Coluna do Gerson Nogueira – 25.08.14

25 de agosto de 2014 at 1:41 pm Deixe um comentário

Leão goleia em tarde de Roni

A reação zangada do técnico Roberto Fernandes às críticas de imprensa e torcida, antes da viagem para o Ceará, parece ter tido um efeito positivo sobre o grupo de jogadores. Aborrecido com as críticas à instabilidade do time, o treinador reclamou da imprensa e dos torcedores, saindo em defesa de seus atletas. Se o plano era motivar a rapaziada, deu certo.

Pela primeira vez na Série D, o Remo foi determinado e se impôs ao Guarani em Sobral com uma atuação convincente. Para isso contribuiu bastante o desempenho de alguns jogadores, principalmente o jovem Roni, que chegou a ser relegado à reserva por Fernandes e que reapareceu em grande estilo.

Foi dele o primeiro gol, logo aos cinco minutos. Doze minutos depois, Leandro Cearense ampliou depois de boa jogada, que começou com disparo de Rodrigo Fernandes na trave do Guarani. Um recuo do Remo deu a chance aos donos da casa de ressuscitarem no jogo. O primeiro gol nasceu de um vacilo da zaga paraense e o empate veio em penal discutível, que teria sido cometido por Roni.

Com Ratinho e Ilaílson nas vagas de Potiguar e Dadá, o Remo apresentou-se mais agressivo na segunda etapa da partida. Logo aos dois minutos, em manobra iniciada por Roni, Cearense desempatou e abriu caminho para a vitória. O mesmo Roni fecharia o marcador, quase ao final, depois de driblar um defensor e disparar forte para as redes.

O Guarani jogou mais adiantado do que havia feito em Bragança, mas pareceu claramente surpreendido nos primeiros minutos pela ousadia ofensiva do Remo. Quando se assentou em campo, equilibrou as ações e alcançou o empate, graças à boa movimentação do meia Sadrak e aos cochilos da zaga azulina.

A vitória costuma obscurecer falhas, mas o Remo demonstrou ontem que até a crônica carência no setor de criação pode ser superada pelo empenho de todos. Com maior aproximação dos jogadores na meia-cancha, o time funcionou bem, partindo para a vitória no segundo tempo e impedindo uma nova reação do Guarani.

Deve-se reconhecer que Roberto Fernandes acertou com a mudança na lateral-esquerda (Rodrigo em lugar de Alex Ruan) e na insistência com Potiguar na meia cancha, mas é legítimo dizer também que Roni não pode ser reserva. Com o talento que tem para o drible em velocidade, barrá-lo constitui uma insanidade. Isso ficou evidente na partida de ontem.

Destaques do time em Sobral: Roni, Michel e Leandro Cearense.

A velha sina de entregar fora de casa

Um fato indiscutível: o Papão jogou melhor que o ASA, principalmente no segundo tempo. A realidade do jogo: os donos da casa foram objetivos o suficiente para aproveitar a única chance surgida. Essas duas situações resumem o que foi o jogo de ontem em Arapiraca. Depois de boa vitória em casa sobre o CRB, esperava-se um Papão mais confiante e seguro contra o time de seu ex-técnico.

Infelizmente, a velha mania de travar fora de casa voltou a marcar presença. O Papão até sustentou um jogo equilibrado, mas sofreu com o fraco rendimento de jogadores importantes, como Pikachu e Héverton. O meio-de-campo funcionou razoavelmente na marcação, mas foi zero em criatividade. Raul pouco apareceu, sendo mais notado pelos erros.

É inegável que o Papão de Mazola tem mais organização que o de Vica, mas isso ainda não é suficiente para uma competição que exige firmeza de atitudes.

Depois de um primeiro tempo de altos e baixos, Mazola resolveu mexer no ataque, tirando Héverton e lançando Bruno Veiga. Aproveitou e tirou Raul, colocando Rafael Tavares em campo. As mudanças quase não alteraram o pamorama porque em vários momentos o time parecia desplugado, como se estivesse num amistoso.

O lance que resultou no gol do ASA foi sintomático desse marasmo. O atacante Wanderson apareceu livre por trás da zaga, para receber livre e diante do gol. Falha primária de marcação, denotando o nível de desatenção dos defensores.

No final, um lance precioso poderia ter garantido o empate, mas Pikachu optou pela simulação ao invés de finalizar para o gol. Merecia o cartão amarelo só pela interpretação teatral ruim.

Com mais três jogos em casa, o Papão pode chegar a 22 pontos, limite necessário para escapar do rebaixamento. Quanto ao acesso, as chances diminuíram bastante, pois tudo depende agora do comportamento nos outros três compromissos fora.

Ganso em altíssimo nível

Outro golaço de Paulo Henrique Ganso no Campeonato Brasileiro. Em visível mudança de posicionamento, atuando dentro da área como um ponta-de-lança, o paraense passou a se destacar no São Paulo de Muricy. Ainda é cedo para dizer que voltou a jogar como em 2009 e 2010, mas é óbvio que já é seu melhor momento desde o apagão de 2012/2013.

A jogada do gol sobre o Santos, ontem, reflete bem o grau de segurança que Ganso voltou a ter no seu jogo. Recebeu a bola, protegeu do combate com o zagueiro e virou quase de sem-pulo, mandando no ângulo esquerdo da trave santista.

Só jogadores em excelente condicionamento físico e técnico são capazes de executar com perfeição um lance tão complexo. Ganso voltou a jogar em alto nível e cada vez mais fica difícil entender como foi esquecido na reta final das convocações para a Copa.

Como tem demonstrado neste São Paulo recheado de grandes talentos, o futebol de Ganso se sobressai quando ele está bem acompanhado.

Entry filed under: Uncategorized.

PAPO DO 40º – Ronaldo Porto – 25.08.14 BOLA PRA FRENTE – Cláudio Guimarães – 26.08.14

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Clube no Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: