Archive for agosto, 2013

Chumbo-Grosso – Paulo Fernando – 26.08.13

– PAYSANDU – Os amadores que o hoje dirigem o Paysandu, só podem esta de piada com a torcida Bicolor, ontem quase caiu da cadeira quando vi o SONOLENTO presidente bicolor dizer que o Paysandu precisa de jogadores de QUALIDADE, ei Vandick tu só pode esta de SACANAGEM com a torcida só agora que tu descobrisse que o Yamato não entende P.N de contratações, que o teu EX- PREPARADOR FÍSICO é UM PAVÃO que quer aparecer mais que o clube um tremendo fazedor de PANELINHA já foi tarde, toma uma atitude pois você Vandick é o único culpado de tudo isso que vem acontecendo dentro clube, quem me acompanha aqui na Rádio e na TV, sabe que desde do inicio da série B eu venho avisando, tem que contratar qualidade, tem que ter elenco, e você com o restante desta diretoria AMADORA que hoje toma conta dos destinos clube parece que vem brincando com a sorte,………………………………………..

– CONTRATAÇÕES – O Presidente do Paysandu que parece ter acordado do seu SONO profundo, declarou que o clube vai atrás de reforços segundo ele, “á diretoria do São Paulo pode liberar o jogador Roni até o final do ano. Sobre o Enrico, ontem conversei com o Ricardo Gomes, diretor do Vasco, e ele disse que vai conversar com o atleta para saber do interesse em jogar aqui. Quanto ao Rondineli, o Gilson Kleina (técnico do Palmeiras) conversou comigo e ficou de ver com a direção, a possibilidade de liberar o atleta, outro que interessa é o goleiro Matheus que atualmente é o terceiro goleiro do Grêmio-RS”, ABRE TEU OLHO VANDICK, TA PEGANDO PRETO,……….

– ÁGUIA – Para o BOCUDO técnico do Águia João Galvão, o jogo diante do Fortaleza foi de um time só, foi dessa forma que o técnico do Azulão classificou o empate do seu time, o Águia de Marabá, contra o Tricolor Cearense, pela 11ª rodada do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro. O placar de 1 a 1 foi pior para o time marabaense, pois o distancia do G-4, na longínqua sétima posição. O resultado foi ainda mais dolorido pelo fato do Águia estar jogando no Zinho Oliveira e ter se sobressaído em praticamente toda a partida, “Tenho que parabenizar meu grupo por jogar tão bem contra o líder do grupo, com oportunidades claras, ficando, a maior parte do jogo, no campo do adversário. Infelizmente, não foi o suficiente para conseguirmos fazer o dever de casa”, considerou Galvão. Dessa forma, os dois times continuam com um grande tabu entre si: seis jogos e seis empates na Série C, eu assisti a partida e não concordo com o Galvão o resultado de empate foi o mais justo para o que fizeram as duas equipes em campo, MENOS BOCÃO GALVÃO,………………………….

– REMO – A farra acabou o novo estatuto do Leão azul já esta em vigor, e agora quem estiver á frente do clube vai ter que prestar contas sobre sua gestão, dos mais de 140 artigos do novo estatuto azulino, um dos artigos cobra organização da diretoria. Segundo Angelo Carrascosa, o presidente Zeca Pirão tem até o próximo o dia 13 de setembro – exatamente um mês após a aprovação do estatuto – para apresentar o planejamento financeiro de sua gestão. A partir dessa idealização, ele precisará fazer sua prestação de contas a cada quatro meses, mas ele poderá fazê-la mensalmente se preferir, ou seja, acabou A FARRA COM O DINHEIRO DO CLUBE, coisa que em um passado bem próximo era useiro e vezeiro dentro Remo dirigentes irresponsáveis que não estavam nem ai para saúde financeira do clube, agora com este novo estatuto estes ABUTRES não terão mais espaços para organizarem suas farras administrativas, é isso Leão o GIGANTE ESTA FERIDO MORTO JAMAIS, A NAÇÃO AZULINA ESTA DE OLHO NOS MENINOS E SEMPRE AO SEU LADO FILHO DA GLÓRIA E DO TRIUNFO,……………………………….

– PARAGOMINAS – O PFC Paragominas deu adeus a Série D do Brasileiro na tarde de ontem, ao vencer por 4 a 0 o Plácido de Castro (AC), no estádio Arena do Município Verde. Com a vitória, o Jacaré chegou aos 11 pontos na tábua de classificação, na terceira posição, abatidos pela punição do STJD, que tirou seis pontos do time paraense, devido á escalação irregular do jogador “Lourinho”, o time do técnico Cacaio entrou disposto a encerrar sua primeira participação no certame nacional de cabeça erguida. Jogando um futebol rápido, a equipe foi logo minando o adversário, com destaque para a atuação do meia Ratinho e do atacante Aleílson, alias este ultimo fez um golaço na partida,……………………….

– ESCREVO ESTA COLUNA PARA QUEM GOSTA DA VERDADE, AQUI O COURO COME DOA A QUEM DOER, ATÉ AMANHÃ, FUI IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

Anúncios

26 de agosto de 2013 at 4:33 pm 1 comentário

Coluna do Gerson Nogueira – 26.08.13

Nem sal grosso resolve

Podia escrever numerosas laudas sobre os crônicos problemas defensivos, a falta de aproximação dos setores, os passes errados, a pouca participação dos laterais, as falhas infantis da zaga, os erros de posicionamento etc. etc. Acontece que as razões da má campanha do Paissandu não se restringem ao comportamento do time e aos (muitos) pecados do técnico.

Há, acima de tudo, uma fragilidade de gestão. A melhor diretoria que o clube podia ter na realidade atual está cometendo erros primários na gestão do futebol e comprometendo perigosamente sua imagem perante torcedores e sócios. É uma pena que a decepcionante campanha exponha o presidente Vandick Lima, uma instituição do clube, de maneira tão cruel.

É visível o fato de que a diretoria – ou grande parte dela – tem as melhores intenções, busca acertar e trabalha para evitar o rebaixamento, esboçado desde as primeiras rodadas da Série B e cada vez mais provável.

O problema é que de boas intenções o mundo está cheio e o futebol brasileiro atual, por tão complexo em suas entranhas administrativas, não permite hesitações ou critérios desfocados. É preciso atenção permanente e capacidade de observação para não comprar gato por lebre, gastando em excesso o pouco dinheiro existente.

Pelo modelo abraçado pela diretoria, o Paissandu já torrou uma nota preta em contratações que só causaram prejuízos ao clube. A infelicidade nas escolhas legou um saldo extremamente negativo quanto aos atletas trazidos. Apenas Fábio Sanches e Marcelo Nicácio podem ser considerados reforços. Os demais são atletas meia-bomba, quase todos descartados sem saudades por outros clubes.

Refiro-me às escolhas porque elas são determinantes para os passos que o Paissandu dá na Série B. Caso tivesse, por exemplo, resolvido a questão do meio-campo o time teria outro rendimento, inclusive quanto à produção ofensiva, cada vez mais anêmica.

Além de critérios técnicos, a diretoria deveria ter levado em conta outros aspectos para definir as contratações. Jogadores fora de forma ou a caminho da aposentadoria não cabem em projetos vitoriosos. Aliás, atletas nessas condições não deveriam ser considerados profissionais de fato. O Paissandu está povoado de boleiros nessa situação, sendo que os menos culpados são os empregados.

A apatia que domina a equipe na maioria das partidas é o ponto que mais incomoda e irrita a torcida. Vários jogos exprimem bem esse descompromisso. Contra ASA, ABC, Boa Esporte, América-MG, Oeste e Icasa pode-se dizer que o Paissandu não esteve representado, de fato. Havia em campo um arremedo de time. Falta fibra, não há sinal de alma.

Um cálculo em cima da tabela de classificação, com projeção dos jogos que restam, indica que há possibilidades de o Paissandu escapar à degola. O que não existe é indicação de que o time tenha disposição e vontade de reagir em campo.

Sem esses ingredientes fundamentais em qualquer tipo de atividade, nem sal grosso (como fez o São Paulo ontem) pode salvar o Papão na Segundona.

Adeus ao homem da palavra forte

Nonato Santos, o da palavra forte, nos deixou ontem. Partiu cedo, era um sujeito cheio de vida e de projetos. A voz de trovão escondia uma personalidade amável, de boa índole. Bom profissional, amigo dos amigos, participou comigo de algumas passagens interessantes na cobertura do futebol paraense.

Estávamos juntos na cabine de imprensa do Canindé quando o célebre árbitro Bianca operou o Remo de Agnaldo diante da Portuguesa de Dênis, mas, mesmo assim, não impediu a classificação azulina.

Diante da fúria de um grupelho de torcedores e sócios da Lusa, que tentavam invadir nosso espaço no estádio, Nonato muniu-se de uma cadeira e enfrentou corajosamente a turba. Até hoje não sei se foi valentia ou maluquice. Importa mesmo é o gesto, simbólico do grande camarada. Deixa saudades.

Adeus a dois símbolos da glória

Por justiça, a coluna deve render homenagens a outras duas personalidades do esporte. Gilmar dos Santos Neves, goleiro titular, e De Sordi, lateral-direito que jogou quase todas as partidas na Suécia, morreram neste fim de semana, desfalcando ainda mais a galeria dos heróis do nosso primeiro título mundial.

A seleção de Vicente Feola começava justamente por eles. Ambos foram decisivos para a caminhada vitoriosa, que expurgou das nossas vidas a pecha de emergentes do futebol e fulminou o complexo de vira-lata que havia se estabelecido no Maracanazo de 1950. Dois grandes boleiros que partem para reforçar o timaço que já está lá por cima há algum tempo.

26 de agosto de 2013 at 3:25 pm Deixe um comentário

Papo do 40º – Ronaldo Porto – 26.08.13

PAPÃO ESTÁ NUM BURACO NEGRO

Depois de mudar o comando com a eleição de Vandick Lima pela oposição e consequentemente a derrota da situação, a torcida bicolor esperava mudanças e elas até agora estão no papel, na teoria. Dentro de campo as coisas andam de mal a pior e o time não acerta nem dentro de casa, apesar, como diz o treinador, de “jogar bem e sair na frente”. Arturzinho, que é bom de papo, perdeu na estréia para o América-MG dentro da Curuzú, venceu sua única partida contra o Joinville-SC, saiu de Belém e somou mais duas derrotas, diante de Oeste-SP e Palmeiras, a quem chegou a estar vencendo por 2 x 0 (jogando bem). Todo mundo imaginava, inclusive eu, que o Icasa-CE seriam favas contadas, depois de uma semana de treinos e reforços que chegavam e tudo deu errado. Derrota de virada dentro da Curuzú, crise instalada, mais demissões e o velho papo de que contra o próximo adversário – Bragantino–SP – a história será outra. Ninguém aguenta mais esse buraco negro.

ALTA TEMPERATURA

Se a avalanche bicolor anda de banda com seu time, o fenômeno azul, mesmo sem futebol profissional, está sorrindo com o Sub-20 e mais recentemente com a aprovação do novo estatuto do clube que vai permitir eleições diretas já em 2014, uma batalha de quase cinco anos de encontros, desencontros e polêmicas. Essa data, 13 de agosto de 2013, vai ficar marcada no clube. E olha que não caiu numa sexta-feira.

BAIXA TEMPERATURA

Oscar Yamato foi do céu ao inferno em menos de 24 horas. Pois é, o agora ex-gerente de futebol bicolor ganhou duas páginas para explicar o seu trabalho no caderno BOLA de domingo – o jornal foi às ruas antes do jogo contra o Icasa no sábado – e foi demitido pelo presidente depois da partida, fazendo companhia à Wellington Vero, preparador físico que foi para o olho da rua. Nenhum desses jogadores trazidos pelo japa emplacaram e a preparação física do Papão estava abaixo do esperado.

NO TERMÔMETRO

Depois que o João Neto bateu no carro da vizinha dentro da garagem no prédio onde mora e não quis pagar o prejuízo, nunca mais achou o razoável futebol que jogou por aqui. Foi outro que entrou no listão de dispensas da Curuzú. E segundo o presidente, ainda vai entrar mais gente na barca bicolor. /// O goleiro Fabiano, o lateral Alex Ruan, o meia Jhonnatan e o atacante Val Barreto seriam quatro reforços de peso para o Paysandu disputar a série B, mas o fato de serem do maior rival pesou muito na balança. Coisa de gente provinciana. /// A oposição ainda não engoliu a saída estratégica do presidente Vandick Lima da reunião do CD na segunda passada, sob a alegação de falta de respeito consigo. O bafafá começou quando alguns conselheiros que ajudaram a salvar o leilão da sede quiseram saber quando iriam ser ressarcidos. Elmar Saúde, diretor financeiro, chegou até a chamar um conselheiro que emprestou à época cinco mil para acertar a dívida, mas o mesmo, honrando a amizade dos “tamanduás” não aceitou. Ou você paga o fulano e o beltrano primeiro ou não tem acordo, disse o tal conselheiro. O Paysandu deve 150 mil para o fulano, um investidor da construção civil que ganhou alguns títulos de sócios proprietários no passado em troca de dívidas e 30 mil para o beltrano, um empresário de sorvete da terra, mas esse nem apareceu lá para cobrar. /// Fiquei devendo aqui um abraço e votos de sucesso ao amigo Ricardo Ribeiro que inaugurou dias atrás o Centro Esportivo de Fisioterapia, trazendo aqui o velho Careca, ex-seleção brasileira. Fui convidado, mas estava viajando. /// É bom não esquecer que o gol de sábado do Paysandu foi marcado por um zagueiro, Raul. Cadê o ataque desse time? /// E o Águia vacilou dentro de casa, de novo. Ontem, perdia por 1 x 0, mas chegou ao empate com Neno e ficou nisso. Entre esses dois só deu empate até hoje. Agora precisa secar os outros adversários que estão emparelhados para não distanciar muito. /// Paysandu necessita mesmo dos seis pontos que vai disputar contra Bragantino lá fora e Sport Recife em casa, só para fugir da zona de rebaixamento. De resto, acontecendo isso, é pensar no ASA de Arapiraca na estréia do 2º turno e começar uma nova caminhada, senão a série C estará bem perto da Curuzú de novo. /// Uma boa semana a todos e viva Jesus!

E-mails: rporto@supridados.com.br

26 de agosto de 2013 at 3:23 pm Deixe um comentário

A Bola no Bola – Giuseppe Tommaso – 25.08.13

BOLA NA TORRE

Deste Domingão logo após o “Pânico na Band”, na RBATV –
Canal 13. O Paysandu no Campenato Brasileiro da Séria “C”,
Paragominas, Águia e o Remo. Comando do Guerreirão,
estarei com Gerson Nogueira e o convidado especial é o
Técnico do Paysandu Arthurzinho. Partícipe pelo Twitter
@bolanatorre

CENTRO ESPORTIVO

O Médico Ricardo Ribeiro e seu Pai e Sócio Eduardo
Ribeiro foram os anfitriões na semana que passou no
inauguração do Centro Esportivo de Fisioterapia, novo espaço
da Ortoclínica do Pará. No coquetel de inauguração presença
do ex-craque da seleção Careca e muitos convidados. Ficou
Show!!!

CLUBE DO JOELHO

Em meio aos preparativos para a Copa do Joelho, o médico
ortopedista Erick Nunes promove mais um Clube do Joelho.
Desta vez, será abordado as lesões nas corridas. Os
fisioterapeutas Matheus de Oliveira Almeida e Raphael Lobão
também participam. Será no próximo dia 29, no auditório do
Amaral Costa. Em Tempo: Copa do Joelho Operado será em
Setembro na Arena dos Campeões.

PELADA

Tá rolando e fazendo o maior sucesso a Copa de Futebol
Amador, entre 24 equipes de pelada de Belém e Ananindeua.
Os jogos são realizados nos campos localizados na área metropolitana de Belém como, complexo do Cabé, complexo do São Miguel Complexo do Fernandão em Genipaúba, Circulo Militar , Campo Do Tilapão em Benevides dentre outros. Competição começou no último dia 17, teremos oitavas de final, quartas e semifinal e a grande final está
programada para dia 1º de Dezembro no Mangueirão. Apoio
do Helder Barbalho, Radio Clube e 99 FM.

25 de agosto de 2013 at 9:58 pm Deixe um comentário

Coluna do Gerson Nogueira – 23.08.13

A demora que atrapalha

A barca do adeus, que há semanas está para desatracar da Curuzu, segue envolta em mistério e causando uma série de prejuízos paralelos ao trabalho do técnico Arturzinho. Como já havia ficado evidente no período em que Givanildo Oliveira estava no comando, o excesso de atletas no elenco do Paissandu é um fator de desestabilização interna, provocando insatisfações e crises de relacionamento.

Com mais de 40 jogadores sob seu comando, Arturzinho se defronta com o problema todos os dias na hora de formar os times para o treino coletivo. Caso queira movimentar todos os atletas, precisa fazer duas práticas, com quatro equipes.

Diante da impossibilidade de preparar adequadamente os times, com as paradas necessárias para orientações táticas, o treinador é obrigado a selecionar 22 ou 24 jogadores, deixando os demais sem atividade ou treinando à parte.

Nem mesmo a liberação, anteontem, do lateral esquerdo Janílson e do zagueiro Adson ajudou a reduzir a superpopulação de boleiros na Curuzu. Antes deles, o clube só havia dispensado Jean, Rodrigo Alvim e Tiago Costa. Quem acompanha futebol de perto sabe o quanto situações desse tipo minam o ambiente e contribuem para a formação de grupos. Daí para as panelinhas e intrigas, é apenas um passo.

O clima de insatisfação dos bastidores nem sempre é observado em campo, mas é apontado por muitos como a causa de resultados inesperados, que quase sempre custam a cabeça do treinador e placares vexatórios para o clube. É a tal “casinha”, que normalmente é atribuída a boleiros descontentes, com maior ou menor dose de veracidade.

Experiente nas questões do futebol, o presidente do clube, Vandick Lima, certamente não é indiferente a esses riscos. Vai daí que a demora em definir o desligamento de pelo menos 10 jogadores só pode ser atribuída às dificuldades para levantar o dinheiro necessário aos acordos de rescisão.

À medida que chegam mais contratados – e nos últimos dias já foram apresentados mais cinco jogadores – o problema vai se tornando ainda mais insustentável. Arturzinho já adiantou que o clube deve trazer ainda dois ou três atletas para posições carentes, inchando de vez o plantel.

A parcimônia em desligar jogadores que não interessam mais ao treinador contrasta com a afobação em buscar reforços. A cada novo insucesso na Série B, o clube se lança a novas aventuras consumistas, quase sempre sem o impacto (e o retorno) esperado.

Das contratações feitas depois do Campeonato Estadual, somente Fábio Sanches, Careca e Marcelo Nicácio vingaram. A maioria não justificou o investimento e já está na lista dos descartáveis. Alguns não deveriam nem ter vindo, pois carecem de tempo para garantir melhor condicionamento.

Givanildo recomendou poucas aquisições, mas Arturzinho ainda está sugerindo jogadores. No ritmo atual, o Papão periga entrar no segundo turno da Segundona com um troféu incômodo: o de maior, mais caro e menos qualificado elenco entre os vinte clubes. Os resultados, pelo menos por enquanto, exprimem isso.

Sem o maestro, Fogão avança

O Botafogo, de Vitinho e Lodeiro, superou ontem o Atlético-MG campeão da América com uma facilidade impressionante. De um lado, o Galo com todos os seus titulares, incluindo Victor, Ronaldinho Gaúcho, Jô e Réver. Do outro, o Glorioso sem sua estrela mais fulgurante. Seedorf, poupado pelo técnico Oswaldo de Oliveira, desfalcou o time.

Não foi uma atuação excepcional (apesar da goleada), mas, ao contrário de outras jornadas, nas quais a ausência de Seedorf fazia o tipo perder o rumo e o prumo, desta vez a equipe fez ver que começa a ter desprendimento para jogar corajosamente sem o seu maestro. É uma grande notícia para a torcida botafoguense.

Quanto ao Atlético, a forma pouco inspirada com que Ronaldinho e seus companheiros se apresentaram evidencia que o time permanece naquela zona de sombra que costuma sobrevir a grandes conquistas. O desafio é se livrar o quanto antes dessas algemas.

23 de agosto de 2013 at 3:11 pm Deixe um comentário

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 23.08.13

POSITIVO – Lugar de torcedor do Paysandu amanhã é na Curuzu e não acredito em rebaixamento bicolor. Mas, é hora de triunfo convincente para acalmar o vulcão, até porque virão três reforços impactantes.

NEGATIVO – Zagueiro Ian foi dar opinião do descontentamento do grupo Sub 20 com as contratações remistas para Copa BR, mesmo acatando, e levou multa. Fosse um figurão do sul passaria em branco.Pra ele faz falta!

Lá e Cá

Walter Lima, técnico do Sub 20 do Remo à Copa Brasil meu entrevistado Bola Pra Frente de domingo. No Bola na Torre o técnico Arturzinho (PSC).

Quatro empresas de grande porte, como a rede de farmácias demonstram interesse no Carrossel, patrimônio do Remo; Val Barreto (Valotelli) de volta e assinará hoje.

Técnico bicolor Arturzinho já se indispôs com Departamento Médico, Preparador Físico, Preparador de Goleiros, Dirigente e 3 jogadores, em alguns casos com razão e outros não; liberados ontem Brayan e João Neto.

Do conselheiro Nilton Gurjão, do Paysandu: “não se tocou em nada do time na reunião do CD e confusão toda girou pela cobrança de ex- diretores de créditos por não terem deixado sede ir para leilão em 2012”.

Curiosidade: são 5 jogos entre Águia x Fortaleza e 5 empates, sendo três de 0x0, 1×1 e 2×2. Partida fundamental de domingo marca 200 jogos do técnico Galvão no Azulão, em 61 meses, 50,4% de aproveitamento.

Ministro do Esporte Aldo Rabelo será a estrela do Congresso Nacional de Arbitragem, em Belém, nos mês de novembro.

Portuguesa-SP quer viabilizar jogos da Série A contra o Corinthians (24ª rodada, dia 29.9) e Flamengo (31ª, 27/11), no Mangueirão, ficando com 50% da renda. Boa pedida. SEEL topa!

Taynara Domingues (armadora revelada na Associação de Moradores do Souza e passagem no Remo) seguiu em frente e já está convocada para Sul-Americano de Basquetebol Sub 17 pela Seleção Brasileira.

Será em Parauapebas, de 13 a 15.9, a 2ª Copa Sul-Sudeste de Voleibol Masculino Sub 17 que dará vaga ao campeão e vice à Copa Pará. Realização da FPV.

1ª rodada de Novos do Grêmio Português: Naval 1×4 Porto, Beira Mar 5×5 Nacional e Benfica 1×3 Sporting; amanhã no futebol pelada, Faz Raiva x Predeira; domingo, Máster do Estrela x R. Cansada, em Mosqueiro.

HOMENAGEM – Fausto Henrique da Luz dos Santos, o Fausto, ex- ponteiro do voleibol da Tuna, Seleção Juvenil (2 títulos) e Adulta Paraense (1 título). Foi ainda treinador do mirim ao adulto tunante. É professor de Ed. Física.

23 de agosto de 2013 at 3:06 pm Deixe um comentário

Chumbo-Grosso – Paulo Fernando – 22.08.13

– REMO – O Remo recebeu os primeiros reforços visando se reforçar para Copa do Brasil sub-20 que começa em setembro para o Leãozinho, os reforços são, o zagueiro Welington e o meia Beto defenderam a equipe do Holanda-AM, vice-campeã da Copa Norte sub-20. Outro que se apresentou no Baenão foi o lateral direito Carlinhos, que atuou pela equipe do Jv-Lideral-MA, além dos jogadores, o clube espera por três atletas do Santos-AP, que devem se apresentar ainda nesta semana, pensando na partida contra o Vitória-BA, no dia 4 de setembro, no Mangueirão,……………………

– PIADA – Pois vocês acreditam amigos, que alguns jogadores que foram campeões com o Remo da Copa Norte sub-20 não gostaram do clube querer se reforçar para competição Nacional que se aproxima, é o fim do mundo ainda não deram um chute, não ganharam P.N na vida e já começam mostrando uma falta de preparo desnecessária, atenção diretores do Remo, é mandar neguinho BAIXAR A BOLINHA AI NO BAENÃO,………………………

– A CASA DE CARIDADE AZULINA – Dispensado pelo Cuiabá por não conseguir atingir o nível físico e técnico do restante do elenco, VAL BARRETO esta de volta com o RABINHO entre as pernas de volta para a CASA DE CARIDADE AZULINA, quando nossos Clubes vão se dar o valor que eles merecem, AGORA ELE AMA O REMO, SÓ AQUI NO PARÁ MESMO,………………………………

– PAYSANDU – Em alerta geral se depender do técnico Arturzinho, pelo menos três dos cinco atletas integrados ao elenco já estarão em campo no próximo compromisso da equipe bicolor, no entanto, ao menos dois deles confessam que ainda não alcançaram a condição física ideal para poder atuar por 90 minutos, um deles é o lateral-esquerdo Gilton, “Eu não estou 100%, mas com os trabalhos eu acredito que esta semana seja o suficiente para entrar na condição física ideal. Eu acho que o maior obstáculo é o clima. Ainda estou me adaptando, mas creio que seja rápida essa readaptação, só acredito que não poderei jogar neste sábado, após o jogo contra o Icasa estarei livre para entrar em campo”, explica o lateral, opinião semelhante, e um pouco mais otimista, tem o volante Fabiano Silva. “Eu creio que posso jogar, já estava trabalhando desde a semana passada. Sei que a minha condição não está 100%, mas eu estou trabalhando e garanto uns 80%. Se ele (Arturzinho) precisar, eu estou aqui. Não digo que jogo os 90 minutos, mas 70 ou 80 eu posso corresponder”, já o meia-atacante Jaílton (23) está parado há cerca de 30 dias, e também garantiu parcialmente condição física, enquanto os zagueiros Jacó e Leonardo (28) passam por readaptação física. O último, por sinal, estava sem jogar desde o mês de maio,………………..

– DISPENSAS – Depois de dispensar dois jogadores no dia de ontem, os dirigentes do Paysandu estão esperando não se sabe o que para mandar mais uns 10 PENCAS que estão lá pela curuzu comendo e dormindo à custa do clube, ei VANDICK cria coragem e toma uma atitude, pois quem deve mandar no clube é você que é o presidente do mesmo, depois queres ficar fazendo beicinho nas reuniões quando os conselheiros te cobram uma atitude,…………….

– SEM MORAL – Que vergonha aquele estádio que Nacional enfrentou o Vasco pela Copa do Brasil, se fosse aqui no Pará nunca que ia ter jogo, lembram do Independente que teve que jogar com São Paulo no Mangueirão e o Águia que foi obrigado a jogar com o Fluminense também no Estádio Olímpico do Pará, isso tudo amigos é para deixar claro o quanto esta nossa FEDERAÇÃO É DESMORALIZADA, SEM VERGONHA E SEM MORAL LÁ PELAS BANDAS DA C.B.F, e ainda tem PUXA-SACO que quer a permanência do MUN-HÁ na presidência DURMA COM UM BARULHO DESSES,…………………….

– ESCREVO ESTA COLUNA PARA QUEM GOSTA DA VERDADE, AQUI O COURO COME DOA A QUEM DOER, ATÉ AMANHÃ, FUI IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII

22 de agosto de 2013 at 3:15 pm Deixe um comentário

Posts antigos Posts mais recentes


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.