Coluna do Gerson Nogueira – 09.04.2017

9 de abril de 2017 at 3:19 pm Deixe um comentário

No fogo cruzado

 

Os adversários são emergentes, têm poucos títulos e não se comparam em tradição e torcida ao Papão, mas representam obstáculos respeitáveis nas duas competições em disputa, Copa Verde e Campeonato Paraense. A incerteza é maior porque são cruzamentos eliminatórios na fase semifinal dos dois torneios.

No certame estadual, o duelo será com o São Raimundo, que faz campanha sólida e tem um elenco de bom nível para a competição. Já na Copa Verde o Papão terá pela frente o surpreendente Santos do Amapá, que eliminou o Remo na semana passada.

Tecnicamente, o São Raimundo parece mais credenciado. Tem elenco mais homogêneo, mesclando experiência e juventude, sob o comando de Ricardo Lecheva, técnico que já conquistou o Parazão. Além disso, o Pantera terá uma torcida vibrante ao seu lado no confronto inicial da semifinal, marcado para o estádio Barbalhão, em Santarém.

O Santos não poderá ter o incentivo do torcedor amapaense, que tanto apoiou o time contra o Remo. Pelo regulamento geral das competições da CBF, o estádio Zerão não tem capacidade para sediar a semifinal da CV – por essa razão, o jogo foi transferido para S. Luís (MA). A lotação mínima exigida é de 10 mil pessoas, mas o Zerão só dispõe de 4 mil lugares.

Ao Papão, a essa altura, pouco importa o lugar onde os jogos serão realizados. O time é o representante nortista na Série B e o atual campeão da Copa Verde. Espera-se que mostre um futebol à altura desse cartaz. Favorito nas duas competições, terá que provar isso na prática.

Um dado reforça ainda mais o favoritismo bicolor. Nas duas competições, os jogos de volta serão realizados em Belém, sob o fervor e a pressão da massa alviceleste. Não é pouca coisa.

 

 

Ranking sob suspeita

 

Há muito tempo que o tal ranking de seleções que a Fifa desperta críticas e questionamentos. Tudo por se basear em critérios estapafúrdios, que nivelam competições inteiramente desiguais disputadas em todo o mundo. Só isso explica a incrível longevidade de Bélgica (7ª) e Colômbia (5ª) no top 10. Não contam os títulos obtidos, mas pontuações a cada jogo.

Desafio alguém a comprovar um feito expressivo na história da seleção belga que justifique sua insistente presença entre as melhores equipes do planeta. Em 2015, os belgas chegaram a liderar o ranking, meses depois de terem sido eliminados nas quartas de final da Copa no Brasil. A Colômbia, que cumpre campanha razoável nas Eliminatórias Sul-Americanas, também não ostenta retrospecto compatível com sua classificação.

O problema é que desde 2013 o tal ranking passou a definir os cabeças-de-chave no maior torneio de futebol do mundo, tanto que Bélgica e Suíca, seleções de nível médio, foram nomeadas para liderar chaves em 2014.

Defendo critérios mais rígidos e meritórios. Ranking só merece respeito se levar em conta o histórico de resultados e conquistas no futebol. Países que nunca chegaram nem perto de uma final de competição mundial ou mesmo continental (Copa do Mundo, Copa das Confederações, Eurocopa ou Copa América) não poderiam estar à frente de seleções campeãs do mundo.

Os cálculos são confusos e os critérios favorecem a valoração dos jogos e não dos títulos. Como a própria Fifa anda a rever conceitos já seria hora de corrigir e ajustar o tal ranking, motivo de piada entre os que levam futebol a sério. Do contrário, ficará a impressão de que a classificação pode ainda estar sob a influência das armações obscuras que mancharam a história da entidade desde a gestão de João Havelange.

Não por acaso, existem suspeitas de que o ranking seja alvo do interesse direto do poderoso mercado de apostas clandestinas.

 

 

Bola na Torre

 

Guilherme Guerreiro comanda a atração, com as participações de Giuseppe Tommaso e deste escriba baionense. Copa Verde e Parazão em debate. Excepcionalmente hoje, o programa vai ao ar às 21h30, na RBATV.

Entry filed under: Uncategorized.

Coluna do Gerson Nogueira – 08.04.2017 Papo do 40º – Ronaldo Porto – 10.04.2017

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: