Coluna do Gerson Nogueira – 21.05.17

21 de maio de 2017 at 11:56 am Deixe um comentário

Defesa como ponto alto

 

Com várias mudanças na equipe, o Papão conseguiu na sexta-feira o ponto que buscava no Paraná. Jogou com excessiva cautela no primeiro tempo, fechando o meio-de-campo, sem criar incômodos aos donos da casa. Na etapa final, o time adiantou a marcação e teve duas boas chances logo no começo. Depois, recuou e tratou de se defender para garantir o empate. Nas circunstâncias, um resultado interessante, mantendo a invencibilidade (sem sofrer gol) na Série B.

A partida teve  evidenciou a principal vulnerabilidade e a maior virtude do time bicolor na competição: a falta de vida inteligente no meio e a confiabilidade do setor defensivo, liderado pelo seguro Perema.

O adversário merecia respeito, pois está invicto na Série B com 6 pontos ganhos, mas o comportamento do Papão foi adequado para quem buscava empatar. O técnico Marcelo Chamusca manteve Marcão e Wellington Jr. no ataque, mas a incapacidade de criação segue a atormentar o time. Fernando Gabriel foi burocrático, tocando para os lados e cobrando escanteios, deixando os atacantes desconectados do resto da equipe.

As únicas jogadas ofensivas eram tentadas com Ayrton e Rodrigo de Andrade, sem efeito prático. A situação se modificou no 2º tempo, quando a marcação foi adiantada e criou uma aproximação entre meio e ataque.

Não por coincidência foi o melhor momento do Papão na partida, com Wellington Junior perdendo chance clara e Wesley cabeceando com perigo, forçando grande defesa do goleiro Léo. Pena que esse esforço tenha durado somente dez minutos.

O Paraná passou a explorar mais as jogadas com Renatinho, Daniel Moraes, Robson e Guilherme Biteco. Não chegou a criar oportunidades muito claras, mas forçou o Papão a voltar a pensar exclusivamente na defesa. Aí brilhou a postura de Perema, sempre altivo no primeiro combate no chão e ganhando todas as jogadas pelo alto. Foi indiscutivelmente a grande figura da partida, sem cometer erros e dando tranquilidade ao time nos momentos de maior pressão adversária.

Ajustar a defesa é um trunfo importante para encarar a Série B, competição difícil e extenuante, que exige regularidade dos times. Com o setor defensivo bem arrumado, o Papão inicia bem o campeonato com possibilidades de sonhar mais alto – se conseguir achar um camisa 10 de verdade.

 

 

Bola na Torre

 

Guilherme Guerreiro apresenta, com as participações de Valmir Rodrigues e este escriba de Baião. Programa começa às 21h, na RBATV.

 

 

Os vícios do melhor técnico do país

 

Tite é uma das poucas unanimidades nacionais nos dias de hoje. Ninguém discute seus méritos na ressurreição do futebol brasileiro depois da catástrofe na Copa do Mundo de 2014 e no período tenebroso sob o comando de Dunga.

É admirável a capacidade demonstrada por Tite de formatar uma Seleção Brasileira competitiva, sem abdicar do futebol vistoso e que encanta plateias. O êxito nas Eliminatórias fez com que em pouquíssimo tempo o torcedor trocasse a desesperança pela certeza de que é possível sonhar com o topo outra vez.

Apesar de todo o sucesso justamente desfrutado, Tite repete no escrete um velho vício dos treinadores da Seleção: a mania de escolher nomes duvidosos para compor o elenco. Fagner, Gil, Rodriguinho, Taison e Giuliano. Não por acaso, os três primeiros de origem corintiana.

Entry filed under: Uncategorized.

A Bola no Bola – Giuseppe Tommaso – 20.05.17 Papo do 40º – Ronaldo Porto – 22.05.17

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: