O MELHOR DA COPA

16 de junho de 2010 at 12:36 pm Deixe um comentário

Até agora é a arbitragem e a festa do povo africano do sul que exercita a sua liberdade adolescente, vibrante, pela qual Nelson Mandela tanto lutou. Agora ela se mostra na Primeira copa do Mundo no continente africano. Haja vuvuzela, alguns frangos homéricos e pouquíssimo futebol.

Das seleções tidas e havidas como favoritas absolutas, só a Espanha ainda falta estrear.  Muita gente está culpando a JABULANI, a bola da copa, pela falta de bom futebol. Outros tentam  justificar a mediocridade até agora apresentada, pela ansiedade, nervosismo ou coisa que o valha, em estréia de Copa do Mundo. Para mim, até este momento, somente a seleção alemã “chegou, viu e venceu”. Meteu quatro a zero em seu adversário, com um pé nas costas, como cabe a um verdadeiro campeão. Sem deslizes e sem desculpas. E não venha me dizer que os australianos colaboraram, pois, o mesmo se disse do ovo de Colombo em pé.  

A Argentina, de Diego Maradona, com o “melhor do mundo” Messi, penou um bocado para vencer os nigerianos por um a zero; os ingleses não conseguiram passar de um empate em um gol com a seleção dos Estados Unidos; o Paraguai botou a maior banca sobre a “campeã por antecipação” Itália e os franceses, que se classificaram  a duras penas, não conseguiram sair do zero diante dos uruguaios. Como se pode notar, até agora, quase ninguém é de ninguém na copa 2010.

Decepciona-me ver seleções que antes da bola rolar eram as “bambambãs” para meio mundo, mostrar-se, após o inicio dos jogos,  pálidas lembranças de si mesmas. No grupo B, quem diria, por exemplo,  que a líder, após a primeira rodada,  seria a Coréia do Sul? França e México não tiveram força para vencer Uruguai e África do Sul, sendo que os africanos só não venceram por falta de sorte; a toda poderosa Inglaterra não passou de um empate em um gol com os Estados Unidos; os holandeses a exemplo da Alemanha fizeram o seu papel vencendo a Dinamarca; o Brasil, como vimos, fez o esperado: jogou mal, mas venceu a fraca seleção da Coréia do Norte e a superprotegida defesa nacional ainda sofreu um gol dos coreanos. Pode? Até a seleção portuguesa do craque Cristiano Ronaldo ficou no zero com a costa do Marfim.

Vou esperar a 2ª rodada para fazer uma análise melhor. Se a primeira impressão é a  que fica já começamos mal.   A FIFA deve se preocupar, pois os times a exemplo do Brasil vêm praticando um futebol de resultado, ou seja, vão à copa única e exclusivamente com a idéia de que os fins justificam os meios. O que já é péssimo para a humanidade de um modo geral, chega agora a Copa do Mundo. Como a próxima será no Brasil, o País do jeitinho e, como já vimos o que aconteceu na escolha das cidades-sede, a tendência é que daqui a quatro anos, a situação piore e muito. A saída é tomar uma, vestir a camisa da nossa seleção e alienar-se de vez.  VIVA A COPA! VIVA O BRASIL! (João Cunha)

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

É TEMPO DE SELEÇÃO! (João Cunha) AGORA É PRA VALER!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: