Coluna do Gerson Nogueira – 15.02.16

15 de fevereiro de 2016 at 11:54 am Deixe um comentário

Um passeio no Barbalhão

Foi a maior goleada de um grande da capital dentro do Barbalhão no atual formato do Parazão. À vontade, o Papão não tomou conhecimento da força do São Raimundo jogando em casa e se impôs, com inteligência e estratégia. O primeiro tempo foi confuso e sem muitas chances de gol, mas a segunda etapa mostrou o ataque bicolor arrasador.
O placar final de 5 a 2 se justifica pelo potencial ofensivo demonstrado pelo Papão ao longo dos 45 minutos finais, quando a temperatura baixou no Barbalhão e o time conseguiu se agrupar e jogar de maneira cadenciada.
Na verdade, a goleada foi determinada pela mudança de postura dos times. Com 1 a 0 no placar, estabelecido no minuto final do primeiro tempo, em cabeceio do lateral Lucas, o Papão veio para a segunda metade com uma proposta mais adequada ao jogo.
Ao invés de insistir em avançar Rafael Luz e Celsinho sobre os zagueiros santarenos, Dado retraiu o meio-de-campo para esperar a previsível tentativa de reação do São Raimundo. Com o meio fechado, o Papão passou a trocar passes e lançar bolas para Fabinho Alves na esquerda e Roniery na direita, abrindo bastante pelas extremas.
A estratégia funcionou. Até porque o São Raimundo resolveu sair de seu campo para buscar o empate. Sem cobertura, Jefferson se aproximava dos atacantes Carlinhos e Charles para pressionar a zaga. Criou situações, mas esbarrava na falta de parceiros para armar os lances de ataque.
Logo aos 8 minutos, explorando o espaço deixado pela marcação, Celsinho invadiu pela direita e tocou para Rafael Luz emendar de primeira. A bola tinha endereço certo, mas foi rebatida pela zaga. Foi o ensaio do que viria a ocorrer minutos depois, quando Betinho – que havia substituído a Leandro Cearense, cansado – finalizou para as redes completando belo passe de Rafael Luz.
Com o aguerrimento próprio dos tapajônicos, o São Raimundo encontrou forças para descontar aos 21 minutos. Ramon lançou Jefferson entre os zagueiros Pablo e Gilvan e o meia tocou, rasteiro, na saída de Emerson.
A dinâmica empreendida pela dupla Celsinho-Luz não permitiu, porém, que o Pantera se assanhasse em campo. Quatro minutos depois, Celsinho cruzou para a área e Luz desviou de cabeça no cantinho direito do gol de Carlão.
O Papão arrefeceu a pegada no meio, permitindo tentativas isoladas do São Raimundo. Foi assim que Jefferson voltou a marcar, cobrando falta aos 43 minutos. Só que no minuto seguinte Bruno Veiga calou a torcida santarena fazendo 4 a 2, no gol mais bonito da tarde. Recebeu na esquerda, driblou um marcador e disparou chute forte na gaveta direita.
Celsinho, principal nome do jogo, fechou a goleada aos 47 minutos, batendo cruzado e sem defesa para Carlão. A ele e Rafael Luz deve o Papão a facilidade para abrir a marcação. A importância se traduz na produção exibida em campo: com habilidade e rápida troca de passes, ambos envolveram a defensiva do São Raimundo, participando diretamente de quatro dos cinco gols.
Cabe aqui ressaltar a qualidade do banco de reservas do Papão, de onde saíram Betinho e Bruno Veiga para substituir Cearense e Fabinho no segundo tempo. Ilaílson teve boa participação na marcação, ajudando Lucas a avançar com segurança pela esquerda.
A boa atuação dos meias Celsinho e Rafael Luz e a presença de área dos atacantes Betinho e Bruno Veiga fizeram com que o jogo se tornasse fácil, principalmente na etapa final, obscurecendo até o rendimento instável da dupla de defesa.
A vitória de ontem classificou o Papão às semifinais do turno e confirmou que o time de Dado é o mais ajustado deste começo de campeonato – sendo que ainda está em plena evolução, o que é uma péssima notícia para os demais adversários.
Leão empata e perde taça em Manaus

Em Manaus, o amistoso entre Nacional e Remo foi decidido logo nos dois minutos iniciais. Ciro fez 1 a 0 e Rodrigo Dantas empatou em seguida. O confronto bem que podia ter se resumido a esses dois lances, pois os dois Leões pouco fizeram para justificar a tradição do clássico.
Foi um jogo amarrado, com muitas faltas e pouca inspiração de parte a parte. Com Murilo improdutivo na direita e João Vítor apagado pela esquerda, o Remo dependia da movimentação de Eduardo Ramos e Marco Goiano, que não conseguiram conduzir o time à vitória. Do lado amazonense, destaque para Charles e Tiaguinho.
Nos penais, o desempenho azulino não foi melhor. Léo Paraíba desperdiçou sua cobrança e o Naça fechou a contagem em 5 a 3, ficando com a taça.
Quando a torcida põe o dedo na ferida

Em 2014, na abertura da Copa do Mundo no estádio do Itaquerão, um grupo de ativistas tucanos promoveu um protesto desrespeitoso e ofensivo contra a presidente Dilma Rousseff, com imagens transmitidas para todo o mundo. Apesar do flagrante abuso, a manifestação não sofreu qualquer repressão por parte da polícia paulistana.
Ontem, as faixas levadas pela torcida corintiana durante o jogo contra o São Paulo foram retiradas à força pelos policiais. Os dizeres eram fortes e questionadores:
“Quem vai punir o ladrão de merenda?”.
“Futebol, refém da Rede Globo”.
“Ingresso mais barato”.
“CBF e FPF, vergonhas do futebol”.
Pelas notórias ligações entre o tucanato paulista e a emissora que controla o futebol no Brasil, fica óbvia a motivação para que a lei fosse aplicada com rigor e violência.
A rodada dos visitantes

O campeonato teve uma rodada atípica neste fim de semana. Nos quatro jogos, vitórias de todos os visitantes. O Águia bateu o Cametá por 3 a 0, provocando a queda de Cacaio. O Independente derrotou o Tapajós por 2 a 1. E o São Francisco passou pelo Parauapebas, fazendo 3 a 0 e apresentando o jovem Balotelli (autor de dois gols) ao distinto público. Nos grupos, a situação ficou ainda mais indefinida no A1, onde o Remo – com um jogo a menos – agora está a 3 pontos dos líderes São Francisco e Águia.

Entry filed under: Uncategorized.

Papo do 40º – Ronaldo Porto – 15.02.16 BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 16.02.16

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: