LINHA DE PASSE

24 de julho de 2010 at 1:18 pm Deixe um comentário

Não me recordo de um técnico ter recusado um convite para dirigir a seleção brasileira. Por isso, permitam-me desconfiar que algo está por trás desse episódio. Confesso aos senhores que me surpreendi com a escolha de Ricardo Teixeira, indicando Muricy Ramalho para novo técnico da Seleção. Não vejo nele perfil de renovador, como busca o presidente da CBF. Muricy teve uma campanha brilhante no São Paulo, mas acho pouco. É evidente que a seleção brasileira é outra história. Qualquer técnico de bom senso pode fazer um grande trabalho, basta não ser intransigente e/ou ter um raciocínio lógico mediano. Os melhores jogadores do mundo estão à disposição. A estrutura para trabalhar é impecável. Não há problemas de dinheiro. E o que é melhor: estamos classificados para a próxima Copa do Mundo. Mano Menezes é menos radical e melhor humorado que Muricy, mas precisa de pedigree para técnico da Seleção Canarinho. Continuo advogando o chamamento de um sangue novo que seja do ramo e tenha experiência, tipo Zico, Falcão ou Dorival Junior, até. Mais importante que isso, é uma retaguarda experiente do tipo Parreira ou Antonio Lopes.

Nizan Guanaes, o publicitário mago de muitos políticos, disse certa vez, que é impossível se trabalhar só por dinheiro. A satisfação profissional também é muito importante. Meio tangenciando, esta semana senti uma recompensa enorme de trabalhar como analista esportivo, quando soube da decisão do Paysandu em construir as cabines da Curuzu do lado que demanda a Av. Almirante Barroso. Há muito tempo venho batendo nessa tecla pela importância de se dar mais independência, inclusive física, a imprensa e privacidade aos dirigentes do Clube de Suíço. Parece que agora sai. O Presidente do Paysandu ficará lembrado no clube pelas obras que irá deixar. O Ginásio Moura Carvalho está perfeito em sua reestruturação. A Curuzu já melhorou muito com as obras dos camarotes e reforma do gramado e agora poderá se transformar no melhor dos nossos estádios particulares. Todos que ajudaram e ajudarão merecem nossos mais efusivos elogios. Parabéns.

Time que está ganhando não se mexe? Para muitos esse é um bordão verdadeiro no futebol. Para mim, não. Sou daqueles que acredita que o time deve ser definido em função do adversário. Quando este é de menor expressão, reconhecidamente, até que vá lá. Mas é impossível pensar em jogar num 3-5-2, como joga com muito sucesso o Águia de Marabá por exemplo, contra o Santos de Ganso, Neymar, André e Robinho. Nem seria bom imaginar. Remo e Paysandu têm apresentado times com algumas falhar, principalmente no setor defensivo, mas em nome das vitórias seus técnicos estão prometendo mantê-los. Faço o registro para reflexão de Giba e Charles.

Esta semana foi de grandes motivos para comemorações. Aniversários para todos os gostos, a começar pelo desportista Ruy Sales, ex-presidente do Paysandu e figura muito querida na terra e terminando com o companheiro Carlos Castilho que chegou aos 71 vendendo saúde (até porque ele não é de dar nada). Com o registro, gostaria de homenagear uma plêiade de cronistas ativos e que há muito merecem destaques por suas contribuições, ainda que muitas vezes incompreendidas, ao nosso desporto.  Jones Tavares, Cláudio Guimarães, Carlos Estácio, Carlos Castilho, Ivo Amaral, Meirelles Fayal e José Lessa. Faço o registro sem esquecer Theodorico Rodrigues que se foi, também esta semana.

 

Rui Guimarães

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

BOLA PRA FRENTE BOLA PRA FRENTE (Claudio Guimarães)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: