Papo do 40° – Ronaldo Porto – 21.04.14

21 de abril de 2014 at 5:05 pm Deixe um comentário

ESTÁ EM TUAS MÃOS, PAPÃO!

Hoje é um dia que poderá entrar para a história do Paysandu, que precisa empatar o jogo contra o Brasília logo mais no Mané Garrincha, ou perder por um gol de diferença, a partir do 3×2; o mesmo placar do jogo de ida, 2×1, levará a decisão para os pênaltis. Foi nos pênaltis que o Paysandu sagrou-se Campeão da Copa dos Campeões, conquistando a vaga para disputar a Libertadores quase 10 anos atrás, só que a torcida não quer esse sofrimento novamente e prefere vitória ou empate no tempo normal, pois o título vale vaga para outra competição internacional, a Sul Americana de 2015, o que significa maior visibilidade e mais dinheiro em caixa. Maior fama que o adversário o Paysandu tem, mais títulos e maior torcida, isso nem se fala, só que o Papão precisa se focar na partida desde o trilar do apito do juiz, jogar com raça e determinação honrando a camisa bicolor e acima de tudo respeitar o adversário, mesmo este estando aquém das tradições bicolores. Hoje a metade do Pará vai parar ouvindo a Clube ou se ligar na TV Interativa, que passa o jogo ao vivo. Portanto, está em tuas mãos, Papão!

ALTA TEMPERATURA

E o que muita gente não esperava acabou acontecendo e foi massacrante demais. Se perder o jogo já seria difícil a torcida remista entender, perder de 3 x 0 foi um golpe duro demais e agora ficam as esperanças de reverter essa situação. Como? Não me perguntem, pois essa pergunta terá que ser feita para o técnico Roberto Fernandes, para os atletas e toda a diretoria azulina. Agora, que foi vergonhoso foi.

BAIXA TEMPERATURA

Certas coisas chamam atenção. Por exemplo, o interesse da Chapecoense pelo atacante Lima às vésperas de jogos decisivos para o Paysandu e agora o interesse do Santa Cruz de Recife pelo treinador Roberto Fernandes do Remo, só pode soar também com o fator desestabilizante. Parece até coisa feita, principalmente depois de saber que o treinador azulino declarou que não foi consultado de nadica.

NO TERMÔMETRO

Lima Limão ou Limatador, como a galera gosta, vai ficar mesmo no Paysandu até o ano de 2015; ganhou aumento de salário, mandou a Chapecoense passear e quem quiser levá-lo terá que tirar um milhão do bolso. Decisão mais que acertada. /// Gosto dos textos do Gérson Nogueira, mas o que abordou o assunto “Eduardo Ramos – Camisa 33” foi coisa de gênio baionense. Concordo em gênero, número e grau, apesar de saber que o cara sabe tocar na redonda. A própria torcida já sente falta do príncipe Gian, que mantinha o mesmo diapasão em todas as partidas. /// Minha amiga Laura, aquela do gostoso “churrasquinho de gato” dos estádios de futebol, está entalada com a diretoria do Leão Azul, desde aquele Remo e Internacional pela Copa do Brasil. Essa rapaziada que veio da torcida não tem respeito pela tradição, só pode! /// Paysandu passou pelo Maranhão e agora segue na Copa do Brasil para pegar o Sport-PE ou Brasília-DF. É mais um caminho para alcançar uma competição internacional, só que um pouco mais difícil. /// Ficamos novamente subservientes à CBF, tendo que aceitar e engolir tudo que a entidade mater do futebol quiser. O Nunes foi ao Rio para apoiar o que o Marco Polo Del Nero queria. Não se faz mais Euclides Freitas Filho como antigamente. Seja o que Deus quiser. /// Tive a informação que o artilheiro do Parazão, Rafael Paty, já assinou contrato com o Remo para o resto da temporada, com a diretoria acreditando na conquista do campeonato 2014. Pelo menos ele faz mais gols que o Leandrão, e jogando por um time que caiu no certame. /// Confissão de dívida de quase 90 mil reais para o atleta Harrisson, que foi atleta do Paysandu, foi assinada pelo ex-presidente Luis Omar Pinheiro e endossada com o testemunho do assessor à época, Raimundo Feliz. Este confirmou mesmo que assinou. Mais uma bronca para o Vandick Lima resolver. /// A expulsão de Rafael Andrade, que pisou num jogador adversário no chão, acabou por complicar a vida do Remo no 2º tempo; além disso, o Jonathan ficou no banco, para desespero da torcida azulina e quando entrou a parada já estava perdida. Acho difícil a reviravolta, mas no futebol tudo é possível. /// Uma boa semana para todos e viva Jesus!
E-mails: rporto@supridados.com.br

Entry filed under: Uncategorized.

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 17.04.14 Coluna do Gerson Nogueira – 22.04.14

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: