Coluna do Gerson Nogueira – 21.10.15

21 de outubro de 2015 at 12:18 pm Deixe um comentário

Independência ou conchavo?

O brado de libertação ensaiado pelos clubes de Minas e Rio Grande do Sul começa a receber a adesão de outras agremiações do resto do país, também insatisfeitas com as imposições da CBF e de seus parceiros mais notórios – Rede Globo à frente. Por outro lado, existem pontos obscuros merecendo esclarecimentos.
No discurso, quase ninguém se opõe ao projeto de gaúchos e mineiros, idealizadores da Liga Sul-Minas-Rio. É evidente que representa um sopro de ar que pode abalar as estruturas acomodadas do futebol no Brasil.
O problema será conciliar a partilha de lucros e as cotas de televisão. Flamengo, Inter, Cruzeiro, Grêmio e Atlético-MG têm muito a discutir sobre ganhos e precisam se entender ainda com a Globo, verdadeira dona do futebol no país. Negociações, pelo que se sabe, já estão em marcha.
Outro aspecto a ser considerado é o impacto sobre os campeonatos estaduais das três regiões, que naturalmente ficarão esvaziados com a criação da Liga. É justamente quanto a isso que a CBF mostra resistências, depois de ter aparentemente aceitado a ideia num primeiro momento, chegando a autorizar a competição.
Depois de perceber o real alcance da novidade, a entidade refez seus cálculos e avaliou o tamanho do baque que a Liga poderá causar no campo político e também quanto às suas próprias finanças.
Um sinal disso é que, anteontem, a CBF lançou a ideia de uma assembleia geral entre os clubes e federações para decidir sobre a criação da Liga, o que na prática a inviabilizaria, pois a totalidade das federações é contra a iniciativa. Os dirigentes da Liga não aceitaram se submeter à assembleia e o risco de um impasse é cada vez mais forte.
Como está projetada, a primeira competição da liga recém-criada tem tudo para ser um sucesso, seguindo as pegadas (e até superando) da Copa do Nordeste, que congrega as principais agremiações da região, independentemente de seus posicionamentos nas divisões estabelecidas pela CBF.
De início, a competição reuniria somente clubes gaúchos e mineiros, mas a imediata adesão da dupla Flamengo e Fluminense concede à liga uma força política e popular ainda maior, agregando ainda representantes paranaenses e catarinenses. Os paulistas consultados não demonstraram qualquer interesse em participar, leais a Marco Polo Del Nero, poderoso chefão da CBF.
Será disputada provavelmente em 20 datas, coincidentes com as dos campeonatos estaduais, de fevereiro a 30 de março. Serão três grupos de quatro clubes: Cruzeiro, Flu, Avaí e América-MG no 1; Grêmio, Inter, Atlético-PR e Chapecoense no 2; e Atlético-MG, Flamengo, Figueirense e Coritiba no 3.
Os clubes fundadores são 15, mas somente 12 estarão na primeira edição. Ricardo Calil, que preside a liga, defende que as questões de natureza jurídica sejam rápidas, com ocorre nas ligas europeias, tendo como eixo de referência o Código Brasileiro de Justiça Desportiva.
Consultada, a assessoria da Liga informa que clubes brasileiros de outras regiões – Nordeste, Centro-Oeste e Norte – por ora não serão aceitos, pelas dificuldades de datas e também pela logística, que tornaria a competição extremamente dispendiosa. Isso vale para o Papão, cuja diretoria chegou a manifestar interesse em se filiar à nova entidade e participar do torneio.
Por ora, em plena fase de estruturação, a Liga Sul-Minas-Rio ainda gera mais perguntas do que respostas. A conferir.

Desafio do Leão é superar a acomodação pós-acesso

Além das ausências de Eduardo Ramos e Levy, a comissão técnica do Remo tem um desafio a mais para as semifinais da Série D contra o Botafogo de Ribeirão Preto: a acomodação natural do time depois do grande esforço pela conquista do acesso.
Várias declarações de jogadores logo depois da vitória sobre o Operário-PR, enfatizando que o dever havia sido cumprido na competição, deram a impressão de que o prolongamento da competição pode ter deixado de ser prioridade.
Para o torcedor, porém, o campeonato continua e entra em fase tão interessante quanto antes da obtenção do acesso à Série C. Passa a valer a conquista da taça de campeão. Além do prestígio e da posição na ranking da CBF, há o lado financeiro.
Caso chegue à final da competição, o Remo terá oportunidade de faturar algo em torno de R$ 2,5 milhões nos dois jogos (semifinal e final) em casa.

Blog campeão alcança nova marca

O http://www.blogdogersonnogueira.wordpress.com bate mais um recorde. Alcançou ontem a marca de 5.854.000 acessos, com média de 3.600 acessos/dia. São seis anos de funcionamento ininterrupto, com debates e comentários sobre jornalismo, futebol, política, cinema, livros, rock & outros ritmos. A nova vitória se deve à generosa contribuição de baluartes, colaboradores e visitantes fiéis. Por isso, faço questão de dividir a boa nova com todos os leitores e amigos.

Restrições à imprensa desafiam bom senso

Com a imprensa outra vez barrada nos portões da Curuzu, o Papão treinou e começou a definição do time para enfrentar o Sampaio no sábado à tarde, em São Luís. Esquisita providência a de punir os profissionais da mídia esportiva pela má fase do time na Série B. Comparável à história do marido traído que resolve tirar o sofá da sala para resolver o problema do adultério.
O Papão não chegou à vice-liderança do campeonato por força do trabalho da imprensa, mas também não caiu de rendimento por culpa da cobertura dos veículos de comunicação.
É natural que a comissão técnica procure se blindar diante das queixas da torcida, expostas de maneira ruidosa no sábado à noite no Mangueirão, mas momentos de crise exigem atitudes inteligentes. E criar restrições à imprensa não é seguramente a medida mais sábia.

Entry filed under: Uncategorized.

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 21.10.15 BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 22.10.15

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: