Lima, técnico do Sub 20 do Remo à Copa Brasil meu entrevistado Bola Pra Frente de domingo. No Bola na Torre o técnico Arturzinho (PSC).

Quatro empresas de grande porte, como a rede de farmácias demonstram interesse no Carrossel, patrimônio do Remo; Val Barreto (Valotelli) de volta e assinará hoje.

Técnico bicolor Arturzinho já se indispôs com Departamento Médico, Preparador Físico, Preparador de Goleiros, Dirigente e 3 jogadores, em alguns casos com razão e outros não; liberados ontem Brayan e João Neto.

Do conselheiro Nilton Gurjão, do Paysandu: “não se tocou em nada do time na reunião do CD e confusão toda girou pela cobrança de ex- diretores de créditos por não terem deixado sede ir para leilão em 2012”.

Curiosidade: são 5 jogos entre Águia x Fortaleza e 5 empates, sendo três de 0x0, 1×1 e 2×2. Partida fundamental de domingo marca 200 jogos do técnico Galvão no Azulão, em 61 meses, 50,4% de aproveitamento.

Ministro do Esporte Aldo Rabelo será a estrela do Congresso Nacional de Arbitragem, em Belém, nos mês de novembro.

Portuguesa-SP quer viabilizar jogos da Série A contra o Corinthians (24ª rodada, dia 29.9) e Flamengo (31ª, 27/11), no Mangueirão, ficando com 50% da renda. Boa pedida. SEEL topa!

Taynara Domingues (armadora revelada na Associação de Moradores do Souza e passagem no Remo) seguiu em frente e já está convocada para Sul-Americano de Basquetebol Sub 17 pela Seleção Brasileira.

Será em Parauapebas, de 13 a 15.9, a 2ª Copa Sul-Sudeste de Voleibol Masculino Sub 17 que dará vaga ao campeão e vice à Copa Pará. Realização da FPV.

1ª rodada de Novos do Grêmio Português: Naval 1×4 Porto, Beira Mar 5×5 Nacional e Benfica 1×3 Sporting; amanhã no futebol pelada, Faz Raiva x Predeira; domingo, Máster do Estrela x R. Cansada, em Mosqueiro.

HOMENAGEM – Fausto Henrique da Luz dos Santos, o Fausto, ex- ponteiro do voleibol da Tuna, Seleção Juvenil (2 títulos) e Adulta Paraense (1 título). Foi ainda treinador do mirim ao adulto tunante. É professor de Ed. Física.

23 de agosto de 2013 at 3:06 pm Deixe um comentário

Chumbo-Grosso – Paulo Fernando – 22.08.13

– REMO – O Remo recebeu os primeiros reforços visando se reforçar para Copa do Brasil sub-20 que começa em setembro para o Leãozinho, os reforços são, o zagueiro Welington e o meia Beto defenderam a equipe do Holanda-AM, vice-campeã da Copa Norte sub-20. Outro que se apresentou no Baenão foi o lateral direito Carlinhos, que atuou pela equipe do Jv-Lideral-MA, além dos jogadores, o clube espera por três atletas do Santos-AP, que devem se apresentar ainda nesta semana, pensando na partida contra o Vitória-BA, no dia 4 de setembro, no Mangueirão,……………………

– PIADA – Pois vocês acreditam amigos, que alguns jogadores que foram campeões com o Remo da Copa Norte sub-20 não gostaram do clube querer se reforçar para competição Nacional que se aproxima, é o fim do mundo ainda não deram um chute, não ganharam P.N na vida e já começam mostrando uma falta de preparo desnecessária, atenção diretores do Remo, é mandar neguinho BAIXAR A BOLINHA AI NO BAENÃO,………………………

– A CASA DE CARIDADE AZULINA – Dispensado pelo Cuiabá por não conseguir atingir o nível físico e técnico do restante do elenco, VAL BARRETO esta de volta com o RABINHO entre as pernas de volta para a CASA DE CARIDADE AZULINA, quando nossos Clubes vão se dar o valor que eles merecem, AGORA ELE AMA O REMO, SÓ AQUI NO PARÁ MESMO,………………………………

– PAYSANDU – Em alerta geral se depender do técnico Arturzinho, pelo menos três dos cinco atletas integrados ao elenco já estarão em campo no próximo compromisso da equipe bicolor, no entanto, ao menos dois deles confessam que ainda não alcançaram a condição física ideal para poder atuar por 90 minutos, um deles é o lateral-esquerdo Gilton, “Eu não estou 100%, mas com os trabalhos eu acredito que esta semana seja o suficiente para entrar na condição física ideal. Eu acho que o maior obstáculo é o clima. Ainda estou me adaptando, mas creio que seja rápida essa readaptação, só acredito que não poderei jogar neste sábado, após o jogo contra o Icasa estarei livre para entrar em campo”, explica o lateral, opinião semelhante, e um pouco mais otimista, tem o volante Fabiano Silva. “Eu creio que posso jogar, já estava trabalhando desde a semana passada. Sei que a minha condição não está 100%, mas eu estou trabalhando e garanto uns 80%. Se ele (Arturzinho) precisar, eu estou aqui. Não digo que jogo os 90 minutos, mas 70 ou 80 eu posso corresponder”, já o meia-atacante Jaílton (23) está parado há cerca de 30 dias, e também garantiu parcialmente condição física, enquanto os zagueiros Jacó e Leonardo (28) passam por readaptação física. O último, por sinal, estava sem jogar desde o mês de maio,………………..

– DISPENSAS – Depois de dispensar dois jogadores no dia de ontem, os dirigentes do Paysandu estão esperando não se sabe o que para mandar mais uns 10 PENCAS que estão lá pela curuzu comendo e dormindo à custa do clube, ei VANDICK cria coragem e toma uma atitude, pois quem deve mandar no clube é você que é o presidente do mesmo, depois queres ficar fazendo beicinho nas reuniões quando os conselheiros te cobram uma atitude,…………….

– SEM MORAL – Que vergonha aquele estádio que Nacional enfrentou o Vasco pela Copa do Brasil, se fosse aqui no Pará nunca que ia ter jogo, lembram do Independente que teve que jogar com São Paulo no Mangueirão e o Águia que foi obrigado a jogar com o Fluminense também no Estádio Olímpico do Pará, isso tudo amigos é para deixar claro o quanto esta nossa FEDERAÇÃO É DESMORALIZADA, SEM VERGONHA E SEM MORAL LÁ PELAS BANDAS DA C.B.F, e ainda tem PUXA-SACO que quer a permanência do MUN-HÁ na presidência DURMA COM UM BARULHO DESSES,…………………….

– ESCREVO ESTA COLUNA PARA QUEM GOSTA DA VERDADE, AQUI O COURO COME DOA A QUEM DOER, ATÉ AMANHÃ, FUI IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

22 de agosto de 2013 at 3:15 pm Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 22.08.13

POSITIVO – Dependerá de articulação inteligente do Governo do Pará para uma Seleção da Copa se abrigar em Belém (catalogada), disse Nelson Aires, do Comitê Organizador nos visitando. Sorteio dos grupos dia 6.12.

NEGATIVO – Campanha do PFC o colocaria sem a perda de pontos, líder do grupo A1 da Série D e lutando para ser primeiro no jogo de domingo. Culpado da mancada com jogador Lourinho precisa ser afastado do clube.

Lá e Cá

Naif Daibes, do grupo opositor no Paysandu nega versão dada da reunião anterior do CD. Diz que houve sim veemente cobrança sobre time velho, caro, sem preparo físico e contratações desastrosas de Arturzinho.

Por sinal, Arturzinho, mesmo ainda tendo 8 zagueiros, ameaça lançar no sábado o discreto volante Fabiano Silva como defesa. Acho que não será louco para tanto, pois tem Raul e Bispo; goleiro Marcelo tem conjuntivite.

Liga Paraense de Karatê Interestilos – LIPAKI firmou parceria com a SEMEL (Marabá) e vai abrir 100 vagas para crianças e adolescentes de 6 a 16 anos em seus eventos a partir do dia 3.9. Contato 94 – 91126635.

Miguel Sampaio, conselheiro e diretor de eventos da ACP convidando para abertura da 2ª edição da Feira Pará Negócios, hoje, 19 h, no Hangar.

Sábado, Paysandu x ICASA, arbitragem de Charles Herbert Ferreira (AL-CBF 1); domingo, Águia x Fortaleza, Antonio Dib de Souza (PI-CBF 1) e Paragominas x Plácido de Castro, Valdicleuson Silva da Costa (AP- CBF 2).

Pesquisa do site http://www.radioclubedopara.com.br sobre se o Paysandu escapa do rebaixamento: sim 46,1% e não 53,9% até o momento.

Lateral esquerdo Anderson Luiz retornará ao Águia (16 jogos sem perder em casa) frente ao Fortaleza e técnico João Galvão dispõe para o ataque de Danilo Galvão, Keno, Valdanes e Robert. Poderá começar com 3 deles.

Destinado a corredores profissionais e amadores, o ortopedista Erick Nunes e fisioterapeutas Matheus Oliveira e Raphael Lobão ministrarão o encontro do Clube do Joelho, dia 28.9, no auditório Amaral Costa.

Faltam 17 gols para o milésimo do Paysandu em campeonatos brasileiros; Cruzeiro, Flamengo, Internacional, Santos e São Paulo nunca foram rebaixados para Série B. Este ano o Tricolor Paulista balança.

Não houve surpresa na liberação de Janilson e Adson pelo Papão; mesmo o Remo desejando em Belém, Copa Verde, se viabilizada, será em outubro na cidade de Campo Grande-MS; congresso da ANAF, aqui, em novembro.

Sábado: Independente x Los Primos, PEC x Mareli e Cruzeiro Curió x Verdão.

HOMENAGEM – Benedito Corrêa da Silva, o Careca, ex- frente do futsal do colégio do Carmo, Seleção Estudantil Paraense no Norte-Nordeste (campeão), Paysandu e Imperial nos anos 80. Trabalha em supermercado.

22 de agosto de 2013 at 3:05 pm Deixe um comentário

Coluna do Gerson Nogueira – 21.08.13

Arena ou boibódromo?

Dona de um “futebol mambembe” – termo usado pela Folha de S. Paulo, na edição de ontem –, Manaus constrói uma luxuosíssima Arena Amazônia destinada a ser o maior elefante branco da Copa do Mundo de 2014. Com as obras mais atrasadas entre todos os estádios do mundial, a arena baré acaba de pedir aporte extra de R$ 54 milhões. Com isso, o custo total será de R$ 605 milhões – R$ 90 milhões acima do orçamento original.

Com essas credenciais, e a esse preço, a Arena Amazônia sediará quatro jogos da Copa e depois mergulhará em destino semelhante ao das arenas sul-africanas, praticamente abandonadas depois da Copa 2010. O problema é o alto custo de manutenção, estimado hoje em R$ 6 milhões anuais, pela Unidade Gestora do Projeto Copa, ligada ao governo amazonense. Não há a menor ideia sobre quem vai pagar os R$ 500 mil mensais.

O staff da Fifa e do Comitê Organizador desembarcou ontem em Manaus, para visitar as obras. Pompa mais ou menos parecida com a do período de avaliação das cidades candidatas à sede da Copa, quando Ricardo Teixeira capitaneou um passeio nababesco de dois dias pela cidade, praticamente selando todos os acordos e conchavos para que a capital amazonense fosse depois ungida pela Fifa, mesmo sem maior vinculação com o futebol.

Ronaldo Fenômeno, Jerôme Valcke e Aldo Rebelo certamente passaram longe do emperrado projeto de mobilidade urbana, que precisou ser todo refeito a 10 meses da Copa, com aditivo de R$ 1 bilhão ao orçamento de R$ 2 bilhões, dando a Manaus a condição de sede com as obras mais atrasadas.

Diante das críticas à futura utilização da arena, o coordenador da UGP, Miguel Capobiango Neto, promete uma licitação para que a iniciativa privada terceirize o estádio. A informação surpreendeu até os próprios manauaras, como o jornalista Sílvio Silva, do blog Parcialmente Imparcial.

Prevista ou não, a terceirização pode ser a única alternativa para que o estádio não tenha o mesmo fim do antigo Vivaldo Lima, que foi tomado pelo mato e o abandono por falta de uso pelos times de futebol. Na última temporada, a média de público nos estádios amazonenses foi inferior a 500 pessoas por jogo, com renda média de R$ 4.800,00.

Ao lado de Cuiabá, cuja Arena Pantanal também leva jeito de elefante branco, Manaus não sabe o que fazer com sua Arena Amazônia quando a Copa terminar. Até mesmo a ideia de shows musicais corre riscos em função dos sete meses de chuva na região. Nessa toada, a velha anedota – criada pela torcida paraense – sobre o aproveitamento da arena como palco do festival de boi-bumbá acaba se tornando realidade.

Plateia é toda dos visitantes

Por coincidência, o Nacional recebeu o Vasco ontem pela Copa do Brasil, em Manaus, e um fenômeno impressionou mais do que o jogo de baixo nível técnico: o público de 6 mil pagantes era formado majoritariamente por torcedores do clube visitante. Em Belém, há muita simpatia pelos clubes do Rio, mas a torcida é toda pelos representantes paraenses.

A decadência do futebol amazonense nos últimos 20 anos praticamente extinguiu a paixão pelos clubes locais. Essa realidade ficou evidente na partida de ontem. No pênalti sobre Éder Luís, a galera foi ao delírio. Teve torcedor que invadiu o campo para comemorar.

O fato é que Naça, S. Raimundo, Holanda e Fast não levam ninguém aos estádios. A torcida só comparece para ver (e apoiar) clubes de fora.

Que fracasso de Copa, hein…

Não se completaram nem oito horas do lançamento da pré-venda de ingressos para a Copa do Mundo e mais de 1 milhão de bilhetes já tinham compradores cadastrados. A informação é do site oficial da Fifa.

Fico imaginando a frustração dos urubulinos de plantão, que apostam sempre no fiasco e na catástrofe…

Direto do blog

“Tenho a impressão de que todo torcedor do Paissandu está preocupado com os reforços anunciados pela Diretoria e Comissão Técnica do técnico Arturzinho. Leonardo, Gilton, Fabiano Silva (passagem discretíssima pelo rival), Jailton e Jacó, quase todos ex-jogadores do Joinville, que não é nenhum grande time (estava na Curuzu e nada me impressionou, mesmo o Paissandu ganhando apertado). Deus queira que eu esteja completamente enganado. E o Oscar Yamato o que faz no clube?”

De Mauro Gama Tobias, ressabiado com os “reforços” que todo dia chegam à Curuzu.

21 de agosto de 2013 at 2:08 pm 1 comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 21.08.13

POSITIVO – É gratificante ainda assistir cenas emocionantes como dos estudantes Camille (Vigia, eliminada) e Ronald (Breves, classificado) no JEPES com vistas ao JEBES. Sentimento verdadeiro e puramente amador!

NEGATIVO – Grupos no Paysandu permanecem no palanque eleitoral e o clube perde. Presidente Vandick pode ter errado em sair, mas não vai à reunião do CD ser achincalhado. Falta comando da mesa dos trabalhos.

Lá e Cá

Clelson Oliveira, diretor de campo do Remo, garantindo cabines de transmissão climatizadas no Baenão. Cadeiras e camarotes já à venda; SEEL cedendo gratuitamente Mangueirão ao Leão para Copa BR Sub 20.

36ª Copa Norte-Nordeste de Ciclismo de sexta a domingo, em Fortaleza. Pará com 23 atletas e serão 11 categorias. Nossas esperanças depositadas principalmente em Sérgio Barrichelo e Edilson Kramer. Viagem hoje.

Dia 31.8 abertura dos Jogos do Servidor Municipal de Marabá, 18:30 h, no estádio Piçarrão. Modalidades: de futebol de campo, queimada, tênis de mesa, dupla de voleibol, sinuca, dominó, xadrez e corrida.

Na Copa Pará de Boliche, 1ª etapa, deu AP com Maurício Schuster alcançando 1001 pontos. Na segunda divisão boa estreia do Grêmio Português (Mauro Voss 942 pontos). Segunda etapa no final de semana.

Ex- basquetebolista Paulo Seráfico é direto: “jogador e técnico que caíssem de divisão no futebol só deveriam atuar no ano seguinte na série para onde levaram clube, ainda que em outra agremiação”. Recado dado!

Treinador do Izabelense na Segundinha Paraense será Rodrigo, auxiliar o Motor e preparador de goleiros Garoba. Todos ex-jogadores.

Paraense e quase FIFA, Dewson Freitas, apitou ontem Nacional x Vasco, Copa BR e, domingo, já estará à frente de Inter-RS x Goiás, na Série A.

Bicolor Pikachu, não apenas entrou na Seleção da Rodada da Série B, como seu gol contra o Palmeiras foi considerado o mais bonito.

Dia 27.8, 19 h, Clube de Engenharia lançará IV Corrida e Caminhada do Engenheiro; foi cancelada a 2ª Etapa do Circuito Estadual de Futsal (Castanhal e Paragominas). FEFUSPA pretende reprogramá-la.

Resultados: Cruzeiro Curió 3×1 Papãozinho e Racing 4×2 Só Cachaça; sábado, Racing x Martinense, Seleção da Vigia x Mapuera, PEC x Mareli, Independente x Los Primos e Cruzeiro Curió x Verdão.

HOMENAGEM – Manoel Antonio Pereira Imbiriba, o Imbiriba, ex- centro do oito gigante e ex- sota do quatro com nas regatas pelo Remo e Paysandu, ganhando vários títulos. Foi ainda preparador físico do voleibol e basquete bicolor. É professor de Ed. Física do CIABA e Academia Zezé.

21 de agosto de 2013 at 2:06 pm Deixe um comentário

Chumbo-Grosso – Paulo Fernando – 20.08.13

– REMO – O Clube do Remo solicitou à Federação Paraense de Futebol (FPF) a alteração do local do jogo contra o Vitória-BA, pela Copa do Brasil Sub-20, para o estádio Mangueirão, programado para as 20h30 do dia 4 de setembro no estádio Baenão, o pedido de mudança foi motivado pela reforma que será feita na casa azulina, o que impossibilitaria a realização do jogo no local previamente determinado. Esta foi a justificativa colocada pelo diretor Maurício Bororó para a mudança do local da partida, a expectativa é que novamente o Fenômeno Azul mostre sua força nas arquibancadas e empurre a garotada do sub-20 para cima do time Baiano.

– PARCERIA VAI SER LANÇADA – O Clube do Remo e os diretores AmBev irão promover um evento no próximo dia 3 de setembro, na sede social azulina, para apresentar à torcida e associados os benefícios da parceria entre o clube e a empresa do ramo alimentício, além da reforma no estádio Baenão, que colocará alambrados de acrílico atrás dos gols, os sócio-torcedores do Nação azul devem ter acesso a descontos em uma série de produtos, a informação foi confirmada pela direção do programa sócio-torcedor do Clube do Remo, a Ambev deve oferecer descontos de 5% a 10% em cerca de 500 produtos de variadas empresas, que estarão disponíveis nas quatro principais redes de supermercados de Belém. Com isso, os sócio-torcedores devem economizar muito mais do que o valor da mensalidade que vão pagar ao Remo. Assim, além dos ingressos dos jogos, os sócios também terão esses outros descontos, agora é esperar que tudo venha ocorrer como espera o torcedor azulino,………………………….

– PAYSANDU – O presidente do Paysandu sentiu na pele ontem as cobranças dos conselheiros e beneméritos do clube em reunião que aconteceu na sede da Avenida Nazaré, os bicolores cobraram do presidente as pífias contratações realizadas e esta campanha ridícula que o clube vem desenvolvendo na série B, Vandick ficou nervoso e chateado com as cobranças feitas pelos conselheiros e beneméritos, AQUI VAI UMA DICA, VANDICK VOCÊ NÃO QUER COBRANÇA VAI DIRIGIR O IBIS-PE, AQUI É PAYSANDU TIME GRANDE, FICA A DICA QUANDO VOCÊ ERA OPOSIÇÃO GORTAVA DE CRITICAR, AGORA ACEITE AS CRITICAS COM DIGNIDADE E TENTE MELHORAR,………………………………………….

– UM VELHO CONHECIDO – O Icasa-CE é um velho conhecido dos bicolores. Ano passado, na Série C, o Papão foi eliminado pelo Icasa na semifinal da competição, no entanto, sem querer saber do que passou o treinador precisa encontrar a saída para alguns desfalques, caso de Vânderson, suspenso pelo terceiro cartão, e Fábio Sanches, expulso contra o Palmeiras. O zagueiro corre risco de ser punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o zagueiro Pablo, que saiu do jogo contra o Palmeiras após levar uma pancada no pé é outro que preocupa o DM bicolor, em compensação, Arturzinho já espera poder contar com o volante Fabiano Silva e o meia Jaílton, ambos recém-contratados. O Paysandu está na 18ª posição da tabela, com 15 pontos, a três rodadas para o término do primeiro turno. E, de acordo com a probabilidade matemática, o Paysandu precisa conquistar pelo menos 33 pontos nos próximos 21 jogos, caso queira escapar do rebaixamento.

– REFORÇOS NA EXPECTATIVA – Com a chegada do zagueiro Jacó, o Paysandu tem oficialmente cinco jogadores contratados desde a chegada do técnico Arturzinho. Além dele, já estão em Belém o lateral-esquerdo Gilton, o zagueiro Leonardo, o volante Fabiano Silva e o meia Jaílton. Ainda são aguardados um atacante e um lateral-direito. Com isso, em breve a diretoria fará as primeiras dispensas, mas o clube ainda aguarda a captação de recursos para não ficar em débito com os primeiros liberados, o torcedor Bicolor espera que a qualidade destes novos reforços sejam bem melhores do as ultimas bombas que tem sido apresentadas lá pelas bandas da curuzu.

– ESCREVO ESTA COLUNA PARA QUEM GOSTA DA VERDADE, AQUI O COURO COME DOA A QUEM DOER, ATÉ AMANHÃ, FUI IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

20 de agosto de 2013 at 3:09 pm Deixe um comentário

Coluna do Gerson Nogueira – 20.08.13

Distorcendo o ato de torcer

Do jeito que a patrulha de bons modos avança nos estádios logo vai chegar a hora em que palavrões, vaias e xingamentos estarão oficialmente proibidos, sujeitando os autores à pena de prisão ou açoite. A “coxinização” do futebol estará então implantada plenamente, visto que na prática o conceito de elitização da modalidade se alastra pelo planeta.

A mais recente novidade é que a Fifa está particularmente atenta ao comportamento dos torcedores nas arenas da Copa do Mundo de 2014. Depois das manifestações dos indignados de coloração ideológica difusa ao longo da Copa das Confederações, a entidade parece mesmo disposta a não refrescar no quesito etiqueta social.

A própria designação de “arenas” aos estádios já embute uma discriminação explícita aos estádios comuns, lugares onde o torcedor se sentia tranquilo, confortável e à vontade para vociferar contra quem quer que fosse.

O manual de conduta distribuído antes da Copa dos Confederações, contendo 50 intermináveis normas, já continha veto peremptório aos gritos e palavrões. Os gênios da Fifa parece que estão mesmo dispostos a abafar o ruído da galera, o cheiro de povo e o ronco da cuíca, como se isso fosse possível.

Há relatos impressionantes de que, no recente torneio de preparação para o mundial, os orientadores da Fifa chegaram a abordar torcedores, digamos, mais empolgados. Considero que esse procedimento constitui um autêntico atentado à liberdade de expressão. Tão grave (e obtuso) como castigar a comemoração do gol pelo artilheiro.

Onde já se viu proibir que o torcedor exerça o legítimo direito de praguejar contra times rivais, esculhambar os pernas de pau de seu próprio time e, claro, homenagear a distinta genitora do assoprador de apito? Tal atitude seria semelhante a proibir a vaia nas manifestações de rua ou o palavrório dos peões de construção à passagem das moças mais robustas. Trata-se de um esporte nacional, tão praticado quanto o jogo de palitinho e o dominó.

Atribuir aos campos de futebol antros de permissividade porque os torcedores se tornam agressivos e barulhentos é, no mínimo, cercear a liberdade das pessoas. Sempre se entendeu, mesmo que isso não esteja escrito, que o sujeito que paga ingresso adquire automaticamente licença para o esperneio, o que inclui de vez em quando soltar um palavrão, desde que não seja uma ofensa direta a um vizinho de arquibancada.

Estudos científicos já comprovaram o poder terapêutico dos palavrões, capazes de acalmar o espírito e descarregar adrenalina. Há quem busque no abrigo dos estádios lotados a chance legal de extravasar revoltas acumuladas em outros níveis e descarregar frustrações maiores. Algo como a interpretação livre do grito primal, que fez a cabeça de John Lennon lá pelos anos 60. De mais a mais, como segurar a explosão de alegria que se segue a um gol ansiosamente esperado?

É diferente, por exemplo, da prática selvagem de atirar pedras, radinhos, pilhas, tênis e garrafas no trio de arbitragem. Dependendo da capacidade de arremesso do agressor, os artefatos podem ferir machucar alguém, daí a punição prevista pela legislação esportiva.

O consolo é que a pretensão da Fifa está destinada a cair no terreno das pretensões inúteis. Vetar a ação primitiva do grito nos estádios é como dar facadas na água, tentar impedir que a luz do sol se propague ou que o vento se alastre. A impressão é de que o sonho dos gênios que buscam controlar tudo no futebol é achar um jeito de penalizar a prática do gol. Parece incrível, mas é bom não duvidar.

Contas para escapar do abismo

O Paissandu retornou do giro de duas partidas (sem pontuar) por São Paulo e tem uma semana para se preparar para um confronto decisivo, para variar. No sábado, recebe o Icasa (CE) na Curuzu e tem a chance de fazer as pazes com a vitória, que pode tirá-lo da incômoda 18ª posição atual.

Em meio às especulações sobre mais reforços, o torcedor se dedica a cálculos sobre a pontuação necessária para escapar do rebaixamento. Números confiáveis indicam que o Papão terá que alcançar pelo menos 46 pontos até o fim do torneio para não correr riscos.

Isso significa que precisa somar 31 pontos nos próximos 22 jogos. Não é uma missão impossível, mas exigirá um comportamento impecável nas partidas disputadas em casa, já que vencer fora se tornou um drama. Dos 11 compromissos caseiros que restam, o time terá que vencer 10 e empatar um.

20 de agosto de 2013 at 3:05 pm Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 20.08.13

POSITIVO – Izabelense (presidente Milton Yamada) parte para revitalização do Abreuzão (gramado, vestiários, arquibancada, boxes comerciais, restaurante e salão de musculação). Time local na Segundinha.

NEGATIVO – Como o CRB (agora no G4 e da Série C) conseguiu contratar jogadores de nível de Série A (Paulo Sérgio, Daniel Marques, Marcinho Guerreiro, Danilo Sacramento, Reinaldo Alagoano) e o Paysandu não?

Lá e Cá

Quando Dona Cheirosinha fez limpeza e banhou o Leão do Baenão disse que a “zica” iria passar toda para o outro lado. Bicolores não acreditaram. Agora, a Curuzu é que precisa de depuração. E já!

Preço do ingresso para jogo do Paysandu contra o ICASA, sábado, na Curuzu, 21 h, objetivando trazer a “Avalanche” de volta deveria ser mais em conta. 50 e 20 reais ainda estão salgados para o momento bicolor.

Paysandu e ICASA jogaram 6 vezes, 3 vitórias cearenses, 13 gols, 1 bicolor, 8 gols e 2 empates; Vânderson e Fábio Sanches fora; continua vacilo no gol do Papão e Fabiano dando sopa, só treinando no Remo. É duro!

Saudoso e respeitado técnico Gentil Cardoso já dizia: “bom goleiro não é o que pega as difíceis, mas o que não deixa passar as fáceis”.

Remo ativando parceria para revitalização do Baenão, sede social e ginásio Serra Freire, inclusive com a construção de arena soçaite e praça de alimentação entre as piscinas e o ginásio. Vai bombar!

Dia 3.9, na sede social, diretoria do Remo reunirá associados e gerentes de grupo cervejeiro para celebrar parceria do projeto “Movimento Para Meu Futebol Melhor”. Sócio Torcedor conhecerá vantagens.

14ª Copa Pará de Boliche terá 2ª rodada dias 25 e 26.8, 3ª em 1 e 2.9 e, 4ª dias 15 e 16.9.

Contrabalançando o lançamento da Camisa 33 do Remo, Paysandu partirá colocar à venda a Camisa 7×0. Briga boa no marketing! Bônus na Copa do Brasil para Remo x Vitória-BA, 20 e 10 reais; Nunes no RJ para Copa Verde.

Abertas as inscrições para mais uma edição da Copa Miúdos e Miudinhos do Grêmio Português. Coquetel de lançamento dia 13.9, na sede campestre. Dia 21.9, 146 anos do Grêmio e show de Milton Nascimento.

Resultados: América PV 3×0 Nossa Vila, Pumas Itamaraty 3×0 G4, Vila Teta 5×3 Moinho; começará sexta o certame de máster do Bancrévea (Grêmio x Noroeste e Astro x Juventus). Sábado mesmos jogos pelos novos.

HOMENAGEM – Raimundo Marques Neto, o Neno, polivalente ex-jogador do extinto Avante, de 1958 a 1966, pois atuava de meia-direita, ponta direita e volante. É aposentado da SUDAM.

20 de agosto de 2013 at 3:00 pm Deixe um comentário

Posts antigos Posts mais recentes


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.