Coluna do Gerson Nogueira – 04.04.16

4 de abril de 2016 at 4:48 pm Deixe um comentário

Leão dá adeus ao sonho do tri

O jogo tecnicamente refletiu o nível geral do Campeonato Paraense. Sem lances de maior inspiração e com aquele festival de chutões já conhecido. O Remo entregou-se à luta em busca da vitória, foi melhor em boa parte da partida, mas se perdeu na afobação, tendo desperdiçado quatro excelentes oportunidades – com Ciro, Luiz Carlos, Levy e Eduardo Ramos – quando o placar lhe era favorável.

Mas, nos instantes derradeiros, o estreante Marcelo Veiga resolveu jogar com três volantes. O time fraquejou e cedeu o empate, novamente em lance de cobrança de falta.

O resultado foi amargo para os azulinos, que estão fora do campeonato. O Leão não sai em função do jogo de ontem, mas pela trajetória errática ao longo de toda a disputa. O Papão deixou o campo festejando a eliminação do maior rival e o êxito no esforço final para obter o empate.

O fato é que a história do 735º jogo entre os dois titãs foi novamente definida em detalhes. As equipes exibiram as limitações conhecidas no aspecto coletivo, com pouquíssimas variações para tentar envolver o oponente e apostando muito nos contra-ataques e cruzamentos para a área.

Acuado pela marcação adiantada do Papão nos primeiros 20 minutos, o Remo só foi conseguir sair do cerco quando optou por jogadas rápidas de infiltração com Eduardo Ramos, Ciro, Marco Goiano e Luiz Carlos. Bastou encaixar a troca de passes para que o ataque passasse a se beneficiar. Foi o que ocorreu aos 37 minutos. Em lance de velocidade, Luiz Carlos deu bela assistência para Ramos entrar livre na área para abrir o placar.

A estratégia do jogo de toques durou até a metade da etapa final. Nesse período, com apenas dois volantes (Chicão e Yuri), o time azulino mostrou aproximação poucas vezes vista na era Leston Junior. Não dá para cravar que já seja influência de Marcelo Veiga, mas é fato que os lampejos revelam mais envolvimento por parte dos jogadores.

Com extrema dificuldade para conter as manobras ofensivas do Remo, que criava seguidos lances de perigo na área, principalmente quando Ramos e Ciro caíam pela esquerda, Dado Cavalcanti sacrificava a criação com a insistência em manter Bruno Smith, peça decorativa enquanto esteve em campo. O setor de armação só funcionou quando Marcelo Costa substituiu Smith, passando a distribuir o jogo com mais competência.

Ciro, lesionado, foi substituído pelo volante Artur em mudança na qual Veiga pareceu homenagear seu antecessor, fã ardoroso do sistema com três homens de marcação. Aí o Papão passou a pressionar com o trio Cearense, Betinho e Wanderson. Faltava jeito, mas sobrava esforço. O gol de Betinho nasceu em escanteio, aos 34 minutos, aproveitando saída em falso do goleiro Fernando Henrique.

Aos 45, Levy ainda teve chance preciosa em rebote de Emerson, mas chutou em cima da zaga. Apesar dos três volantes, o Remo se defendia precariamente, como nos tempos de Leston, mas o Papão não tinha forças para explorar. Resultado justo para um jogo sem brilho. Como expressão máxima do futebol paraense, o clássico serviu pelo menos para ligar vários sinais de alerta – para os dois lados.

O prejuízo das escolhas infelizes

Um dos lances mais bizarros dos últimos anos no Mangueirão aconteceu a quatro minutos do fim do Re-Pa. O atacante Potita recebeu livre pelo lado direito, levantou a cabeça e, quando se preparava para cruzar, furou bisonhamente. A bola saiu mascada pela linha de fundo.

Logo em seguida, o volante Artur falhou feio em duas jogadas dentro da área, quase entregando o ouro a Betinho e Leandro Cearense. Com jogadores desse nível não surpreende que o time seja eliminado da disputa e perca a chance de disputar Copa do Brasil e Copa Verde em 2017.

A dúvida aqui é saber se o clube irá responsabilizar os gestores que avalizaram a contratação de atletas tão limitados, com o endosso do ex-técnico Leston Junior. O que a dupla Potita-Artur fez ontem é motivo mais do que suficiente para derrubar gestor incompetente.

Do lado bicolor, a crítica se aplica a Bruno Smith, meia de parcos recursos, que comprometeu seriamente a evolução do time no primeiro tempo e começo do segundo. Roniery também deixou a desejar, tanto atrás como no apoio ao ataque, mas Wanderson foi ainda mais decepcionante, errando lances bobos e insistindo com dribles que não se completavam.

A mesma cobrança feita aos gestores remistas se aplica a quem recomendou, contratou e avalizou esses atletas na Curuzu.

Galinha dos ovos de ouro corre perigo

O público total de 23.051 (20.181 pagantes) ficou dentro da previsão, mas força para baixo a média da temporada. Confirma-se o cenário descrito na coluna de domingo. O modelo está exaurido e a exigir pronta reação por parte dos principais interessados.

Direto do blog

 

“Dois times fraquíssimos. Marcelo Veiga pra mim não perdeu o jogo. Ele está vendo, peneirando os poucos que podem ficar para a Série C. Ciro, sem condição física, tinha que ser substituído – e o técnico não conhecia os outros jogadores. Vai precisar de muitos reforços. Na verdade, nem mesmo se ambos estivessem na Série A conseguiriam trazer bons jogadores. Isso é algo que a imprensa esportiva deveria puxar – uma reflexão. Mas é coisa que duvido que vá ocorrer, mesmo porque o bairrismo aflora e dificilmente os que trabalham por conta dessa competição vão ter a coragem de desvalorizá-la, ainda que essa seja a verdade.”

Entry filed under: Uncategorized.

Coluna do Gerson Nogueira – 03.04.16 PAPO DO 40º – Ronaldo Porto – 04.04.16

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: