Coluna do Gerson Nogueira – 01.07.15

1 de julho de 2015 at 6:30 pm Deixe um comentário

Vencendo e entusiasmando

A campanha é impecável. Já é a melhor da Série B. O time joga com disposição e comprometimento. O torcedor lota as arquibancadas. Tudo parece se encaminhar para voos mais altos, antes fora dos planos. O acesso já é uma possibilidade concreta, como a coluna registrou após o jogo com o Náutico, no Recife. Agora, com a alegria e a confiança que se apodera do torcedor, o Papão já abre a perspectiva de conquistar seu tricampeonato da Segunda Divisão.
Não é delírio, as chances estão aí mesmo. Neste momento, o Papão depende de suas próprias forças para atingir esse objetivo. Para subir, necessita de mais 45 pontos – a média de pontuação fica entre 65 e 67 – em 84 possíveis. E, para escapar ao rebaixamento, precisa assinalar pelo menos mais 25 pontos, o que é mais do que provável.
Por todos esses números, a trajetória na Série B tem sido empolgante, merecendo o apoio maciço da torcida Fiel, que volta também a prestigiar a equipe depois de ter sido pouco participativa no começo de campeonato.
Em campo, o time produz o necessário para vencer seus jogos, fiel aos manuais da Série B. A garantia de êxito depende de faturar sempre os três pontos em casa e pontuar sempre fora. Parece simples, mas a maioria dos times se atrapalha justamente nesta missão básica.
Ontem à noite, diante de 32 mil pessoas presentes ao estádio Jornalista Edgar Proença, o Papão não começou bem. Hesitante nas jogadas pelas laterais e pouco objetivo no ataque, chegou a impacientar o torcedor nos primeiros minutos, principalmente porque o Atlético Goianiense marcava forte e ameaçava em estocadas pelas extremas.
Disposto a surpreender, o Dragão impôs um ritmo forte, impetuoso. Logo de cara, um grande susto em bola trabalhada nas costas de Pikachu. O tiro de Rafinha passou rente ao poste esquerdo de Emerson. O Papão reagiu com um bom chute de Carlos Alberto, que o goleiro mandou a escanteio. Logo depois, veio um cabeceio forte de Aylon e investida fulminante de Jonathan na diagonal pela direita, quase abrindo o placar.
Quando tudo se encaminhava para um 0 a 0 frustrante no primeiro tempo, Carlos Alberto descolou um passe de letra que deixou Leandro Cearense cara a cara com o goleiro Márcio. Com um leve toque, a bola foi para as redes e a vitória começou a ser estabelecida.
Depois do intervalo, tranquilo com a vantagem, o Papão voltou como senhor absoluto das ações. Logo aos 9 minutos, em jogada de Pikachu na linha de fundo, o zagueiro Marlon resolveu homenagear Tiago Silva e deu uma cortada de vôlei na área. O próprio Pikachu cobrou e marcou seu 55º gol com a camisa alviceleste.
A partir daí, o Atlético se perdeu em jogadas sem inspiração, abusando dos passes errados. O Papão tomou conta da partida, procurando cadenciar seus avanços. Deu-se até ao luxo de desperdiçar alguns contra-ataques preciosos, com Aylon, Jonathan e Carlinhos. Afobação e certa ganância impediram que a vitória fosse mais larga.
Papão foi novamente muito objetivo e acabou ajudando a sorte, com a excelente jogada que levou ao gol de Cearense quando o jogo ainda estava muito equilibrado e indefinido. Dado Cavalcanti mostra absoluta noção das potencialidades do time. Os bons resultados estão diretamente associados a esse grau de conhecimento.

Argentina coloca o Paraguai na roda

Foi um baile. Bastou que uma seleção se dispusesse a jogar sério e com competência para que o impávido Paraguai desmoronasse. Com transição rápida e chegada precisa de Di Maria e Pastore pelos dois lados do ataque, surpreendendo a linha de marcação, a Argentina não encontrou a menor dificuldade para disparar a maior goleada da Copa América até aqui.
Lionel Messi teve comportamento discreto, até inferior ao ritmo que exibiu contra a Colômbia, mas ainda assim fez a diferença contribuindo para abrir os caminhos em meio aos botinudos beques paraguaios.
Como a Argentina tem outros grandes jogadores e sabe se distribuir em campo, a goleada (6 a 1) foi alcançada com relativa tranquilidade. Podia até ser maior, caso Higuaín e o próprio Messi tivessem aproveitado outras oportunidades criadas.
Pode-se dizer que foi a primeira realmente categórica de um dos favoritos ao título continental. Tata Martino parece ter orientado seus jogadores para que mostrassem a verdadeira força ofensiva da equipe, como forma de superar o Paraguai e impor respeito aos chilenos, adversários da final.
Por tabela, a acachapante atuação argentina serve como lição ao teimoso e irascível Dunga, que não só avaliou positivamente o fiasco brasileiro no Chile como dirigiu jabs verbais a Zico.
Bem que o Capitão do Mato podia ter aproveitado a ocasião para aprender alguma coisa com a simplicidade desconcertante do esquema de Martino. Seu time usa toques rápidos e envolventes, sempre pra frente e buscando o gol. Parece fácil – e é, quando há talento envolvido.

Leão às voltas com suas pendências

Depois que a junta de dirigentes do Futebol do clube conseguiu levantar dinheiro para pagar os salários de abril, conselheiros e beneméritos do Remo já se preocupam com um novo compromisso importante: o prazo para apresentação de um plano de pagamentos da dívida trabalhista.
A Justiça do Trabalho deu até sexta-feira, 3, para que o clube se manifeste. Como o presidente licenciado Pedro Minowa não tomou qualquer providência, a situação está perigosamente em aberto.
Caso não faça uma proposta, a área do Carrossel pode ser leiloada e o dinheiro não será suficiente para quitar todo o débito do Remo. No caso em pauta, a JT protege o capital, aceitando 20% de entrada, mais 10 parcelas mensais e sem qualquer indexador.

Entry filed under: Uncategorized.

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 01.07.15 BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 02.07.15

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: