Coluna do Gerson Nogueira – 23.11.15

23 de novembro de 2015 at 1:06 pm Deixe um comentário

O primeiro bom reforço

Em meio às despedidas de Pikachu do público de Belém e do fim das chances de acesso, a melhor notícia do fim de semana para o torcedor do Papão foi o anúncio da renovação de contrato do goleiro Emerson. Titular em 95% dos jogos do time na Série B, brilhou pela regularidade e a agilidade embaixo das traves.
Pode-se dizer que Emerson representou um verdadeiro esteio defensivo da equipe, principalmente nas jornadas infelizes da linha de zagueiros e do setor de marcação – que não foram poucas.
O desempenho sempre impecável transformou o goleiro em símbolo de segurança e tranquilidade para a torcida. Suas raras ausências, embora muito bem supridas pelo reserva Ivan, sempre vinham acompanhadas de certa inquietação nas arquibancadas. Prova maior do prestígio que passou a usufruir junto à massa torcedora, normalmente pouco paciente com goleiros na Curuzu.
A bem da verdade, tirando Marcão, titular na Copa dos Campeões em 2002, e Ronaldo, que disputou a Libertadores no ano seguinte, poucos arqueiros encheram os olhos da Fiel nos últimos 15 anos. Bem abaixo deles, podem ser lembrados ainda João Ricardo (2012) e Paulo Rafael, de passagem mais recente.
Emerson se consagrou na Série B pelo grau de dificuldade da disputa e principalmente pelos recursos demonstrados. Goleiro de reflexos rápidos, ele sai muito bem nos cruzamentos pelo alto e sabe também se antecipar para fechar o ângulo em jogadas pelo chão. Além disso, como cabe a todo e qualquer goleiro, demonstrou ter muita sorte.
Chegou ao clube sem grande cartaz, eclipsado por nomes mais conhecidos, como Fahel e Souza, mas aos poucos foi ocupando com competência o espaço que lhe cabia. Pela excelente participação ao longo dos dois turnos da Segundona, pertence a ele o título de principal jogador do Papão na competição, sem direito a contestações.
Fiel à máxima de que todo grande time começa por um bom goleiro, ao renovar com Emerson o Papão sinaliza para escolhas sensatas e meritórias para a próxima temporada. Que o mesmo ocorra em relação a Ivan, Gualberto, Tiago Martins, João Lucas, Augusto Recife, Fahel, Jonathan, Welinton Jr., Betinho, Aylon e Leandro Cearense, jogadores que fazem por merecer a permanência no elenco em 2016.

Em clima de fim de festa

O Papão entrou em campo de maneira tão desplugada que não conseguiu quebrar o baixo astral em torno da última partida pelo campeonato em Belém. Além das parcas probabilidades de acesso, alimentadas somente pelos mais fanáticos, o time sentia também o peso do adeus de Pikachu do público paraense – pequeno, é verdade, para os padrões da galera alviceleste.
Como o Papão não agredia com constância, contundência e golpes alternados, insistindo sempre nos cruzamentos perigosos para a área, o Criciúma não fazia maior esforço para sair lá de trás, arriscando pouquíssimas vezes ao longo do primeiro tempo. Embora, quando agiu assim, tenha levado algum perigo ao gol de Emerson.
Betinho era sempre o mais valoroso e aguerrido atacante do Papão, buscando de todas as maneiras deixar sua marca, mas não conseguia receber bolas em condição de arrematar. Acabava tendo que disputar no jogo aéreo, levando desvantagem com os altos defensores do time catarinense.
No meio-de-campo, repetiam-se os erros vistos à exaustão ao longo das 36 rodadas anteriores. Nenhuma conexão entre armação e ataque, frustrando qualquer tentativa pelo meio, onde Roni era peça improdutiva. Com isso, todas as esperanças se concentravam nos laterais Pikachu e João Lucas, ambos em jornadas discretas.
O placar em branco do primeiro tempo fez jus também ao pouco entusiasmo do torcedor, influenciado pela pouca vibração no gramado. Dado Cavalcanti mexeu no intervalo, lançando Marquinho. Depois, colocou Edinho e aí a movimentação melhorou, principalmente pelos avanços de Pikachu e as tentativas de Welinton Jr. pela direita.
O gol quase ao final veio premiar a presença dos mais de 5 mil pagantes e mostrar novamente a importância de Pikachu para a equipe. Em lance que parecia quase perdido, ele recuperou a bola e tocou sob medida para Edinho entrar pelo meio e finalizar.
Se o jogo não foi um primor de técnica e aplicação, ficou pelo menos a certeza de que o Papão tende a evoluir muito no ano que vem, se mantiver as diretrizes que nortearam as ações de sua diretoria nesta temporada. A permanência na Série B, longe de ser um passo atrás, é na verdade uma evolução, o que só dignifica o trabalho de todos no campeonato.

Ensaio de projeto no Glorioso

O Botafogo, que levantou a taça da Série B na sexta-feira, começa a projetar a nova temporada. De pés no chão, a nova diretoria parece bem atenta à realidade de mercado. Com as verbas de TV já comprometidas pelo ex-presidente de triste memória, resta ao clube investir em captação de patrocínio e se socorrer do programa Sócio Torcedor.
De todo modo, a intenção de manter o capitão e ídolo Jefferson já atesta que os gestores estão no rumo certo, enxergando o desafio da Primeira Divisão com olhos pragmáticos. Confirmarão isso de vez se desistirem da infeliz ideia de manter Ricardo Gomes como técnico. A conferir.

Nas entrelinhas

A ausência de dirigentes ou representantes do Papão na festa pelo aniversário do coronel Antonio Carlos Nunes, ontem, no Ceju, pode significar que o clube de fato pretende trilhar um caminho independente em relação à Federação Paraense de Futebol.
Para observadores da cena, o real motivo do gesto ainda está por ser desvendado. Nunes é conselheiro e benemérito do Papão há décadas.
Em tempo: o Remo esteve formalmente representado pelo dirigente Magnata.

Entry filed under: Uncategorized.

PAPO DO 40º – Ronaldo Porto – 23.11.15 BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 24.11.15

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: