Coluna do Gerson Nogueira – 25.03.16

25 de março de 2016 at 9:57 pm Deixe um comentário

Resultado bom, mas jogo ruim

O Papão foi a Manaus encarou o Fast, mas não conseguiu sair com a vitória. E o ataque continua jejuando. O empate de 1 a 1 foi alcançado graças a um gol do zagueiro Pablo. Em campo, o time segue com as indefinições já conhecidas, sem mostrar força ofensiva e tropeçando nas próprias pernas no setor de marcação.

Na partida de ontem, o Papão não mostrou nada além do que o torcedor tem acompanhado da equipe nas rodadas mais recentes do Parazão, com a diferença óbvia de qualidade do adversário, inferior tecnicamente à maioria dos times que disputam o certame estadual.

Mesmo com o retorno de Ricardo Capanema ao meio, dividindo as tarefas de proteção à defesa com Augusto Recife, o meio-campo em nenhum momento passou a segurança e o dinamismo necessários para envolver o adversário.

Pelo contrário até. O Fast em muitos momentos levou mais perigo, jogando com vontade e marcando forte. O Papão sofreu o gol num descuido de marcação e foi buscar o empate ainda no primeiro tempo.

Na etapa final, os erros se repetiram e não deixaram que o ataque chegasse a ameaçar seriamente o adversário. Quando se esperava um time mais decidido a brigar pela vitória na etapa final, o time voltou a travar, mesmo contando com Rafael Luz na armação ao lado de Celsinho.

E o Fast ainda perdeu um jogador (Guigui) por expulsão aos 26 minutos da etapa final, permitindo que o Papão tomasse as rédeas do confronto por mais de 20 minutos. Dado Cavalcanti ainda trocou Rafael Luz e Leandro Cearense por Bruno Smith e Betinho, que nada acrescentaram.

A instabilidade bicolor é um fato que não pode ser atribuído mais ao calendário, pois, comparativamente, o Fast Clube ainda está em fase de montagem de elenco para a temporada. O resultado não foi ruim, mas a maneira como o time se comportou aumenta as preocupações em relação ao futuro próximo.

 

Leão erra muito, mas se salva no fim

No segundo jogo da noite, o Remo encarou o Nacional e foi logo tomando um gol esquisito aos 18 minutos. Ou melhor, o goleiro Fernando Henrique falhou em cobrança de falta de longa distância. Mas é injusto atribuir ao guardião todas as mazelas do Leão na partida realizada em Manaus. O empate foi arrancado no último ataque, depois de uma atuação errática e pouco inspirada dos azulinos.

Tudo começa com os furos do sistema de três volantes, cuja intenção é guarnecer a defesa, mas que a todo instante permite que os zagueiros fiquem expostos ao ataque adversário. A situação tem sido comum no Parazão, mas na Copa Verde tende a ser irreversível, pois os jogos são eliminatórios.

Eduardo Ramos, principal jogador e organizador, insistiu muito com cruzamentos sobre a área. Quando já parecia exaurido, acertou o pé na última tentativa de chute a gol. Com isso, salvou o Remo (e Leston) de uma derrota desastrosa.

Direto do blog

“Jogo após jogo, estamos todos ansiosos pelo entrosamento e organização tática do Remo. Mas uma vez o treinador insiste em Michel. Que já mostrou que não tem condições de jogar no time. Outro ponto que vem prejudicando o Remo é a falta de laterais que cheguem à linha de fundo e saibam cruzar. E o principal jogador, que deveria armar e dar passe para gol, fica posicionado como atacante fixo além dos atacantes. Yuri só não erra mais passes porque só toca para trás, incapaz de conduzir a bola para frente. Chicão, o mais esforçado, mas se perde no meio da desorganização tática. E o treinador, se não deu forma até agora, dificilmente vai dar. Já não dá mais para engolir as entrevistas dele dizendo que o time está evoluindo. Repito: com esse time o remo vai pegar surra feia do Vasco e tomar ferro na Série C”.

Daniel Lima, aflito com nova atuação pífia do Remo

Para testar a força do escrete de Dunga

A Seleção Brasileira encara hoje à noite seu adversário mais duro nesta retomada das Eliminatórias Sul-Americanas. O velho e tinhoso Uruguai esboça um quê de renovação em torno de seu principal jogador, Luizito Suarez, astro do Barcelona. Em situação normal, a Celeste Olímpica é sempre um osso duro de roer. A presença de um artilheiro em grande fase deve potencializar seu nível de agressividade.

Do lado brasileiro, a confusão que normalmente se vê nas atuações do escrete se estende à lista de convocados. Dunga chamou apenas dois volantes, Fernandinho e Luiz Gustavo, sendo que ambos irão jogar. Caso um deles seja expulso ou se lesione, o time ficará sem alternativas para a proteção à zaga.

O descuido de Dunga poderia ser aplaudido se representasse uma inesperada mudança de conceito por parte do treinador. Ocorre que o gaúcho resmungão continua mais conservador do que nunca em relação às táticas de jogo, passando a léguas de distância do celebrado formato que o Barcelona pratica, com dois meias e um volante de ofício.

É mais provável que tenha esquecido mesmo de chamar reservas para a posição, o que é revelador do atual momento conturbado da Seleção e da própria CBF. Pelas características, Renato Augusto é o meia-armador mais afeito à proteção da zaga, embora não seja um especialista.

Por outro lado, na formatação da equipe titular, o corintiano surge como novidade na meia-cancha, entre os volantes e Willian, podendo ser uma alternativa interessante de reforço para o trabalho de posse de bola no setor mais importante do campo.

No ataque, Neymar terá a companhia de Douglas Costa, cuja excelente temporada alemã fez esquecer o período de instabilidade na Seleção. Caso jogue pela extrema esquerda, como ensinou Pep Guardiola, há possibilidade de ser muito útil às ações ofensivas do Brasil.

Um clássico sul-americano e mundial que deve lotar a Arena Pernambuco e, pelo fator campo, que pode mostrar uma Seleção menos insegura do que foi nas partidas iniciais das eliminatórias. Os uruguaios ocupam a vice-liderança do torneio, enquanto o Brasil está na quinta posição

 

Entry filed under: Uncategorized.

BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 25.03.16 A Bola no Bola – Giuseppe Tommaso – 27.03.16

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: